Slide 1 Slide 2 Slide 3

Tv Series





Fala aí pessoal, tudo bem?

E estou empolgado com uma nova serie que comecei acompanhar recentemente e que já esta na sua segunda temporada:

under the dome






Sinopse:

Under the Dome segue a história dos moradores da pequena cidade de Chester’s Mill. Presos sob um misterioso domo que surgiu no céu, e liderados por um veterano da Guerra do Iraque (Mike Vogel), os moradores se unem para manter a ordem e lutar contra a barreira que os isola do resto do mundo.

Não é difícil prever que logo o caos toma conta de todas as ruas.

Essa serie e baseada no livro de sthepen king.

Precisa dizer algo mais?

Em relação ao elenco:

Os atores são excelente e bem carismáticos. 


Colírios da serie 


Mike Vogel







Alexander Koch







Gente como o Alexander e lindo meu Deus!

colin ford





Imagine quando "crescer"


Imagens da serie

Poderá gostar também de:
Postado por Estagiario | (4) Comente aqui!

4 comentários:

EDIÇAO EXTRA


Marina Silva faz correção em plano de ação e muda tom de discurso pró gay - Gafe que pode comprometer sua campanha.




Durou pouco a coragem das promessas revolucionárias para gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros da candidata Marina Silva e a lua de mel de dois dias de sua candidatura com a comunidade gay. Foi anunciada neste sábado a mudança de seu plano de ação no tema LGBT que foi reformulado e eliminou boa parte do discurso da candidata nas questões voltadas para LGBTs, extraindo seu apoio direto à criminalização da homofobia por meio do PLC 122 e código penal, o apoio a um material específico contra a homofobia nas escolas, cita apoio a tudo mas de maneira limitada, o que antes era feito de forma clara e direta, retira ainda as duras críticas à sociedade que antes era chamada de "sexista, Heteronormativa e excludente". O novo texto se alinha ao dos demais candidatos e repete a estratégia da presidente Dilma em ceder à pressão dos grupos evangélicos e conservadores.
 
A direção da campanha alega que houve um erro de editoração nas propostas e que o texto publicado não condiz com as discussões de base. Fica claro que houve sim uma mudança na campanha, possivelmente após perceber o desagrado do tom das promessas com alguns setores conservadores. Na nova redação, palavras como "dar efetividade" se transformam em "considerar",
 
Com isso a candidata sinaliza que está sim disposta a negociar suas propostas, assim como na "velha política" que critica. A alteração do documento reverbera a idéia de inconstência e falta de confiança em sua candidatura. Enfim, a “correção” pode ter efeito contrário e custar muitos votos e um arranhão fatal na imagem da candidata do PSB que estava em ascensão nas últimas pesquisas.


Confira a nota publicada no blog da candidata:

Nota de esclarecimento sobre o capítulo “LGBT”, do Programa de Governo da Coligação Unidos pelo Brasil
 
30 de agosto de 2014
 
O texto do capítulo “LGBT”, do eixo “Cidadania e Identidades”, do Programa de Governo da Coligação Unidos pelo Brasil, que chegou ao conhecimento do público até o momento, infelizmente, não retrata com fidelidade os resultados do processo de discussão sobre o tema durante as etapas de formulação do plano de governo (comentários pela internet sobre as diretrizes do programa, encontros regionais e as dinâmicas de escuta da sociedade civil promovidas pela Coordenação de Programa de Governo e pelos candidatos à Presidência pela Coligação).
 
Em razão de falha processual na editoração, a versão do Programa de Governo divulgada pela internet até então e a que consta em alguns exemplares impressos distribuídos aos veículos de comunicação incorporou uma redação do referido capítulo que não contempla a mediação entre os diversos pensamentos que se dispuseram a contribuir para sua formulação e os posicionamentos de Eduardo Campos e Marina Silva a respeito da definição de políticas para a população LGBT.
 
Convém ressaltar que, apesar desse contratempo indesejável, tanto no texto com alguns equívocos como no correto, permanece irretocável o compromisso irrestrito com a defesa dos direitos civis dos grupos LGBT e com a promoção de ações que eduquem a população para o convívio respeitoso com a diferença e a capacidade de reconhecer os direitos civis de todos.
 
