Slide 1 Slide 2 Slide 3

CONFISSÕES DO DIVÃ







Os textos apresentados nesta seção buscam ilustrar situações, angustias, problemas e experiências vivenciadas por homens gays. Não são uma representação literal de histórias reais e sim textos fictícios que tem por finalidade apresentar possibilidades de enfrentamento para as questões representadas.


O Dr. Alexandre é formado em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Atua como psicólogo clínico no Espaço Recontar na região de São José / SC. Fundamenta seu trabalho pelos princípios da Psicologia Sistêmica. Compreender os fenômenos psicológicos sistemicamente significa, literalmente, “colocá-los” dentro de seu contexto, estabelecendo a natureza das suas relações.


Você pode fazer perguntas e sugerir temas que nosso psicólogo responderá com todo prazer.

Bem, vamos ao tema de hoje:


Meu parceiro se masturba muito assistindo filme pornô...

Alexandre de Souza Amorim, Psicólogo
alexandresouza.psicologo@gmail.com


 

Oi. Gostaria que me tirasse algumas dúvidas e me instruísse como agir para diminuir as consequências do meu problema. Estou morando junto com meu namorado há dois anos, ele tem 29 anos, e desde que começamos a morar juntos percebi que ele gosta muito de filmes pornôs. No começo eu até relevei, mas sinceramente desde o começo eu já achava uma falta de respeito enorme. Já conversamos algumas vezes e ele diz que sempre gostou, que eu já conheci ele assim, mas que está diminuindo e acha que um dia deve parar. O que percebo é que ele ainda faz, só que escondido, evitando ao máximo que eu encontre os rastros. Não consigo aceitar e não sei o que posso fazer para ele parar. Estou cansado das brigas. Esse comportamento dele é normal? O que eu posso fazer?
Érico, 31 anos

           
Olá Érico.  Seu relato deixa claro que essa é uma situação que realmente te incomoda muito, de uma maneira bastante séria.

E acho que a primeira reflexão que você pode fazer é pensar por que isso te incomoda tanto. A questão vai muito além do ato de ele assistir filmes pornô.

Como está a relação de vocês? Como anda a relação sexual de vocês? Ambos estão satisfeitos? São apenas ALGUNS questionamentos para direcionar um diálogo introspectivo. Responda para você mesmo essas perguntas.

Em princípio não há nada de errado em procurar os filmes pornô como MAIS UMA forma para se excitar, inclusive eles existem para isso. O problema passa a existir quando essa é a única forma de prazer da pessoa ou quando assistir aos filmes tem a intenção de suprir algo que esteja faltando ou mesmo para se esquivar da relação com você.

Se algo assim for a razão do problema de vocês as coisas se complicam bastante. Principalmente por que o dialogo torna-se mais difícil, pois não adianta você perguntar para ele que ele não vai responder claramente a verdade. Da maneira como você lida com essa questão, não dá condições para ele se sentir confortável para tratar esse assunto com você.

Ele disse que sempre foi assim, ainda que seja verdade você pode interpretar esses comportamentos dele como um sinal de que algo precisa ser melhorado. E não necessariamente essas mudanças dependem só dele ou só de você, é preciso um esforço conjunto do casal para identificar e propor soluções POSSIVEIS. Brigar com ele, ameaçar separar-se, fazer chantagens, nada disso irá resolver o problema. A relação, entre tantos outros benefícios serve para promover o crescimento do casal, se não estão alcançado isso algo deve ser feito sim. Talvez um terapeuta de casais possa guia-los por esse caminho.





Poderá gostar também de:
Postado por Mac Del Rey | (4) Comente aqui!

4 comentários:

  1. Cara que neura de mulherzinh todo homem seja gay ou hetero curte seu pornô. Pare de policiar o cara pq isso so vai fazer ele se esconder pra nao te "magoar", passe a ver tb. Se der assiste junto. Mas respwite a pessoalidade do cara e deixa de vitimismo e mimimi

    ResponderExcluir
  2. Se isso não estiver atrapalhando a vida sexual de vocês, sem neuras. Deixa o seu mozão curtir o que ele gosta. Só não pode chegar ao ponto de substituir totalmente a relação real pela virtual. O AnPS disse bem: talvez você devesse tentar curtir junto com ele em alguns momentos.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia! É até engraçado ler isso, amiguinho desliga o controle, essa é a menor das dificuldades que você pode ter, estou namorando um cara faz quase três anos, uma de nossas dificuldades, ele ter o hábito de beber, gosta de ficar em rodinhas e pior ele atribui tempo para todos os amigos dele, exemplo, diz que conhece os amigos, uma, as mais de 10 anos, e os outros mais ou menos neste tempo também kkk, hoje em dia eu dou risada, é aprendizado dele kkkkk, estou cansado também...mas o que fazer??? Tenta aceitar, essa é a sua menor dificuldade. Tem várias outras que podia citar pra você...mas deixa pra lá kkkk.

    ResponderExcluir
  4. Amigo, isso nao é nada comparado aos problemas de verdade q casais passam. A maioria dos homens traem. Entre gays entao, fidelidade é exceçao. Qdo nao tem relaçao aberta e ficam procurando um terceiro para fazer menage no Grindr, é chifre trocado. E vc aí reclamando pq seu namorado assite um pornozinho de vez eqdo? Quem nao faz isso? Deixa de neura, senao vc vai é cansar seu boy e ele cai fora. Se seu parceiro é fiel e a vida sexual de vcs é satisfatoria, qual o problema do cara fantasiar c uns pornozinhos. Isso ate ajuda a apimentar a relaçao, inspira a querer fazer coisas diferentes c vc na cama. Alias, vc deveria é fazer o mesmo ou ate assistir junto c ele. Agora se ele prefere ficar na punheta na frente do computador a transar c vc, já é outra historia...é vc q tem q dar um pé nele.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...