Slide 1 Slide 2 Slide 3

CONTOS DO LEITOR


Orgia de aniversario





Meu nome é Abdner tenho 22 anos, corpo normal, loiro, sem pelos no corpo, 1,80 de altura, um dote de 16,5. Há três ano e meio namoro com Bruno de 26 anos, um pouco mais encorpado que eu uma leve barriguinha saliente a qual amo morder rsrsrs, peludinho na barriga alguns fios no meio do peito também nas axilas e no pau bem aparados.

Eu já tinha namorado com dois caras antes de Bruno, mas ficávamos praticamente só nos beijos eu os chupando e eles me comendo de quatro. Já com Bruno tudo mudou. Mais experiente Bruno me ensinou varias posições me tocou em áreas nunca antes exploradas e me fez toca-lo também, não só no sexo as coisas mudaram Bruno me ajudou a me assumir para meus pais me deu apoio, carinho, me auxiliou a arrumar um emprego e a três meses me trouxe para morar com ele.

No meu aniversario meu amor me fez uma surpresa. Me vendou e me colocou na cama deitado, pelado. De repente começo a sentir algo molhado pingando no meu corpo e um aroma gostoso de óleo para massagem de maçã que amo. Pensei neste momento que a surpresa seria uma massagem, então começo a sentir um par de mãos me massageando depois sinto que alguém senta no meu peito, então a voz do meu namorado diz:

_Abre a boca e chupa.




É um cacete quentinho com chantili, mas fico intrigado, pois as mãos continuam me massageando a barriga os braços. Será que ele tinha contratado um massagista e não esperou para me foder a boca? Quando estou concluindo meu pensamento sinto uma língua em meu saco no instinto tento levantar, mas sou impedido.

_ Calma amor relaxe e curta sua surpresa, você vai gostar prometo.

Meu namorado começa a meter mais seu cacete em minha boca. Agora sinto uma boca lamber e abocanhar minhas bolas e outra meu cacete ainda meia boca. Tento pedir para ver mas minha boca esta ocupada com o cacete de Bruno. Então meu namorado sai de cima de mim segurando minhas mãos, dá a volta e me dá um beijo com a cabeça virada, ou seja, com as duas línguas com total contato. Uma delícia de beijo. Ele me tira a venda e constato que além dele existem mais dois caras na cama conosco, o Jr e o Pc dois amigos nossos fortes, bonitos, praticantes de luta. Os dois são namorados também.

_ Surpresa!!!!!!!Amor fica de quatro para eles verem sua bundinha, fica.
Fiquei de quatro e eles colocaram chantili em minha bunda toda e começaram a lamber.

_ Você sempre disse que tinha curiosidade em saber como é uma suruba vai descobrir agora. Escolhi gente de confiança para nossa brincadeirinha e para mostrar para você que te amo muito.

_ Eu também te amo meu lindo.

Beijei Bruno e depois ele sentou de pernas abertas em minha frente e comecei a chupar seu cacete. Enquanto ia a loucura com aquelas duas línguas chupando minha bunda, invadindo meu cu, chupando meu cacete não estava aguentando mais e pedi:

_ Amor me fode, me fode amorrrr
_ Meninos ouviram o pedido do meu príncipe é hora da foda!


JP deitou na cama e Bruno disse para eu cavalga-lo. Sentei em cima de JP e fui encaixando seu cacete até minha bunda sentir os seus pelos a roçarem enquanto eu rebolava em JP, o Jr. fodia a boca dele com seu cacete. Bruno nos filmava com a filmadora que seria meu 2º presente de aniversario.

Depois Jr. Levantou-se e de pé em minha frente segurava minha cabeça e fazia com ela movimentos de vai e vem com seu pau em minha boca. Depois de muito meter em minha boca, Bruno entregou a câmera para Jr. e veio meter em minha boca. Depois de seu cacete bem lubrificado, Bruno pediu para eu me inclinar um pouco e colocou seu cacete junto com o de JP no meu cu.

