Slide 1 Slide 2 Slide 3

FILMES TEMATICOS GLS

FILMES DA SEMANA


FILME(INEDITO): DOS MAS DOS (ARGENTINE-2012-LONGA AVI.- DUBLADO EM PORTUGUES)


VEJAM O TRAILER NO FIM DO POST



SINOPSE: Aos 40 anos de idade, o casal Diego (Adrián Suar) e Emilia (Julieta Díaz) está bem estabelecido, com sucesso no trabalho e com um filho de 14 anos. Eles conhecem Richard (Juan Minujín) e Betina (Carla Peterson) desde crianças, mas este outro casal tem um estilo de vida muito diferente, preferindo a diversão. Um dia, Richard e Betina confessam a Diego e Emilia que praticam a troca de casais, e confessam que gostariam de experimentar o swing com eles. A proposta alimenta as fantasias eróticas de Emilia, mas não será fácil convencer Diego a entrar no jogo.(Não recomendado para menores de 14 anos.)

SINOPSIS: A los 40 años de edad, Diego pareja (Adrián Suar) y Emilia (Julieta Díaz) está bien establecido, con éxito en el trabajo y con un hijo de 14 años. Saben Richard (Juan Minujín) y Betina (Carla Peterson) de los niños, pero esta otra pareja tiene un estilo de vida muy diferente, prefiriendo la diversión. Un día, Richard y Betina confiesa Diego y Emilia practicar el intercambio, y confiesan que les gustaría probar el swing con ellos. La propuesta alimenta las fantasías eróticas de Emilia, pero no será fácil convencer a Diego a entrar en el juego. (No se recomienda para niños menores de 14 años.)

SYNOPSIS: At 40 years old, Diego couple (Adrián Suar) and Emilia (Julieta Diaz) is well established, successful at work and with a 14 year old son. They know Richard (Juan Minujín) and Betina (Carla Peterson) from children, but this other couple has a very different lifestyle, preferring the fun. One day, Richard and Betina confess Diego and Emilia practicing swapping, and confess that they would like to try the swing with them. The proposal feeds the erotic fantasies of Emilia, but will not be easy to convince Diego to get into the game. (Not recommended for children under 14 years.)








FILME(IMEDITO): THE DUKE OF BURGUNDY (UK-2014-LONGA ZIPADO-LEGENDADO EM PORTUGUES)


VEJAM O TRAILER NO FIM DO POST


SINOPSE: Duas mulheres envolvidas em uma elaborada fantasia de dominação e submissão. Evelyn (Chiara D'Anna), a mais nova, é uma empregada doméstica tímida e hesitante. Já Cynthia (Sidse Babett Knudsen), uma senhora de meia-idade, é a dona da casa, que ordena uma série de instruções e punições humilhantes para a jovem. Tudo parte de um jogo, no qual Evelyn se mostra a mais entusiasmada. As duas amantes também assistem a seminários, na universidade local, sobre o ciclo de vida das borboletas e mariposas. Mas a relação começa a entrar em crise, quando Cynthia demonstra sinais de desgaste, uma falha que vai testar os limites dessa situação.

SYNOPSIS: Two women involved in an elaborate fantasy of domination and submission. Evelyn (Chiara D'Anna), the youngest, is a shy and hesitant maid. Already Cynthia (Sidse Babett Knudsen), a middle-aged woman is the mistress of the house, ordering a series of statements and humiliating punishment for the young. All part of a game in which Evelyn shown the most enthusiastic. The two lovers also attend seminars at the university, about the life cycle of butterflies and moths. But the relationship starts to go into crisis when Cynthia shows signs of wear, a failure that will test the limits of that situation.

SINOPSIS: Dos mujeres que participan en una elaborada fantasía de dominación y sumisión. Evelyn (Chiara D'Anna), el más joven, es una doncella tímida y vacilante. Ya Cynthia (Sidse Babett Knudsen), una mujer de mediana edad es la dueña de la casa, ordenando una serie de declaraciones y castigo humillante para los jóvenes. Todo es parte de un juego en el que Evelyn mostrado el más entusiasta. Los dos amantes también asisten a seminarios en la universidad, sobre el ciclo de vida de las mariposas y polillas. Pero la relación comienza a entrar en crisis cuando Cynthia muestra signos de desgaste, un fracaso que pondrá a prueba los límites de esa situación.

