Slide 1 Slide 2 Slide 3

FILMES TEMATICOS GLS



FILMES DA SEMANA


FILME(INEDITO): RED STATE (USA-2011)


VEJAM O TRAILER NO FIM DO POST


SINOPSE: Red State é a história de um bando de desajustados que encontra uma família de religiosos fundamentalistas no coração dos EUA  ( É baseada livremente no caso da Westboro Baptist Church, de Topeka, cidade do Kansas ). O controverso grupo batista, liderado pelo pastor Fred Phelps e formado principalmente por membros de sua família, é conhecido pelo ódio contra homossexuais.

SYNOPSIS: Red State is the story of a bunch of misfits who find a family of religious fundamentalists in the heart of the U.S. (It is loosely based on the case of the Westboro Baptist Church of Topeka, Kansas City). The controversial Baptist group, led by Pastor Fred Phelps and consists mostly of members of his family, is known hatred against homosexuals.

SYNOPSIS: Red State est l'histoire d'une bande de marginaux qui trouvent une famille de fondamentalistes religieux au cœur des États-Unis (Il est vaguement basé sur le cas de l'Eglise baptiste de Westboro de Topeka, Kansas City). Le groupe Baptiste controversée, dirigée par le pasteur Fred Phelps et se compose essentiellement de membres de sa famille, est connu à la haine contre les homosexuels.

SINOSSI: Red State è la storia di un gruppo di disadattati che trovano una famiglia di fondamentalisti religiosi, nel cuore degli Stati Uniti (è vagamente basato sul caso della chiesa di Westboro Baptist di Topeka, Kansas City). Il gruppo battista controverso, guidata dal pastore Fred Phelps ed è composto prevalentemente da membri della sua famiglia, è noto l'odio contro gli omosessuali.

SYNOPSIS: Red State ist die Geschichte von einer Gruppe von Außenseitern, die eine Familie von religiösen Fundamentalisten im Herzen der US-finden (es basiert lose auf dem Fall der Westboro Baptist Church of Topeka, Kansas City basiert). Die umstrittene Baptist Gruppe, die von Pastor Fred Phelps geführt und besteht hauptsächlich aus Mitgliedern seiner Familie, wird gegen Homosexuelle bekannt Hass.

FILME(INEDITO): THE CONRAD BOYS (USA-2006)



VEJAM O TRAILER NO FIM DO POST


SINOPSE: Charlie Conrad, um jovem de 19 anos que sonha em fazer faculdade em Nova York. Até que sua mãe, solteira, morre repentinamente e Charlie se torna responsável por Ben, seu irmãozinho de 9 anos. Isso não é problema até que ele conhece o belo e misterioso Jordan, com que inicia um intenso caso de amor. Eis que seu pai ausente, Doug, reaparece e reivindica a guarda de Ben. Como um problema nunca vem sozinho, o passado de Jordan vem à tona, colocando a relação deles em xeque. O filme, com muita sensibilidade, fala de identidade, família, liberdade e das descobertas do primeiro amor através de um prisma jovem e inocente.

SYNOPSIS: Charlie Conrad, a 19-year old who dreams of going to college in New York. Until his mother, unmarried, and Charlie dies suddenly becomes responsible for Ben, his brother of 9 years. This is no problem until he meets the beautiful and mysterious Jordan, that starts with an intense love affair. Behold her missing father, Doug, reappears and claims custody of Ben. As a problem never comes alone, Jordan's past comes up, putting their relationship in check. The film, with great sensitivity, speaks of identity, family, freedom and discoveries of first love through a young and innocent prism.

SINOPSIS: Charlie Conrad, un viejo de 19 años que sueña con ir a la universidad en Nueva York. Hasta su madre, soltera, y Charlie muere de repente se convierte en responsable de Ben, su hermano de 9 años. Esto no es ningún problema, hasta que conoce a la bella y misteriosa Jordan, que se inicia con una intensa historia de amor. He aquí su padre desaparecido, Doug, reaparece y reclama la custodia de Ben. Como problema nunca viene sola, más allá de Jordania aparece, poner su relación en jaque. La película, con una gran sensibilidad, habla de la identidad, la familia, la libertad y los descubrimientos del primer amor a través de un prisma joven e inocente.

SYNOPSIS: Charlie Conrad, un jeune de 19 ans qui rêve d'aller à l'université à New York. Jusqu'à sa mère, célibataire, et Charlie meurt soudainement devient responsable de Ben, son frère de 9 ans. Ce n'est pas un problème jusqu'à ce qu'il rencontre la belle et mystérieuse Jordanie, qui commence par une histoire d'amour intense. Voici son père disparu, Doug, réapparaît et demande la garde de Ben. Comme un problème ne vient jamais seul, le passé de la Jordanie arrive, mettre leur relation en échec. Le film, avec une grande sensibilité, parle de l'identité, de la famille, de la liberté et de découvertes du premier amour à travers un prisme jeune et innocent.


FILME(INEDITO): PROOF (AUSTRALIA-1991)



VEJAM O TRAILER NO FIM DO POST


SINOPSE: Uma mistura de drama e humor negro na história de Martin,um homem cego que acha que estão sempre lhe enganando. Na infância, ele pensava que sua mãe mentia quando descrevia as coisas e paisagens. Adulto, apesar de cego, ele virou um fotógrafo, mas continua achando que o enganam. Ele tem um relacionamento de amor e ódio com Celia, a mulher que cuida de sua casa. Quando ele conhece e se torna amigo de Andy , surge um complicado triângulo amoroso,Martin se apaixona por Andy,ele por sua vez se apaixona por Celia, mas ela tem ciúmes da amizade dos dois e trama um plano para que Martin fique decepcionado com o novo amigo.

SYNOPSIS: A mixture of drama and black humor in the story of Martin, a blind man who thinks you are always deceiving. In childhood, he thought his mother was lying when describing things and landscapes. Adult, although blind, he became a photographer, but still thinks the fool. He has a love-hate relationship with Celia, the woman who takes care of your home. When he meets and befriends Andy, a complicated love triangle emerges, Martin falls for Andy, he in turn falls for Celia, but she is jealous of their friendship and plot a plan to be disappointed with Martin new friend.



FILME(PEDIDO): DECAMERON (IL DECAMERON-ITALIA-1971)

VEJAMO TRAILER NO FIM DO POST


SINOPSE: Adaptação de nove histórias baseadas na literatura erótica de Bocaccio. Em todas elas, além do teor predominantemente homossexual, Pasolini satiriza a igreja. Decameron na época de lançamento foi proibida em Roma pelo descaramento que Pasolini trata da sexualidade humana,um filme inteligente e muito avançado pra sua época....

