Slide 1 Slide 2 Slide 3

Vale a pena sair do armário?




Olá equipe do blog entre homens

E um prazer ler o blog de vocês , realmente é muito bom. vou de falar com vocês um assunto que acho delicado e que tem me tirado do sério, penso muito no seguinte: há vários textos aqui no blog, relatos e vídeos sobre sair do armário, essas coisas nos encorajam, nos fazem ter orgulho próprio do que somos e considero isso muito saudável, 

é como encorajar alguém a dar seus primeiros passos! E essas mensagens nos tornam mais intensos na hora que lemos, eu sinto um frio na barriga, a sensação é muito parecida como quando estamos apaixonados e pensamos/idealizamos mil coisas com o novo amado .


Porém, eu acho que devemos pensar no quanto vale a pena sair do armário, não sou contra essas mensagens que defendem o "nascer gay" de todos nós na sociedade, mas eu penso que muita gente pode achar que é mais fácil do que quando realmente ocorre. 

Eu sou um exemplo disso, eu ainda não sai do armário para a minha família, mas ao ler textos e ver filmes (como ex: MILK) eu realmente tinha me decidido, 

imagem ilustrativa


e fui conversar com meu irmão (ele tem 23 e eu tenho 20). No ato da conversa, comecei a dar pistas, evidenciando a minha preferência sexual, achei que seria MUITO Fácil, que ele super me entenderia,mas eis que ele simplesmente se tornou agressivo de um segundo para o outro e me machucou, apertando nos meus braços, eu achei que ele irí­a me bater, então voltei atrá¡s no mesmo momento, inventei uma história.


Disse que ele tinha entendido errado e que o que eu queria dizer era que estava inseguro com meninas.

Depois disso comecei a pensar no meu ato de quase suicídio...acho que devemos levar em conta MUITAS COISAS antes de sair do armá¡rio: 

*e a primeira delas é a independência econômica (eu estou na metade da minha faculdade, é privada, jamais teria condições de pagar meus estudos, mesmo se trabalhasse) 

* segundo lugar é a questão da estrutura familiar (a minha família é extremamente preconceituosa) 

* terceiro lugar é a questão da sua relação com seus pais, acho que devemos balancear se temos liberdade, se não vamos causar um problema muito grande em nossas famílias.

imagem ilustrativa


Eu, por exemplo, jamais precisaria me assumir atualmente, moro sozinho, em outra cidade, tenho a MINHA VIDA, então é essa a mensagem que queria passar, para que outros não tenham a mesma experiência que eu tive, em vão! Acho que essa é uma decisão complicada, importante e que REALMENTE muda as nossas vidas, 

pode mudar para melhor, mas também para muito pior.


Para resumir: acho que devemos encontrar os fatores prós e contras de uma decisão como essa, pois pode ser dolorosa e sem muitos ganhos, pois o mundo está mais aberto, com a cabeça mais aberta e com seus milhares de problemas à resolver, mas nem todos os lares estão.

Gostaria de saber se os visitantes do blog concorda ou não comigo ou se me acham um tanto covarde pelos argumentos citados.

Obrigado pelo espaço pessoal, pode ter certeza que com esse blog vocês ajudam muito as pessoas. Bjos do Rubs! 

Poderá gostar também de:
Postado por Estagiario | (8) Comente aqui!

8 comentários:

  1. Eu, me assumir,as m contei ND para os meus pais e quandoeles pergunta apenas digo q isso é minha vida e n quero q intrometam apenas digo q terei uma linda familia e filhos, pois sei q meus paisn estão prontos para ouvir isso agr e nem eu estou para comtar. Tudo ao seu tempo.

    ResponderExcluir
  2. Rubs, e´claro que vc saia do armario sem antes pensar nas consequencias. Nao e porque vc leu textos incentivando a saida do armario que qualquer pessoa possa faze-lo. Aqui postamos exemplos de pessoas que sairam do armario em variados contextos. Cada um , tem uma historia e na possibilidade de se livrar de um peso.

