Slide 1 Slide 2 Slide 3

FOFOCAS DE CELEBRIDADES- GOSSIPS

'Acho incrível', diz Kris Jenner sobre  transformação da ex, Caitlyn.


Para Kris, Caitlyn é uma inspiração para muitas pessoas


Kris Jenner quebrou o silêncio sobre a nova identidade de seu ex-marido, que assumiu-se como Caitlyn Jenner.

“Eu acho que é incrível”, disse Kris. “Eu penso que alguém que segue seus sonhos é um verdadeira inspiração para um monte de gente. Você tem de fazer o que te deixa feliz.”

Caitlyn assumiu aa nova identidade há um mês na capa da revista “Vanity Fair”. Toda a família a apoiou, mas houve alguns detratores, que lançaram, por exemplo, um abaixo-assinado pedindo que devolva as medalhas olímpicas conquistadas quando pertencia ao sexo masculino.

Padre e pastor lavam os pés de transexual crucificada na Parada Gay.





Olha aí mais uma prova de que é possível aparar as diferenças e criar um mundo onde a tolerância seja um princípio básico da sociedade. Afinal, pequenos gestos são capazes de realizar grandes mudanças!

Na tarde deste sábado (27), no Largo do Arouche em São Paulo, o padre Júlio Lancelotti e o pastor evangélico da Igreja Batista José Barbosa Júnior lavaram os pés da transexual Viviany Belebone, como forma de pedir a ela desculpas pelas ameaças e ofensas que sofreu de pessoas que se dizem cristãs. O ato é uma alusão à cerimônia sagrada e secular de lavar os pés, em que Jesus purificou os apóstolos antes da Santa Ceia.

Para quem não sabe, Viviany fez um protesto na Parada do orgulho LGBT de 2015, onde apareceu crucifixada para alertar sobre as agressões que as pessoas trans sofrem no Brasil. O ato gerou polêmica entre setores conservadores da sociedade, inflados pelo ódio bélico do pastor Marco Feliciano, que usa o nome de Deus para pregar o preconceito.

Nas redes sociais, a transexual disse apenas: “Me sentindo abençoada”. Vale lembrar que as figuras que aparecem na foto se encontraram também no mais recente vídeo do Põe na Roda, que abordou a tolerância religiosa com a comunidade LGBT. Confira!



Noivos




O DJ Harry Louis pediu seu namorado, Allyson Chinalia, em casamento na Espanha, ao vivo, em um programa de TV, nesta quinta-feira. No programa "El atico TV" falando sobre sua participação na Parada do Orgulho Gay deste final de semana, o brasileiro deu uma aliança da sua recém lançada linha de jóias. Juntos há 6 meses, Harry planejava fazer o pedido na Torre Eiffel mas que preferiu fazer ao vivo na Espanha por se identificar com o país, onde já morou, e para levantar a bandeira na TV. Os noivos sonham com um casamento tradicional, inclusive religioso, com a presença das famílias.

É o amor...



Agora noivo, Harry Louis revela ter feito sexo com integrante do Põe na Roda.




Domingo maravilhoso, onde boa parte da sociedade mundial acordou tocada pelo poder do arco-íris emanado diretamente dos Estados Unidos, que acaba de liberar o casamento entre pessoas do mesmo sexo. A luta continua!

Portanto, nada melhor do que vivenciar nossa liberdade de amar e curtir com muito prazer o entretenimento gay. Por falar em prazer entretenimento, o Põe na Roda acaba de lançar um vídeo com a ilustre presença de Harry Louis, o ex-ator pornô, que já mexeu coma imaginação sexual de muitos e que acaba de pedir o namorado em casamento.

Mas engana-se quem pensa que a carreira do belo moreno acabou ai. Além de ter se relacionado com um dos gays mais poderosos da moda, Marc Jacobs, Harry tem uma bem sucedida marca de chocolates, a HL, e manda muito bem como DJ pelo mundo afora.