SINOPSIS: Adaptación de  nueve historias basadas en el erotismo de Boccaccio. En todos ellos, además del contenido predominantemente homosexual Pasolini satiriza la iglesia. Decameron ante un nuevo lanzamiento fue prohibido en Roma por Pasolini nervio que se ocupa de la sexualidad humana, una película inteligente y muy avanzado para su época ....

SYNOPSIS: Adaptation neuf histoires basées sur l'érotisme de Boccace. Dans chacun d'eux, outre le caractère principalement homosexuel Pasolini satire de l'église. Decameron au moment de presse a été interdite dans Rome par nerf Pasolini qui traite de la sexualité humaine, un film intelligent et très avancé pour son époque ....

SYNOPSIS: Adaptation of nine stories based on Boccaccio's erotica. In all of them, besides the content predominantly homosexual Pasolini satirizes the church. Decameron at release time was forbidden in Rome by Pasolini nerve that deals with human sexuality, a film intelligent and very advanced for its time ....


torrent:

1.Como legendar os filmes 
Baixe e instale o programa K-Lite codec pack full e instale em seu computador.
O filme e a legenda deverao estar na mesma **pasta ( Meus documentos) e com o mesmo titulo (normalmente, ja estarao com os mesmos titulos).Ex:  filme( The man), legenda (The man .srt).  apos instalsar . abra o player e assista o filme legendado.
Ou
Legendar manualmente:
E’ necessario ter o player KMPlayer
Baixe e instale  o player KMplayer.
Clicke o filme desejado e escolha KMPLAYER.
O filme e a legenda devem estar na mesma pasta com os mesmos titulos.
Ao rodar o filme, de pause. Na face do player, clicke em open, em seguida no “type of file “ coloque “all files”. Procure a legenda que esta em verde e clicke nele, em seguida open. Pronto !! Tire o filme do pause e assista legendado.

1.How subtitling the films
Download and install the K-Lite codec pack full and install on your computer.
The film and the caption should be on the same ** folder (My Documents) and with the same title (normally already be with the same titles.) Ex: Movie (The man), subtitle (The Man. Srt). after install. open the player and watch the subtitled movie. (Note: Not all players leave subtitled, due to lack of a codec)
or
2-Subtitling manually:
You need to have the player KMPlayer
Download and install the player KMPlayer.
Click and select the desired movie KMPlayer.
The film and the caption should be in the same folder with the same titles.
Turning the movie, pause. In the face of the player,  click open, then the "type of file" put "all files". Look for the label that it in green and click in it and then open. Ready! Take pause the movie and watch subtitled.







MEDITATION


We can stop waiting for life to become perfect and start working with what we’ve got to make it as satisfying as we can.  We can accept, bless, give thanks, and get going.  Today, we can begin to call forth the riches from our everyday life.  Procrastination has robbed us of too many precious opportunities. Call a friend for lunch, begin to read or even write that novel, organize your papers.Try a new recipe for dinner, smile at everyone you meet, sit and dream before a blazing fire, pick up your needlepoint again, act as if you’re grateful to be alive, scatter joy.  Think of one thing that would give you a genuine moment of pleasure today and do it.


~Sarah Ban Breathnach


~*~


Podemos parar de esperar por toda a vida para nos tornarmos perfeitos e começarmos a trabalhar com o que temos de tão satisfatório quanto pudermos. Podemos aceitar, abençoar, dar graças, e ir andando. Hoje, podemos começar a aguçar as riquezas da nossa vida cotidiana. Procrastinação roubou-nos muitas oportunidades preciosas. Chame um amigo para o almoço, comece a ler ou até mesmo escrever essa novela, organize seus papeis.Tente uma nova receita para o jantar, sorria para todos que encontrar, sente e sonhe ante a um fogo ardente, pegue o seu bordado, novamente, aja como se você esteja grato por estar vivo, espalhe alegria. Pense em uma coisa que iria dar-lhe um verdadeiro momento de prazer hoje e fazê-lo.


~ Sarah Ban Breathnach



HAVE A GOOD DAY

THANKS FOR BEING HERE,

PEACE AND LOVE,

ANDY



Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

RELATOS PESSOAIS

O relato de hoje no foi enviado por Junior. Ele há algum tempo nos escreveu e teve seu texto publicado no Blog. Recebeu vários comentários que, de certa forma, ajudaram-no a lidar com o problema de sua sexualidade e de sua paixão por seu colega de faculdade. Bem, vejamos o que ele nos tem a dizer sobre sua evolução e de toda essa história.








Depois de quase 10 meses volto a te escrever para contar o que fiz com os conselhos e planos.


Primeiramente, não consegui seguir exatamente o que tinha planejado hahaha, a gente nunca consegue mesmo. Mas segui um pouco dos conselhos sim, e me abri.


Os fatos que vou relatar, na verdade, transcorreram muito além do meu controle, que esteve presente apenas em poucas ocasiões. Menos de dois meses depois de mandar o relato pro blog, eu tinha voltado para a faculdade, e ver o garoto de novo me causou um impacto muito grande, e logo de cara a pressão toda que eu tinha relatado me agonizou.
Poderá gostar também de:
Postado por Mac Del Rey | (0) Comente aqui!

0 comentários:

LITERATURA GAY


Terminar um namoro é sempre um momento difícil. E quanto um dos namorados está bem apaixonado pelo outro, aí é que a coisa pega. Vamos ver como se deu esse momento entre nossos amantes. 2- Um clube fechado para uma “matilha” bem particular. Um clube bem masculino, com muita coisa rolando entre os sócios. Confira! 3- Um vampiro tatuado, com pierces e muito sensual. Será que você resistiria? Veja como Clay reage a tamanha tentação. 4- Os tipos mais improváveis se nivelam quando o assunto é sexo e o que se passa na cama. Um livro quente, com muita sensualidade e relação complicada. Vá em frente.





Terminar é Algo Dificil de Fazer

"Keith, por favor, você não pode ver como isso é difícil para mim? Meus pais nunca irão entender e nunca me perdoariam se eu lhes digo que eu sou gay e tenho um namorado. Jesus, minha mãe, provavelmente vai cair morta de um ataque cardíaco…

Poderá gostar também de:
Postado por Mac Del Rey | (1) Comente aqui!

