Slide 1 Slide 2 Slide 3

MINHA VIDA GAY

Há quase um ano, casal gay espanhol tenta sair da Tailândia com segunda filha e não consegue!




O casal espanhol Gordon Lake e Manuel Sandro Valero viajaram para a Tailândia há 11 meses atrás para pegar sua filha Carmen, gerada por meio de uma barriga de aluguel. Porém ainda não conseguiram sair com ela do país.


Lake e Valero estão enfrentando obstáculos com a justiça porque a mulher que gerou Carmen não assinou os documentos para a obtenção do passaporte da menina. Aparentemente, a mãe biológica passou a rejeitar a orientação sexual dos dois e resiste em permitir que a garota viva com o casal em outro país.

Antes e até pouco tempo depois do parto, tudo correu perfeitamente. Tanto que a recém-nascida foi autorizada pela progenitora a ir do hospital para o apartamento dos pais. Mas quando o casal começou a tratar da emissão do passaporte de Carmen, a mãe biológica recusou-se a assinar os documentos. Alegou que os dois poderiam ser traficantes de seres humanos.

Desde então, há quase um ano, Lake e Valero estão retidos na Tailandia num emaranhado de processos que, segundo eles, são propositadamente arrastados por meio de novos requerimentos, petições e solicitações. O primeiro filho do casal, Álvaro, até veio visitar os pais e a nova irmã na Tailândia, mas já voltou à Espanha e encontra-se na casa da tia, aguardando o regresso dos pais e a oportunidade de viver com Carmem. A pequena, que agora já engatinha, é a fonte de energia destes pais que se recusam a deixar Bangkok sem ela. “Ter um bebé tão feliz certamente ajuda quando nos sentimos mais em baixo”, disse um deles.


Apesar da tempestade, o casal agradece a forma calorosa do povo tailandês que graciosamente tem ajudado em todos os afazeres. Eles receberam a disponibilidade de 50 casas onde podem permanecer, tem serviços administrativos, tradutores e advogados que se desdobram em diversos processos. Lake e Valero tem ainda recebido outros apoios por meio das redes Faceboook, Twitter e Instagram. Corre ainda uma petição no site Change.org como forma de pressão junto das autoridades tailandesas. Esperemos que a situação se resolva rapidamente.

 


Estilista do interior do Paraná causando na capa da revista Galileu.





O estilista Rodrigo Zanini nasceu em Guarapuava e se formou em Moda pela UEM em Cianorte, no Norte do Paraná, onde reside há 5 anos. Hoje assistente de estilo da marca Morena Rosa, o negro de quase 1,90m estampa a capa da revista Galileu deste mês que trata do tema Gênero. Sem roupas e com uma bela edição onde um vestido e uma peruca aparecem congeladas no ar, revelando sua masculinidade, ele causou com toda a sua elegância e ar andrógino.

Para o jornal Tribuna de Cianorte, Zanini falou um pouco mais de como surgiu o convite e o que pensa do assunto. Segundo ele, o convite veio de um amigo que trabalha na publicação e falou ainda de como lida com sua androgenia. Disse que se considera homem e gosta de ser chamado pelo masculino, pois essa é sua essência, mas que não se importa com o que as pessoas pensam sobre suas roupas. Mas nem sempre foi assim.
 


O estilista contou que há dois anos, quando começou a trabalhar na grande marca de moda Morena Rosa, ele se policiava para não assustar os colegas de trabalho, até que pessoas da empresa cobraram que ele se vestisse no trabalho da forma que gostava e era visto fora do ambiente corporativo. “E a partir disso me senti cada vez mais em casa e feliz comigo mesmo”, revelou ele.

Zanini reclamou ainda do racismo, que para ele é mais incompreensível do que a homofobia. Mostrou que tem um pouco de conservadorismo em algumas questões ou dúvidas em algumas respostas mas que é certo de sua identidade “Eu não uso saia. E todos os meus saltos são grossos. E, por favor, entendam. Não sou travesti e nem trabalho artisticamente como Drag Queen. Por isso me chamem de Rodrigo”. Mais autêntico, impossível.

 Trilha/Clipe: "I Cried For You" com Katie Melua.


 
Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...