    Creio que muito anos anos antes,AQUI NO BLOG, tivemos esse conflito com os leitores e a grande maioria, acharam ou e´favoravel quando a pessoa ja tem a sua autonomia e independencia financeira. Nao e sair do armario , simplesmente porque quer. Deve-se pesar as consequencias e tambem o meio de pessoas em que se vive. Evidentemente, em familias poucos esclarecidos sobre homossexualidade ou , geralmente pertencentes a algumas seitas ´religiosas`` fundamentalistas nao e´simples assim. Como exemplo, a novela ``babilonia``. mostra uma situaçao de familia evangelica homofobica.( E atraves, dela, tenta-se mudar o pensamento machista , preconceituosa e hipocrita da sociedade brasileira. crista)

    Cada um tem o seu tempo e situaçoes que favoreçam a esse episodio. Portanto, postamos casos e casos de `COMING OUT`` e uma parcela foram felizes e outras , nao.
    Alguns, ate arriscaram a sua carreira profissional devido a sua CONDIÇAO sexual.

    Postamos, geralmente os coming out de americanos, pois la , a cultura e´diferente ( apesar de ter muitos religiosos e pessoas homofobicas`) e tem respaldo da LEI. Tivemos ainda, uma postagem sobre o teste de casal portugues andando pelas ruas de LIsboa de maos dadas e nao sofreram qualquer tipo de intimidaçao verbal ou fisico.

    Portanto, no contexto brasileiro, ainda e´complicado e ainda, a midia tem dado uma grande contribuiçao, no que tange a DIVERSIDADE, nao so sexual, mas social ,racial e religiosa (claro que no Brasil, existem . correntes de varias linhas religiosas que nao a crista e que sao MINORIAS).

    Fora essas familias muito religosas, e´ mais facil. Postamos , inclusive , videos de maes que (POE NA RODA), depoimentos ao saber da homossexualidade dos filhos. A principio , nao e´facil , mas acredito, que essas maes procuraram saber mais sobre esse assunto. ( Muitos ainda tem o conceito errado sobre homossexualidade e sexualidade humana, pois a cultura e machista).

    Bem, como aconselhei um visitante, procurar saber antes, como a familia pensa sobre homossexualidade, numa ocasiao em que estiver vendo uma novela,ou aproveitar uma conversa familiar ,os pontos de vista e assim, vc tera uma noçao de como e´sua familia e tomar suas resoluçoes.

    No seu caso especifico, talves nao e´ o momento certo, pois vc depende de seus pais para a conclusao da faculdade. A nao ser que seus pais tenham uma visao diferente e acolhedora.

    Nao so familiar como na roda de amigos, vc pode ter uma ideia do que pensam a respeito (acredito que a grande maiora da juventude, esta antenado sobre essa questao e nao sao conservadores).

    Abraços !!

    ResponderExcluir
  3. Concordo, Não acho que minha família tem instrutura para entender isso numa boa, e eu não sei se tenho para viver com a rejeição deles ou frustração, as vezes vejo mensagens do tipo, ja me chamaram de covarde, parece tão fácil, ultimamente tenho pensado muito nisso, estou em um estagio de infelicidade quase insuportável, e ninguém percebe isso por que sou exper em demostrar uma falso sorriso que esconde profunda tristeza, Aparentemente em mim não tem nada que demostre ser gay, a não ser um cara de 26 anos solteiro sem namorada rsrs, sou muito timido e quieto, e não sei lidar com isso direito, até meus 18 anos saia com uns meninos da rua, até que um dia resolvi parar, os meninos entre eles na escola, ficavam me insultando, resolvi parar, cheguei a namorar umas meninas, com 20 anos fiquei noivo, mais depois vi que estava infeliz e ia fazer outra pessoa que realmente gostava de mim feliz, nessa epoca com 18 anos entrei pra uma igreja pra tentar(perca de tempo) me libertar das vontades de ficar com meninos, la conheci essa menina, mais quando vi que eu estava lutando contra algo bem maior que minhas vontades terminei, fiquei na igreja dos meus 18 aos 24 anos, sem ficar com nenhum menino, mais por dentro a o desejo por outros meninos me angustiava, moro no interior, roça mesmo, não tenho com quem conversar e isso de guarda td pra mim, me desgasta. Desculpa ficar falando essas coisas mais guardar td isso sozinho doí demais, e isso é só um resumo dessa droga de vida que não vejo a hora de acabar logo...