1 comentários:

LIVROS DA ESTANTE

Uma seção dedicadas aos Livros homoeróticos disponíveis em nas editoras





Anatomia da noite

“A noite tem uma dinâmica própria, uma anatomia”, afirma o protagonista deste romance cujo outro personagem central é justamente ela, a noite, com suas promessas de prazer, sua gangorra de encontros e desencontros, o terreno conhecido no qual sempre saltamos com a expectativa de novidades. Henrique tem 35 anos e acaba de abrir a primeira cerveja, pontualmente às 22h. Mais novo romance do promissor Márcio El-Jaick.
Poderá gostar também de:
Postado por Mac Del Rey | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Mundo Dos Esportes

Boa tarde galera!

Hoje trago para vocês uma seleção de atletas bem excitantes e um especial com o jogador campeão da copa do Brasil pelo Flamengo André Santos. 

Espero que curtam esse post.


Andre Santos



Dando reta




 

Adam Von Ruthfleder (campeão de artes Marciais)


JOHNNY HERRERA Huck chileno

Poderá gostar também de:
Postado por Estagiario | (3) Comente aqui!

3 comentários:

MINHA VIDA GAY


Gays e a vida profissional


Por: M.V.



Seja extremamente apaixonado pelo que faz.


Posso afirmar hoje que um dos motivos que me impulsionou para ter a empresa própria (coisa que começou aos meus 23 anos) foi o fato de ser gay. Existia uma energia muito, muito grande de provação perante meu pai, meus amigos de faculdade e a mim mesmo. Ainda na inconsciência, a certeza de que um gay se dando bem com o próprio negócio seria algo de destaque (mesmo que somente na minha cabeça). Nunca fui de gostar das coisas fáceis e mastigadas. Nunca gostei da dependência.

Ao mesmo tempo não teria que enfrentar aquelas chatas e rotineiras situações do convívio entre colegas de trabalho, diretores, supervisores que muitas vezes cansa pela própria natureza hierárquica e política. Imagine então com a “pitada” de ser gay, e não aquele gay que todo mundo do escritório já sabe, mas aquele que passaria naturalmente por um hétero e teria que corroborar com as repetitivas conversas sobre mulheres e futebol nos almoços por quilo e reuniões dispersas?!

Vivi um pouco de tudo isso antes de começar a empresa e por essas experiências fui refinando minhas vontades e objetivos. Tinha que ter um ponto de partida.

O post de hoje será dedicado ao gay, nem tão gay assim e nada gay. São 13 anos levando a frente da minha microempresa e creio que muitos aqui estejam na busca da consciência e da estabilidade profissional.

1 – A primeira dica que dou é uma cópia descarada da frase de um grande cara, que não era homossexual, mas convivia com gays com naturalidade: “Não deixe o barulho da opinião dos outros abafar sua voz interior. E mais importante, tenha a coragem de seguir seu coração e sua intuição. Eles de alguma forma já sabem o que você realmente quer se tornar. Tudo o mais é secundário”. Curioso que essa frase caberia perfeitamente para o gay enrustido que sofre por ser assim (rs). Mas no contexto do trabalho e traduzindo em outras palavras, “seja apaixonado pelo que faz”. Sem paixão, tesão e orgasmo não tem como ser feliz quando o assunto é a profissão;

2 – Mas para se chegar no êxtase profissional como indico na primeira dica existe uma grande questão: “eu não sei do que gosto!”. Essa é uma grandessíssima questão que assola a grande maioria dos jovens. Primeiro que, no contexto de mundo, temos infindas áreas de trabalho. As pessoas se sentem perdidas, conflitam entre a necessidade de se ter prazer e a dos ganhos que as vezes não são proporcionais. Acham que querem atuar numa área específica, experientam e de repente percebem que não é nada daquilo! E, para “facilitar”, querem ganhar o mundo em um ano! Segundo que existe um fator cultural que empata a nossa vida: nosso modelo familiar tende a “fabricar” pais que nos mimam demais. Mimados, nos tornamos dependentes e pouco pró-ativos. A dependência e a falta de pró-atividade geram uma acomodação e um conforto que prejudicam diretamente a escolha, um foco, um objetivo. É como se, se fosse possível, nossos pais pudessem definir a nossa profissão e trabalhar pra gente! Nesse modelo, trabalhar, criar rotina parece algo muito desgastante. É por isso que o ponto 1 se faz valer mais ainda: se não encontramos a paixão na profissão que nos move, se depender do modelo familiar (direta ou indiretamente) ficaremos amarrados às saias e as calças dos mais velhos. Sabe quando alguém te fala “se joga, bi!”? Esse “se joga” tem que ser para a vida no geral e não para dar uma de periguete. E precisa ter foco. Não é como na balada que, na vontade, a gente atira um pouco para cada lado. Se ficar transitando em reflexões, achismos, opiniões alheias e não vivenciar a prática de maneira focada não tem como sair da inércia;

3 – Estude, pra cacete. Se tiver como, faça cursos. Se preferir, compre livros, busque na internet e explore seu lado autodidata. Se tiver condições ainda, empreenda e aprenda na prática acertando (e principalmente errando). Sem estudo não se acumula repertório, criatividade e referências. Sem estudo não exercitamos os neurônios e existe evidementemente um processo físico de dar alimento para o cérebro!;

4 – Pare com a utopia: não existe um trabalho fácil para se ganhar muito. Invariavelmente, para se ganhar muito terá que trabalhar muito. Para ser um Mark Zuckerberg da vida ou um Bill Gates teríamos que – no mínimo – ter nascido nos Estados Unidos, país que estimula o jovem desde muito pequeno a ser empreendedor e autônomo. Coisa que aqui no Brasil, como apontei no item 2, não existe. Existe aquela cultura de pais que, no caso da preparação profissional, nos acostumam muito, mas muito mal! Dependência é o oposto de autonomia.

5 – Tenha fé. Para isso não precisa ser evangélico, católico ou budista. Tenha fé no seu pontencial, acredite em você mas sem ficar verbalizando que é o tal. Ao invés de falar, faça, execute, foque em um objetivo e vá sem medo. Se arrependa por ter tentado do que não ter feito nada.

Existem pessoas realizadas vendendo hot dog. Existem pessoas realizadas trabalhando no mercado financeiro. Realização é resultado da paixão.

Qual é o seu ponto de partida?


EUA- Momento certo
Personal trainer Bob Harper se assume gay durante programa O Grande Perdedor.



Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

HOMOSSEXUALIDADE

Artigo: Terapia de casal e sexual. Diferenças e benefícios




Psicólogo destaca os benefícios das terapias de casal e sexual para os relacionamentos

Discussões no relacionamento, crise dos sete anos ou de todos eles, ciúmes, infidelidade, falta de diálogo e uma mesmice no casamento são algumas queixas comuns na clínica de Psicologia, que surgem naturalmente entre os casais e fazem parte do complexo e intrincado universo da vida a dois. Em algumas situações a solidão e o isolamento sustentam uma angustiante sensação de infelicidade.