Doeu um pouco no começo, mas depois Bruno começou a bombar Jr. veio fazer a filmagem bem de perto, de todos os lados e ângulos. Depois colocou a câmera no tripé e nos filmou, eu com dois cacetes atolados no rabo e mais o dele na boca. JP que já estava me fodendo a mais tempo gozou e Bruno aproveitou a lubrificação extra do gozo de JP para meter mais rápido e logo gozou. Os dois saíram de dentro de mim e Jr veio fazer um close do meu cuzinho que agora era um cuzão aberto e melado. Jr aproveitou o close de minhas pernas abertas e socou seu pau em mim. Meteu o mais rápido que podia. Nossa que tesão eu estava sentindo! Jr entregou a câmera para JP que passou a filmar Jr metendo em mim. Ele fazia pose, colocava as mãos atrás da cabeça, segurava em minha cintura e cravava seu cacete. Não aguentei mais e sem tocar em meu pau, gozei. Logo em seguida Jr gozou também.

Fim da primeira rodada tomamos um café, um banho cada um com seu namorado, rimos e conversamos um pouco.

Algum tempo depois, Jr e JP começaram a se agarrar, Bruno não fez por menos, me agarrou e beijou. Parecia uma disputa cada um tentando fazer mais que o outro. Era mamada, chupada, lambida, sarrada.

Resolvemos fazer uma roda de chupada. Eu chupava Bruno que chupava JP, que mamava Jr, que me chupava. Era o cacete e o cu, língua, boca e enfiadas de dedo no rabo de todo mundo. Depois foi a vez de outra coisa que eu morria de vontade de experimentar: o trenzinho. Eu me encaixei em Bruno, que meteu em JP, que comeu Jr e depois inverteu, mas eu queria meter e ser comido ao mesmo tempo. Então os dois da ponta eu e Jr trocamos com os dois do meio e ficou Bruno metendo no meu rabo, eu comendo Jr, que comia JP. Foi muito louco eu sendo comido por meu namorado e metendo naquela bunda durinha do Jr.




Mas o que eu mais gostava mesmo era de dar o rabo, então todos seguraram o gozo. Eu me deitei na cama e cada um veio gozar em mim. JP foi o primeiro, colocou seu pau em meu cu e meteu até gozar bem rápido e fundo, fazendo caras e bocas para a câmera. Depois veio Jr parecendo um ator pornô rsrsrs, meteu com todo vigor até esporrar dentro do meu cu; e por fim meu macho gostoso Bruno, colocou minhas pernas em seu pescoço, colocou um travesseiro deixando minha bunda o mais para cima possível e desceu a vara em meu cu. Nossa que delicia de macho eu tenho! Meteu com tudo em meu rabo já todo esporrado e depositou também sua porra dentro de mim. Depois me chupou até eu gozar e pela primeira vez bebeu toda minha porra.


Eu estava exausto e demorei um pouco para me levantar. Quando o fiz, desceu um monte de porra pelas minhas pernas. Rimos muito. Fui no banheiro e tomei um delicioso e demorado banho. Quando terminei os rapazes já tinham ido. Bruno foi tomar seu banho e depois jantamos uma deliciosa comida que Bruno pediu de um restaurante próximo.


Dormimos agarradinhos. Eu amo muito meu namorado, não o troco por nenhum outro, ele confia em mim e eu nele, ele sabe que eu nunca o trairia e tenho certeza que ele não faria isso comigo, pois temos uma relação aberta ao dialogo. Se ele quiser alguma coisa e só pedir que daremos um jeito e o mesmo ele faz comigo, não precisamos mentir ou fingir um para o outro e é isso que torna nossa relação forte e espero duradoura.


Poderá gostar também de:
Postado por Mac Del Rey | (4) Comente aqui!

4 comentários:

  1. Confesso que não li tudo, pois penso de forma mais tradiconal, mas cada louco ama de um jeito rs, pelo menos eu não me sujeitaria a isto, mas respeito.

    ResponderExcluir
  2. Todas as pessoas que eu conheci e tiveram um relacionamento aberto, nunca deram certo, pq sempre acontece a traição com uma das pessoas que escolheram pra “brincar”. Nunca dá certo isso.

    ResponderExcluir
  3. Isso nao eh amor, eh putaria.

    Caio.

    ResponderExcluir
  4. tenho varios grupos porno quem quiser entrar er só me chamar que amo uma putaria 11998267544

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...