Slide 1 Slide 2 Slide 3

MINHA VIDA GAY

Pedro Figueiredo e Erick Rianelli, repórteres da TV Globo, celebram união: “Enfim, casados”.


Repórter Pedro Figueiredo se casa e mostra momentos da cerimônia em sua conta do Facebook 



Pedro Figueiredo ganhou destaque na emissora após cobrir os atentados que aconteceram em Barcelona em 2017.

O repórter da Globo Pedro Figueiredo, que ganhou destaque na emissora após cobrir os atentados que aconteceram em Barcelona, na Espanha (em agosto de 2017), e em janeiro foi  surpreendido com um gato em uma moto durante uma reportagem, deixou o time dos solteiros. Na segunda-feira (21), ele compartilhou fotos de seu casamento com Erick Rianelli, jornalista do mesmo canal.

“Enfim, casados”, festejou ele. “Dá pra ouvir meu coração batendo lá do Japão. Casamos”, escreveu Erick na mesma rede social.


Repórter Pedro Figueiredo se casa e mostra momentos da cerimônia em sua conta do Facebook


Nos comentários, os pombinhos receberam várias mensagens de carinho. “Parabéns! Lindos! Muito amor”, comemorou a jornalista Mariana Gross. “Parabéns”, desejou Mariano Boni, diretor-executivo da Central Globo de Jornalismo.






Após "cura gay", homem gay espalha mensagem de amor-próprio.


A "cura gay" de Gabriel aconteceu porque os religiosos de sua igreja acreditavam que havia um demônio em seu corpo


Vivendo em comunidade religiosa, Gabriel acreditava que havia um demônio em seu corpo, por ser homossexual, e chegou até a passar por um processo de exorcismo; hoje, ele se aceita sendo gay e incentiva LGBTs a se aceitarem

Gabriel Nadeau, canadense de 23 anos, cresceu em uma comunidade religiosa muito restrita em Quebec, sem entrar em contato com o mundo externo. Por isso e por causa das pessoas ao seu redor, ele acreditava que sua homossexualidade era um demônio vivendo dentro do seu corpo, precisando passar depois por uma “cura gay”, de acordo com a CBC.

“Eu não queria ser gay. Ser cristão e gay não era uma opção na nossa comunidade”, disse Nadeau. Aos 12 anos, ele contou para os pais que era gay e que não queria ser. Foi então que o processo da “terapia de conversão”, conhecido como “cura gay” , começou. Os fiéis de sua igreja realmente achavam que isso iria “salvá-lo”.

“Alguns cristãos acreditam que a homossexualidade é um demônio, então basicamente você precisa passar por uma sessão de exorcismo para se libertar dela”, o homem explica. Ele conta que a sessão de terapia consistia em ser segurado em uma mesa por quatro pessoas para “contê-lo” para poder livrá-lo do “espírito homossexual” dentro dele.

Depois disso, ele era forçado a beber azeite de oliva, e o pastor ainda gritava palavras fortes em suas orelhas durante 30 minutos. “Sem falar comigo, mas falando com o espírito dentro de mim”, diz Nadeau. Segundo seu depoimento, ele realizou o tratamento novamente aos 16 e aos 18 anos de idade.

Mesmo depois de tudo isso, ele começou a aceitar a própria sexualidade, diferente do posicionamento que teve durante boa parte de sua vida, algo que fez com que ele não pudesse mais fazer parte da igreja. Ele também compartilhou sua história no Facebook: “eu senti que não havia nada a esconder”.

Atualmente, Nadeau fala abertamente sobre suas experiências para que outras pessoas na mesma situação não se sintam sozinhas, também conscientizando sobre essa realidade que ainda acontece. “Eu queria que as pessoas parassem de se rejeitar e começassem a se amar, amando quem quiserem amar”, declara.

“Cura gay” no Canadá

Em 2015, Ontário foi a primeira província do Canadá a banir a “terapia de conversão” para pessoas menores de 18 anos de idade. Em Quebec, e na maioria do país, entretanto, a terapia não foi banida ainda.

A “terapia de conversão”, conhecida como “cura gay” , é negativamente conhecida por ser uma tentativa de alterar a orientação sexual ou a identidade de gênero de uma pessoa através de conselhos, mudança de comportamento e até medicação. 

Casal gay é expulso de carro de aplicativo após dar beijo na boca.


Casal gay expulso de carro por motorista de aplicativo em Indianápolis


Um motorista do aplicativo Lyft expulsou um casal gay do seu carro na Universidade Butler, em Indianápolis, após trocarem um beijo durante a viagem em direção a Broad Ripple, no dia 05 de maio.