Ainda alvo de muita resistência, este tipo de intervenção psicológica é constantemente associada ao fracasso, pois o casal não admite que não consiga resolver seus próprios problemas e com isso sente-se constrangido em relação aos amigos e à família. O conflito vivido pelo casal é subjugado, acreditando-se que divergências vão se resolver naturalmente, o que não acontece. Além disso, a terapia de casal é considerada como um atendimento que separa o casal, o que é irreal. Este tipo de terapia propicia uma reconstrução no relacionamento, criando um espaço de diálogo e a aproximação entre duas pessoas que muitas vezes não se encontram e não conversam nem quando dividem a mesma cama.

O terapeuta pode ajudar a reafirmar o vínculo no relacionamento, clarificar os aspectos que incomodam e em alguns casos a separação é entendida como uma escolha plausível. Mas a própria terapia pode facilitar uma separação harmoniosa e tranquila, em que o término da relação não precisa ser de brigas e desavenças. Terapia de casal não é salvação para se evitar o divórcio e tampouco separar o casal. Ela fortalece as escolhas, permissões e o encontro entre duas pessoas que possuem uma história juntos.

O grande benefício da terapia de casal e esclarecer aos parceiros que o relacionamento não deve aniquilar a singularidade do outro e nem sucumbir às individualidades, afinal, é importante que as pessoas tenham autonomia e que não vivam atreladas às regras equivocadas do amor romântico, aquele que impõem aos amantes que vivam como uma única pessoa, que não existe felicidade sem a presença do outro e que a existência amorosa está condicionada a este relacionamento.

O amor deve ser livre, sem impedimentos, exigências, imposições e idealizações. O amor primeiro é aquele que acontece em você. É a valorização de si. O amor que cria dependência não é satisfatório e causa muito sofrimento para quem o experimenta desta maneira. Não existem modelos a serem seguidos, mas de fato, existem aqueles que devem ser exorcizados, a começar pelos papéis e funções definidas entre homens e mulheres e que segregam a relação. A verdadeira união dos amantes acontece quando os propósitos são construídos juntos e que os interesses pessoais não sucumbam o do outro.

As queixas mais comuns são infidelidade - inclusive a virtual - brigas e discussões, dificuldade financeira, problemas de relacionamento com a família, falta de respeito e de desejo sexual. Existem casos em que o casal se relaciona bem sexualmente, mas apenas desta forma. A vida social é penosa e triste. A falta de perspectivas e de crescimento na relação torna o vínculo sexual simplório e o único elo de satisfação. O afeto não se mantém e o conflito é iminente. É primordial o casal não deixar muito tempo passar para buscar ajuda e orientação. O sofrimento deteriora emocionalmente as pessoas e postergar a dor só causa mais angústia.

Muitas vezes terapia de casal é confundida com terapia sexual pelo fato de trabalhar conflitos no casal e o envolvimento sexual entre eles. Este tipo de terapia possui como objetivo propiciar uma discussão e a compreensão do desejo, entender sobre as próprias vontades e permitir-se ao prazer. A sexualidade é alvo de muitas repressões. Com isso o desejo, o prazer e o corpo sofrem as consequências de limitações e conceitos opressores que impedem as pessoas de serem felizes e viverem plenamente suas potencialidades sexuais.

Seja a de casal ou sexual os benefícios são prósperos e satisfatórios para quem procura estas terapias. Muitos mitos são rompidos e resignificados. Entre eles o mito do amor eterno, que não existe. O amor deve ser cuidado e cultivado entre o casal, mas a crença de que o sentimento será o mesmo do começo da relação é ilusão. Passado o arrefecimento da paixão e o furor do sexo a realidade deve sustentar esta relação, o prazer e a felicidade devem vigorar, mas saber lidar com o abrandamento do prazer é importante para que as pessoas não vivam sempre com a inebriante sensação do começo da relação ou frustrados porque algo está diferente.

O convívio faz com que a relação se torne real e não apenas fantasioso. Deve-se conquistar todos os dias o amor do outro e não se acomodar. O mito de possessão também é desmistificado porque ninguém é objeto de ninguém, logo, não devemos viver uma relação amorosa com pretensões de que o outro nos pertence, fazer o que quiser com ele ou achar que a relação será eterna. Respeito e procurar conversar sempre que houver dificuldades vão dando a tônica da relação e alicerçando o casal. O estigma da perfeição é outro mito que devemos combater porque ninguém é perfeito e nenhuma relação está isenta de tropeços e quedas.

*Breno Rosostolato é psicólogo e terapeuta sexual. o e-mail dele é o brenorosostolato@gmail.com.

Pesando na balança
Socióloga investiga como o gênero e a sexualidade refletem no mundo do Direito.





Especialista na área de Sociologia das Profissões, Maria da Gloria Bonelli investigou empiricamente as relações entre as profissões jurídicas e o ingresso de mulheres e da homoafetividade nas carreiras públicas e na advocacia privada em São Paulo. Seu ponto de partida foram indagações a respeito do impacto do profissionalismo sobre essas diferenças e vice-versa, como o gênero e a sexualidade refletem no ideário dominante no mundo do Direito.

Os resultados são agora apresentados em “Profissionalismo, gênero e diferença nas carreiras jurídicas”, lançamento da EdUSFCar. O livro desvenda aquilo que ideologicamente foi construído como separado: de um lado, o profissionalismo, a neutralidade da expertise, a dimensão pública, impessoal e objetiva; do outro, os marcadores da diferença, sua restrição ao privado, pessoal, subjetivo.

Essa lógica profissional continua sendo a mesma? Continua predominando a visão de que na profissão o que conta é o saber, a competência técnica superando diferenças que não medem o desempenho? O gênero e a sexualidade foram neutralizados pelo profissionalismo? Houve mudança nesses valores em decorrência da composição mais plural das carreiras?

Cada capítulo do livro aborda um perfil profissional. O primeiro dedica-se à magistratura estadual e a federal em São Paulo; no segundo, a clivagem se dá entre a advocacia privada e a carreira pública da magistratura no que diz respeito às percepções da diferença. Em seguida, a atenção se volta aos promotores e procuradores de Justiça de São Paulo e para os procuradores federais atuantes neste Estado. No quarto, o foco recai sobre dois órgãos em que há expressiva participação feminina: a Defensoria Pública e a Procuradoria Geral do Estado de São Paulo.

