quarta-feira, agosto 20, 2014

DICAS DE SAÚDE


Depilação Íntima Masculina: Como Fazer?

Juan Alves






Sabe aquele assunto que todo mundo se preocupa, mas que nada verdade quase ninguém comenta com o amigo do lado? Então, é exatamente isso que acontece quando lembramos sobre depilação íntima!


O fato é que assim como os cuidados gerais, a preocupação com os pelos na região genital é natural e essencial para a higiene. Portanto, vamos lá mais uma vez descomplicar, largar da vergonha e falar disso.







A virilha e a área genital são locais que merecem atenção! Para quem pensa exclusivamente na praticidade, a melhor ideia é aparar os pelos com uma máquina de cortar cabelo. Além de ser algo que rapidamente se conclui, a máquina nivela a mesma altura para toda a área em que ela passar, sendo eficiente e também um método seguro, tendo em vista que o risco de cortes e outros azares é bem remoto.



Para quem prefere não ter pelos, o creme depilatório pode ser uma grande ajuda! PORÉM, a maioria dos produtos não são indicados para essa região.







Para quem tem foliculite em demasia na virilha, a depilação com laser ou luz pulsada é eficaz para combatê-la! A vantagem é que a quantidade de pelos que crescerão no futuro se reduzirá drasticamente.





A cera, tanto fria quanto quente, é uma opção para quem já utiliza ela em outras partes do corpo. Neste caso, sempre prefira que um profissional faça o serviço.






O escroto e a região perianal merecem muito mais cuidados! Como são locais sinuosos, a máquina de aparar pode machucar e com a tesoura pode ser ainda mais arriscado.






Mais uma vez o creme depilatório poderá ser usado desde que seguido todos os cuidados como limpar bem a pele, além de se certificar que ela esteja seca. É fundamental verificar se há algum machucado ou qualquer alteração, como também fazer o bendito teste de sensibilidade do produto. Nunca se esqueça disso!



Apesar de útil para a barba, eu recomendo evitar o uso da lâmina para demais regiões. A probabilidade de corte é alta, a sensação de novos pelos ásperos é notória e desconfortável. Definitivamente é uma última opção!





Nenhum comentário:

Postar um comentário