Os brasileiros e as brasileiras interessados em conhecer as verdadeiras ideias defendidas pelos candidatos da Coligação Unidos pelo Brasil para a Presidência da República, Marina Silva e Beto Albuquerque, já o podem fazer por meio do site marinasilva.org.br ou pelos exemplares impressos que serão distribuídos a partir de hoje.
 
O documento que expressa as reais propostas da chapa para o capítulo “LGBT” também pode ser lido abaixo (nova redação):



***NOVA REDAÇÃO LGBT***


Ainda que tenhamos dificuldade para admitir, vivemos em uma sociedade que tem muita dificuldade de lidar com as diferenças de visão de mundo, de forma de viver e de escolhas feitas em cada área da vida. Essa dificuldade chega a assumir formas agressivas e sem amparo em qualquer princípio que remeta a relações pacíficas, democráticas e fraternas entre as pessoas.
 
Nossa cultura tem traços que refletem interesses de grupos que acumularam poder enquanto os que são considerados minoria não encontram espaços de expressão de seus interesses. A democracia só avança se superar a forma tradicional de supremacia da maioria sobre a minoria e passar a buscar que todos tenham formas dignas de se expressar e ter atendidos seus interesses. Os grupos LGBT estão entre essas minorias que têm direitos civis que precisam ser respeitados, defendidos e reconhecidos, pois a Constituição Federal diz que todos são iguais perante a lei, independentemente de idade, sexo, raça, classe social. Assim como em relação às mulheres, aos idosos e às crianças, algumas políticas públicas precisam ser desenvolvidas para atender a especificidade das populações LGBT.
 
A violência que chega ao assassinato, vitima muitos dos membros dos grupos LGBT. Dados oficiais indicam que, entre 2011 e 2012, os crimes contra esse grupo aumentaram em 11% em nosso país. Outros sofrem tanto preconceito que abandonam a escola e abrem mão de toda a oportunidade que a educação pode dar, o que também, de certa forma, corresponde a uma expressão simbólica de morte.
 
É preciso desenvolver ações que eduquem a população para o convívio respeitoso com a diferença e a capacidade de reconhecer os direitos civis de todos.


Para assegurar direitos e combater a discriminação:


• Garantir os direitos oriundos da união civil entre pessoas do mesmo sexo.

Aprovado no Congresso Nacional o Projeto de Lei da Identidade de Gênero Brasileira – conhecida como a Lei João W. Nery – que regulamenta o direito ao reconhecimento da identidade de gênero das “pessoas trans”, com base no modo como se sentem e veem, dispensar a morosa autorização judicial, os laudos médicos e psicológicos, as cirurgias e as hormonioterapias.
 
Como nos processos de adoção interessa o bem-estar da criança que será adotada, dar tratamento igual aos casais adotantes, com todas as exigências e cuidados iguais para ambas as modalidades de união, homo ou heterossexual.
 
• Normatizar e especificar o conceito de homofobia no âmbito da administração pública e criar mecanismos para aferir os crimes de natureza homofóbica.
 
• Incluir o combate ao bullying, à homofobia e ao preconceito no Plano Nacional de Educação.
 
• Garantir e ampliar  a oferta de tratamentos e serviços de saúde para que atendam as necessidades especiais da população LGBT no SUS.
 
• Assegurar que os cursos e oportunidades de educação e capacitação formal considerem  os anseios de formação da população LGBT para garantir ingresso no mercado de trabalho.
 
• Considerar as proposições do Plano Nacional de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos LGBT na elaboração de políticas públicas específicas para populações LGBT



***ANTIGA REDAÇÃO LGBT***
 


Não podemos mais permitir que os direitos humanos e a dignidade das minorias sexuais continuem sendo violados em nome do preconceito. O direito de vivenciar a sexualidade e o direito às oportunidades devem ser garantidos a todos, indistintamente.
 