Nas conclusões, a autora aponta o ingresso da diferença nas profissões analisadas tem impactos distintos, “mas todas elas apresentam-se interseccionadas pelos marcadores sociais que vão descentrando a identidade profissional de uma posição fixa no núcleo do self”. O momento de consolidação do profissionalismo é um fator que influencia a maior ou menor abertura à diversidade. “Se as portas de entrada da carreira foram fechadas pela lógica profissional predominante antes da incorporação de mulheres e da homoafetividade, observa-se maior estratificação por gênero no interior da profissão. Se a inclusão da diferença antecede tal fechamento, a carreira se apresenta menos estratificada segundo essas marcas, não conformando guetos femininos ou segmentações generificadas”, explica a socióloga.

Sobre a autora

Maria da Gloria Bonelli é formada em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1979), com doutorado em Ciências Sociais pela Universidade de Campinas (1993), e bolsa sanduíche na Northwestern University (1991). Desenvolveu pós-doutorado na American Bar Foundation, Chicago (1996) e no Instituto Internacional de Sociologia Jurídica de Oñati, País Basco (2006). Atualmente é professora titular do Departamento de Sociologia, da Universidade Federal de São Carlos.

“Profissionalismo, gênero e diferença nas carreiras jurídicas” - Maria da Gloria Bonelli

139 páginas

SP: Museu da Diversidade recebe exposição de fotos a partir da sexta



Exposição vai mostrar a sexualidade e a moda
Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

BOM DEMAIS !!









Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

FOFOCAS DE CELEBRIDADES

Mais que suspenso: Declaração homofóbica põe Alec Baldwin no olho da rua



Publicado pela Veja

O ator havia xingado um fotógrafo no último dia 15 de novembro e sido suspenso pelo canal MSNBC, que agora o demitiu definitivamente
 
Se já não era um campeão de audiência com o Up Late with Alec Baldwin, talk-show que comandava uma vez por semana no canal pago americano MSNBC, Alec Baldwin perdeu completamente o moral depois de atacar um fotógrafo com declarações homofóbicas. O ator foi dispensado nesta terça-feira pelo canal. Com isso, o programa, suspenso desde o último dia 15, foi definitivamente cancelado.
 
No episódio, ocorrido no início do mês, Baldwin perseguiu um paparazzo que tentava fotografá-lo próximo ao seu prédio, em Manhattan, e disparou insultos homofóbicos. No dia seguinte ao incidente, o ator tentou se redimir de maneira patética: fez um vídeo ao lado de seu cabelereiro, que é assumidamente gay, perguntando se ele achava que o ator era homofóbico. “Sim, dos maiores”, respondeu o cabelereiro em tom de brincadeira.
 
Baldwin também divulgou um comunicado no site da emissora pedindo desculpas aos fãs e aos colegas de trabalho. No texto, alegava que estava apenas tentando proteger seus familiares do fotógrafo e que escolheu mal as palavras usadas para tanto. Mesmo assim, o programa Up Late with Alec Baldwin foi tirado temporariamente do ar pela emissora no último dia 15 de novembro, antes da demissão definitiva do apresentador.
 
É possível que a deselegante escorregada do ator tenha sido o pretexto que faltava para a MSNBC tirar o programa do ar. De acordo com o site americano Deadline, o talk-show, que estreou com público de 172.000 pessoas entre 25 e 54 anos, em outubro, caiu para 101.000 no começo de novembro.
 

Casal de lésbicas se beijando está no novo clipe do Jota Quest

Meninas arrasam no beijo


A banda Jota Quest lançou recentemente o álbum “Funky Funky Boom Boom”, que mistura soul, disco, funk e samba-funk. O single “Mandou Bem”, além de ser uma das canções Top 10 das rádios de todo o País, também recebeu um clipe muito bem dirigido e que tem a temática patins como plano de fundo para contar a narrativa.

No finalzinho do clipe, o Jota Quest colocou um casal de lésbica dando selinhos. “Mandou Bem” conta com a participação especial de Nile Rodgers – guitarrista e produtor musical de Nova York.





Em "Amor à Vida", Félix virou "bichinha pão com ovo"



Publicado pela Folha

A criatura tanto aprontou que, além de todas as suas regalias, perdeu o aconchego do próprio lar... Quase perdeu o "Amor à Vida" (Globo).
 
A semana começou sem muito glamour para o tresloucado Félix (Mateus Solano), que foi recebido no "muquifo" da ex-chacrete Márcia (Elizabeth Savalla) a pão com ovo.
 
E não bastasse o miserê todo, Félix ainda teve que ouvir o melodrama da vida da dançarina, que envolvia um irmão seu morto acidentalmente, quase que por culpa sua, quando ela então era babá das crianças.
 
Mas nem a "Pícara Sonhadora" (SBT) sonharia com um babado desses. Nem que "Maria do Bairro" (SBT) cantasse "Babalu" em aramaico, alguém em sã consciência envolveria essas personagens nesse nó tão cego. Que água será que Walcyr Carrasco anda bebendo?
 
Aproveitando essa citação de "que água elas bebem", feita por Pedro Bial sobre algumas belas candidatas ao "BBB", o marketing da emissora resolveu escancarar de vez: personagens simbólicos da trama, como a "periguete Waldirene" (Tatá Werneck), resolveram se inscrever para o "Big Brother Brasil 14" assim, como se nada fora. Enfim, a propaganda é a arma do negócio. Olha o "BBB14" aí, gente!
 
"Eu devo ter atendido o celular durante o Sermão da Montanha!", disse Félix numa de suas tiradas nada a ver, mas que são as melhores partes do texto. O vilão esnobe e afetado condenado a viver na casa de Lili Pára-Choque e Pára-Lama (ou vice-versa) --que ostenta um tenebroso arranjo floral na cabeça para o seu horror estético, continua sendo o foco central de "Amor à Vida"-- que bem poderia se chamar "Félix no País das Maracutaias".
 
O tristonho e sofrido par romântico de Bruno (Malvino Salvador) e Paloma (Paolla Oliveira) já virou "café com leite" faz tempo. Menos mal que a chata da Paulinha (Clara Castanho) resolveu dar um tempo.
 
A campanha "sou gordinha mas sou legal" da Perséfone (Fabiana Karla) já deu o que tinha que dar. O casal "hard" libidinoso também sossegou o facho. Agora o "melhor" é a disputa pela viúva rica e poderosa: Pilar (Suzana Vieira). Dois jovens bonitões estão aos seus pés. Está podendo, hein, Dona Pilar?
 
Ou será que se ela não tivesse ficado com a grana que ficou no divórcio, estariam os moçoilos batendo à sua porta com a mesma voracidade? Enfim, pelo menos Pilar foi esperta e seguiu um conselho atribuído a Ivana Trump --"Quando você se separar não fique triste, fique rica!"
 