SINOSSI: Due donne coinvolte in una fantasia elaborata di dominazione e sottomissione. Evelyn (Chiara D'Anna), il più giovane, è una cameriera timido e titubante. Già Cynthia (Sidse Babett Knudsen), una donna di mezza età è la padrona di casa, ordinando una serie di dichiarazioni e punizioni umilianti per i giovani. Tutti parte di un gioco in cui Evelyn mostrato i più entusiasti. I due amanti frequentano anche seminari all'università, sul ciclo di vita delle farfalle e falene. Ma il rapporto comincia ad andare in crisi quando Cynthia mostra segni di usura, un fallimento che metterà alla prova i limiti di tale situazione.






* ATENÇAO: VOCE PRECISARA DE UM DESCOMPACTADOR  DE ARQUIVOS (ZIPADO). EU UTILIZO O WINRAR. APOS BAIXAR E INSTALAR, O ARQUIVO BAIXADO VAI FICAR COM IMAGEM DE UM LIVRO.ABRA E ENVIE O FILME PARA ``MEUS DOCUMENTOS``.





FILME(INEDITO): NIGHT FLIGHT(Ya-gan-bi-haeng): (SOUTH KOREA-2014-LONGA RMVB-LEGENDADO EM PORTUGUES)


VEJAM O TRAILER NO FIM DO POST


SINOPSE: Três adolescentes que antes eram amigos íntimos crescem separados quando chegam ao ensino médio: Yong-ju vive escondendo sua identidade de gênero, Gi-Woong se torna o líder de seu grupo na escola, e Gi-taek é um fã obcecado por mangá. Cansado do assédio moral malicioso constante da gangue de Gi-Woong, Gi-taek os trai, ao revelar que Yong-ju amou Gi-Woong por anos. Rodeado por uma fronteira insegura da escola e feridos por traições, os meninos são empurrados para uma catástrofe.

SYNOPSIS: Three teenagers who were once close friends grow apart when they get to high school: Yong-ju lives hiding their gender identity, Gi-Woong becomes the leader of his group at school, and Gi-taek is an obsessed fan of manga . Tired of the constant malicious bullying of Gi-Woong gang, Gi-taek betray them, by revealing that Yong-ju loved Gi-Woong for years. Surrounded by an insecure border school and wounded by betrayal, boys are pushed to a catastrophe.








 
1.Como legendar os filmes 
Baixe e instale o programa K-Lite codec pack full e instale em seu computador.
O filme e a legenda deverao estar na mesma **pasta ( Meus documentos) e com *exatamente o mesmo titulo (normalmente, ja estarao com os mesmos titulos).Ex:  filme( The man), legenda (The man .srt).,  apos instalar, abra o player e assista o filme legendado.
Ou
Legendar manualmente:
E’ necessario ter o player KMPlayer
Baixe e instale  o player KMplayer.
Clicke o filme desejado e escolha KMPLAYER.
O filme e a legenda devem estar na mesma pasta com os mesmos titulos.
Ao rodar o filme, de pause. Na face do player, clicke em open, em seguida no “type of file “ coloque “all files”. Procure a legenda que esta em verde e clicke nele, em seguida open. Pronto !! Tire o filme do pause e assista legendado.

1.How subtitling the films
Download and install the K-Lite codec pack full and install on your computer.
The film and the caption should be on the same ** folder (My Documents) and with *exactly the same title (normally already be with the same titles.) Ex: Movie (The man), subtitle (The Man. Srt). after install. open the player and watch the subtitled movie. (Note: Not all players leave subtitled, due to lack of a codec)
or

2-Subtitling manually:
You need to have the player KMPlayer
Download and install the player KMPlayer.
Click and select the desired movie KMPlayer.
The film and the caption should be in the same folder with the same titles.
Turning the movie, pause. In the face of the player,  click open, then the "type of file" put "all files". Look for the label that it in green and click in it and then open. Ready! Take pause the movie and watch subtitled.





