domingo, setembro 14, 2014

Comportamento gay



Como é o comportamento gay?



Rosa é a cor preferida deles. São pessoas felizes e falantes. Entendem de moda, maquiagem e tudo o que se diz respeito à estética. Amam estar no meio de um alvoroço. Possuem aptidões para cuidar da aparência feminina. Conhecem todas as novelas. Amam a Madonna, Lady Gaga, Beyoncé – todos têm uma Diva do Pop - e sempre estão com uma fofoca na ponta da língua. Estes fazem parte do comportamento, em específico, dos gays, certo? Errado, completamente errado.

Tais características, descritas no parágrafo acima, acompanham a mesma vertente das concepções tidas pelo senso comum: 

• Homem para ser homem precisa ser bruto, não tem o direito de expressar suas emoções e de chorar em público – não há nexo com a verdade na frase leiga, um gay não deixa de ser um homem, sensibilidade não destrói heterossexualidade;

• Homem precisa gostar de futebol, caso contrário “virará” gay – mais uma vez, gay é homem tanto como o hétero, a condição sexual de cada um é o que os diferem. Sexualidade não é algo reversível. Pergunte a um heterossexual em que momento da vida ele se tornou hétero, a sensação que ele sentirá e a falta de resposta são as mesmas enfrentadas pelos gays ao se depararem com uma indagação como tal;

• Homem que é homem necessita honrar o que carrega dentro das calças – alguns atos de violência são oriundos de conceitos como esses, ter relações com muitas mulheres não torna ninguém mais homem, e a persistência em provar a masculinidade é uma prova real da insegurança ou da inexistência da mesma.

O universo e as coisas que o compõem, incluindo o ser humano, possuem, em geral, uma diversidade desmedida. Assim como existem héteros que gostam de flores, extremamente vaidosos, românticos e sensíveis, existem homossexuais jogadores de futebol, evangélicos, brutos, lutadores, praticantes de esportes radicais, roqueiros e outra infinidade de multiplicidade. Gays possuem suas particularidades, agem iguais ou diferentes a algumas pessoas, assim como qualquer outro ser de condição sexual dessemelhante. 

Argumentos que generalizam determinada especificidade de comportamento humano, ou também outros aspectos, provêem de histórias mal contadas, fatos sem veracidade comprovada e outros do gênero. São como lendas de caráter infesto. Certamente, estas alegações, foram criadas por pessoas sem capacidade de raciocínio lógico, desprovidas de criticidade, movidas pela alienação e, ainda hoje, sustentadas por seres humanos da mesma feição.


Dhieferson Lopes

Um comentário:

  1. Bom q existe uma cultura gay é fato, meu amigo e nesse padrão gay essas características que disse ai encima fazem parte sim desse meio, porém existe uma imensa diversidade e gostos nesse meio gay não só essas,então tu me diz e os caras que que são viris e curtem homens são héteros ou bissexuais? pra mim são homens se querem classificar eles bissexuais homossexuais ou até mesmo héteros mera necessidade de rótulos, eh que pessoa mundo inteiro classificam caras que ficam outros caras como gay fazer oque nenhum cara tem que se achar ofendido por isso porque estão dizendo que tu gosta de homem e isso seria uma mentira?, porém não so o fato de gostar de homem mais sim o resto da cultura que vem junto como ser inferior e não ser homem por isso, por esse fato que muitos não gostam desse termo , e acredito que nesse meio existe diferenças que nunca se misturarão não tem como, e como tu disse existe sim lutadores jogadores de futebol e etc.. nesse meio mais o Brasileiro tem sua sexualidade seriamente doente fico impressionado como os homens daqui são tão ignorantes e retraídos em relação a sua sexualidade chega assustar essa realidade, então esses tipos de caras não procuram nem expressam sua sexualidade as vezes tem uma coisa casual pela net ou com provisionais do sexo, mais a maioria deles só vai ter primeira experiencia na meia idade onde a vida já está estabilizada e rotineira fica mais fácil de da uns perdidos, triste fato os caras precisam se aceitar mais e apostar no olhares e conversas moles dai esse bando que vive enrustido com seu interior conseguiram ser mais felizes.

    ResponderExcluir