Slide 1 Slide 2 Slide 3

MINHA VIDA GAY

Com beijo apaixonado, acrobatas gays ficam noivos na TV Italiana.




Super-mega-hiper conservadora, a Itália viu um acrobata gay pedir o namorado em casamento durante um dos reality shows mais populares de sua TV. Na edição desta quinta-feira do “Italia’s got talent”, integrantes do grupo circense Les Farfadais ficaram noivos ao vivo e comemoraram com um beijo apaixonado.

Após a apresentação, um dos integrantes pediu ajuda a uma das juradas para traduzir sua fala do inglês para o italiano, ajoelhou-se na frente de um colega e aproveitou o espaço para declarar seu amor por ele. Com uma aliança, ele pediu o companheiro em casamento. O pedido foi aceito e selado com um beijo. Os dois são franceses.

Segundo o jornal “Il Fatto Quotidiano”, esta é a primeira vez que um beijo gay acontece ao vivo na TV italiana. Público e jurados do programa apoiaram a demonstração de amor entre os dois, que foram ovacionados. Embora a homossexualidade seja legal na Itália desde 1890, o casamento gay ainda não foi liberado. Apenas casais heterossexuais podem adotar crianças.

Boato sobre homossexualidade de Ayrton Senna é comentado por Galvão Bueno.




No livro “Fala, Galvão!” o comentarista desportivo Galvão Bueno narra como surgiu a história de que Ayrton Senna seria homossexual. Na década de 80 começou uma grande briga entre os corredores Airton Senna e Nelson Piquet. Apesar de três vezes campeão mundial, Piquet precisava dividir as atenções com o estreante Senna, embalado por grandes patrocinadores e apontado como promessa das pistas pela mídia brasileira.
 
Em 1988, o repórter Sérgio Rodrigues, do Jornal do Brasil, perguntou a Senna por qual motivo ele andava sumido. “Bota aí que eu sumi para dar espaço para o Piquet. Afinal, não faz sentido o cara ser tricampeão e eu continuar sendo assunto. Já que ninguém gosta muito dele, o único jeito era eu sumir pra que ele pudesse aparecer um pouco. Eu não tenho nenhum título e todo mundo só fala de mim”, brincou o corredor que conseguiu a ira do colega de esporte.
 
Galvão Bueno estava no mesmo carro de Senna e presenciou a entrevista, ao que deduziu que o jovem corredor havia conseguido uma inimizade com o outro brasileiro. Na semana seguinte a manchete “Senna diz que sumiu para Piquet aparecer”. Ao pedir para Piquet comentar a declaração, o repórter Eloir Maciel ouviu de Nelson Piquet: “Ah é, ele falou isso? Então, vai perguntar pra ele por que ele não gosta de mulher”.
 
A história narra os bastidores do esporte onde a sexualidade de Ayrton Senna era constantemente questionada. Os rumores de que o hoje herói nacional era homossexual e andava com belas mulheres em razão de pressão de patrocinadores e família parece que nunca serão esclarecidos. Piquet praticava bullying com Senna sempre que podia sobre o assunto, mas os rumores sobre a sexualidade de Senna vieram antes, desde as corridas inglesas que disputou antes de estrar na Fórmula 1, categoria que venceu três vezes antes de morrer em um acidente em 1994. Há rumores de que Senna deixou um relacionamento de longa data na Espanha, entre outras fofocas, jamais confirmadas. Oficialmente, Senna era pegador e heterossexual e nunca contestou os ataques de Piquet publicamente.

Gol coloca casal gay em campanha do Dia das Mães “Entre tantos destinos, eles escolheram o amor”




Um casal gay é destaque entre três histórias escolhidas pela empresa Gol Linhas Aéreas para o Dia das Mães deste ano. A campanha destaca três famílias compostas por crianças adotadas, entre eles a de Gilberto e Rodrigo, juntos há 12 anos, que adotaram o pequeno Paulo Henrique, de 5 anos, e contam a história que mudou suas vidas. Aos dois anos de idade, PH foi para um abrigo após o falecimento de sua mãe e passou por diversas tentativas frustradas de adoção até conheceu Gilberto e Rodrigo, e ganhou uma nova família no Rio de Janeiro. Adotado em Minas Gerais, PH ganhou uma nova vida com os seus pais adotivos.
 
No relato, o casal conta da vontade de adotar e como foi a espera pelo filho que veio de longe. Eles contam que tremiam ao conhecer a criança que os identificou como pai no primeiro encontro e falam que o papel de mãe é um carinho diferente e que se revezam neste papel. “Eu não sinto que o Paulo é uma criança sem mãe. Eu sinto que o Paulo tem dois pais mas nós somos mães também.
 
“Para o Dia das Mães, a GOL quer homenagear a história de muitos brasileiros que escolheram amar além de qualquer distância. O resultado dessa decisão mudou suas vidas e pode mudar um pouquinho da sua também”, convida a empresa em seu canal do Youtube que traz ainda as histórias de Mônica e Mariane, e Celmara e João Eduardo, que também mostra famílias que adotaram crianças. #escolhaoamor é o hashtag da bela campanha on line.
 
Confira o emocionante depoimento desta família LGBT para o Dia das Mães da Gol:


TIPOS DE BEIJO




Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (2) Comente aqui!

2 comentários:

  1. Coisa mais linda o pedido de casamento ao vivo na tv italiana!

    Sobre as fofocas de que Senna era gay, isso é novidade para mim.

    Quanto o comercial da Gol, eu vi acho que ontem e fiquei muuuuito emocionado. Lindo de viver!

    ResponderExcluir
  2. Fiquei impressionado com a fofoca de Senna. Pessoas famosas sempre possuem ´´segredos`` em suas vidas particulares e na epoca, homossexualidade era assunto velado, probido e anormal, completamente diferente dos dias atuais, porque nao havia informaçao sobre o assunto, senao a satirizaçao da homossexualidade. O que de certa forma, contribuiu para a homofobia.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...