Ainda que tenhamos dificuldade para admitir, vivemos em uma sociedade sexista, Heteronormativa e excludente em relação às diferenças. Os direitos humanos e a dignidade das pessoas são constantemente violados e guiados, sobretudo, pela cultura hegemônica de grupos majoritários (brancos, tabus e interesses – é atendida pelo poder político, enquanto as minorias sociais e sexuais silenciam, não pode ser considerada democrática. É preciso olhar com respeito às demandas de grupos minoritários e de grupos discriminados. A população LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais) encontra-se no rol dos que carecem de políticas públicas específicas.
 
O direito de expressar sentimentos e vivenciar a sexualidade deve ser garantido a todos. As demandas da população LGBT já estão nas agendas internacionais. No Brasil, no entanto, precisamos superar o fundamentalismo incrustrado no Legislativo e nos diversos aparelhos estatais, que condenam o processo de reconhecimento dos direitos LGBT e interferem nele.
 
A Constituição de 1988 prega a liberdade e a igualdade de todas as brasileiras e todos os brasileiros sem distinção de qualquer natureza. Contudo, dados da Secretária Nacional de Direitos Humanos mostram que, de 2011 a 2012, os crimes homofóbicoscresceram 11% em nosso país. De acordo com o Grupo Gay da Bahia, houve 338 assassinatos com motivação homofóbica e transfóbica só no ano de 2012. Tais crimes maculam nossa democracia e ofendem o princípio da convivência na diversidade.
 
No seio da própria categoria, travestis e transexuais são o grupo mais vulnerável e invisível socialmente. A grande maioria deixa a escola ainda muito jovem. A discriminação sofrida por causa da identidade de gênero divergente faz com que tenham dificuldades para concluir os estudos. É necessário gerar um ambiente que assegure formação e capacitação profissional aos transgêneros.
 
Como o preconceito é difuso e muitas vezes mascarado, enfrentá-lo é tarefa intersetorial que envolve não só o governo, mas também as esferas da educação e da cultura, nas quais se constroem valores e se transformam mentalidades.
 
PARA ASSEGURAR DIREITOS E COMBATER A DISCRIMINAÇÃO
 
• Apoiar propostas em defesa do casamento civil igualitário, com vistas à aprovação dos projetos de lei e da emenda constitucional em tramitação, que garantem o direito ao casamento igualitário na Constituição e no Código Civil.
 
• Articular no Legislativo a votação do PLC 122/06, que equipara a discriminação baseada na orientação sexual e na identidade de gênero àquelas já previstas em lei para quem discriminação mm razão de cor, etnia, nacionalidade e religião.
 
• Comprometer-se com a aprovação do Projeto de Lei da Identidade de Gênero Brasileira − conhecida como Lei João W. Nery −, que regulamenta o direito ao reconhecimento da identidade de gênero das “pessoas trans”, com base no modo como se sentem e se veem, dispensando a morosa autorização judicial, os laudos médicos e psicológicos, as cirurgias e as hormonioterapias.
 
• Eliminar obstáculos à adoção de crianças por casais homoafetivos.
 
• Normatizar e especificar o conceito de homofobia no âmbito da administração pública e criar mecanismos para aferir os crimes de natureza homofóbica.
 
• Incluir o combate ao bullying, à homofobia e ao preconceito no Plano Nacional de Educação, desenvolvendo material didático destinado a conscientizar sobre a diversidade de orientação sexual e às novas formas de família.

• Garantir e ampliar a oferta de tratamentos e serviços de saúde para que atendam às demandas e necessidades especiais da população LGBT no SUS.
 
• Manter e ampliar os serviços já existentes, que hoje atendem com capacidade ínfima e filas de espera enormes.
 
• Assegurar que os cursos e oportunidades de educação e capacitação formal atendam aos anseios de formação que a população LGBT possui, para garantir ingresso no mercado de trabalho.
 
• Dar efetividade ao Plano Nacional de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos LGBT.

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (5) Comente aqui!

5 comentários:

gifs sexy e ousados





E ai galera tudo bem?

Gente tem coisa melhor que um tempo frio pra fica em casa? curtindo um bom filme ,envolto de um bom cobertor e tomando aquele chocolate quente..ai ai ai.

Melhor que isso só com o namorado do lado.

E o destaque do post são Gifs bem ousados e sexy..

fuiii
1

Vamos malhar?

2

Vamos dançar?