MEDITATION


Everybody Knows:
You can't be all things to all people.
You can't do all things at once.
You can't do all things equally well.
You can't do all things better than everyone else.
Your humanity is showing just like everyone else's.

So:

You have to find out who you are, and be that.
You have to decide what comes first, and do that.
You have to discover your strengths, and use them.
You have to learn not to compete with others,
Because no one else is in the contest of *being you*.

Then:

You will have learned to accept your own uniqueness.
You will have learned to set priorities and make decisions.
You will have learned to live with your limitations.
You will have learned to give yourself the respect that is due.
And you'll be a most vital mortal.

Dare To Believe:

That you are a wonderful, unique person.
That you are a once-in-all-history event.
That it's more than a right, it's your duty, to be who you are.
That life is not a problem to solve, but a gift to cherish.
And you'll be able to stay one up on what used to get you down.


~Author Unknown


~*~


Todo mundo sabe:
Você não pode ser tudo para todas as pessoas.
Você não pode fazer todas as coisas ao mesmo tempo.
Você não pode fazer todas as coisas igualmente bem.
Você não pode fazer todas as coisas melhor do que todos os outros.
Sua humanidade está mostrando apenas como todos os outros.

Assim:

Você tem que descobrir quem você é, e ser isso.
Você tem que decidir o que vem primeiro, e fazer isso.
Você tem que descobrir seus pontos fortes e usá-los.
Você tem que aprender a não competir com os outros,
Porque ninguém mais está no concurso de ser * você *.

Então:

Você terá aprendido a aceitar a sua própria singularidade.
Você terá aprendido a estabelecer prioridades e tomar decisões.
Você terá aprendido a conviver com suas limitações.
Você terá aprendido a dar-se o respeito que é devido.
E você vai ser um mortal mais vital.

Ouse acreditar:

Que você é, uma pessoa única maravilhosa.
Que você é um evento de uma vez-em-toda-história.
Isso é mais do que um direito, é seu dever, de ser quem você é.
Que a vida não é um problema para resolver, mas um presente para acalentar.
E você vai ser capaz de ficar acima em que costumava levá-lo para baixo.

~ Autor desconhecido


I wish you a Delicious Day


Peace and Love,


Andy

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

CONFISSÕES DO DIVÃ






Os textos apresentados nesta seção buscarão ilustrar situações, angústias, problemas e experiências vivenciadas por alguns homens gays. Não existem experiências universais, comuns a todos os homens gays, cada um de nós é constituído e atravessado por diversas características que tornam a sua experiência única.  Nossa principal ideia aqui é pensar em possibilidades de enfrentamento para as questões aqui representadas, que em menor ou maior grau podem ser semelhantes com alguma das histórias vivenciadas por você. Essas histórias não são uma representação literal de histórias reais e sim textos fictícios.

O Dr. Alexandre é formado em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Atua como psicólogo clínico no Espaço Recontar na região de São José / SC. Fundamenta seu trabalho pelos princípios da Psicologia Sistêmica. Compreender os fenômenos psicológicos sistemicamente significa, literalmente, “colocá-los” dentro de seu contexto, estabelecendo a natureza das suas relações.

Você pode fazer perguntas e sugerir temas que nosso psicólogo responderá com todo prazer.

Bem, vamos ao tema de hoje:

O meu companheiro não me procura mais sexualmente!