E o pobre do Dr. César (Antônio Fagundes)? Caindo feito um pato nas artimanhas da Maga PatAline (Vanessa Giácomo). Dizem que a paixão cega mesmo. Mas, no caso, cegou, emudeceu e emburreceu!
 
Falando nisso, o que deu nesse tal de Niko (Thiago Fragoso) que está se deixando enganar feito um bocó pela "vaca" da Amarilys (Danielle Winits)? Perdeu o "bofe", se bobear perde a casa e ainda os dois filhos adotivos. Antigamente --bem antes do "politicamente correto", dizia-se objetivamente: "bicha burra nasce homem". Não foi o que aconteceu com o personagem. Talvez fosse o caso dele adaptar um clássico da dramaturgia infantil de Maria Clara Machado, "A Bruxinha que Era Boa" e protagonizar "A Bichinha que Era Burra". Sucesso na certa.
 
Quanto ao Jonathan (Thalles Cabral)? Tsc, tsc...não vejo outra saída: errar de cenário, entrar em "Joia Rara" e virar monge no Tibete!



James Franco e Seth Rogen fazem paródia gay com clipe de Kanye West e Kim Kardashian


Publicado pelo PapelPop

James Franco e Seth Rogen estão gravando o filme “The Interview”, mas os dois parecem estar com bastante tempo livre nos sets de filmagem, pois eles divulgaram um vídeo em que recriam o clipe sexy de “Bound2? do Kanye West.
 
No clipe original, Kanye aparece em uma motocicleta com sua noiva Kim Kardashian seminua seduzindo enquanto ele dirige. Na paródia, Franco assume o papel do rapper e Rogen o de Kim.
 
Eles regravaram cena a cena do vídeo original e está quase tudo igual: as imagens da natureza no começo, a camiseta rasgada de Kanye, o cromaqui atrás da motocicleta e o comediante descamisado com suas costas peludas sendo sexy na garupa da moto e agarrando o amigo.
 
Hahahahahahaha, dá play abaixo pra conferir essa maravilha:


 

Aqui está o clipe oficial do Kanye, para vocês compararem:







Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

NOTICIAS DO MUNDO GAY

Direitos Humanos do Senado quer votar PLC 122 ainda este ano



Na segunda-feira, a  presidente da Comissão de Direitos Humanos, senadora Ana Rita (PT-ES), afirmou o desejo de votar o projeto que criminaliza a homofobia, PLC 122/2006 antes do recesso parlamentar de fim de ano. O projeto foi à votação na Comissão na semana passada, dia 20, mas acabou retirado de pauta por seu relator, Paulo Paim, depois que a bancada evangélica alegou descontentamento com a nova redação, que a pedido deles já excluiu os templos como território onde a lei não poderá ser aplicada.

Para a senadora, o projeto inclui todos os tipos de preconceitos sociais e já foi debatido suficientemente, e ainda lembra que a matéria é importante e urgente. “É um projeto que inibe o ódio e o preconceito contra qualquer tipo de pessoa. Na minha opinião é um projeto altamente importante. O senador Paulo Paim avançou na redação e esse avanço é justamente em função do dialogo que ele teve com vários outros setores”, defende a senadora.

Ela e Paim estão mobilizando os outros membros da Comissão para votar e aprovar o projeto ainda este ano. Como foi alterado, se aprovado em plenário no Senado, deve voltar para ser votado novamente na Câmara, onde foi criado em primeira proposta, há 7 anos.


Vereador pastor de Cuiabá diz que relação gay é uma aberração e que gays espalharam a Aids




Na tribuna da Câmara de Vereadores de Cuiabá, Mato Grosso, o vereador Oséas Machado, do Partido Social Cristão(PSC), declarou na quinta-feira passada que considera uma aberração as pessoas que se relacionam ou se casam com pessoas do mesmo sexo. Esta semana, o presidente da ONG Livremente, Alex Virgulino da Silva, afirmou que o movimento irá pedir uma retratação pública do vereador. “Se ele fez essa declaração da Câmara, imagine o que diz na igreja, durante os cultos”, questionou o militante.

A semana passada foi conturbada na cidade. Além da declaração do político, a Parada Gay da cidade no domingo levou evangélicos e gays a se encontrarem em uma das praças da cidade. Com a chuva, o coreto que servia de local de culto virou abrigo para ambos os grupos.  Na manhã do sábado, a presidente da Associação das Travestis, Lilith Prado, foi espancada.

Em sua defesa, o pastor declarou ao site NoticiasTodaHora que “o relacionamento entre dois seres do mesmo sexo está em desconforme com a natureza. E ainda, que é contra por uma questão de religião, higiene e saúde pública. Uma das causas de proliferação da Aids foram os relacionamentos gays”, teria dito o vereador para o site. Segundo o portal, o vereador fez questão de dizer que não é homofóbico. “Sou contrário a qualquer tipo de violência contra seus semelhantes. A opção sexual das pessoas não é justificativa para vitimá-las com agressões físicas ou verbais. Não concordo com isso, sou contra. Todos merecem respeito integral, ainda que posicionamentos diversos da sociedade não levem a maioria a concordar com uniões homossexuais”, afirmou o político.

Em uma autoanálise confusa, ele afirmou: “Somente Deus é quem pode nos julgar, ainda que tenhamos também o direito de manifestar nossas humildes opiniões”.

Com as garras de fora
Pastor é flagrado comprando cocaína e contratando garoto de programa na Inglaterra




Uma reportagem do "Daily Mail" revelou uma operação policial em Leeds, na Inglaterra, onde o pastor Paul Flowers, da Igreja metodista britânica, comprava cocaína e contratava o serviço de garotos de programa.



Ciaron Dodd, de 21 anos, que afirma ter usado drogas e feito sexo com o pastor


Paul Flowers tem 63 anos e também é ex-presidente do Cooperative Bank. Em defesa das acusações, o pastor alega fortes problemas de depressão relacionados à morte da mãe e enquanto ocupava o cargo máximo na organização financeira.

"Ele está bem vulnerável nos últimos 18 meses, desde a morte da mãe. Ele é um homem moral e se sentiu abandonado pelas pessoas em quem confiava", declarou Andy Hollas, advogado de Flowers.

Um dos garotos de programa, Ciaron Dodd, de 21 anos, afirma ter sido contratado pelo pastor e chamado frequentemente para usar drogas ao seu lado. Além disso, o rapaz revelou que Flowers o presenteava com chocolates e o levava a peças teatrais e ao cinema.

