Slide 1 Slide 2 Slide 3

LIVROS DA ESTANTE



Uma seção dedicadas aos Livros homoeróticos disponíveis em nas editoras




O Príncipe

Ithan é o filho do Rei. E como todo Príncipe, ele tem suas obrigações para com o Reino. Apesar de todas as suas responsabilidades, o jovem príncipe vive um romance proibido com Mauro, seu jovem servo. Os boatos referentes à relação que Ithan vive, corre por todo o Reino e, acaba sendo descoberto pelo Rei, que manda executar o servo de seu filho, Mauro. Ithan George Segundo se vê sozinho naquela luta e o pior, conhece o lado obscuro de seu pai. Um lado que jamais havia visto. O seu herói se transformou no seu coveiro.







O príncipe; o mocinho ou o herói podem ser gays

Lidar com a diversidade sexual; sob o ponto de vista da orientação sexual; é matéria obrigatória na sala de aula. O tema ainda é um tabu; vez que esta prática é claramente tímida dentro da escola. Infelizmente; não existe ainda uma política centralizadora desses assuntos. Pesquisando sobre o tema; o escritor Roberto Muniz Dias desenvolveu um trabalho acadêmico voltado à análise de dois livros infantis que chamam atenção por tratar a homossexualidade sob dois temas diferentes: a fantasia e a biologia. Assim surgiu a obra O príncipe; o mocinho ou o herói podem ser gays; lançamento 2013 da Editora Escândalo. Ambas as histórias analisadas pelo autor retratam a desconstrução dos parâmetros nos quais a sociedade é fundamentada: um alicerce estático. A sociedade é dinâmica e plural. Ela pode normalmente conviver; respeitosamente; com todos os tipos de orientação sexual. O interessante é observar que os assuntos são abordados de forma espontânea. Constata-se; portanto; que a questão é mais cultural do que qualquer outra perspectiva. Sobre esse assunto existe pouca literatura. Mas Roberto Muniz Dias traz à tona o tema de forma clara; abordando a análise do discurso embutido nessa Literatura Infantil LGBT.





Sangue e Purpurina

Diego Dutra, rapaz de dezoito anos, vivia com os pais em um vilarejo no norte de Minas... lugar onde nunca se sentia feliz! Até que um dia, a convite de seu primo: Pedro Henrique, ele recebe a proposta de ir morar numa república em Divinópolis – cidade de grandes oportunidades – onde seu sonho de entrar para a faculdade talvez se concretizasse. Sem hesitar, Diego abandona os pais e embarca nessa aventura, onde, de início, é tudo as mil e uma maravilhas. Entretanto, devido a uma fatalidade do destino, sua vida sofre uma mudança drástica, ao deparar-se com o cadáver de um rapaz – que beijou momentos antes – dentro do banheiro de uma boate GLS. E não há dúvidas de que a causa da morte esteja ligada a um assassinato. Ele nada sabe a respeito daquele rapaz, exceto o seu nome: Thiago! Porém, quem seria exatamente? E quem o teria matado? Por que motivos e circunstâncias? A polícia exige que Diego permaneça em Divinópolis até que o caso tenha sido solucionado, pois ele também é suspeito, já que foi encontrado no local do crime. Mas ele sabe que sequer machucaria uma mosca, tampouco tirar a vida de alguém! A boate estava lotada, poderia ser qualquer um, até mesmo alguém próximo a ele. O fato é que Diego está determinado a provar sua inocência e encontrar o assassino para botar um fim em sua agonia; o que não será nada fácil.

Sexo, mistério, paixão, morte e vingança, são as peças fundamentais que compõem essa trama GLS, prendendo a atenção do leitor a cada capítulo.






Invertido amor

Vinícius tinha tudo para ser feliz. Era bonito, independente, tinha amigos leais e era rico. Muito rico. Além disso, exercia com sucesso a profissão de fotógrafo, uma área à qual adorava. O que ele não podia prever é que com a chegada de Diego, o irmão mais novo de sua melhor amiga, teria que finalmente encarar alguns fantasmas do passado. Quem diria que um moleque recém saído das fraldas seria capaz de ensinar a ele, um homem adulto, no alto de seus trinta e poucos anos, a arte de viver. E como lidar com aquela crescente atração que sentia por Diego? Já se entendia naturalmente como um homem homossexual, porém o rapaz parecia sempre lhe enviar mensagens confusas. Dono de uma natureza dominadora era difícil controlar aquele desejo crescente e as ações de Diego só pareciam tornar mais e mais dúbias as mensagens que lhe enviava. Afinal, o que aquele rapaz queria? Porque ele o atiçava tanto? Valeria a pena correr o risco de perder uma preciosa amizade para tê-lo? E Diego? Estaria disposto a ultrapassar as barreiras de seu preconceito para viver aquele inusitado amor? Acompanhe a história de Vinícius, um homem que ainda está tentando aprender como construir a própria felicidade.  
  



BOA LEITURA !!!



Poderá gostar também de:
Postado por Mac Del Rey | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...