quinta-feira, setembro 19, 2013

Fui assaltado




E amigos hoje venho aqui fazer um desabafo. Fui assaltado hoje e levaram a minha mochila com meu notebook e minha carteira.



 

Eu tinha ido entrega um documento para um cliente da empresa no Bairro da Penha (RJ). E como ainda estava muito cedo para voltar para o trabalho resolvi então da uma rolé na Rua Uruguaiana e ver alguns eletrônicos.

 E peguei um atalho para chegar o mais rápido nessa rua no qual eu passo há uns três anos e nunca me aconteceu nada, ainda mais em plena luz do dia.

Do nada, me chegaram dois caras me cercando, questionando o que eu tinha na mochila. Pediram pra eu fala baixo e não fazer barulho, e que queria levar o que eu tinha mais de valor.

Conseguir negociar a retirada dos meus documentos pessoais e o meu celular, mas o dinheiro e notebook foram levados. Tentei ate chora de raiva, mas não conseguir.


Fui ate a delegacia e dei parte e fiz a descrição dos bandidos, mas não quero fica na expectativa de recuperar nada, pois o importante foi nada te me acontecido (agressão física).

Liguei para o trabalho e disse o que tinha ocorrido e me liberaram para retornar para casa e dentro do metro liguei para um amigo e fui muito bem acolhido. 

Confesso que chorei, mesmo dentro do vagão no metro com um monte de gente me olhando, enquanto ele falava comigo.

Fica ai meu desabafo


6 comentários:

  1. Puxa que chato amigo, imagino como vc deva estar se sentindo. Infelizmente a violencia mora ao lado da gente, e cada vez nos cerca mais de perto. Mas, resta o consolo que pelo menos sua integridade física está ok, embora não se possa dizer o mesmo de sua moral que deve estar baixa. O que é natural. Mas, amanhã é outro dia, e tudo isso vai se esvair na fumaça do tempo.

    ResponderExcluir
  2. Isso e´muito chato!! A gente não tem mais segurança em nenhum lugar do Brasil. Morei no exterior e a sensaçao de segurança nas ruas era ótimo e ate de noite/madrugada, vc ia e voltava tranquilo em qualquer lugar...saudades !!

    ResponderExcluir
  3. Espero q a situação melhore pra você =)

    ResponderExcluir
  4. Este, amigo, é o Brasil em que vivemos e sabemos quem deixou a coisa chegar a este ponto. Se os políticos estivessem atentos há muitos anos atrás, principalmente com referência às nossas leis que continuam retrógadas, é bem provável que não estaríamos na situação em que nos encontramos. Nada fizeram a respeito desde lá e vcs sabem a que me refiro, a questão do emprego, salários, divisão de rendas, etc., tudo isto e muito mais. E continuamos a votar nos mesmos, os quais, quando são substituídos é por um grupo ainda peor. Tantas passeatas recentemente feitas e deu em que? Veja o resultado dos condenados do mensalão. Há muitos anos (fins de 40 e início de 50, um presidente de um país estrangeiro disse; O BRASIL É UM PAIS QUE NÃO DEVE SE LEVAR A SÉRIO!.´Muita gente e inclusive este comentarista, se indignou seriamente com tais palavras. Hoje, vemos e com muita tristeza, que ele estava certo e casos iguais e piores do que o amigo passou continuam acontacendo e nada se faz ou talvez porque nada mais poderá ser feito. Graças a DEUS vc está vivo, continuará trabalhando e quem sabe conseguirá um notebook ou quaisquer outro produto eletrônico de maior qualidade, embora todos nós sentimos não ter uma vida de igual valor. Tenha fé e siga seu caminho, pois, muitas coisas ainda estão por vir e que DEUS nos proteja, já que os homens em que confiamos e votamos, nada podem ou não0 querem fazer.

    Paz, saúde e força para vc e todos neste Brasil

    Mário, Salvador-Bahia

    ResponderExcluir
  5. Infelizmente eh a realidade do nosso querido Brasil...Gosto muito dai, mas sempre que penso em voltar para o Brasil vem esse lado da SEGURANCA e acabo desistindo, adoro o Brasil e o povo Brasileiro, pois sou brasileiro de coracao e PASSAPORTE. Estou morando em Tokyo a mais de 20 anos, trabalho ganho relativamente bem, mesmo pelos padroes locais e internacionais, por isso jah tenho uma reserva boa (o suficiente) para voltar para o BRASIL definitivamente e nao ter mais necessidade de trabalhar e soh disfrutar as coisas boas do nosso querido pais, porem esse cotidiano violento do nosso pais acompanha e as vezes superam as coisas boas, por isso nao volto!!!
    Aqui, jah esqueci minha carteira dentro do trem e ela retornou para mim com tudo dentro (documentos,dinheiro, cartao de credito, etc.). Quando ainda era estudante esqueci minha camera fotografica num parque florestal em outra provincia, e ela retornou para mim uma semana depois sem nenhum arranhao, mesmo sem ter o meu nome e endereco, acredita? Segundo fiquei sabendo, um japones entregou a camera para o guarda do parque, dizendo que tinha encontrado a camera num dos bancos do parque, mas nao viu quem esqueceu...o guarda recebeu e guardou, passado tres dias como ninguem procurou pela camera o guarda resolveu procurar o dono, revelou o filme que estava dentro da camera e viu que entre as poucas fotos que eu tinha tirado, uma foto de uma escola e ele enviou a foto para a universidade com uma carta explicando o ocorrido e a reitoria procurou um dos estudante que estava na foto para saber de quem era a camera e descobriram que era minha camera e me encontraram (rsrsrs), contatei o guarda, agradeci e pedi para ele enviar a camera pelo correio para mim que veio com uma carta de desculpa por ele ter revelado o fime sem a minha autorizacao...vcs acreditam??? quem me dera que o no BRASIL fosse assim tb neh!

    ResponderExcluir
  6. Vara Brutus, o Japao esta sendo exemplo pela midia aqui no Brasil, quanto a honestidade , limpeza publica, e exemplo das açoes govenamentaism para com a populaçao. Uma sociedade justa e´cnstruido atraves da EDUCAÇAO e desconsruir e melhorar habitos , dentro da sociedade, porque o brasileiro esta acostumado a jogar lixo e papeis num impulso incosciente, de mau habito. Embora , acontençam trabalhos pela midia e governamental nesse sentido, o brasileiro so aprende dando multas e mete oa mao no bolso dele... Nao adianta sair as ruas cobrando açoes do governo quanto a corrupçao, se os proprios agem da mesma maneira...os politicos saem do proprio povo...

    ResponderExcluir