Slide 1 Slide 2 Slide 3

NOTICIAS DO MUNDO GAY

Taiwan elege presidente  que apoia direitos LGBT.


Tsai Ing-wei é abertamente pró-casamento gay


A eleição de Tsai Ing-wen como a nova presidente eleita em Taiwan é um marco para os direitos arco-íris no país.

Além de ser a primeira mulher a comandar o país asiático, Tsai é uma forte defensora dos cidadãos LGBT e por mais autonomia do país da China.

No Dia dos Namorados chinês do ano passado, a presidente publicou um vídeo com três casais gays ao lado de outros casais héteros. Ela também prometeu apoio à Parada do Orgulho LGBT de Taiwan.

Segundo o New York Times, ela disse em um vídeo no Facebook: “Quando se trata de amor, todos são iguais”.

Fifa multa 5 países por cantos  homofóbicos da torcida.


Torcida mais homofóbica foi o do Chile dentre as multadas


A Fifa multou cinco países por cantos homofóbicos de suas torcidas durante jogos das Eliminatórias da América do Sul para a Copa o Mundo de 2018.

A maior multa foi recebida pelo Chile. Como os casos anti-gays aconteceram em quatro jogos, a entidade puniu o país com multa de 70 mil francos (R$ cerca de R$ 275 mil).

Já nos casos de Argentina, Peru, México e Uruguai, a Fifa detectou apenas um caso de cantos homofóbicos nas eliminatórias. A multa para eles foi de 20 mil francos suíços (R$ 78 mil) cada.

“A Fifa vem combatendo a discriminação no futebol por muitos anos e uma parte do que tem sido por meio de sanções”, diz Claudio Sulser, presidente do Comitê Disciplinar da Fifa, em comunicado divulgado pela própria entidade.

“Com o novo sistema de monitoramento para as Eliminatórias da Copa do Mundo, o Comitê Disciplinar tem apoio adicional, graças aos relatórios detalhados fornecidos por observadores antidiscriminação. Mas os procedimentos disciplinares sozinhos não podem mudar o comportamento de certos grupos de torcedores que, infelizmente, vão de encontro ao cerne dos valores de nosso jogo. A Fifa e a comunidade do futebol precisam ser proativas para educar e inspirar uma mensagem de igualdade e respeito em todos os níveis de nosso jogo”, completou.

Quem também poderá sofrer sanção da Fifa é a seleção de Honduras. Um processo por cantos homofóbicos também foi aberto contra a federação, mas a defesa ainda está em andamento.

Jovem gay é agredido com pedradas em Balneário Camboriú.



Por volta das 4h da manhã desta quarta-feira, dia 13/01, o padeiro Paulo Sauter, 22 anos, foi a um posto de gasolina no bairro Nova Esperança, Balneário Camboriú, e ia para casa com cervejas na mão quando um outro jovem se aproximou e perguntou se ele poderia dar um cigarro. Os dois foram andando na mesma direção, sem se comunicar, até que Paulo disse tchau ao outro jovem, pois havia chegado na rua de sua casa.

Neste momento eles cruzaram com um outro jovem, que lançou uma pedra na nuca de Paulo, que caiu ao chão. As cervejas espatifadas se misturaram ao sangue que jorrava de Paulo na rua. O jovem se surpreendeu ao ver que o rapaz que o acompanha e o outro eram comparsas e começaram os dois a agredi-lo. Ele recebeu socos e pontapés de um enquanto outra pedra atingia a sua testa. Desesperado, ele sangrava muito e depois de mais uma pedrada no rosto o rapaz parou de bater nele e os dois saíram andando, calmamente, enquanto Paulo fugia embora do local de sua quase morte.
 
Em casa, ele ligou para a polícia e pediu ajuda. Seus pais o levaram ao pronto socorro onde ele recebeu suturas nos cortes na testa e na cabeça. Seus pais acompanharam o trabalho da polícia que após uma ronda na região não encontrou suspeitos. O troco da cerveja que estava escondido na cintura não foi levado mas o jovem perdeu sua carteira de motorista durante a confusão.
  
“Tente mais outras vezes meu amor, sua homofobia não vai atrasar o meu amor, sou forte sou guerreiro, não vai me derrubar”, desabafou Paulo em sua página no Facebook, depois de relatar o ataque com uma foto em que aparece com a cabeça enfaixada: “Essa aqui é a minha fadiga de ser quem eu mesmo sou, não posso andar na rua sem ser apedrejado por estranho até quase a morte, por apenas ser feliz por si mesmo, então agradeço a quem me agrediu, você não vai parar minha felicidade, não vai me regredir, vou seguir em frente com todos hematomas e roxos e todas cicatrizes, me orgulho delas, porque lutei pela minha vida enquanto tentava me matar e olha ai, estou vivo e não vai me derrubar”.

Apesar de não ter sido xingado, ele acredita que foi um caso de homofobia. “Por qual outro motivo seria?”, questionou. Gay assumido, ele revelou que depois do ataque não vai deixar de ser quem ele é mas que vai ficar mais atento.

Preso suspeito de assassinar  homossexual em Brasília.


Suspeitos tentavam pegar voo para Fortaleza, no Ceará


A Polícia Civil do Distrito Federal prendeu no aeroporto de Brasília, na segunda-feira, 11, dois suspeitos de cometer latrocínio. Eles tentavam embarcar para Fortaleza.

De acordo com a delegada da 3ª Delegacia de PolícIa, Cláudia Alcântara, a vítima, o professor Cid Botelho, de 57 anos, tinha um relacionamento com um dos suspeitos, Jonatas Bispo dos Santos, de 21 anos. Botelho foi morto a facadas em sua residência, no Cruzeiro.

O crime ocorreu na sexta-feira, 08. O casal teria marcado encontro e Jonatas foi ver Cid já com o crime premeditado. Ao chegar no local, Jonatas anunciou o assalto e a vítima reagiu. Durante a briga, o professor foi atingido por seis facadas, uma delas no olho.

Após o assassinato, Jonatas ligou para o segundo suspeito, Silvio Adilson de Sousa, também de 21 anos, para pedir ajuda com os pertences – uma televisão, um home theater, um aparelho de som e um computador. Eles saíram do local no carro da vítima, um Fiesta vermelho, com os produtos roubados da casa.

Segundo a delegada, Sílvio e Jonatas provavelmente são namorados e não têm passagem pela polícia. A dupla vai responder por latrocínio – roubo seguido de morte – e pode pegar de 20 a 30 anos de prisão. Jonatas e a vítima se encontravam há dois anos e a família do professor não sabia do relacionamento dos dois.

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...