"Eu sabia com o que ele trabalhava e representava [na Igreja metodista] e não pude acreditar o quão hipócrita ele era. Toda vez que ele me viu ele sabia que estava arriscando tudo o que havia conquistado, mas ele parecia não se importar", declarou Dodd.

A mesma cama não!
Suprema Corte do Reino Unido decide se hotel pode negar cama de casal para gays.



A Suprema Corte do Reino Unido vai anunciar, na próxima quarta-feira (27/11), se a liberdade religiosa justifica a discriminação de homossexuais. Os juízes decidirão qual dos dois direitos se sobrepõe quando entram em conflito ao julgar o recurso dos donos de uma pousada que se recusaram a aceitar que dois homens dividissem a mesma cama.

O julgamento é esperado já há mais de um ano, quando a Suprema Corte decidiu que o assunto era importante o suficiente para entrar na sua pauta. Deve pesar, também, recente legislação aprovada no Reino Unido, que autorizou o casamento civil e religioso entre pessoas do mesmo sexo, mas apenas nas igrejas que aceitam esse tipo de relacionamento. Quer dizer, por lei, uma instituição religiosa pode se recusar a casar dois gays.

O recurso que será analisado pela Suprema Corte foi apresentado pelo casal Hazelmary e Peter Bull, que mantêm uma pousada numa cidade litorânea na região da Cornualha, costa oeste da Inglaterra. Os dois são cristãos e afirmam procurar, tanto na vida pessoal como profissional, seguir os ensinamentos da Bíblia. Um deles é o de que sexo só pode ser feito dentro do casamento, que é a união entre um homem e uma mulher. Caso contrário, é pecado. E, para evitar que seus hóspedes pequem, o casal impede que duas pessoas que não são casadas durmam em quartos com uma cama de casal.

A política cristã na pousada não parecia causar muito problema com os hóspedes. Até que, em setembro de 2008, Martyn Hall e Steven Preddy resolveram se hospedar lá. Os dois são homens, homossexuais e vivem em união civil. Resolveram aproveitar os últimos dias quentes da Inglaterra na Cornualha e pediram para ficar num quarto com uma cama de casal, como fazem os casais. Não conseguiram. Os donos da pousada negaram dizendo que sexo fora do casamento é pecado e, como os dois homens não eram casados, não poderiam dormir juntos.

Martyn e Steven foram à Justiça reclamar terem sido vítimas de discriminação por serem gays. Alegaram que jamais poderiam se adequar às regras da pousada porque não poderiam se casar. Na época, os gays não podiam se casar no Reino Unido. Em julho deste ano, foi aprovada lei autorizando o casamento para os homossexuais. A previsão é de que os primeiros casamentos entre duas pessoas do mesmo sexo sejam celebrados no meio do ano que vem, já que a nova lei precisa de regulamentação antes de ser posta em prática.



O juiz de primeira instância determinou que os donos da pousada pagassem indenização de 1,8 mil libras para cada um (cerca de R$ 6,5 mil). A decisão foi mantida pela Corte de Apelação. Os julgadores da corte entenderam que o direito à liberdade religiosa não é absoluto e pode ser restringido, por exemplo, para evitar práticas discriminatórias (clique aqui para ler a decisão em inglês).

Em janeiro desse assunto, a Corte Europeia de Direitos Humanos se debruçou sobre conflito semelhante, mas no ambiente de trabalho. Os juízes tiveram de decidir se a liberdade de expressão religiosa pode ser limitada por regras no emprego. O entendimento firmado na ocasião foi o de que o direito de as pessoas expressarem suas crenças religiosas no ambiente de trabalho pode ser limitado pela empresa se houver motivos justos e razoáveis. Caso contrário, a restrição pode ser considerada discriminatória

 

Para presidente da ABGLT, políticos devem ser responsabilizados por crimes homofóbicos no país



Na semana passada, a Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT) divulgou um documento polêmico em que afirma que "esse grupo deve ser responsabilizado pelas mortes, violência e discriminações que fazem vítimas milhares de brasileiras e brasileiros todos os anos." O presidente da ABGLT, Carlos Magno, se referia aos deputados e senadores evangélicos que no dia anterior, mais uma vez, usaram as bancadas no Congresso Nacional para atrasar a promoção de cidadania de homossexuais no país.

O grupo dos deputados passou na última quinta feira duas emendas parlamentares contra os direitos gays (uma chamada para um plebiscito sobre o casamento gay e outra para derrubar a decisão do Conselho Nacional de Justiça que autorizou estas uniões) e votou contra outra proposta que previa direitos previdenciários aos homossexuais. Já no Senado, pastores abriram o berreiro contra a lei que puniria a homofobia no país, que acabou tirada de pauta.

"A forma como essa turma está reagindo ao Projeto de Lei da Câmara nº 122/2006, que apenas acrescenta orientação sexual e identidade de gênero como motivos de discriminação e visa simplesmente combater o ódio, a intolerância e a violência dos quais a comunidade LGBT tem sido vítima no Brasil é de uma extrema insensibilidade" queixou-se Magno. “Esse povo dissemina inverdades para mobilizar seus fiéis contra a população LGBT. Este povo se utiliza do nome de Deus para iludir e enganar seguidores ingênuos para se enriquecer ilicitamente. Este, sim, é o mal maior por trás da fachada da falsa cruzada dessas pessoas que pregam o fundamentalismo. Transparência já nas contas das igrejas no Brasil, qualquer que seja sua denominação”, afirmou o militante.


Suécia abre o primeiro lar de idosos LGBT



Publicado pelo Dezanove

Abriu esta semana, na Suécia, o primeiro lar de terceira idade especificamente para a comunidade LGBT de Estocolmo. A casa chama-se Regnbågen, que se traduz por arco-íris, e após vários anos de trabalho conseguiu ser inaugurada, com a celebração dos futuros residentes do lar e apoiantes.
 
“Este pode ser o primeiro lar de idosos gay-friendly na Suécia, mas certamente não será o último” são as palavras de Lars Mononen, vice-presidente do lar. O mesmo acrescenta que esta casa irá trazer “uma segurança extra ” e um sentido de “comunidade ativa”, promovendo “contato entre vizinhos, em vez de evitá-lo”.
 
O lar “Arco-Íris” irá acolher maioritariamente adultos com idade igual ou superior a 55 anos, num complexo que conta com mais de 27 quartos.
 
O objetivo é promover a integração social e convívio num fase mais avançada da vida, porque geralmente “não temos filhos, e por vezes perde-se o contato com a família. E quando se para de trabalhar sente-se falta de interação social”, explica o vice-presidente.
 