Alexandre de Souza Amorim, Psicólogo
alexandresouza.psicologo@gmail.com





Moramos juntos há 12 anos. Tenho neste momento um relacionamento de 16 anos, entre idas e vindas... Terminamos umas três vezes, mas sempre voltamos. O meu marido sempre teve muitos fetiches, entre os quais sexo em grupo. Nunca cedi, pois nem a ideia me deixa confortável. Ele sempre foi muito ativo sexualmente. Nossas relações sexuais eram frequentes, pelo menos duas vezes durante a semana. Porém a mais ou menos dois anos ele começou a distanciar-se sexualmente. Em meio a esse tempo, eu já o coloquei na parede algumas vezes e perguntei o que estava acontecendo, ele ficava irritado e respondia que se eu queria sexo que fosse procurar na rua. Há três meses descobri que ele tinha um celular secreto de onde mandava mensagens para chats e inclusivamente com mensagens marcando encontros. Fiquei furioso e o coloquei na parede novamente - primeiro ele negou, depois, como viu que não havia como negar, disse que nunca havia acontecido nada e que nunca mais iria enviar mensagens. Exigiu que eu nunca mais falasse no assunto, caso contrário ele iria embora de casa. O relacionamento melhorou durante um tempo, mas agora ele volta a estar distante e não me procura sexualmente. Sempre que vai para a cama ou se queixa que está cansado ou está doente de alguma coisa.
Pierre, 39 anos

Poderá gostar também de:
Postado por Mac Del Rey | (1) Comente aqui!

1 comentários:

LITERATURA GAY



Livros variados para todos os gostos. Espero que realmente embarquem nessa vibe
  


Príncipe de Pedra
Sorin ergueu o copo num brinde. Derrubou o conteúdo e serviu outro, desta vez para saborear. O primeiro copo foi medicinal, este segundo para o prazer. "Depois do dia que tive, mesmo você não iria me culpar." Mihail fez uma pausa antes de responder. "Eu notei que você está puxando do joelho." "Lavinia enviou guerreiros para me matar." Seu copo estilhaçou. Membranosas asas negras pontilhadas com manchas de prata como um céu noturno estouro das costas de Mihail. Ele se dobrou, torcendo corpo quando sua raiva estimulou-o em uma mudança feita dolorosa por sua doença. "Mihail! Acalme-se!" Mas já era tarde demais. Sorin só podia assistir quando forma gárgula do Príncipe endireitou lentamente, com o cuidado de um homem velho. Mais alto por diversos centímetros, seus ombros esculpidos em montanhas, pele cinza pérola brilhava à luz da lâmpada suave. Cabelo com ondas escuras abaixo dos ombros, indomáveis, emoldurando um rosto tão bonito como ele era selvagem, assustador com brilhantes presas brancas que espreitam debaixo de sua boca sensual. Sorin observav cuidadosamente enquanto flexionava garras, sussurravam suas asas para verificar a sua força. "Você não deveria ter feito isso", disse Sorin, a raiva em sua declaração tranquila. "Você está sangrando", Mihail respondeu, baixa voz gutural da mudança.


Poderá gostar também de:
Postado por Mac Del Rey | (0) Comente aqui!

0 comentários:

LIVROS DA ESTANTE



LIVRO DA SEMANA:

Ton Cordeiro





"Com muito orgulho apresento à vocês a obra JR que, para quem não sabe, é a abreviação de Júlio e Reinaldo. Dois amigos que cresceram juntos, tiveram namoradas, sonham em cursar medicina e, quando menos se espera, a cumplicidade, a paixão e o desejo surge entre os dois. A criação é de Ton Cordeiro. E eu devo confessar, ele realmente me surpreendeu com uma linda estória. Sou autor de seis livros, quatro deles com temática LGBT e, justamente por isso, tornei-me conselheiro editorial da Editora Orgástica e da Bons Livros Editora Digital. Recebo diariamente inúmeros textos para ler e analisar. Quase não dou conta. Alguns eu paro logo nas primeiras páginas, seja por falta de tempo, interesse, pobreza de conteúdo, erros gramaticais gravíssimos ou um grande despreparo do autor. Mas nada disso eu vi na escrita do Ton. Ele escreve com paixão. Seu texto flui e você percebe que, um bom escritor só tem futuro se souber contar uma boa estória. E ele sabe.
Justamente por isso fiz questão de encabeçar todo este projeto. Uma obra que começa no formato digital e que, daqui a poucos meses, ganhará seu formato em papel. Não tem como não gostar de JR. Torcer, vibrar e até mesmo ficar apreensivo com algumas partes da narrativa. Como muitos sabem, ou imaginam, junto com os desejos vem amigos, família e os próprios conflitos pessoais dos personagens: mais ainda quando nenhum deles, até então, tinha qualquer desejo por outros rapazes. Tudo simplesmente aconteceu. E agora é que vem a pergunta: como aconteceu? Como a estória termina? Eles ficarão juntos? Irão cursar medicina juntos? E a família dos dois? Tudo pode acontecer. Portanto, aqui fica meu convite, leia e se apaixone por JR. Ton Cordeiro mandou bem. E eu espero, realmente, que ele não pare de escrever. Esse menino tem talento. E eu assino embaixo".

