Slide 1 Slide 2 Slide 3

SAUDE

Mais leve! Conheça quais são os alimentos que devem ser evitados antes da transa.




Vai sair pra jantar com o gato e está doido pra dar uma esticadinha no programa? Tome cuidado, pois as delícias consumidas no restaurante podem virar suas grandes inimigas na hora do contato mais íntimo. “O sexo pode ser visto como um exercício físico e, como em qualquer atividade do tipo, uma alimentação saudável, leve e equilibrada é fundamental para um bom desempenho”, explica a nutricionista Rebecca Benares.

Alguns alimentos podem gerar gases, desconfortos, e sensação de inchaço, prejudicando o desempenho na hora H, por isso, evite alimentos gordurosos, álcool em excesso e até alguns grãos e legumes. “O recomendado é se alimentar de uma a duas horas antes do sexo, mas se esse intervalo não for possível, lembre-se de não exagerar na dose a fim de evitar problemas maiores”.

Alimentos proibidos

Frituras: por ter digestão mais lenta, deixa a pessoa mais sonolenta e com menos disposição.

Feijão/ Soja/ Ervilha: nesses alimentos estão presentes alguns carboidratos que não são digeridos no trato gastrintestinal humano, pois o corpo não produz enzimas para estes compostos. Assim, eles são fermentados por bactérias presentes no intestino, possibilitando a produção de gases.

Brócolis/ Repolho/ Couve-flor: são alimentos fermentativos que também podem provocar gases.

Menta - Então quer dizer que, para disfarçar o bafo matinal, não rola aquela bala ou chiclete de menta? Apesar de a menta melhorar a digestão, não é recomendada para quem quer transar. É que, além de a menta reduzir os níveis de testosterona (alguém sabia disso?), o ato de mascar chicletes introduz ar no estômago, logo uma sensação de desconforto.

Carne vermelha: por ser muito gordurosa, faz com que o organismo gaste muita energia para digeri-la, deixando a pessoa com sensação de cansaço.

Queijos amarelos: a grande maioria das pessoas tem dificuldade em processar alimentos lácteos, como queijo e leite, pois, a lactose presente nesses alimentos é rígida e exige muita energia do organismo para ser processada. Esse procedimento deixa a pessoa com menos disposição e uma possível formação de gases e inchaço do corpo.

Álcool: a questão é saber dosar, pois, se consumido com moderação, pode reduzir a inibição, deixando a pessoa mais à vontade. Porém, seu consumo em excesso pode provocar sono e dor de cabeça.

Tofu - Mesmo que seja um alimento mais leve - e que seja a opção para quem não quer ir à churrascaria - o tofu é rico de fito estrogênios - uma versão vegetal do estrogênio - que reduz os níveis de testosterona. E, por sua vez, o desejo sexual.

10 hábitos tóxicos que sugam sua energia e destroem sua vida.




Você já pensou que nossos hábitos do dia-a-dia podem atrapalhar a busca das nossas realizações pessoais? São pensamentos, formas de encarar as coisas e importância em excesso que damos ao que não tem tanta importância assim. Você já se pegou fazendo alguma dessas coisas?

Abaixo, você confere 10 momentos tóxicos que estão te puxando para baixo, impossibilitando de seguir em frente e tirando o foco das coisas boas que a vida tem para o seu destino. Aliás, tente ler em voz alta. As palavras ditas se profetizam e realizam!

1 – Fingir que tudo está bem, quando não está
Você se sente oprimido? Você sente vontade de desistir? Não há nada de vergonhoso nisso. Você não é um robô, e mesmo se fosse, você ainda precisaria parar para manutenção, às vezes. Não há vergonha nenhuma em admitir para si mesmo que você se sente exausto,  em dúvida, para baixo. Esta é uma parte natural de ser humano. O simples fato de você estar ciente disso, significa que você é capaz de mudar as coisas. Não há problema em desmoronar por pouco tempo. Nem sempre você tem que fingir ser forte, e não há necessidade de provar constantemente que tudo está indo bem. Você não deve se preocupar com o que as outras pessoas estão pensando. Chore se você precisar, é saudável derramar algumas lágrimas. Quanto mais cedo você fizer isso, mais cedo você será capaz de sorrir novamente.

2 – Deixar a dor do passado devastar o seu presente
Eu sou mais forte por causa dos tempos difíceis, mais sábio por causa dos meus erros, e mais feliz porque eu conheço a tristeza. O mesmo é verdade para você. Cada conversa difícil que você teve, envolvia alguém que estava te ensinando algo sobre você mesmo. Cada tentativa contém uma oportunidade para uma profunda auto-reflexão e aprendizagem. Cada momento de irritação, desgosto, frustração, decepção e medo é um professor. Lembre-se, nada é tão ruim quanto parece. Nada. Há um benefício e uma benção escondida atrás de cada experiência e cada resultado. Portanto, não se atreva a desistir de hoje por causa da forma como as coisas pareciam ontem. Nem sequer pensar sobre isso. Cada dia é um novo dia para tentar novamente.
3 – Acreditar que seus melhores dias estão no seu passado ou no seu futuro
Você usa o futuro para escapar do presente. Isto é precisamente o que mantém muitos de nós estressado e infeliz. O outro lado também é verdadeiro – ser obcecada com o passado. O que você precisa aceitar é que há apenas dois dias no ano que nada pode ser feito. Um deles é ontem e o outro é amanhã. Então, hoje, este momento, é o momento certo para amar, rir, trabalhar e viver com ousadia. Sim, este momento precisa de sua atenção, pois este é o único momento e lugar em que você está realmente vivo.