3

Algum amigo já fez uma brincadeira dessas com você?

4

banho na banheira


5


5x1
Poderá gostar também de:
Postado por Estagiario | (2) Comente aqui!

2 comentários:

FILMES TEMATICOS GLS

FILMES DA SEMANA


FILME(INEDITO): PIT STOP (USA-2013-LONGA ZIPADO-LEGENDADO EM PORTUGUES)


VEJAM O TRAILER NO FIM DO POST


SINOPSE: Gabe ,terminou seu relacionamento com um homem casado e encontra consolo na companhia da ex-mulher e da filha. Em outro ponto da cidade, Ernesto passa mais tempo no hospital do que em casa, acompanhando um antigo amor gravemente doente.O filme captura de forma sutil e otimista,o isolamento emocional,que os dois homens se acostumaram.

SYNOPSIS: Gabe, ended her relationship with a married man and finds solace in the company of his former wife and daughter. Elsewhere in the city, Ernesto spends more time in hospital than at home, watching an old movie seriously love doente.O capture subtle and optimistically, emotional isolation, the two men have become accustomed.

SINOPSIS: Gabe, terminó su relación con un hombre casado y encuentra consuelo en la compañía de su ex esposa y su hija. En otras partes de la ciudad, Ernesto pasa más tiempo en el hospital que en casa, viendo una vieja película en serio el amor doente.O capturar sutil y con optimismo, aislamiento emocional, los dos hombres se han acostumbrado.

SINOSSI: Gabe, terminò la sua relazione con un uomo sposato e trova conforto in compagnia della sua ex moglie e la figlia. Altrove in città, Ernesto passa più tempo in ospedale che a casa, a guardare un vecchio film serio piace doente.O catturare sottile e ottimismo, isolamento emotivo, i due uomini si sono abituati.



OPÇAO2: http://www.mediafire.com/download/2pv1dv8ldh980tl/P1t+Stop.zip#!

OPÇAO3: https://equipegd1.app.box.com/s/6op8ikovvophek06mmre


TORRENTZ:



LEGGENDA ITALIANA: http://depositfiles.org/files/tzhhuwurs


FILME(INEDITO): BUMGEE JUMP OF THEIR OWN (SOUTH KOREA-2001-LONGA ZIPADO-LEGENDADO EM PORTUGUES)


VEJM O TRAILER NO FIM DO POST


SINOPSE: In-woo e Tae-hee entraram na faculdade a pouco tempo e não acreditam em amor à primeira vista, mas depois se envolvem numa relação profunda que parecia que ia durar para sempre. Prometem selar o amor eterno com um salto de bungee jump. Mas a promessa não se cumpre pois Tae-hee desaparece repentinamente e muitos anos depois In-woo é incapaz de tirar Tae-hee da sua mente, embora esteja casado e tenha uma família amorosa. Quando um aluno pergunta sobre a sua primeira experiência amorosa renasce a esperança de reencontrar Tae-hee. Ao tentar descobrir quem realmente é esse aluno, desenrola-se um estranho mistério…




FILME(REPOSTAGEM): SOLO (ARGENTINA-2013-RMVB-LONGA-LEGENDADO EM PORTUGUES)


VEJAM O TRAILER NO FIM DO POST


SINOPSE: O filme apresenta a história de dois homens gays que se conhecem num bate-papo e se encontram para ter sexo. É um thriller psicológico filmado quase inteiramente na mesma locação e com poucos personagens, que parte de uma pergunta simples: você sabe quem está levando para dentro de sua casa? Uma história original que aborda um tema atual e consegue manter a tensão e o suspense até o final.

SINOPSIS: La película presenta la historia de dos hombres homosexuales que se reúnen en un chat y cumplir para tener relaciones sexuales. Es un thriller psicológico filmada casi en su totalidad en el mismo lugar y con pocos personajes, que se inicia a partir de una simple pregunta: ¿sabes quién está trayendo a su casa? Una historia original que aborda un tema de actualidad y se las arregla para mantener la tensión y el suspense hasta el final.