Em entrevista ao IndyStar os estudantes Ben Martella e Alec Jansen contaram como aconteceu o episódio de discriminação após darem um selinho. “Ele olhou pelo seu espelho retrovisor. Ele estava gritando. Ficamos atordoados. Não sabíamos o motivo disso. Ele disse: ‘Eu vou terminar sua carona. Eu não posso ter isso no meu carro. Eu não tenho isso aqui. …’ Eu estava muito chateado. Foi uma grande reação para uma pequena demonstração de afeto entre dois caras”, contou Martella.

“Nós demos apenas um pequeno beijo na boca . […] Fiquei surpreso que a coisa toda aconteceu. Simplesmente não parecia ser real”, disse.

Martella notificou o caso a Lyft que realizou o reembolso e também desativou o motorista do serviço. Em comunicado, o app se desculpou pelo ocorrido ressaltando que tem uma “política rígida anti-discriminação.”

Apesar da posição da companhia, Martella conta que seus pais, funcionários do governo federal do país, pretendem buscar mais direitos. Não há lei estadual em Indiana que proteja os direitos civis com base na orientação sexual, porém Indianápolis inclui  a discriminação contra LGBTs em um decreto que inclui orientação sexual. 

Em 2016, foram notificados 53 casos de discriminação ao Gabinete de Igualdade de Oportunidades da Cidade de Indianápolis – 32 em matéria de emprego, nove em habitação, nove em alojamento público e três em educação.

Postado por Andy | (0) Comente aqui!

SEXO

BRINQUEDOS SEXUAIS


Era uma vez o tempo em que se masturbar era uma coisa que as pessoas faziam escondidas, no quarto, de luz apagada. Os meninos faziam isso trancados no banheiro sem que ninguém soubesse. Porém, os tempos mudaram.



Com o avanço da comunicação dos tempos modernos, as pessoas aprenderam a buscar não apenas o autoconhecimento e qualidade de vida, mas também o seu próprio prazer como uma forma de se conhecer para conseguir se relacionar melhor com os outros seres humanos, seja sexualmente ou não.



Postado por Andy | (0) Comente aqui!

NÓS AMAMOS OS PACOTES

Estes garotos são muito travessos e querem nos colocar de joelhos, querem sentir o desejo pelo seu pacote, onde eles guardam a ferramenta perfeita que se adapta a sua boca, nas suas mãos, a sua bunda... e fazem voce explorar o prazer!! Espero que apreciem...







Postado por Andy | (0) Comente aqui!

ARTE HOMOEROTICA E QUADRINHOS EROTICOS






QUADRINHO EROTICO- EROTIC COMICS:


EL ASTUTO ESTUDIANTE- O ASTUTO ESTUDANTE- THE CLEVER STUDENT


(PORTUGUES- ESPAÑOL- ENGLISH VERSION) 


VEJA ABAIXO -VEA ABAJO- SEE BELOW

Postado por Andy | (0) Comente aqui!

GATO BELAMI

KURT DIESEL








Postado por Andy | (0) Comente aqui!

DIREITOS

Amara Moira, a travesti com o poder da palavra que virou doutora.




Mulher trans, professora e escritora defendeu sua tese e luta para transformar a sociedade.

"A Indeterminação de sentidos no Ulysses de James Joyce": esse era o nome da tese de doutorado defendida no Instituto de Estudos da Linguagem, na Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), em fevereiro deste ano. Mas o mais importante era o nome da autora: Amara Moira. Primeira pessoa transgênero a defender por lá um doutorado usando o nome social, de acordo com a própria Unicamp.

Isso foi mais do que um novo título para a travesti, professora e escritora Amara. "A Unicamp fez questão que eu usasse o nome social. Nos trâmites todo foi Amara e é uma mensagem para a sociedade de que esse lugar [a academia] é nosso. Existe uma burocracia para impedir o reconhecimento dos nossos nomes, mas eles [Unicamp] fizeram a parte deles para que a gente pudesse se sentir mais confortável."

E realmente existe uma burocracia. Quando a reportagem chegou em sua casa para entrevistar Amara, a agora doutora estava atualizando seu currículo Lattes [acadêmico] com a nova conquista. No entanto, no topo da página, constava outro nome. Quatro letras que acompanham – e causam constrangimento – há anos. "No Lattes está com meu nome de registro. A burocracia é absurda para mudar", explica Amara.

"A universidade me aceitou trans, mas não me aceitou feminista".

Postado por Andy | (0) Comente aqui!

HOMOSSEXUALIDADE

Tutoriais pra vida: Como se dar bem na Balada!


