Slide 1 Slide 2 Slide 3

HOMOSSEXUALIDADE

Relacionamentos reais caem na rotina. Inovar não é uma boa saída? Sexo virtual é traição?




Eis um assunto delicado que merece ser discutido. Muitos homens acham que pelo fato de não ter contato físico, não ser “na real”, bater papo com outros gays na webcam e deixar a coisa evoluir a ponto de fazer sexo virtual, não tem nada de errado mesmo quando se está em um relacionamento.

Se engana quem acha que relacionamento gay também não cai na rotina e na apatia. Todos os relacionamentos, independentemente de hétero ou gay, se não houver dedicação e inovação, acaba sendo esmagado pela rotina do dia-a-dia. Principalmente quando é um namoro duradouro ou casamento. Em um bate papo com os strippers virtuais, eles relatam que muitos dos homens que procuram seus serviços são comprometidos.

E o que eles conversam com os garotos é que seus relacionamentos não são mais os mesmos, que esfriaram e não tem mais aquele fogo do início. Para não buscar companhia fora da relação, para não trair o seu parceiro “na real”, eles optam em aventuras no sexo virtual pela internet. Dizem que falta diálogo, que qualquer tentativa de conversar sobre seus fetiches ou fantasias sexuais parece cobrança, que não querem forçar o parceiro a se interessar mais, reclamam da falta de atitude e disponibilidade em inovar no sexo. E por isso, preferem realizar os seus desejos em companhia de alguém pela internet, pela falta de compromisso e pela não concretização da traição.

Os CamBoys disseram que sempre fazem o possível para realizar sexualmente todos os clientes que os procuram, dando liberdade para realizar seus fetiches e desejos, sem julgamentos. Os homens se sentem mais a vontade para abrir os seus segredos e vontades quando encontram alguém que lhe dá atenção sem te julgar por isso. E que sempre aconselham os rapazes a tentar fazer a mesma coisa com os seus namorados e maridos, dialogar mais, porém parece que lhes falta coragem...

Muitos são os casais que fazem shows na webcam com algum dos homens, como uma forma de apimentar a relação que caiu na rotina, sem precisar trazer alguém “real” para o convívio do casal. Tem sido uma alternativa para que não haja nenhum tipo de traição. E vocês, o que acham? Sexo virtual é traição? Deixem seus comentários abaixo e participem da temática do post.

Como tirar selfies incríveis do seu pênis do jeito certo (18+)




Não adianta fingir que não é com você. Todo homem, pelo menos uma vez na vida, já tentou tirar foto do pinto. Se você nunca tentou, um dia vai. Ah, vai!

E no caso de muitos gays, essa sessão de fotos é interminável, afinal, os aplicativos de pegação precisam ser constantemente atualizados e sempre á um boy magia esperando suas nudes. No entanto, nem todo mundo sabe valorizar seu melhor ângulo e, por conta disso, nós selecionamos as melhores dicas para deixar seu amigão do jeito que o povo gosta.

1 – Ambiente

Antes de qualquer coisa nesta vida, o local onde a foto será tirada precisa ser bem escolhido. Tome cuidado com aquele quarto bagunçado, parede descascada, sofá com prato de comida ao fundo, ou até mesmo o banheiro público. Não pega bem. Mesmo se você ser for bem dotado. Por segurança, evite locais com uma pintura ou objetos específicos de decoração. A galera está atenta e louca pra descobrir de quem é aquela neca.



2 – Duro ou Mole?
Quesito complicado, porque envolve fetiche. Mas, se você for um cara esperto, nem um, nem outro. Que tal apostar no meia bomba? A técnica de deixá-lo semi ereto é a melhor forma de despertar a curiosidade de quem for receber a imagem, fazendo acreditar que de onde veio esse “monumento”, pode vir muito mais.


3 – O matagal
Aqui também rola um fetiche forte, afinal, pelos masculinos nunca saem de moda. Agora, no caso de você não ser muito dotado, é melhor dar uma aparada geral. Além de passar uma imagem mais higiênica, a técnica vai valorizar o tamanho do pinto.


4 – Iluminação
Cara, é sério. Tenha em mente que fotografia é luz. Sempre! A iluminação influencia muito qualquer clique, mas nesse caso, o indicado é fazer um ar misterioso, com apenas um ponto de luz. Quanto mais sombras, mais volume, basta procurar qual lugar a iluminação favorece melhor o teu “sabre de luz”.



5 – Ângulo
Fique atento, porque essa é uma das parte mais complicadas. Para valorizar o desenho natural da sua rola, temos dois truques básicos.

Plongeé ou contra-plongeé



Para quem não sabe, plongeé é o nome dado a essa angulação de câmera. No caso do seu neca, a melhor opção para torná-lo maior é o contra-plongeé, ou seja, de baixo para cima. Repare na diferença gritante da imagem abaixo.


De Frente
Se você é gordinho e não está feliz com seu corpo (esperamos que não seja o caso, porque você é lindo do jeito que é!), uma boa dica é tirar a foto em frente a um espelho, ou mesmo de pé. Foque a imagem diretamente no garotão. Desta forma, evita-se mostrar a barriga e qualquer tipo de comparação por tamanho.


