Slide 1 Slide 2 Slide 3

SIMPATIZANTES GLBT

Eles estão com os LGBTs!


379 empresas pressionam a Suprema Corte americana a aprovar casamento igualitário.

RECADO AOS FUNDAMENTALISTAS RELIGIOSOS E HOMOFOBICOS


Depois de uma frente parlamentar propor um boicote à novela "Babilônia" por mostrar um beijo entre as atrizes Fernanda Montenegro e Nathália Timberg, aquele pastor que acha que é deputado resolveu ir além: propôs um boicote à empresa de cosméticos "Natura", patrocinadora da novela. O objetivo era censurar, digo, inviabilizar a produção da novela e, assim tirá-la do ar.

A Natura, obviamente, não cedeu à pressão e divulgou uma nota dizendo que apoiava a tolerância. Mas não pense que este é um exemplo isolado. Nos Estados Unidos, nada menos que 379 empresas elaboraram conjuntamente e enviaram por meio de grandes firmas de advocacia um dossiê à Suprema Corte Americana pedindo que o judiciário aprove o casamento igualitário.

As razões, segundo nota do site Huffington Post, Post, são que “os empregadores estão melhor servidos por uma regra de casamento uniforme, que dá igual dignidade para as relações de trabalho”.

O dossiê, elaborado pela empresa de advocacia global Morgan Lewis diz ainda que “permitir que os casais do mesmo sexo se casem melhora o moral dos funcionários, sua produtividade, reduz a incerteza e remove os encargos administrativos inúteis impostos pela atual disparidade de tratamento provenientes da legislação estadual”.

Mas quem são essas empresas? Não são empresas pequenas. E mesmo que fossem, sua iniciativa não seria menos louvável. Por isso, antes de publicar a lista completa, o LADO BI resolveu fazer uma simulação do tipo de produtos e serviços que os homofóbicos teriam de deixar de usar para boicotar o casamento igualitário com coerência – não que isso seja uma característica típica de homofóbicos, já que o partido daquele pastor que acredita ser deputado estava, nesta sexta (27), veiculando anúncios eleitorais durante os intervalos da novela Babilônia.

Portanto, se você odeia LGBTs, comece imediatamente cancelando sua conta no Facebook. Em seguida, jogue seu iPhone, seu iPad, seu iPod, seu iMac e seu Macbook no lixo, pois a Apple, cujo CEO é gay, está nessa. Aproveite e jogue fora tudo que você tiver da HP. Eles também apoiam essa pouca-vergonha. Assim como a Intel, responsável pela maioria dos processadores de computadores do mundo. Computadores esses, aliás, que foram inventados por uma bicha, o Alan Turing, que ajudou a vencer a Segunda Guerra Mundial.

E não adianta apelar para Bill Gates, porque a Microsoft, assim como a Symantec, que produz toda a linha de antivírus da Norton, também integra essa lista. Também deixe de usar o Dropbox e nunca mais na sua vida entre no Google para pesquisar qualquer coisa.

Ah, você consegue viver sem tecnologia? E sem Coca-Cola? E nem pense em trocar para a Pepsi. Nesta, as duas marcas não são rivais. Só não se esqueça de que a Pepsi também comercializa toda a linha de salgadinhos Elma Chips, além de H2O e Toddy.

Starbucks você já sabe, né? Segundo um pastor lá do Harlem eles colocam sêmen gay em sua bebida. Então, imagina se eles não estariam nessa?

Você não come nem bebe essas porcarias? Beleza. Mas você faz compras coletivas com o Groupon? Usa Amazon e o e-Bay para comércio on-line? Também tem cartão de crédito e débito da Visa e da American Express? Pare! Nada disso é de Deus.

Suponho que você não seja porco e usa produtos da Jonhson & Johnson em seu bebê e até em sua família toda. U-SA-VA. Vai que seu bebê se torna gay ou lésbica ou mesmo trans por causa dessa imundície que essas empresas estão fazendo… Cuidado também com seu absorvente, seu lenço de papel e seu papel higiênico. Os da Kimberly Clark, assim como a Colgate-Palmolive, são tudo amigo “dessa gente”.

E como tudo isso faz parte de uma conspiração para acabar com a família tradicional, não use mais calças Levi´s ou tênis da Nike. Gay! Gay! Gay!

“Então vou fugir desse país! Vou pra Miami!” Sinto informar, mas além de Miami ser cheia de gays, lésbicas, trans, travestis e brasileiros, para chegar lá, não vá nem de American Airlines nem de Delta. E caso você se disponha a ir até Cuba e, de lá, atravessar de barco, não se hospede em nenhum hotel da rede Hilton ou Marriott.

Usa Always, Blondor, Fusion, Gillette, Gillette Feminina, Head & Shoulders, Koleston, Mach3, Naturella, Olay, Oral-B, Pantene, Pert Plus, Prestobarba, Pro-Vital, Salon Professional, Seiva de Alfazema, Soft Color, Tampax, Wella Professionals, Ace, Ariel, Downy, Duracell, Eukanuba, Febreze, Hipoglós, Metamucil, Pampers, Pop e Vick? Então, elas são da Procter & Gamble, que também apoia o casamento igualitário.

Ficou puto? Não adianta xingar muito no Twitter. Eles também estão com os LGBT. E se for reclamar na Justiça, não tire nenhuma cópia Xerox. E nunca mais pense em levar seus filhos à Disney. Nem lá você conseguirá fugir dessa realidade.

A lista de 397 empresas, no entanto, é apenas referente às que estão pressionando a Suprema Corte a legalizar o casamento igualitário, mas há muitas outras, como Ford, McDonalds, Mastercard, United Airlines, Absolut, Smirnoff… Então, boa sorte, porque viver com esse preconceito vai dificultar bastante a sua vida.
Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...