Slide 1 Slide 2 Slide 3

Vale apena uma nova chance?







O relato foi enviado pelo Leo e ele gostaria de saber a opinião de vocês sobre as idas e vindas do seu relacionamento com seu namorado e que vale a pena dar uma nova oportunidade ao “namorado”

“Agora ele fica alugando minha irmã e minhas sobrinhas para elas conversarem comigo, para me convencerem a dar uma nova chance a ele”.

O titulo sugerido por mim:

Vale apena uma nova chance?






Tenho acompanhado o blog há muito tempo. Gosto de ler a sessão “relatos pessoais”, mas hoje tenho vontade de falar...


Tenho 30 anos. Tive experiências amorosas que me  fizeram bem. Outras só me tiraram a paz. Aos 18 anos namorei um cara de 42 anos. Depois de 3 meses juntos, descobri que todos os amigos que ele me apresentava, eram ficantes ou namorados dele... quase entrei em depressão. Deixe-o. Superei a situação.

Meses depois conheci um cara de 35 anos. Apaixonamo-nos. Vivíamos uma linda história, até o ex dele descobrir e infernizar a as nossas vidas. Mandei que ele se resolvesse. Como não obtive resposta, desisti. Fiquei só mais uma vez. 

Depois disso passei um bom tempo sem me envolver com ninguém. Até que conheci um belo rapaz, minha idade, sorriso lindo, inteligente, simpático. Era tudo que eu precisava. Passamos 8 anos juntos. Nesse período eu sempre deixei claro que eu queria casar, formar família. Ele, de família tradicional (preconceituosa), não se via em tal condição. Isso foi me desgostando. Iniciaram-se as crises por causa disso. Nos deixamos 3 vezes, mas não conseguíamos nos ver sem nos pegar... e voltávamos.


Seria muito bom se tivesse acontecido só isso. Mas não. Nesses 8 anos houve muita indiferença da parte dele em relação ao meu sentimento. Por vezes, pelas suas ações, eu desconfiava que ele estivesse me traindo. Até que constatei isso quando ele pegou uma DST (verrugas). Enfrentei a barra ao lado dele. Dei a prova de amor que eu pense que ele estava esperando.

 CLIQUE IMAGEM

Quebrei a cara. Ficamos em crise, mas não nos largamos. 

O estopim para a nossa separação foi mudança dele. Mudou para outra cidade sem ao menos me comunicar. Fiquei sabendo através de uma amiga dele. Fiquei estupefato com história. Ele tentou me justificar que era uma decisão a qual eu não poderia influir, mas somente chateá-lo, e por querer poupar-se da situação, resolveu não me dizer nada. Fiquei chocado, magoado. Senti-me humilhado. Falei tudo o que sentia e que não havia dito nos 8 anos de relação. Pedi que ele não entrasse mais em contato comigo. E ficamos sem nos falar de setembro a janeiro.

Foi então que ele veio conversar comigo pedindo nova oportunidade. Disse não! Com o coração (bandido) apertado, é verdade, mas mantive a postura. 

Agora ele fica alugando minha irmã e minhas sobrinhas para elas conversarem comigo, para me convencerem a dar uma nova chance a ele. Eu reafirmo sempre minha posição, mas sempre querendo fazer um último teste. Querendo acreditar que tudo pode ser diferente. Então lembro que já houve três outras vezes e nada mudou...

Pergunto-me sempre: será que minha sina é ficar só?



Tudo o que eu sempre quis foi alguém para dividir a vida, a “metade da laranja”. Tudo indica que essa metade não existe... mas ao encontro de muitas opiniões e, mesmo experiências, vou continuar acreditando no amor a dois, gay ou não, e sempre monogâmico.

Não sei se haverá nova oportunidade de ser com ele e comigo sendo novos eu's, porém sei que no momento o passado é muito presente em meus pensamentos. E dói.

Leo
 

 
Se você tem uma duvida ou um problema e quer a opinião dos visitantes do blog? Escreva pra mim e em breve seu relato e publicado no blog.

Goldemboyz@gmail.com
Poderá gostar também de:
Postado por Estagiario | (4) Comente aqui!

4 comentários:

  1. Eu não voltaria. Não acho q poderia dar certo.

    ResponderExcluir
  2. Situação muito difícil. Sabemos que todos os casais enfrentam dificuldades, de toda ordem, mas que deve se ter uma tolerância e um limite. Agora o que me vem a questão e´por que ele não avisou vc de ter-se mudado para outra localidade? E´muito estranho sendo que ate amigos a gente tem o costume de avisar. Falta de confiança? E´claro que a decisao da mudança não diz respeito a ninguém senão a ela própria , por algum motivo. Vc deposita a confiança a ele , mas ele não ? Não esta havendo sintonia, mas ele insiste nessa relação;. Pergunte-se a si mesmo , por que dessa insistência se não há confiança\? Tente descobrir , porque deve haver alguma justificativa por esse comportamento tao estranho...
    Ademais , ninguém esta fadado a estar sozinho, a nao ser que queira; Aprendemos a lidar com as situaçoes que surgem e o importante e´respeitar a si próprio.

    ResponderExcluir
  3. Nessa relação só existe um lado o dele pelo que me parece ele não te nota, simplesmente vc não existe. Não considero isso amor e acredito que essa relação só vai fazer vc sofre. Ass: carlos

    ResponderExcluir
  4. Pelo seu relato, esse cara nao se preocupa nem um pouco c vc, apenas com as necessidades dele. Provavelmente esta se sentindo carente e sem ter quem lhe de atençao. Sexo é facil, vc nao precisa nem sair de casa p conseguir c esses aplicativos q existem. Mas todo mundo precisa mais q isso. Talvez vc seja o unico em q ele encontra afeta e atençao, mas ele nao esta nem um pouco preocupado em ser reciproco c vc. Uma chance ate vai, mas segundo seu relato seria a quarta. Na boa, nao se iluda mais, tenha amor proprio, nao se contente c migalhas.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...