Slide 1 Slide 2 Slide 3

HOMOSSEXUALIDADE

Documentário mostra padres e pastores evangélicos fazendo sexo virtual gay.




Homossexualidade e religião nunca estiveram tão em alta. Dia desses, você viu aqui o choque do Vaticano com a revelação do padre polonês Krzysztof Charamsa, que assumiu ser homossexual em uma entrevista publicada por um jornal italiano.

O fato é que a presença de gays no mundo religioso sempre provocou a imaginação das pessoas. E é exatamente isso que mostra um documentário brasileiro, chamado “Amores Santos”. Durante seis meses, o ator Darico Macedo manteve contato e chegou a se relacionar sexual e virtualmente com líderes religiosos.

O filme mostra bispos se masturbando na webcam, pastores evangélicos casados e com filhos que prometeram abandonar suas famílias para viver o “amor proibido”, entre outros casos bastante chocantes.

“Quando fui convidado para fazer o filme achei que seria muito difícil conquistar a confiança dos religiosos, mas ocorreu o contrário. Quando um vi um Bispo levantando a batina e mostrando que usava uma calcinha vermelha eu percebi que estaria num mundo sem limites”, afirma Darico Macedo.

Dirigido pelo jornalista e documentarista Dener Giovanini, a obra audiovisual quer revelar a prática por trás do discurso de ódio contra os homossexuais e, principalmente, os graves danos que provocam nas famílias ao redor do mundo, principalmente entre a parcela mais jovem da população. Diversos especialistas e religiosos que foram entrevistados para o filme, afirmam que mais de 50% do clero católico é formado por homossexuais. O teólogo David Berger, por exemplo, diz que membros do Vaticano mantem apartamentos destinados a orgias sexuais com rapazes.

“Apesar do filme ainda não estar totalmente finalizado, tomei a decisão de falar publicamente sobre ele porque uma das maiores religiões do mundo está definindo agora a forma como conduzirá esse assunto no futuro. Esse não será um filme contra a Igreja Católica ou qualquer outra religião, apenas mostrará que elas estão doentes e precisam de cura”, afirma Giovanini.

O diretor ressalta ainda que está tomando todos os cuidados necessários para proteger a equipe envolvida na produção. “Temos consciência do potencial explosivo que temos em mãos. Já fizemos muitas cópias de segurançae inclusive enviamos algumas para fora do Brasil”. De acordo com Giovanini, as cenas irão chocar até o público menos sensível. “Ver um membro do alto clero latindo e pedindo para o ator urinar sobre ele, por exemplo, é muito desconcertante”.

Segundo os produtores do filme, a ideia é contatar possíveis empresas interessadas a distribuir o filme ao redor do mundo. “Não sabemos se primeiro iremos participar dos circuitos dos festivais ou se faremos de imediato uma estreia comercial. Tudo é possível, inclusive disponibilizar o filme via VOD (Video On Demand) na internet”, diz o diretor.

Crop top masculino: tendência do Verão, tem que ter coragem e corpo para usar.




Nos anos 90 era comum ver homens, principalmente fisiculturistas, exibindo a barriga sarada com camisetas mais curtas. A moda veio do futebol americano e por lá era fácil encontrar as cropped shirts, literalmente camisetas cortadas, principalmente no litoral da Califórnia e Flórida. Eis que a moda se reinventa e desde 2011 diversas coleções pelo mundo, entre elas as da Calvin Klein, Dsquared2, American Appareal, vem mostrando os agora crop tops bem mais ousados, como aposta masculina. O rapper Kid Cudi, filmes dos anos 90 e muito frisson fashionista, além do calor prometido, estão levando a moda vir este ano com tudo por aqui, como aconteceu no Verão dos EUA passado.

Para usar é preciso corpo e muita ousadia. Recentemente, em Curitiba, um adolescente fashionista chegou a sofreu bullying por usar a peça em um famoso cursinho da cidade. Mas se você pode, a gente apoia. Tanto que o último editorial da Lado A trouxe a peça, mas no contexto de futebol americano do ensaio.

Mas abaixo damos diversas dicas de como usar e para se inspirar fazer sua cropped shirt. Basta uma tesoura e uma camisa não muito grande. Vale fazer franja, ribana ou mandar costurar uma barra. Se você não se sente a vontade mostrando a barriguinha, pode por uma segunda pele ou mesmo outra camiseta por baixo. Mas vai se preparando que esse verão a crop top promete invadir as praias brasileiras e as baladas GLS.
 
Confira algumas imagens:
 




 

 

 

 

O Boticário ganha importante prêmio de propaganda por anúncio com casais gays.




A multinacional brasileira de perfumaria e cosméticos O Boticário, acaba de ganhar um prêmio importante de propaganda por conta de sua última e polêmica campanha do Dia dos Namorados.

Depois de acusada de "desrepeito à família" por grupos de religiosos fundamentalistas, sofrer ameaça de boicote e denúncia de imoralidade no CONAR (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) - que absolveu a peça - a campanha CASAIS venceu o Grand Effie do Effie Wards Brasil 2015, nesta segunda-feira.

Criado pela agência AlmapBBDO, o comercial mostra diversos casais trocando presentes no dia dos namorados, inclusive um casal de gays e outro de lésbicas. A peça singela foi eleita por unanimidade para o maior prêmio do Effie por sua coragem e proposta de inclusão. A empresa chegou a se manifestar a favor de todas as formas de amor depois de polêmica.

Agência de saúde americana recomenda fim da ‘terapia gay’.




Relatório aponta que intervenções provocam danos psicológicos a crianças e adolescentes. Painel de especialistas não encontrou evidências que as terapias funcionam, mas sim de prejuízos a crianças e adolescentes

Um relatório elaborado pela Agência de Serviços em Abuso de Substâncias e Saúde Mental, órgão ligado ao Departamento de Saúde dos EUA (SAMHSA, na sigla em inglês), recomenda o fim das chamadas “terapias de conversão gay”. O documento revisa a literatura científica sobre o assunto e conclui que a prática “não tem suporte de evidências e tem sido repudiada por especialistas de saúde comportamental e associações”.

“A terapia de conversão perpetua visões desatualizadas sobre gêneros e identidades, assim como o estereótipo negativo de que ser uma minoria sexual ou de gênero é um aspecto anormal do desenvolvimento humano”, afirma o documento. “Mais importante, ela pode colocar jovens em sério risco”.

O estudo foi realizado pela SAMHSA em parceria com a Associação Americana de Psicologia. O painel final contou com a participação de 13 especialistas, sendo dez psicólogos, dois assistentes sociais e um psiquiatra. Apenas os consensos foram incluídos nas conclusões e recomendações. O primeiro ponto destacado pelos painelistas é que orientações sexuais e variações em identidade e expressão de gênero são “parte do espectro normal da diversidade humana e não constituem desordem mental”.

“Existem poucas pesquisas sobre terapias de conversão entre crianças e adolescentes. Entretanto, nenhum dos estudos existentes apoiam a premissa que intervenções de saúde mental e comportamental podem alterar a identidade ou orientação sexual”, afirma o relatório. “Intervenções destinadas a um fim determinado são coercitivas, podem causar prejuízos, e não devem ser parte de tratamentos de saúde comportamental”.

Para pôr fim à terapia de conversão nos EUA, o documento faz uma série de propostas, como a adoção de políticas públicas que visem o fim da discriminação contra identidades e indivíduos LGBT; disseminação de informação, treinamento e educação entre profissionais de saúde comportamental; e a criação de leis estaduais e federais banindo a prática.

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...