Polêmico, alegre e inspirador, Louis abriu o coração, expôs sua intimidade e respondeu 24 perguntas sacaninhas e inesperadas.




Bruno Gagliasso faz campanha contra homofobia e pede doações para o Grupo Argo-Íris.




Bruno Gagliasso aderiu a uma campanha contra homofobia criada por sua amiga Lela Gomes, empreendedora que pilota uma marca descolada de camisetas. O ator postou a foto uma foto em seu Instagram, e a galera pirou. 20% das vendas da peça, que você encontra no site da Maô Camiseteria, será doado à Grupo Arco-Íris, que há vinte anos dedica-se a causas LGBT.

O ator também pediu para seus seguidores nas redes sociais ajudar a ONG que esta prestes a fechar. "Há 22 anos eles lutam pelos direitos da população LGBT, com assistência a vítimas de discriminação e violência, testagem rápida do HIV, oficinas educativas e mais várias atuações muito bacanas. Vamos ajudar! É possível fazer doações de R$ 10 a R$ 50, eu já fiz a minha!" postou Gagliasso.

A campanha teve participação de uma série de famosas. "Mais do que qualquer coisa, a gente quer mostrar que preconceito é cafona", diz Lela.





9 meses de namoro: 'Não me considero lésbica',  diz Monique Evans.


Apresentadora falou sobre como percebeu que estava apaixonada


Em seu primeiro relacionamento lésbico na vida, Monique Evans revelou ao “Ego” que não se sente homossexual. A apresentadora também contou como a amizade com a DJ Cacá Werneck se tornou namoro (que completou nove meses) e como lidou com os filhos a respeito disso.

“Nos conhecemos na rede social”, disse Monique. “Meu primeiro papo com ela foi quando elogiei aquele abdômen, todo trincado. Ela me contou que fazia caminhadas e malhava muito e, como éramos vizinhas de prédios quase grudados, me convidou para acompanhá-la.”

A “titia” disse que percebeu que o que sentia pela DJ era mais que amizade quando foi internada por crises depressivas. “Ali, assim que ela chegou, eu senti algo estranho, que não sabia dizer o que era. Depois reparei que os homens da clínica a olhavam muito e fiquei com muito ciúme. Em um outro momento, quando já estava em casa, vi fotos da Cacá com algumas mulheres e senti mais ciúme ainda. Foi aí que percebi que estava apaixonada e não sabia nem como lidar com aquilo.”

A apresentadora também revelou como os carinhos íntimos começaram. “Me senti uma virgem. Nós começamos com um selinho e ela já foi embora de casa vibrando. Demorou alguns meses para rolar o primeiro sexo. Todos acham que sou super descolada quando o assunto é sexo, mas não, eu não sabia nada de sexo com mulher. Foi bom, muito bom, mas tudo por conta da pele e do contato. Foi que nem quando conhecemos homens diferentes, com cada um é uma nova descoberta.”

Monique disse que logo se preocupar em revelar a sua família a nova relação. “Não por sentir culpa, mas sim por uma felicidade que eu queria dividir com eles. Contei primeiro para a minha nora, mulher do Armando. Na mesma noite minha nora contou para o meu filho, que logo me mandou mensagem dizendo que ficava muito contente com a minha alegria. Com a Bárbara já foi diferente. Ela é muito esperta e jogou verde. ‘Ah, e essas fotos com a sua namorada?’, disse ela, já sacando que estava rolando algo. Mas a Bárbara também aceitou numa boa. É até engraçado, porque minha filha é curiosa e me pergunta intimidades. Quando vou contar ela fica tímida e desiste de ouvir (risos)”.

“Não sei se mudei, não me considero lésbica. Eu gosto da Cacá. Eu não olho para outra mulher, mas também, hoje em dia, não olho para nenhum homem. É uma coisa muito louca ainda para mim. Me apaixonei pela Cacá e é isso que eu sou hoje”, disse a apresentadora que está com 58 anos.
Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...