4 – Tentar se prender a quem você era antes de uma das tempestades da vida
Tempos difíceis são como fortes tempestades que sopram contra você. Elas arrancam de você as partes essenciais do seu ego, para que depois você se veja como realmente é, e não apenas como você gostaria de ser. Esta é uma grande coisa. Pode parecer impossível agora, mas um dia você vai olhar para trás, para as tempestades que enfrentou e agradecer. Para muitos de nós, foram as tempestades de nossas vidas que nos deram a compaixão, bondade e gentileza que de outra forma não poderíamos ter conhecido – e que agora podemos dar aos outros, porque essas qualidades estão dentro de nós.

5 – Resistir à mudança e ao crescimento
Você deve sempre se perguntar: “Estou empenhada em me sentir bem, ou estou comprometida com meu crescimento?” Porque o crescimento nem sempre é se sentir bem, e sentir-se bem não fornece sempre o crescimento. Também não é errado, desde que haja equilíbrio. O importante é lembrar que o desconfortável também é importante, e este desconforto muitas vezes chega na hora certa. Não o evite. Abrace-o. Canalize sua energia no crescimento. Todo crescimento começa no final de sua zona de conforto. Quando você está se sentindo desconfortável, saiba que a mudança que está ocorrendo em sua vida é um começo, não um fim.

6 – Se preocupar demais e nunca agir
A preocupação é o maior inimigo do momento presente. Ela não faz nada, mas rouba sua alegria e o mantém muito ocupado fazendo absolutamente nada. É como usar sua imaginação para criar coisas que você não quer. Quebre esse hábito negativo! É muito melhor estar exausto por ter se esforçado do que estar cansado de não fazer nada, só se preocupar. Não desperdice o seu esforço evitando esforço. Vá em frente e faça. Hoje, pergunte-se o que é realmente importante e, em seguida, tenha a coragem de construir o seu dia em torno de sua resposta.

7 – Se sacrificar por todo mundo
Não se sacrifique demais, porque se o fizer, sobrará muito pouco que você poderá oferecer a qualquer um, mesmo para aqueles que você ama muito. Sempre que você se sentir preso e for difícil respirar, deixe-me lembrá-lo – não se esqueça de proteger a sua própria máscara de oxigênio primeiro. Cuidar de si mesmo não faz de você egoísta; isso faz de você altruísta. Na verdade, é a forma mais verdadeira de altruísmo que se pode experimentar. Somente através do auto-cuidado você poderá cuidar dos outros. Se quiser realmente ter uma relação boa e amorosa com outra pessoa, você precisa aprender a ser seu melhor amigo em primeiro lugar. É tudo sobre se apaixonar por si mesmo primeiro e partilhar esse amor com outras pessoas que você aprecia, em vez de procurar por amor para compensar um déficit de amor-próprio.

8 – Levar tudo para o lado pessoal
Você ganha muita liberdade quando não leva as coisas para o lado pessoal. E raramente as pessoas fazem as coisas por causa de você, de qualquer forma. Eles fazem por causa delas. Assim, mesmo quando parecer pessoal, provavelmente não é. Lembre-se disso. E quando você se sentir irritado, com o coração partido, ou vitimado pelas ações do outro, veja se você pode encontrar dentro de você qualquer semente de suavidade, alguma parte de você que entenda o tanto de dor que essa pessoa deve estar sentindo, como sobrecarregada sua alma deve ser e como seu coração deve estar endurecido para que possa se comportar dessa maneira.

9 – Deixar os pensamentos negativos obterem o melhor de você
Não acredite em tudo que você ouve – mesmo em sua própria mente. Escolha ser infeliz e você vai encontrar muitas razões para ser infeliz. Escolha ser feliz e você vai encontrar muitas razões para ser feliz. É simples assim 99% do tempo. Falar sobre os nossos problemas é o nosso maior vício. Acabe com esse hábito negativo. Fale sobre suas alegrias, seus amores e seus sonhos, em vez disso. Seja escandalosamente e irracionalmente positivo. Seja engraçado, criativo, ridículo e alegre, tudo ao mesmo tempo. Isso vai fazer você se sentir melhor.

10 – Se recusar a abrir mão e dar lugar ao incerto
A verdadeira felicidade exige coragem. Não é fácil ultrapassar os limites de sua vulnerabilidade, para olhar cada vez mais fundo para a essência de quem você é como um individuo. Não se trata apenas de aceitar as partes imperfeitas de si mesmo, mas também de expô-las aos outros. Você tem que estar disposto a se libertar do padrão, correr o risco de parecer chato e parar de se preocupar tanto com o que todo mundo pensa. Trata-se de tomar uma posição. Na verdade, todos nós temos que ter um tempo para desacelerar, para romper com o ritmo louco da vida e tirar um minuto para sentar e olhar para o céu sem verificar a próxima mensagem, assistir ao pôr do sol, sem postá-lo no Instagram e se libertar para ser você mesmo. Temos que dizer “sim” ao momento atual, temos que amar, nos abrirmos novamente mesmo correndo o risco de ser ferido e machucado de novo. Acima de tudo, temos que arriscar.
Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...