O final de semana chegou e você tá solteiro, correto? Tá cansado de ficar nessa solidão? Reclamando o tempo todo: “ninguém me ama, ninguém me quer, até quando vou ficar solteiro por opção dos homens ou pela falta deles”. A gente sabe que o mercado tá cada vez mais difícil, a concorrência aumentando. E você não quer ficar flopada na balada ou em casa assistindo o pay-per-view do biguibroder, muito menos batendo papo no emiessiene cazamigues, que também sobraram. Queridinha, seu probelmas acabaram-se. O Vem Gente lança mais um tutorial pra vida COMO SE DAR BEM NA BALADA. 

Vamos por partes:

Um dia antes daquela festenha:

Ligue pra todas as suas amigas, afinal chegar sozinhe nos locais não dá ibope, quem vai sozinha pra balada é maricona, que tá afim de pegar você e suas colegas. Logo, já sabe, ahaze no inifity e nos seus bônus!

No dia da festa

Horas antes: Tome um banho, nada de ir sujinha!!! Mesmo se a região onde você mora for fria, não tem desculpa. Se o seu bairro tá racionando água, pegue um balde e lave as partes mais propícias a exalar aquele odor, ou vá pra casa de uma amiga, que more em outro bairro, dê o truque mas se limpe odeio bicha suja.

O LOOK 

Guei que é guei nunca se veste pra si, e sim pra rivais. É o mesmo mecanismo usado pelas mulheres. O look tem o papel de destruir as concorrente e atrair a pessoa amada ao mesmo tempo. Portanto, capriche! 

Se você gosta de boy descolado, fashionista, aposte nas últimas tendências daquele blog babadeiro que você segue. Vá andrógena, faça uma linha tumblr. Se você for feia, não tem problema, o seu look vai salvar, pode ter certeza. Eles vão adora.

Se nesse dia você estiver afim de traçar aquela maricona bicha mais velha, vá boy! Faça um estilo bofe, calça básica e camisa com uma estampa única, nada que choque muito. Discrição é a pedida! Passe um gel e faça um topete! Maricona gosta de coisa tradicional, até porque elas já passaram da idade de chamar atenção risos, nada de assustar el mariocon.

Mas agora se o que você quer mesmo é pegar AQUELE cafuçu! Não se importe muito com o look, só evite exageros homossexuais passivos, seja boy também, assim como você seria pra maricona. A diferença é que você tem um pouco mais de liberdade, pode dar uma pintinha.

PRONTO, look escolhido agora vamos ao que interessa, o local! A imagem a seguir é uma representação de uma suposta planta baixa da festa que você vai hoje!



Parte verde: Já perceberam que sempre na frente da pick-up tem as azamigues do Dj? Essa é clássica. Quando não, são pessoas mais bêbadas que você pedindo pra tocar Stereo Love!

Parte Azul: Encostadas nas paredes, ou perto do bar,  paradas, quietas, e aquendando toda a movimentação, moderadamente bêbadas, estão as mariconas, aquelas que todo mundo já conhece, cansada de guerra loca pra agarrar uma amiga sua bêbada, ou você ahahah 

Parte Vermelha: Essas são as mais extrategistas da festa. Elas ficam a base de água a noite inteira, pra não cortar o efeito dos suplementos alimentares bomba querida. Percebam que o campo de visão delas abrange a pista inteira, por isso que elas geralmente ficam nos cantinhos, quando não, el banheirón é o foco, pois também estão nesse mesmo posicionamento.

Parte Roxa: Provavelmente suas amigas e semiconhecidas estão nessa região. É o centro, o foco de tudo. Você quer brilhar? Já ta frita mesmo.  Fique no centro! Todo mundo passa nele. Se você for feia, melhor ainda, a luz da buatchy vai te favorecer, acredite!

Os pontinhos pretos circulando, é você inquieta. Afinal você não é obrigada a ficar na parte roxa agarrani suas amiguês! Nada de lesbianismo! CIRCULE, mostre pra que veio! Você precisa ser vista meu bem!

O ponto vermelho é o seu ex. CORRA saia de perto, eu já postei aqui um turorial como lidar como ex na balada. Resumido, evite esbarrar nele.

Espero que tenha ajudado você que tá aí, perdida, a perigo, necessitada!!! PS. Evite bafos, as amigas e rivais adoram uma gongação. Mas se o bafo ocorrer, relaxe, vai ta todo mundo tão bebado quanto você, logo ninguém vai se dá conta do que aconteceu...Se te abordarem tipo “Ah eu lembro que você subiu no palco ….” Finja que não é com você, diga “Oi?”kkkk ...Agora, boa sorte, segue as dicas e vai por mim que é batata! ahaha


Postado por Andy | (0) Comente aqui!