Respondendo ao medo de poder ser uma medida que contribui para a exclusão da comunidade LGBT, o presidente Christer Fällman esclarece que não será visto como um “voltar ao armário. Qualquer pessoa será autorizada a viver aqui. Pretende-se que seja uma outra forma de integração”.

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

MEU FILHO E´GAY..E AGORA?

DEVIDO A GRANDE VISUALIZAÇAO DA COLUNA  `MEU FILHO E´GAY E AGORA?


RESOLVI POSTAR ALGUNS VIDEOS PARA ESCLARECER MAIS OS PAIS QUE ENFRENTAM A DIFICULDADE SOBRE STA QUESTAO;











Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (2) Comente aqui!

2 comentários:

CONTOS DO LEITOR

O assassino de Monte Santo

Parte V (FINAL)

Por Cleiton Leandro








Se você não acompanhou os capítulos iniciais, clique aqui e baixe as partes anteriores: 




Nem deu tempo de André ver contra quem ele estava atirando, quando ele viu o vulto do seu oponente no sopé do barranco o detetive disparou sua arma de fogo.
“Ei, ei, ei... Sou eu, calma! Sou eu! Sou eu!”, berrou Murilo que se jogou ao chão numa tentativa de proteger-se.
Poderá gostar também de:
Postado por Mac Del Rey | (0) Comente aqui!

0 comentários:

FILMES TEMATICOS GLS



FILMES DA QUARTA-FEIRA(WEDNESDA'S MOVIES)


FILME(INEDITO): PAN NEGRO (SPAIN/FRANCE-2010-BLACK BREAD)



VEJAM O TRAILER NO FIM DO POST

SINOPSE: Nos anos que sucederam a Guerra Civil Espanhola, na zona rural da Catalunha, Andreu, um menino pertencente ao grupo perdedor, encontra na floresta os cadáveres de um homem e seu filho. As autoridades acusam seu pai pelas mortes, mas para livrar seu progenitor da culpa ele tenta averiguar quem são os verdadeiros responsáveis. Por este ocorrido Andreu desenvolve uma consciência moral frente a um mundo de adultos alimentado pelas mentiras. Para sobreviver, trai suas próprias raízes e acaba descobrindo seu lado mais obscuro.

SINOPSIS: En los años posteriores a la Guerra Civil Española, en el campo catalán, Andreu, un niño que pertenece al grupo perdedor se reúne en el bosque los cadáveres de un hombre y su hijo. Las autoridades acusan a su padre de la muerte, sino para librarse de su culpa de los padres que él intenta averiguar quiénes son los verdaderos culpables. ¿Por qué ocurrió esto Andreu desarrolla una conciencia moral frente a un mundo de adultos alimentado por las mentiras. Para sobrevivir, traiciona sus propias raíces y acaba descubriendo su lado más oscuro.

SYNOPSIS: Dans les années suivant la guerre civile espagnole, dans la campagne catalane, Andreu, un garçon appartenant au groupe des perdants rencontre dans la forêt, les cadavres d'un homme et son fils. Les autorités accusent son père de la mort, mais pour débarrasser votre culpabilité mère il tente de découvrir qui sont les vrais coupables. Pourquoi cela s'est produit Andreu développe une conscience morale contre un monde d'adultes nourris par les mensonges. Pour survivre, il trahit ses propres racines et finit par découvrir son côté sombre.

SINOSSI: Negli anni successivi alla guerra civile spagnola, nella campagna catalana, Andreu, un ragazzo appartenente al gruppo perdente incontra nel bosco i cadaveri di un uomo e suo figlio. Le autorità accusano suo padre per la morte, ma per eliminare il senso di colpa genitore che cerca di scoprire chi sono i veri colpevoli. Perché questo si è verificato Andreu sviluppa una coscienza morale contro un mondo di adulti alimentati dalle menzogne??. Per sopravvivere, tradisce le proprie radici e finisce per scoprire il suo lato più oscuro.

SYNOPSIS: In the years following the Spanish Civil War, in the Catalan countryside, Andreu, a boy belonging to the losing group meets in the forest the corpses of a man and his son. The authorities accuse his father for the deaths, but to rid your parent guilt he tries to find out who are the real culprits. Why this occurred Andreu develops a moral consciousness against a world of adults fed by lies. To survive, he betrays his own roots and ends up discovering his darker side.


TORRENT: http://thepiratebay.sx/torrent/6991559/Pa_Negre_CA_SubEN_720x384_H264_MP3.mkv






FILME(INEDITO): MARECAGES (FRANCE-WETLANDS-2011)


VEJAM O TRAILER NO FIM DO POST


Sinopse: Em uma fazenda de gado leiteiro na região leste, no meio de uma seca e quando a terra é abrasador, um drama vai atrapalhar a vida da família Santerre. Confrontada com o outro eles vão ter que aprender a perdoar.

Synopsis: Sur une ferme laitière dans les Cantons de l'Est, au milieu d'une sécheresse et lorsque la terre est ardente, un drame va bouleverser la vie de la famille Santerre. Face à l'autre, ils devront apprendre à pardonner.

SINOPSE:  On a dairy farm in the Eastern Townships, in the middle of a drought and while the land is parching, a drama will disrupt the life of the Santerre family. Confronted to each other they will have to learn to forgive.





FILME(INEDITO): 43-44 (2010-DUBLADO EM PORTUGUES)




SINOPSE: O curta-metragem «43–44» apresenta a incrível história de um jovem fissurado por chinelos que se depara com situações inusitadas e excitantes, repletas de prazer e… muita sacanagem!
Uma explosiva combinação de fetiche, paixão, desejo e tesão, em que o mundo real do jovem se mistura com sua mente sacana, resultando em momentos picantes.


FILME: BANG BANG YOU'RE DEAD (USA-2002-LEGENDADO EM PORTUGUES)


VEJAM O TRAILER NO FIM DO POST


SINOPSE: Filme homônimo da peça “Bang, Bang You’re Dead”, de William Mastrosimone, que pretende denunciar e combater a violência física e psicológica nas escolas. O filme retrata um professor de teatro e vídeo tentando encenar a peça em um ambiente semelhante ao que é seu foco. Neste filme vemos problemas como falta de diálogo, incompreensão, hostilidade, hipocrisia e tantos outros típicos desta fase da vida.

SYNOPSIS: Film namesake of the play "Bang, Bang You're Dead" by William Mastrosimone, you want to expose and combat physical and psychological violence in schools. The film portrays a drama teacher and video trying to stage the play in a similar environment that is their focus. In this film we see problems like lack of dialogue, misunderstanding, hostility, hypocrisy, and many other typical of this stage of life.



1.Como legendar os filmes 
Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (1) Comente aqui!

1 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...