Fabrício Viana


"Livro muito bem escrito, sequencias de cenas elaboradas de maneira que o leitor penetra na vida dos personagens... Um verdadeiro romance! É tocante, principalmente, o final. O escritor está de parabéns!". Comentário feito pela leitora Priscila Mariano lá na Amazon Brasil


Poderá gostar também de:
Postado por Mac Del Rey | (0) Comente aqui!

0 comentários:

MINHA VIDA GAY

Garota trans conta como foi sua mudança visual e defende o respeito a outras crianças transgêneros.




A ativista transgênero Willa Nayor, 7 anos, gravou um vídeo pedindo que as crianças transgêneros sejam ouvidas e tenham seus direitos respeitados.

Em Malta, país em que Willa vive, foi aprovada uma lei, em abril deste ano, dedicada à menina, que reconhece a identidade de pessoas transgênero.

No vídeo, Willa conta como se sentia na pele de um garoto e como foi seu processo de transição –desde a aceitação dos pais até se vestir como garota em casa e na escola. "As crianças transgêneros precisam ser respeitadas e ouvidas. Nós não temos uma doença e não vamos mudar", afirmou.



Fantástico mostra família cria filhxs sem gênero definido nos Estados Unidos.




Crianças escolhem se querem ser meninas ou meninos. Portland, no Oregon, é conhecida como a capital dos americanos mais liberais.

O Fantástico mostrou uma família nos Estados Unidos, que cria xs filhxs de uma forma nada comum, porém bem correta. As crianças é que escolhem se querem ser meninas ou meninos, não importa a genitália de nascimento.

Fotos de modelo transexual masculino faz sucessos na web.


Laith Ashley faz trabalhos voluntário para um grupo LGBT em Nova York.


Laith Ashley, um modelo transexual que faz sucesso e já desfilou na campanha “Brothers, Sisters, Sons & Daughters” da Barneys, está bombando nas redes socais. Além de fazer sucesso nas passarelas, Laith também faz trabalhos voluntário para um grupo LGBT em Nova York.

Juiz que assumiu-se publicamente gay após tentativa de suicídio vai apitar final da Copa do Mundo de rugby.




O grande duelo decisivo da Rugby World Cup 2015, entre Nova Zelândia e Austrália, que acontece neste sábado, às 13h, acaba de ganhar mais um fator de grandeza: o galês Nigel Owens, o único árbitro abertamente gay no rugby, irá apitar a final.

A escolha de nomeá-lo para a tarefa de tamanha importância, porém, não pode ser considerada surpreendente. Em sua terceira Copa do Mundo, Owens é reconhecido como um dos melhores há muito tempo. Se sentindo "humilde e honrado", agradeceu a escolha e o apoio que recebeu em seuTwitter.

Apontado como juiz internacional em 2005, ele, desde então, teve uma proeminente carreira. É um dos dois únicos árbitros a atuar em duas finais de Heineken Cup seguidas, em 2008 e 2009. A competição é uma espécie de Champions League do rugby e foi substituída pela European Rugby Champions Cup em 2014. Owens ainda esteve numa terceira decisão, em 2012.

Ele estreou em Mundiais em 2007, numa partida entre Argentina e Georgia. Meses antes, ele havia revelado sua orientação sexual e, como contou em entrevistas na época, esperava que sua carreira tivesse um fim ali, mas aconteceu o oposto. Apoiado de todos os lados dentro do rugby, ele reconhece que foi a melhor decisão que poderia tomar.

"Minha vida mudou, minha arbitragem mudou. Se tem uma coisa que apitar exige, é que você esteja completamente concentrado nos 80 minutos. Se algo está mexendo com a sua cabeça, atrapalha. Um árbitro feliz é um árbitro bom."