    ResponderExcluir

    ResponderExcluir
  4. Galdino, muitos jovens como vc, seja problemas financeios, saude , condiçao sexual , etc, tendem a recorrer a igrejas para obtençao de ``milagres`` e `graças`` de um ser divino.`milagres nao existem e sao apenas conjunto de coincidencias que levam ao individuo a pensar em milagres por nao ter uma resposta logica. Recomedaria vc a ir num psicologo que e mais sensato, apesar de que igreja seja uma opçao barata.

    Igrejas, tem a funçao original de trazer conforto, e serenidade aos que a frequenta e infelizmente, atualmente (??), tem a funçao de trazer lucros financeiros a essa entidade.
    Milagres que vc ve na igreja e mesmo na TV sao propagndas para arrebanhar fieis, pois quanto mais fieis e melhor fanatizados, mais lucros garantidos. Nao passam de empresas lucrativas.

    A homossexualidade nao e´ doença e vc pode e deve vivenciar a sua homossexualidade.Pois e algo natural , e nenhuma religiao ou entidade pode `curar`` a homossexualidade. Basta vc assumir a homossexualidade a vc mesmo e todos os sofrimentos interior irao desaparcer.

    Vc atuou de forma correta ao desfazer seu namoro a trazer infelicidade tanto a vc , como a sua ex namorada. Vc foi honesto e digno a vc mesmo e a ela.

    Eu creio que vc deve sim exercer a sua homossexualidade, se isso te faz feliz. Se quer namorar meninos , namore, Se quer brincar, brinque, mas com respeito e sinceridade ao parceiro. Se os heteros vivem suas vidas desta maneira e os fazem felizes, porque nao os homossexuais? Devemos ficar contidos e sofrer? Nao, jamais. Merecemos ser felizes , pois o homem esta no mundo para viver uma vida feliz.

    Como vc vive num local que talves nao tenha ambiente LGBT ,fica dificil de vc entrar em contato com seua iguais e poder dividir seus problemas, mas estamos aqui neste blog,que vc pode se àbrir`` com outros visitantes na mesma condiçao que vc, Nos somos iguais a vc que tiveram problemas desta natureza e foi superada com auto estima, informaçao e exemplos de outros.

    A vida nao e´ uma droga se vc mudar seu pensamento e atuar com atitudes postiivas. Aqui entra a tal de livre arbitrio. Vc escolhe se quer a felicidade ou ficar lamentando de seus problemas; e esperar algum ser divino atuar em sua vida. Esse ultimo e´impossivel, pois `ser divino`` nao e´empregadinho que qualquer um pede e ele deve resolver.A verdade e´que o `ser divino`` virou empregadinho onde a multidao vai a igreja para pedir alguma coisa e quem lucra sao os donos de igrejas que distorcem os sentidos morais verdadeiros do cristianismo.

    O que recomendaria e´que viva a sua homossexualidade com plenitude, tomando todos os cuidados (camisinha , nele), namore, ame (mesmo que as escondidadas) e seja muito feliz. So isto , seus lamentos ficarao para o passado antigo que vc ira lembrar como necessarios para enriquecer suas experiencias e como supera-los.

    Abraços¹







    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado!! e desculpa ao mesmo tempo rsrs não sou de ficar lamentando com ninguém, foi só um momento, mais muito obrigado!!

      Excluir
  5. ;Desculpem. O texto acima é dedicado ao JUNIOR CRUZ e nao ao Galdino

    ResponderExcluir
  6. Boa tarde, gostaria muito de ter o seu site ou blog como meu parceiro, já adicionei seu link em minha lista de blogs, caso aceite a parceria é so adicionar e por favor me mande uma mensagem com o seu link
    http://www.blogbigdotados.com/

    ResponderExcluir
  7. Luciano, enviatei o seu recado ao reposnsavel ,nesta area

    Obrigado

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...