Slide 1 Slide 2 Slide 3

Eu Não Escolhi Amar Você


E ai galera tudo bem?

Segue mais um texto do nosso parceiro Dhieferson Lopes e o tema de hoje:


Preconceito gera preconceito






Bloqueio pessoal, aversão, intolerância e falta de respeito são alguns dos muitos resultados desprezíveis gerados pelo preconceito.
O juízo preconcebido sempre fora existente no mundo em que vivemos, todavia muitos homens, mesmo com o passar de dias, semanas, meses, anos, décadas e séculos, não conseguiram se libertar desse mal que mancha a sociedade. Fatores como a falta do saber, a ausência da convivência, o padrão de belo e certo imposto pela sociedade, a escassez de pensamento crítico e a alienação desencadeiam nos homens atitudes preconceituosas. O assunto é tão amplo e delicado que mesmo quando um homem julga o preconceito do outro, de certo modo, ele também está cometendo preconceito. 

O homem que aponta o preconceituoso está agindo também com preconceito, ele não fora capaz de perceber que o preconceituoso não está preparado, não está apto ou não possui condições psicológicas adequadas para entender determinado tipo de assunto. É preciso entender que muitos não estão prontos e/ou não conseguem entender. É preciso entender que muitos se encontram em condições incapazes de entender.


Apontar os erros dos preconceituosos não é a melhor coisa a se fazer, por mais que, muito deles, cometam barbaridades tremendas, desumanas e inadmissíveis.
A melhor maneira de destruir com o preconceito é mostrar o contrário, o lado benéfico do caso, ao preconceituoso. A mente quando é treinada e alimentada com falsas concepções, por um longo espaço de tempo, encontra dificuldades para processar coisas novas, desconhecidas ou tratadas por toda vida como incomuns.
Cor, raça, etnia, sexualidade, poder aquisitivo ou qualquer outro que se diz respeito à diversidade humana não classifica o homem como superior ou inferior. Todos os homens são iguais, todos possuem erros e acertos e necessitam ter mesmos direitos, independentemente de quaisquer motivos que possam diferenciá-los.

Dhieferson Lopes

Poderá gostar também de:
Postado por Estagiario | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...