domingo, setembro 29, 2013

Um amigo especial






Olá a todos. Aqui é Cláudio Roberto.

Não conhecia o blog até o dia em que o Dino - através de um amigo em comum - teve contato com um texto que havia postado como desabafo no meu perfil no Facebook. 
Ele achou interessante, e (de lá para cá) sempre apareço aqui para postar alguma coisa neste blog (como uma matéria que fiz sobre os personagens gays no universo do anime. Será que esta matéria já está no ar? ^_^).
Bem... Muita gente do blog deve me conhecer de uma entrevista que dei para o Dino alguns meses atrás, na qual muita gente torceu o nariz para mim.

Vejo que nada mudou na minha vida. 
EU QUERO UM AMIGO, UM COMPANHEIRO. 
Mas salas de bate papo (ou sites como “Badoo” e similares), provam ser uma armadilha na qual você não sabe quem está realmente do outro lado. Nunca encontro alguém que me agrade, ou, que seja sincero nas suas posições.
Vou citar alguns casos recentes: Pessoas idiotas haviam visto o meu perfil no Badoo. Me achavam até uma pessoa “legal”, mas... Haviam os 'poréns': Ora era uma indecente proposta de sexo, Ora era ser um “caso fixo” de algum 'casado' (que certamente traia a sua companheira com diversos homens e achava tal fato “normal”), Ou... Ora era alguém que dizia ligar para mim para encontros que acabavam nunca acontecendo pois fulano... Dizia estar “sempre ocupado”... Nem preciso dizer que a minha resposta para tudo isso foi um sonoro “NÃO”.
E sabe o que eu mais ouvia? “Você é chato e exige demais, nunca vai conseguir nada, pois não tem nada o que oferecer”...


DISCORDO TOTALMENTE, POIS SOU UMA PESSOA SIMPÁTICA, E TENHO SIM MUITO PARA OFERECER. Sou carinhoso e atencioso SIM. Tenho alguns “defeitos”? Sim, mas... QUEM NÃO TEM?...
Talvez (por ser muito franco), eu seja discriminado por isso.
Bem: Quero alguém especial. NÃO QUERO SEQUER OUVIR A FRASE “VAMOS FICAR SÓ NA AMIZADE”. Se é para dizer, que nem leia mais o restante deste texto!... Venho por meio deste pedir uma companhia, alguém que curta animes, que curta uma tarde ensolarada numa praia, e que (ao ver o seu parceiro numa roupa de neoprene), não diga bobagens do tipo “Pô fera, se é para estar na praia com alguém que usa uma roupa maluca destas na praia perto de mim, prefiro ficar longe - Boa Sorte aí)... Com este pensamento mais do que estúpido, desejo mais do que sorte para este verme mesmo.
Enfim, é isso aí. Sou Cláudio Roberto, tenho 38 anos, e quem quiser bater um papo comigo: 21 8816-0459 (ou no e-mail c.r.braga@gmail.com). Não aguento mais ficar sozinho. E, só queria um amigo mais do que especial.
Espero poder encontrar este amigo, por aqui, nas páginas do blog.

3 comentários:

  1. É isso que sempre digo, falta mt respeito entre as pessoas...
    Não conheço esse cara, mesmo que conhecesse, não teria o direito de ofende-lo.
    Acredito que esse Anônimo aí em cima tb tenha(mesmo não tendo mostrado), e que tb não gostaria que o tratassem assim.
    Todos temos direito de ir em busca de nosso amor, não é um tarefa fácil e muito menos simples. Que você encontre sim seu amor e que ele seja verdadeiro, e te faça muito bem.
    Enfim, PAZ, RESPEITO E COMPAIXÃO é o que desejo a todos!!!
    *Anônimo*

    ResponderExcluir
  2. Qualquer comentários que contem ofensas pessoais serão excluídos.

    ResponderExcluir
  3. Me identifiquei totalmente com esse relato, sei como é o "sincericidio" rs. Pena que mora no rio, senão poderiamos nos conhecer.

    ResponderExcluir