domingo, abril 28, 2019

Sexo e tudo?


MEU NAMORADO NÃO ME SATISFAZ



Tenho 25 anos, e - como a maioria dos homens da minha idade - procuro alguém legal.
Por muito tempo me diverti curtindo boates e sala de bate papo atrás de sexo. E sempre consegui o que queria: Conhecer homens que me atraiam sexualmente, que me faziam pirar a cabeça.

Mas nenhum deles queria nada sério.



Faz um ano que saí  de casa por problemas com a minha família, e fui trabalhar numa cidade do interior. E acabei conhecendo o Anderson: um jovem de 20 anos que é lindo, educado, inteligente, que gosta de mim e que tem muita coisa em comum comigo.


Estamos morando juntos há 9 meses.



 Anderson (que tem uma condição financeira melhor) banca todas as despesas da casa e ainda me ajuda com os meus estudos.
Mas há um problema serio... Ele não me satisfaz sexualmente. Já tenho certa experiência sexual (enquanto que ele é muito devagar e sempre reclama que é para “para pegar mais leve pra não machuca-lo”. E isso tira todo o meu tesão!


Ele é muito carinhoso, mais do que todos os outros homens com quem que já transei. Mas só carinho não basta e isso vem me deixando doido a ponto de tê-lo traído com um cara que conheci pela net (e que quando estamos junto à cama pegas fogo). Não sei o que fazer... O Anderson é legal, mas o desempenho sexual deixa muito a desejar...

Dino gostaria de saber que algum visitante ou você mesmo já passou por uma situação como essa, do parceiro ser mais do que legal, mas... Não lhe satisfazer sexualmente.

Anonimo

Fico triste só de pensar que um cara tão legal como o Anderson possa esta lendo esse texto. Você deve ser aquele tipo de ativo que só se preocupar com o seu prazer (que meter forte e foda se o resto) e o parceiro e o que menos importa.
Termine com o Anderson e vai curtir boates e sexo com os caras disponível por ai, mas vai chegar um momento na sua vida que você vai lembrar-se dos bons momentos que passou do lado do carinhoso e amoroso Anderson.



9 comentários:

  1. Cara, vergonha de você. Sexo é técnica e prática. Vê, faz, aprende, repete. Vê, faz, aprende, repete... até ficar bom para ambos.

    O problema não é seu parceiro que não é bom de cama. É você que prefere um cabo de vassoura, cone, salame ou mandioca a uma relação com um humano.

    Deixe de ser bicha loca vadia e vire gay, seu lixo!

    ResponderExcluir
  2. Meus Deus gente como vc mim da nojo, o cara banca tudo até seus estudos e vc ainda faz uma sacanagem dessa com ele ´tomara que ele leia esse texto pra ver o tipo de crápula e sem escrupulo que vc é, mais é claro que vc não vai larga ele... vc como bobo que vc não é vai deixar a boa vida com o idiota que banca tudo pra vc? é caro que não!!! mais espero que Deus abra os olhos dele um dia... Nojento.

    ResponderExcluir
  3. Oi Dino e a todos do blog, ao cara que mandou esse desabafo,não vou te julgar e acredito que ninguém aqui tem a capacidade disso. Primeiramente, eu te entendo perfeitamente que é gostar de forma sentimental dá pessoa e na cama não ter tanta conexão, talvez não seja o ritmo dele na cama, mas sim a conexão na parte sexual entre vocês. Isso aconteceu com meu ex namorado, porém sou passivo e de forma alguma trairia ele com outro, então por conta desse e outros fatores teve o término. Aos que tanto julgam, um namoro não é feito apenas de carinho e romantismo, sexo é sim fundamental e mais ainda é um compreender o outro na cama. Eu não estou defendendo nenhuma das partes, apenas estou expondo minha opinião já que passei por algo semelhante. Mas traição é algo que realmente foi errado, e acho que o melhor a se,fazer é sentar e conversar com ele, ser verdadeiro com os dois. Espero ter colaborado com algo. Beijos e amo o blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vellho, se o ritmo tá ruim é só pedir para mudar. Vai mais rápido, mais devagar, muda de posição, coloca a perna aqui, passa por baixo, vem por cima... é só ser sincero com o cara e estudarem juntos um modo de dar prazer aos dois.

      Sou ativo e as vezes meter cansa. Eu ponho no automático e vou, vou, vou... as vezes esqueço do meu marido. Dai ele vai me dando as coordenadas... diz que não tá bom e diz como eu tenho que fazer.

      Esse papo de "conexão" é desculpa para não assumir que a relação esfriou e que um dos dois quer partir para outra carne.

      Excluir
    2. Entendo perfeitamente seu ponto de vista, por isso mesmo que falei que em meu caso tinha outros fatores além do sexo e que traição não se deve ter em hipótese nenhuma. Cada um acredita no que quer, eu acredito sim em conexão carnal, assim como a partir dela uma relação pode se forma, a mesma pode acabar ou esfriar. Enfim, cada um com sua linha de pensamento.

      Excluir
  4. Ñ tenho experiência nenhuma sexual(ou quase nenhuma rs), mas meu pensamento sempre foi esse q o último anônimo disse, q se ñ esta bom o sexo q o outro mostre a forma certa de q o satisfaça, ou satisfaça a ambos. Tb ñ axo certo isso, na minha concepção, se há amor, ñ deveria ter traição. definição de amor pra mim inclui respeito, cumplicidade e algo q nem sempre temos(msm para manter a relação bem) q seria a sinceridade. E ñ é julgando seu ato de traição, apenas expondo minha opinião, seja sincero com seu parceiro, 9 meses é tempo suficiente pra ter uma abertura pra tocar nesse assunto. Abraços e espero sim q os conselhos aqui sirvam pra você...

    ResponderExcluir
  5. Meu caro, em um relacionamento sério existem inúmeras considerações a fazer. Prazer sexual é uma delas, mas perto da cumplicidade, carinho, ternura, parceria e fidelidade, deve ser conversada e compactuada. Pelo fato dele ter pouca experiência, tenha paciência e tente agregar informações com vídeos ou blogs para curtirem juntos. Eu comecei com um parceiro avesso a penetração, consegui que ele perdesse o medo de ser ativo e hoje ele já começa a pensar em ser passivo. É conversa e vivência. Se a parte sexual é muito importante para você, significa que você ainda não está pronto pra uma vida conjugal, a verdadeira vida a dois. Vá curtir, mas saiba que você pode estar deixando alguém que pelo exposto tem uma parceria com você. Reflita bem e por favor não o traia. Se você pensa em traí-lo o tempo todo, foi perda de tempo tentar expor o problema aqui. Abração o/

    ResponderExcluir
  6. Sinceramente, você não deve amá-lo, pois quem ama, por "pior" que esteja a relação sexual jamais conseguiria se deitar com outro. Eu sentiria nojo de mim mesmo. Como todos disseram, é muito simples CONVERSAR e se arranjarem sexualmente. Buscarem inovações e coisas do tipo, mas trair? Se ele faz isso por você é porque deve te amar, e você fez algo muito terrível em traí-lo apenas para buscar prazer sexual. Não é só de comer que se faz uma relação, pelo contrário, isso é uma pequena faceta de todo o resto.

    ResponderExcluir
  7. Ótima resposta Dino kkkkkkkkkkk
    Mas diferente do que todos comentaram aqui, sexo pra mim é o que eu penso por último numa relação, não que não seja importante. Acho que toda a minha criação em lar evangélico me ajudou a ver que sexo não é algo banal, é algo especial, pois se tiver amor, o sexo acontece tão naturalmente que não tem o que reclamar.

    ResponderExcluir