Desde então, além da notoriedade dentro de campo, Nigel virou uma celebridade fora dele, se tornando também apresentador de programas de televisão no País de Gales e sendo nomeado, em 2007, "Personalidade Gay do ano nos esportes" pelo grupoStonewall, que luta pelos direitos LGBT.

O QUASE SUICÍDIO



Hoje um exemplo a ser seguido, Owens já passou por momentos difíceis, dos quais ele próprio diz se arrepender, antes de sentir-se seguro o suficiente para conversar sobre sua sexualidade até com sua família.

Em 1997, aos 26 anos, o galês chegou perto suicídio. "Eu estava ‘definhando' muito rápido, indo para um lugar de trevas e sem saída. Eu fiz algo uma noite do qual vou me arrepender pelo resto da vida: escrevi um bilhete de despedida para os meus pais, dizendo que não podia mais continuar vivendo, mas sem contar o porquê", contou ele em entrevista recente a BBC.

"Deixei minha casa aquela noite com uma espingarda carregada, algumas caixas de paracetamol (remédio analgésico e antitérmico) e uma garrafa de whisky, e simplesmente dei uma volta na vila de Mynydd Cerrig uma última vez."

Por sorte, Nigel acabou "apagando" com a combinação de remédio e bebida, e sendo hospitalizado. "Se eu não tivesse entrado em coma, eu teria apertado aquele gatilho."

A experiência de quase morte, seja pelo suicídio, ou seja pelo coma, mexeu com o árbitro. Revelando primeiro à mãe e depois ao pai que era gay, ele comemora o fato de sempre ter recebido apoio, inclusive dos companheiros de profissão no esporte.

"Eu tinha uma escolha, poderia continuar vivendo uma mentira e continuar apitando, ou revelar tudo. Eu não estava feliz com a minha vida, e não estava arbitrando direito. Havia feito algumas partidas internacionais e não tinha ido bem. Tomei a decisão certa, pois sabia que do jeito que estava, não daria certo com juiz.

Casal gay se divorcia pra colocar outro homem na relação.




Com o avançar dos diretos gays pelo mundo, sempre surgem curiosidades inéditas, principalmente no campo dos relacionamentos. No Canadá, por exemplo, dois homossexuais se divorciaram legalmente, para que pudessem incluir um terceiro homem na relação. “Nós apenas queremos dizer que o amor é o amor e que deve ser multiplicado, não dividido”, disse Adam Grant ao Daily Mail.



Em 2012, Grant e seu parceiro, Shayne Curran, conheceram Sebastian Tran numa balada. Desde então, eles passaram a se relacionar e, um ano depois, os dois concordaram em ter um relacionamento aberto para incluir o novo parceiro. “Adam e eu queríamos ter um pouco mais de diversão, por isso decidimos experimentar com múltiplos parceiros”, afirmou Curran.


“Nós nunca pretendíamos ter nada sério, nós certamente nunca penamos em ter um terceiro parceiro em tempo integral, por qualquer motivo. Foi apenas pouco de experimentação sexual”, disse ao jornal.






Quando eles conheceram o Tran, ambos ficaram apaixonados e passaram a discutir como poderiam incluir o fofo no relacionamento. A ideia mais óbvia era o divórcio seguido de um ménage à três sem encanações.

A poligamia não é legalizada no Canadá, mas os três constrataram advogados fodidos para resolver a papelada, declarando que os três são ligados intimamente um ao outro e aos olhos da lei. “Sebastian só aumentou a nossa relação”, disse Curran.


E engana-se quem acredita que é tudo “putaria”. O trio pretende formar uma família de fato e já convenceram suas irmãs a doarem óvulos e servirem como barriga de aluguel para seus futuros filhos. “Minhas irmãs realmente discutiram sobre qual delas vai gerar nosso bebê primeiro “, afirmou Curran.

“A irmã de Sebastian provavelmente vai doar seus óvulos também para que possamos mantê-lo na família. Queremos misturar nossos genes suficientemente para que os nossos filhos sejam geneticamente parecidos com nós.”