SYNOPSIS: The film presents the story of two gay men who meet in a chat and meet to have sex. It is a psychological thriller filmed almost entirely in the same location and with few characters, which starts from a simple question: do you know who is bringing into your home? An original story that addresses a current topic and manages to keep the tension and suspense until the end.


http://bee-files.com/nj3o3qes0r32/Solo.rmvb.html


TORRENTZ:

(CONTAINNING ENGLISH  SUBTITLE)


LEGENDA PORTUGUES: http://depositfiles.org/files/7h31box5e

LEYENDA ESPANOL: http://depositfiles.org/files/db7ojndm5

ENGLISH SUBTITLE: http://depositfiles.org/files/1akepltlb


FILME(REPOSTAGEM): YVES SAINT LAURENT (FRANCE-2014-RMVB-LONGA-LEGENDADO EM PORTUGUES)


VEJAM O TRAILER NO FIM DO POST


SINOPSE: Paris, 1957. Com apenas 21 anos, Yves Saint Laurent (Pierre Niney) é chamado para se encarregar do futuro da prestigiosa grife de alta costura fundada por Christian Dior, falecido recentemente. Depois de seu primeiro desfile triunfal, ele vai conhecer Pierre Bergé (Guillaume Gallienne) e este encontro irá abalar sua vida. Amantes e parceiros de trabalho, os dois se associam a fim de criar a grife Yves Saint Laurent. Apesar de suas obsessões e demônios interiores, Saint Laurent vai revolucionar o mundo da moda com sua abordagem moderna e iconoclasta.

SYNOPSIS: Paris, 1957 Avec seulement 21 ans, Yves Saint Laurent (Pierre Niney) est appelée à prendre en charge l'avenir de la prestigieuse maison de couture de haute couture a été fondée par Christian Dior, décédé récemment. Après son premier défilé triomphal, il saura Pierre Bergé (Guillaume Gallienne) et cette réunion sera miner votre vie. Les amoureux et les partenaires d'affaires, les deux se combinent pour créer le designer Yves Saint Laurent. En dépit de leurs obsessions et démons intérieurs, Saint Laurent va révolutionner le monde de la mode avec son approche moderne et iconoclaste.

SINOPSIS: París, 1957 Con sólo 21 años, el Yves Saint Laurent (Pierre Niney) está llamada a hacerse cargo del futuro de la prestigiosa casa de moda de alta costura fue fundada por Christian Dior, recientemente fallecido. Después de su primer desfile triunfal, él sabrá Pierre Bergé (Guillaume Gallienne) y esta reunión socavará su vida. Los amantes y socios de negocios, los dos se combinan para crear el diseñador Yves Saint Laurent. A pesar de sus obsesiones y demonios internos, Saint Laurent va a revolucionar el mundo de la moda con su enfoque moderno e iconoclasta.

SYNOPSIS: Paris, 1957 With only 21 years, Yves Saint Laurent (Pierre Niney) is called to take charge of the future of the prestigious fashion house of haute couture was founded by Christian Dior, recently deceased. After his first triumphal parade, he will know Pierre Bergé (Guillaume Gallienne) and this meeting will undermine your life. Lovers and business partners, the two combine to create the designer Yves Saint Laurent. Despite their obsessions and inner demons, Saint Laurent will revolutionize the fashion world with her modern and iconoclastic approach.


http://bee-files.com/c7jcfl31yebp/Yves.Saint.Laurent.2014.FRENCH.BDRip.x264-Friday25th.rmvb.html


TORRENTZ:

(CONTAINNING SPANISH SUBTITLE)


LEGENDA PORTUGUES: http://depositfiles.org/files/ienm2ikro

LEYENDA ESPANOL: http://depositfiles.org/files/gp60oso8e

ENGLISH SUBTITLE: http://depositfiles.org/files/cqnqfg4fo


1.Como legendar os filmes 

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (7) Comente aqui!

7 comentários:

CONFISSÕES DO DIVÃ




Os textos apresentados nesta seção buscarão ilustrar situações, angústias, problemas e experiências vivenciadas por alguns homens gays. Não existem experiências universais, comuns a todos os homens gays, cada um de nós é constituído e atravessado por diversas características que tornam a sua experiência única.  Nossa principal idéia aqui é pensar em possibilidades de enfrentamento para as questões aqui representadas, que em menor ou maior grau podem ser semelhantes com alguma das histórias vivenciadas por você. Essas histórias não são uma representação literal de histórias reais e sim textos fictícios.