6. Como aumentar o tamanho em 1 clique
Talvez você não tenha sido beneficiado pela genética, mas temos certeza que aprendeu a usar seu instrumento. Se for o seu caso, além das dicas citadas acima, existem outros truques para que o “mini-me” vire um “long dong”.

Mão boba
Deixar o pau pendurado não vai valorizar o tamanho, então, para fazer uma comparação sutil, deixe a mão por perto de forma estratégica. O primeiro truque é afastá-la um pouco, de forma que fique menor em perspectiva da foto.


Mão Grande
Outro truque é colocar a mão estrategicamente bem na cabeça do pau. Assim você vai alongar instantaneamente sua envergadura.



Mão amiga
Outra sugestão maravilhosa é segurar sua “espada” como indicado na segunda imagem (direita). Valorizando o corpo do “membro”.



Uma última dica: Quanto menos forçado a foto parecer, maior é a chance de aprovação. Mas a real é que, independente de tudo, o importante é se curtir.

Afinal, o que altera o sabor do esperma?




O esperma do homem é cremoso, espumoso e esbranquiçado, mas, depois de 10 a 30 minutos fora do organismo humano, o líquido cremoso fica completamente líquido. O sêmen é composto aproximadamente por 10% de espermatozóides e líquido testicular, 30% de secreções da próstata e 60% de secreções das vesículas seminais.

Os espermatozóides são os gametas masculinos, ou seja, carregam 23 cromossomos em seu núcleo, e quando penetram no óvulo formam um novo ser humano. As secreções das vesículas seminais são responsáveis pela sobrevivência dos espermatozóides e contém: frutose (açúcar das frutas), enzima coagulante e prostaglandinas. A frutose é a energia para os espermatozóides. A enzima coagulante torna o sêmen cremoso e as prostaglandinas ajudam a melhorar o ambiente vaginal para os espermatozóides sobreviverem.

As secreções da próstata incluem citrato, fibrinolisina, Cálcio, Zinco e fosfatase ácida. O citrato também é fonte de energia para o espermatozóide. A fibrinolisina age como um anticoagulante do sêmen, o que ajuda na movimentação do espermatozóide. Naturalmente o esperma é levemente salgado e o pH do esperma é alcalino, enquanto o pH da vagina é levemente ácido. Aproximadamente 5% das mulheres tem alergia ao esperma.

A maioria dos estudos não mostraram nenhuma ligação entre a ingestão de café e a qualidade do esperma, com apenas um estudo que liga o alto consumo de café (mais de 308 mg / dia ou cinco xícaras) com o aumento do dano ao DNA do espermatozóide, o que pode mudar o pH e o gosto do esperma.

O consumo moderado de álcool não tem sido associado com qualquer falha da função espermática, com alguns estudos, sugerindo um pequeno efeito benéfico do consumo moderado de álcool em comparação com nenhum consumo, mas não há dados relacionados ao sabor do esperma, as conclusões são pessoais na maioria das vezes. No entanto, a alta ingestão de álcool (mais de 20 doses por semana) tem sido associada com a função prejudicada do espermatozóide, perfil hormonal masculino alterado com aumento de estrogênio (hormônio feminino) e redução da testosterona (hormônio masculino), o que reduz significativamente a fecundidade.

Com base na evidência científica existente, uma dieta ideal para melhorar a saúde do esperma deve conter grandes quantidades de frutas e legumes, peixes e nozes (ricos em ômega-3) e uma quantidade moderada de álcool, sendo recomendado diminuir o consumo de carnes vermelhas, leite integral (leite e queijo), óleos hidrogenados (fontes de gorduras trans), assim como produtos a base de soja.

Além disso, prática regular de exercícios físicos moderados a vigorosos, ao contrário dos exercícios extenuantes, parece ser benéfica para os espermatozóides. Alguma evidência científica suporta o uso de antioxidantes, ômega-3, e suplementos de vitamina D para aumentar a qualidade do esperma e/ou a produção de testosterona.

No escritório de patentes dos EUA está patenteado desde 2012 um composto com: abacaxi liofilizado, banana liofilizada, brócolis liofilizado, aipo liofilizado, morango ou cereja liofilizada, canela, cálcio, magnésio, gengibre, noz-moscada, creatina, zinco, selênio, vitamina E, vitamina B6 e vitamina B12. Um energético que promete diminuir o gosto salgado e amargo do esperma por 24 horas, não devendo ser ingerido mais que duas vezes por dia. Conforme as pesquisas para observação de viabilidade os pesquisados relataram significativa melhora no sabor e textura do esperma, sem registro de efeitos adversos.

Nunca é demais lembrar que o esperma pode transmitir gonorreia assim como infecções sexualmente transmissíveis (DSTs), incluindo o HPV e HIV se a gengiva ou a mucosa jugal (mucosa interna da boca) estiver ferida o que permite o contato do sêmen com o tecido exposto. Para eliminar o risco de transmissão de DST, devemos fazer os testes de DSTs e usar preservativos durante o sexo oral e as relações sexuais.

Cada um com seus (pré)conceitos!


Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...