Mães descobrem mensagens safadinhas nos app de pegação dos filhos.




Aí você deixou seu telefone desbloqueado na mesa, sua mãe pegou e começou a fuçar. De repente, ela abre o Grindr, Tinder, Hornet e se depara com as mensagens safadinhas que você troca com os boys.

Nudes de caras bem dotados, convites para fazer dupla penetração, gang bang e fisting fuck. Como explicar isso para sua mãe? Acredite, o Põe na Roda promoveu esse encontro!




Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

HOMOSSEXUALIDADE

Pesquisa aponta que pais homossexuais passam mais tempo ao lado dos filhos.




De acordo com um recente estudo realizado pelo Centro de Pesquisa de População da Universidade do Texas, famílias formadas por casais homoafetivos dedicam muito mais tempo a seus filhos que casais heterossexuais. As informações são do jornal britânico The Independent.

A pesquisa analisou dados fornecidos pelo Censo norte-americano a respeito de mais de 40 mil casais. Casais formados por duas mães passavam em média 100 minutos com seus filhos, e pares de dois pais pouco menos que isso. O número fica ainda expressivo quando comparado ao de pais em casais heterossexuais, que dedicam apenas 50 minutos por dia com seus filhos, em média.

Os pesquisadores levaram em conta as horas gastas em atividades que envolvem as crianças, como ler para elas, brincar, ajudar na lição de casa, dar banho, levar ao médico, entre outras. Ficaram de fora algumas atividades consideradas passivas, como assistir televisão ou fazer faxina com o filho por perto.

“Nossas descobertas corroboram com a ideia de que casais homoafetivos investem tanto tempo quanto – ou até mais – em seus filhos que casais heterossexuais”, disse Kate Prickett, autora do estudo.

Ao ser questionado sobre as razões para esse fenômeno, Prickett tem algumas sugestões.“Em primeiro lugar, é possível que isso se deve em grande parte à seleção das pessoas. Ou seja, pela maneira como forma-se essas famílias, seja porque o casal se formou quando um dos parceiros já tem um filho, seja por meio de inseminação artificial, barriga dealuguel, ou adoção, todas essas opções realizam-se quando há um desejo muito grande de se ter filhos. Além disso, criar os filhos continua a ser um processo sexista. Homens que formam casais com mulheres ainda tendem a serem os responsáveis pelo ganha-pão, enquanto suas parceiras encarregam-se da maioria das responsabilidades domésticas.”

Para Jane Czyzselksa, editora da revista Diva, que é voltada para mulheres homossexuais e bissexuais, existem outras razões: “Pais homoafetivos tendem a investir mais tempo planejando como terão seus filhos – nada acontece ‘por acidente’, afinal de contas. O medo da discriminação na escola vinda de pais e professores heterossexuais também deve fazer que alguns desses casais se esforcem ainda mais.”

Tor Docherty, executivo-chefe da organização New Family Social, que promove a adição por casais LGBT, complementa: “Para todos os pais adotivos, dedicar tempo à criança é fundamental para se desenvolver os laços familiares. Pessoas LGBT são forçadas a desenvolver a própria autoconfiança e autoestima, o que as torna adequadas para ajudar uma criança que precisa encontrar seu lugar no mundo.”




Moda Masculina | Cropped para Homens.



É coisa de homem sim, surgiu com ele e pode ser usada por ele, como qualquer outra peça de roupa que você se sentir a vontade para usar.










Guia gay completo do que fazer em Londres, a cidade mais bafo do mundo.




Planejando suas próximas viagens? Que tal conhecer Londres, a capital do mundo, a cidade onde todos os “loucos” se encontram?

O Põe na Roda foi até a terra da Rainha, seguiu os passos das Spice Girls, deu um rolê pelas ruas do Soho, o bairro gay mais bafo do planeta e se jogou numa das festas mais populares da Europa: a G-A-Y Porn Idol.

Agora chega de falar! Tá no ar o Põe na Mala Londres!




Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

BEAUTIFUL

BRAZILIAN BOYS



























Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (1) Comente aqui!

1 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...