O Dr. Alexandre é formado em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Atua como psicólogo clínico no Espaço Recontar na região de São José / SC. Fundamenta seu trabalho pelos princípios da Psicologia Sistêmica. Compreender os fenômenos psicológicos sistemicamente significa, literalmente, “colocá-los” dentro de seu contexto, estabelecendo a natureza das suas relações.


Você pode fazer perguntas e sugerir temas que nosso psicólogo responderá com todo prazer.

Bem, vamos ao tema de hoje.



Como falar com crianças sobre homossexualidade        






Alexandre de Souza Amorim, Psicólogo
alexandresouza.psicologo@gmail.com


Olá, tenho 28 anos e recentemente me tornei tio pela segunda vez. Minha irmã tem duas filhas uma com 1 ano e outra com 6 anos de idade. Faz alguns dias que minha sobrinha me perguntou se eu tinha namorada e fiquei sem saber o que responder. Meu relacionamento com minha irmã e com meu cunhado é tranqüilo, mas tenho certeza que eles ainda não abordaram o assunto com a filha ainda. Fiquei me sentindo mal por dias, pois não acho que eu deva mentir para a criança, por outro lado esperava que eles tomassem a iniciativa. Também decidi que se ela me perguntar algo novamente eu irei responder a verdade, mas ainda não sei como devo fazer isso. Existe um jeito melhor para falar com crianças sobre homossexualidade?

Yago, 28 anos

Poderá gostar também de:
Postado por Mac Del Rey | (3) Comente aqui!

3 comentários:

Jaspion e Changeman



Sucesso no final da década de 80 quando eram o maior destaque da programação infanto-juvenil da extinta Rede Manchete, Jaspion e Changeman deixaram saudades. 

Eu corria da escola para casa só para não perder as lutas de Jaspion contra Magaren ou... os combate entre os Changeman e a Tropa de Soldados Hidler e monstros do planeta Gôzma. 

Foi uma época que deixou muitas saudades.


Alguém se lembra?





E uma pena que hoje a programação da TV aberta esteja um lixo com canais infestado de programas religiosos e culinários.

Cade a programação infantil? Tenho pena das crianças de hoje.



Imagens dos atores



















Poderá gostar também de:
Postado por Dino | (2) Comente aqui!

2 comentários:

LITERATURA GAY


Uma nova autora frequentará nossa coluna essa semana, a escritora Ava March, com sua coleção “Obrigado”. Não tenho muito mais a acrescentar, os livros falarão por si. Espero que gostem






Obrigado pelo Engano

Lorde Oliver Marsden tem um segredo. Ele é apaixonado por seu amigo de infância há anos, embora Vincent nunca tenha mostrado interesse nele além da amizade. Rudemente bonito, rico e bem sucedido, Vincent é tudo o que ele não é. E acima de tudo, ele não prefere os homens. Então, Oliver descobre que Vincent contrata um homem durante suas visitas a um bordel londrino e, desesperado para estar com ele, orquestra um plano para trocar de lugar com o funcionário do bordel. Quando chega ao quarto, ele tem outra surpresa. Algemas e chicote de couro? Aparentemente, Vincent não é tão conservador quanto parece. Lorde Vincent Prescot tem um segredo próprio. Um que é mantido trancado e só entregue na primeira quinta-feira de cada mês. Mas seu compromisso deste mês é diferente. O homem misterioso é tão perfeito e tão bonito em sua submissão, despertando instintos protetores que ele não pode negar. No entanto, ele se recusa a acreditar que poderia realmente preferir os homens, pois pode significar o fim de suas esperanças de conquistar o respeito de seu pai. Será que a traição irá destruí-los ou eles serão unidos pelo engano?



Poderá gostar também de:
Postado por Mac Del Rey | (0) Comente aqui!

