Slide 1 Slide 2 Slide 3

NOTICIAS DO MUNDO GAY

'Ainda há muito o que fazer', diz Obama  sobre luta contra homofobia.


Obama tem se mostrado um grande aliado na luta contra violência e discriminação a LGBT


O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, falou sobre o combate à homofobia no Dia Internacional Contra a Homofobia, no domingo, 17.

Para Obama, ainda “há muito mais a fazer” contra essa violência e prometeu “continuar lutando, pelo tempo que for preciso, até que todas sejamos capazes de viver livres e iguais em dignidade e direitos”.

“Todas as pessoas merecem viver livre do medo, violência e discriminação, independentemente de quem são ou quem amam”, disse o presidente.

Apoio ao casamento gay chega ao seu  maior patamar nos EUA até agora.


Casamento gay também já é aprovado por todas as faixas etárias, excetuando pessoas com mais de 65 anos

Em pesquisa divulgada pelo Instituto Gallup, a porcentagem dos norte-americanos que apoia o casamento gay chegou ao seu nível mais alto: 60%. E a porcentagem dos que são contra encontra-se no nível mais baixo: 37%.

No primeiro estudo sobre o tema, em 1996, os índices eram muito diferentes: 68% era contra e apenas 27% a favor.

Divididos por partidos políticos, os norte-americanos se mostram dessa maneira a respeito da união homo: são a favor 76% dos democratas, 64% dos independentes e 37% dos republicanos.

De todas as faixas etárias, apenas a que engloba pessoas com 65 anos ou mais ainda resiste ao casamento gay. Na faixa anterior a esta – a de pessoas entre 50 e 64 anos – pela primeira vez a aceitação ao casamento gay (subindo de 48% no ano passado para 54% este ano) ganhou da reprovação.

Turquia pode ter primeira  deputada transexual.



Candidata afirma que já recebeu ameaças, mas que confia na segurança de sua cidade.

O Parlamento da Turquia poderá ter sua primeira integrante transexual em breve.

Deva Özenen, do Partido Nacionalista Progressista, fundado recentemente, é uma dos quatro LGBT que disputam a eleição marcada para 7 de junho.

Seu objetivo é lutar contra a discriminação aos LGBT que tem aumentado no país e dar voz ao movimentos de direitos iguais para todos.

“Se nós formos esperar até sociedade turca estar pronto para nós, preparar para nós, nós íamos esperar um longo tempo”, disse Deva ao jornal “The Independent”.

“Estamos tentando conseguir os nossos direitos e nós não nos importamos se a sociedade está pronta para nós ou não”, afirma.

A candidata disse que recebe ameaças, mas que confia na segurança de Esmirna [terceira maior cidade do país]. “Se fosse em Kayseri, na Turquia oriental, eu levaria um tiro na primeira semana da minha carreira política. Mesmo andando na rua lá, eu estaria morta”, disse ela.

Em Izmir, onde uma mulher trans foi morta há duas semanas, Özenen diz que só enfrenta ameaças e assédio na rua.

Nigéria: 21 jovens são presos acusados  de estarem em um 'culto gay'.


Homens foram espancados por policiais e extorquidos para poder deixar prisão

Policiais de Ibadan, na Nigéria, prenderam 21 jovens acusando-os de estarem em um ‘culto gay’.

Eles alegaram que estavam numa festa, mas os policiais disseram que era uma cerimônia de “iniciação do mal”, colocando contra eles o fato de não haver nenhuma mulher na casa e de terem encontrado 122 preservativos entre eles.

Entidades de direitos humanos do país acusam a polícia de ter agredido os jovens e também de os extorquirem. Além de pagarem multas entre cerca de R$ 150 e R$ 310, o delegado exigiu mais dinheiro no momento de os libertarem, na quinta-feira, 14.

Nenhum deles quer prestar queixa contra o comportamento da polícia com medo de serem identificados como gays, já que a homossexualidade é crime no país africano.

Confeitaria é condenada por homofobia na Irlanda do Norte por se recusar a fazer bolo.


Frente da confeitaria Ashers, na Irlanda

Cliente pediu bolo para evento do dia internacional de combate à homofobia. Irlanda do Norte é única região britânica onde o casamento igualitário não é legal.

Uma confeitaria da Irlanda do Norte foi condenada nesta terça-feira (19) por discriminação, por se recusar a fazer um bolo de defesa do casamento entre pessoas do mesmo sexo, alegando crenças cristãs.

A confeitaria Ashers, que tem um nome bíblico (Asher é uma das tribos de Israel), se negou a preparar o bolo no qual o cliente queria as imagens de Beto e Ênio, dois populares companheiros do programa infantil "Vila Sésamo".

O cliente queria o bolo para um evento no dia internacional de combate à homofobia.

"Os acusados discriminaram ilegalmente o demandante com base na discriminação sexual", disse a juíza Isobel Brownlie em uma audiência em Belfast. "Houve uma discriminação direta para a qual não existe justificativa", completou.

A Irlanda do Norte é a única região britânica onde o casamento entre pessoas do mesmo sexo não é legal. Os habitantes da província, tanto protestantes como católicos, continuam sendo muito conservadores.

O veredicto foi anunciado na mesma semana em que a vizinha Irlanda celebrará um referendo sobre o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

O caso da confeitaria levou alguns políticos a sugerir a inclusão de uma "cláusula de consciência" nas leis norte-irlandesas contra a discriminação.

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...