ME MOSTRA O QUE VOCE TEM DE BOM?






Postado por Andy | (0) Comente aqui!

FOFOCAS DE CELEBRIDADES - GOSSIPS

Jungle ressurge com clipes das inéditas ‘Happy Man’ e ‘House In LA’.



Muita gente achava que Jungle tinha acabado após seu bem sucedido álbum de estreia.

A verdade é que eles ficaram todo esse tempo produzindo seu mais novo material que chega em breve, ainda sem data confirmada.

As novidades vieram em combo! Duas novas faixas com seus respectivos clipes foram compartilhadas pela banda nessa semana. Assista os clipes de Happy Man e House In LA abaixo:




Taylor Swift sofre por um amor platônico na nova ‘Gorgeous’.



Taylor Swift está trabalhando na divulgação de seu novo álbum, Reputation. Depois do grande lançamento do lead single Look What You Made Me Do, todos esperavam que a antiga Taylor estivesse realmente morta – como ela mesma diz durante a faixa. Se …Ready For It? já mostrou que ela ainda estava viva, Gorgeous é a confirmação de que ela está vivíssima.



Shawn Mendes lembra apoio à transição de gênero de amigo: “Abri a mente”.



O cantor Shawn Mendes comentou sobre o processo de transição de gênero de uma das suas maiores parceiras nas composições de suas músicas e também a sua amiga pessoal Teddy Geiger, que iniciou a mudança para o sexo feminino no ano de 2017.

Questionado em entrevista no tapete vermelho do Billboard Music Awards, qual conselho daria sendo um hétero que apoia a comunidade LGBTQ e contou o assunto. “Basta abrir os olhos e abrir a mente”, declarou.

“Porque, para mim, ver um dos meus amigos mais próximos passando por um período de transição em sua vida, foi incrível de assistir”, contou ele. “Houve um momento em que me lembro de me referir a Teddy como ela, sem pensar, e leva tempo para aprender isso, obviamente”, lembrou.


A musicista trans Teddy Geiger


Mendes continuou relatando a forma como Geiger reagiu com o seu ato. “E o jeito que ela olhou para mim foi com uma quantidade intensa de alegria que eu juro que, se todos no mundo experimentassem um de seus melhores amigos vivendo isso, não haveria perguntas. As pessoas não questionariam. Não vale a pena questionar. Deixem que as pessoas sintam e vivam como querem”, concluiu.

Site norte-americano comenta repercussão de tramas homoafetivas em novelas brasileiras.


Samuel e Cido se beijam em O Outro lado do Paraíso


O site norte-americano La Opnión, dedicado à comunidade espanhola fez uma matéria na qual comenta o crescimento de tramas homoafetivas na teledramaturgia brasileira. Destacando a mais recente cena de Cido e Samuel, personagens de Rafael Zulu e Eriberto Leão na novela O Outro Lado do Paraíso, que após muita expectativa deram o primeiro beijo gay na reta final do enredo.

A reportagem também destaca outros momentos representando a comunidade LGBT em outras novelas brasileiras, como Babilônia, de Gilberto Braga e Amor à Vida, que assim como “O Outro Lado do Paraíso”, também é de Walcyr Carrasco.

Sobre a obra de Gilberto Braga, o texto lembrou a rejeição ao beijo protagonizado por Fernanda Montenegro e Nathalia Timberg na estreia da novela. “A novela paralisou todo o país alcançando uma grande audiência para a Rede Globo. Em sua última semana de transmissão, dois personagens do mesmo sexo se beijaram novamente e a controvérsia seguiu”, lembrou.

A matéria ainda questionou a opinião do público a respeito de tais cenas, as quais em sua maioria, os internautas aprovaram as sequências de beijo sendo à favor da troca de carícias entre pessoas do mesmo sexo na TV.

Federico Devito coloca Vestido da Britney Spears e vai na premiação com o Namorado.



Que linda a Pink, não pera…

O influencer chegou ao MTV Millennial Awards, o MIAW, na noite desta quarta-feira acompanhado pelo namorado. Para se vestir, inspiraram-se em uma combinação icônica que Britney Spears e Justin Timberlake fizeram em 2001: jeans dos pés à cabeça. Isso que é um casal!

Não basta ser Sunga Branca, ainda tem que marcar…



Com ou sem pelos?



Foi espionar o Macho Nu no rio… Veja no que deu!











Daniel Koellerer - jogador de tenis alemão em Celebrity Big Brother.






Jake Sims - X-Factor!!




Massimo Frau em “Foreclosure”.






Marvin Cortes de ANTM20




Shawn Bullard...





Sam Callahan...






Postado por Andy | (0) Comente aqui!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...