0 comentários:

LIVROS DA ESTANTE



Uma seção dedicadas aos Livros homoeróticos disponíveis em nas editoras




Bem-te-vi

Bem-te-vi é um retrato apaixonante da vida de um garoto que se descobre diferente dos demais durante sua vida escolar e, para complicar, começa a gostar de um menino que estuda em outra sala. É recomendado para jovens, pais, educadores e todos aqueles que pretendem acompanhar de perto os desprazeres da rejeição, das dúvidas sobre quem somos, do bullying, da necessidade de ser amado pelos pais e, quem sabe, da descoberta de um amor impossível.


Poderá gostar também de:
Postado por Mac Del Rey | (0) Comente aqui!

0 comentários:

MINHA VIDA GAY

"Professor gay compartilha carta de agradecimento de aluno hétero"




Por Marcio Caparica

Quatro anos depois de sair do armário para a escola toda, David Weston recebeu e-mail de ex-aluno
 
David Weston era um professor de ensino médio numa escola na cidade de Hertfordshire, na Inglaterra. Em 2010 ele decidiu sair do armário num evento da escola, depois de lutar por quatro anos contra uma doença de fígado rara. “Eu precisei fazer um transplante”, ele contou ao jornal britânico Metro. “Enquanto eu me recuperava no hospital, eu decidi tomar uma atitude que fizesse diferença. Todos na escola apoiaram minha decisão, e a reação foi muito positiva.”
 
Quatro anos mais tarde, o professor pôde atestar a importância que seu gesto teve na vida de seus alunos ao receber um e-mail de agradecimento de um aluno hétero. Weston compartilhou a mensagem em sua conta no Twitter.
 
Olá David,
 
Eu sei que você provavelmente não vai se lembrar de mim, mas quando eu estava no ano 7 (2004) você foi meu orientador-assistente no Ensino Médio, e eu estava no último ano durante sua segunda temporada lá na escola Watford Grammar.
Eu só queria que você soubesse como foi inspirador o dia que você se declarou para toda a escola, e como ele teve um impacto positivo. Eu sou um homem heterossexual, mas sempre fui proativo na luta contra a homofobia.
 
Eu sei que essa mensagem parece meio sem sentido, mas eu realmente acho que você deveria saber que você desafiou a ignorância de muitas pessoas naquele dia, e que se todos os professores gays compartilhassem da sua coragem, o mundo seria um lugar muito melhor – não apenas para gays, mas para todos. Obrigado por isso.
 
Apesar de não terem bem como te contarem isso, muitos dos alunos ganharam muito respeito por você por causa do que você fez – nós nunca havíamos visto antes um professor cumprir com tanta honestidade a função para que fora contratado – a função de ensinar.
 
Eu vou levar comigo essa memória pelo resto da vida. Obrigado
 
O twit de Weston já foi compartilhado mais de 4 mil vezes, e rendeu-lhe aparições em telejornais britânicos. Hoje Weston trabalha numa ONG para educar professores, a Teacher Development Trust. Ele declarou ao jornal Watford Observer: “Ninguém deveria ser forçado a esconder quem é no trabalho. Como professores, nós estamos dando notas, preparando aulas – não há descanso. Mas também somos exemplos, e nós temos que dar o exemplo aos jovens em nossas escolas ao sermos confortáveis com a nossa própria pessoa, felizes e confiantes.”


Escola gaúcha produz curta premiado “Meninos & Meninas” sobre adolescentes gays




Alunos da Escola Estadual Augusto Meyer, de Guaíba, na Grande Porto Alegre, produziram, no ano passado, em parceria com o projeto Terra Cambará, o curta “Meninos & Meninas”, premiado no festival de Cinema Estudantil de Santa Maria no ano passado com o prêmio de melhor filme e com o troféu de melhor ator. O filme narra sobre dois meninos que foram pegos namorando na escola e o desenrolar desta situação banal.
 
O bullying por parte dos outros alunos começa como a história foi contada pelos outros estudantes. Depois, a diretora do colégio também não é muito complacente com a situação, dá uma bronca neles e manda que eles levem um bilhete para casa que explica o ocorrido e pede para que os pais assinem, caso contrário não poderão entrar na escola. Só que os pais de um deles não sabe que ele é gay. Então, ele combina com uma amiga fingir ser sua namorada e contar uma história que convença o pai de que foi um mal entendido.
 
