Slide 1 Slide 2 Slide 3

CONFISSÕES DO DIVÃ







Os textos apresentados nesta seção buscarão ilustrar situações, angústias, problemas e experiências vivenciadas por alguns homens gays. Não existem experiências universais, comuns a todos os homens gays, cada um de nós é constituído e atravessado por diversas características que tornam a sua experiência única.  Nossa principal ideia aqui é pensar em possibilidades de enfrentamento para as questões aqui representadas, que em menor ou maior grau podem ser semelhantes com alguma das histórias vivenciadas por você. Essas histórias não são uma representação literal de histórias reais e sim textos fictícios.


O Dr. Alexandre é formado em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Atua como psicólogo clínico no Espaço Recontar na região de São José / SC. Fundamenta seu trabalho pelos princípios da Psicologia Sistêmica. Compreender os fenômenos psicológicos sistemicamente significa, literalmente, “colocá-los” dentro de seu contexto, estabelecendo a natureza das suas relações.


Você pode fazer perguntas e sugerir temas que nosso psicólogo responderá com todo prazer.

Bem, vamos ao tema de hoje.


Sou submisso e passivo, mais não sou delicado e feminino... Por que isso incomoda?

Alexandre de Souza Amorim, Psicólogo
alexandresouza.psicologo@gmail.com





Tenho 43 anos e sou o que chama de urso. Sou barbudo, peludo e muito másculo. Porém, sou passivo e gosto de ser submisso na cama. Gosto de receber ordens, de satisfazer fantasia na real e sem frescura. Mas tem um grande problema que passou a me incomodar mais no ultimo ano: Meus parceiros têm pedido e esperam de mim um comportamento mais feminino, mais delicado. Não sou delicado e feminino e nem fingindo consigo ser. Poxa, será que para ser submisso preciso ser feminino?Por favor, explique da maneira mais simples possível.
AderbaL, 43 anos
           
Vou respondê-lo diretamente Aderbal: Não.    

            Não há uma relação direta entre desejo, prática sexual, sexo e gênero. Ainda que a heteronorma de nossa sociedade nos imponha isso.


Tentando explicar de maneira mais simples: Ser passivo, ativo ou versátil não tem nada a ver com os estereótipos de masculino ou feminino. Sua preferência sexual tem ralação com seus desejos e atos que te dão prazer.


Chamei de estereótipos, os comportamentos que comumente em sociedade rotulamos, erroneamente, como exclusivamente masculinos ou femininos. Por exemplo, dizer que ser passivo no sexo é algo feminino e que o gay nessa posição é a “mulher” da relação. Isso está absolutamente errado, não há nenhuma mulher na relação entre dois homens. São dois homens e ponto.           

           
Esses preconceitos só serão quebrados quando a questão for debatida de maneira aberta. É um assunto que precisa ser discutido de maneira aberta. Você pode fazer isso com os seus parceiros, explicar como se sente.  Mas precisamos falar isso sempre que preciso com a sociedade como um todo.

           
Há muito machismo entre os gays. E a grande verdade é que existem muitas possibilidades de ser. Existem homens mais delicados que são passivos, mas há também aqueles que na cama são somente ativos. Existem os versáteis, os que não curtem penetração, e uma infinidade de outras formas de ser. As pessoas são diferentes, agem diferentes e desejam coisas diferentes.

           
Talvez você tenha encontrado pessoas muito presas aos rótulos. Você não precisa mudar seu jeito de ser. Não é fácil encontrar pessoas que nos permitam sermos nós mesmos, que nos deixem a vontade para nos soltar. Converse, fale do que gosta, mostre a sua maneira de ser, pense na sua satisfação e principalmente não seja submisso ao ponto de abandonar e/ou mudar quem você é para satisfazer uma necessidade que é de outra pessoa.





Poderá gostar também de:
Postado por Mac Del Rey | (1) Comente aqui!

Um comentário:

  1. Já se foi o tempo passivo tem estereótipo delicado e/ ou afemimado.

    Seus parceiros têm fetiches com delicados e já que você é o oposto disso, significa que eles estã escolhendo errado.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...