O bullying, preconceito dos pais, sair do armário, o heterossexismo da sociedade, além da pressão sobre os adolescentes gays são alguns dos temas debatidos no singelo trabalho. Em estilo malhação, o projeto é simples mas manda um lindo recado direto aos pais e professores.

Assista aqui:

Conheça Glorinha K.Y., a especialista em etiqueta gay que quer mudar sua vida.


Por Nelson Sheep para o Super Pride

Quem foi que disse que todo gay é chique, elegante, que sabe tudo sobre etiqueta?
 
Pois esse é um dos estereótipos mais comuns que são agregados ao nosso comportamento, mas não é uma regra. Regra mesmo é que toda terça-feira tem que ter vídeo novo do Põe na Roda.
 
E nesta semana, a gente resolveu prestar uma homenagem à Glorinha Kalil, uma das especialistas em finesse mais respeitada do Brasil. Em nossas mãos, a jornalista se transformou em Glória Kardashian Young, que você pode chamar de Glorinha K.Y., graças  a brilhante interpretação de Rapha Vélles. Ela será responsável por responder às suas dúvidas sobre moda, comportamento, relacionamento e etc.
 
No primeiro programa, Glorinha vai falar sobre cheque, mudança de sexo, gays no armário e a temida pinta, que todo homossexual dá. Esperamos que você curta!
 
Alô, bitches!



Ex-jogador de futebol alemão planeja a criação de "seleção gay"


 


SuperEsportes

O alemão Marcus Urban, um dos primeiros jogadores profissionais da história a ter assumido publicamente sua homossexualidade, pretende montar uma seleção de profissionais gays e simpatizantes para organizar uma partida contra um clube da Bundesliga. "Existem jogadores homossexuais na Bundesliga, o problema é que estão como medo, e com razão", disse o ex-atleta, que atuou no Campeonato da Alemanha Oriental na década de 1980.

"Há anos, pensamos que jogadores prefeririam revelar (a homossexualidade) dentro de um grupo, que seria mais fácil agir em conjunto. Não havia oportunidades e ninguém se animava a criá-las. Então pensamos: vamos fazer isso, criar uma oportunidade", explicou.

Autor de uma autobiografia que virou best-seller na Alemanha, "Versteckspieler" (jogador escondido, em tradução livre), publicado em 2008, Urban é o porta-voz da Associação para a diversidade no esporte e na sociedade, com a qual lançou a ideia da "Team Vielfalt", a seleção da diversidade.

O site da associação publica um quadro com a escalação e desenhos de camisas para cada posição. Cada vez que um jogador aceita fazer parte da seleção, a camisa fica branca.

Hitzlsperger foi o primeiro atleta que jogou a Copa do Mundo e se assumiu homossexual

Nesta segunda-feira, o quadro tinha dois jogadores escalados. "Um homossexual e outro heterossexual", reveloa Urban. A ideia é que todos os participantes mantenham o anonimato até que a seleção completa seja divulgada. "Quando teremos uma equipe pronta, à qual podemos somar reservas e técnicos, vamos buscar uma data para a partida", afirma o ex-jogador, que hoje tem 43 anos.

Apesar de torcer para contar com o máximo de jogadores "o mais rápido possível", Urban acredita que precisará de um ano para completar a equipe. A associação já recebeu o apoio de um clube profissional, o St. Pauli, da segunda divisão, time de Hamburgo que sempre se destacou pelo espírito revolucionário e as posições progressistas.

"Ainda é o início do projeto. Ainda não conversamos com muitos clubes. Os clubes estrangeiros nos interessam também, pode ser o Paris Saint-Germain, o Bordeaux, o Lyon, o Barcelona ou o Manchester United, estamos muito abertos", avisa o alemão, que também espera contar com o apoio da federação de futebol do seu país.

Atletas de ponta também assumiram a homossexualidade recentemente nos Estados Unidos, como Jason Collins, na NBA, ou Michael Sam, na NFL. Existe um projeto semelhante ao de Urban na França, o Paris Foot Gay, equipe que reúne celebridades para disputar amistosos e promover ações contra a homofobia.
Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...