Slide 1 Slide 2 Slide 3

NOTICIAS DO MUNDO GAY

Estado Islâmico executa apenas gays passivos e aceita os ativos.




No Oriente Médio, a perseguição aos homossexuais sempre foi muito severa. No entanto, alguns islâmicos extremistas têm uma atitude paradoxal: humilham e executam o gays passivos, mas aceitam o gays ativos.

Esse tipo de pensamento é altamente difundido pelos terroristas do Estado Islâmico no Iraque e na Síria, membros do Talibã no Afeganistão e príncipes na Arábia Saudita.

Como mostramos recentemente aqui no Superpride, terroristas do “EI” jogaram um jovem de 15 anos do alto de um prédio na Síria.  O garoto foi encontrado na casa do comandante do Estado Islâmico Abu Zaid al-Jazrawi e, enquanto o garoto foi executado em público, Abu Zaid al-Jazrawi foi sentenciado a levar algumas chicotadas e atuar na linha de frente do exército que “protege”  seu território.

Em 2010, um caso parecido aconteceu com um príncipe saudita Saud Abdul Aziz bin Nasir al-Saud, que foi condenado a prisão perpétua em Londres por matar seu escravo com mordidas na bochecha. Mesmo vivendo como casal e dormindo junto, o príncipe se defendeu de todas as acusações sobre ser homossexual em seu julgamento. “Matei, sim, mas que meu país fique tranquilo: não sou gay”, disse al-Saud na época.

No Irã, os muçulmanos xiitas condenam ao enforcamento apenas  gays passivos. A pena para os ativos é mais leve: 100 chicotadas. E como explicar isso?

Na religião deles, o Deus ativo, discreto e fora do meio que eles reverenciam, diz em textos religiosos que quando eles chegarem ao paraíso, além das 72 virgens, vão encontrar garotos “brancos como pérolas”.

Além disso, o fato dos encontros românticos com mulheres serem algo muito difíceis de acontecer, devido a repressão da sociedade conservadora, existe certa tolerância no sexo entre homens. Eles acreditam que apenas quem assume a postura de ativo pode reproduzir através de relação sexual com mulheres e, portanto, deverá ser poupado.

Os tribunais baseados na sharia, a lei islâmica, normalmente se baseiam no trecho do Corão em que os habitantes de Sodoma (“o povo de Lot”) são mortos por se aproximarem dos homens, e não das mulheres (26:165-166).

Estado Islâmico divulga imagens de gay sendo atirando do alto de prédio no Iraque.


O homem é atirado do alto de um prédio no Iraque

Cenas de militantes do ISIS atirando um gay do alto de prédio foram divulgadas pelo grupo no Iraque.

Imagens de militantes do Estado Islâmico atirando um homem que seria gay do alto de prédio foram divulgadas na internet pelo escritório de mídia do grupo no Iraque. Segundo o jornal britânico “Daily Mail”, as imagens teriam sido feitas na província Al-Furat.

O homem é atirado do prédio

A vítima, que não foi identificada, é mostrada sendo levado até o telhado de um edifício alto. De olhos vendados e mãos amarradas, o prisioneiro é arremessando, enquanto uma multidão de civis e combatentes assiste.

Esta não é a primeira vez que o ISIS, sigla em inglês para o Estado Islâmico, divulga imagens assim. Os cidadãos apontados como homossexuais têm sido arremessados dos prédios mais altos das cidades dominadas pelo Estado Islâmico. Eles são acusados de cometer atos de sodomia.

Rússia pode prender gays caso eles se beijem ou andem de mãos dadas.




A legislação sugere duas semanas na cadeia para quem for visto beijando pessoas do mesmo sexo ou até mesmo andando de mãos dadas em público na Rússia.

O país é e foi muito criticado por banir os direitos LGBT alegando que isso poderia fazer com que a população acreditassem que manter relações sexuais com pessoas do mesmo sexo é normal.

A lei foi decretada pelo Presidente Vladimir Putin em 2013. “Homossexualidade é uma grande ameaça para toda pessoa normal e pode afetar até as crianças”.

No caso, a pena só se aplicaria aos homens uma vez que o comunista Nikitchuk afirmou em uma rádio Russa que as mulheres são mais sensatas.

Comitê russo rejeita projeto  de lei anti-gays.


Projeto proibiria homossexuais de se assumirem


Um comitê do parlamento russo rejeitou, na segunda-feira, 18, um projeto de lei que proibiria as pessoas de se assumirem homossexuais no país.

O projeto, de autoria dos deputados Ivan Nikitchuk e Nikolai Arefyev, foi apresentado em outubro e puniria “qualquer expressão pública de relações sexuais não-tradicionais”. Quem infringisse a lei poderia pegar 15 dias de prisão e pagar multa no valor de US$ 80.

Dmitry Vyatkin, vice-presidente do comitê sobre a legislação constitucional e de construção do Estado, disse que o projeto de lei foi rejeitado “principalmente devido ao fato de que a partir de uma perspectiva jurídica formal, o projeto de lei era analfabeto”, disse a agência de notícias RBC.

Imigrantes apedrejam duas transexuais na Alemanha.


Polícia alemã observa grupo de imigrantes sírios perto da principal estação ferroviária de Colônia.

Dos três homens presos, dois já eram conhecidos da polícia.

Duas transexuais foram apedrejadas nas ruas da cidade alemã de Dortman e acusam uma grupo de imigrantes pelo crime. Segundo elas - identificadas como Yasmine, de 50 anos, e Elisa, de 37 anos -, os homens disseram que “esse tipo de pessoa” deveria ser morta.

Após o ataque, que ocorreu do lado de fora da principal estação ferroviária da cidade, a policia interveio e três pessoas foram presas. Dois deles já eram conhecidos pelas autoridades.

"O que eles fizerem é bárbaro" disse Yasmine, ressaltando que os homem falavam árabe.

A outra vítima contou à mídia alemã que o ataque foi muito rápido. "Eles pegaram pedras de um chão de cascalho e jogaram em nós".

Elas também alegaram que os homens tentaram agarrar seus seios e puxaram o cabelo delas antes da polícia detê-los.

As lideranças políticas da Alemanha discutem com preocupação os crimes perpetrados por refugiados. As mais de 500 denúncias de violência e agressão sexual no Ano Novo de Colônia e Hamburgo, cuja maioria dos suspeitos é solicitante de refúgio, fizeram a chanceler alemã, Angela Merkel, subir o tom quanto à punição a refugiados que cometerem crimes. A oposição, enquanto isso, usa a série de registros criminais para criticar a política migratória do governo.

 3 adolescentes são presos por  apedrejar transexuais.


Mulheres trans alegam agressão após revelarem identidade de gênero

Três adolescentes foram presos por tentar apedrejar duas transexuais em Dortmund, na Alemanha. Yasmine, de 50 anos, e Elisa, de 37, contaram o caso em um programa de TV local.

Segundo as mulheres, os jovens as tratavam bem até saberem que elas eram transexuais. “Em poucos segundos, eles estavam em nossa volta. Foi aí que eu percebi que diziam ‘Vocês, vadias, precisam ser apedrejadas”, contou Elisa ao programa Sat1, no sábado, 16.

“E foi isso que eles fizeram. Pegaram pedras do chão e atiraram em nós. E tentaram nos bater. Quando eles perceberam que éramos transgêneros, eles sentiram que sua honra ficou ferida”, disse.

Um carro da polícia passava pelo local e elas fizeram a denúncia. Os acusados têm entre 16 e 18 anos e são do Norte da África.

Gay é sequestrado e  torturado em Guadalupe.


Polícia da ilha investiga crime homofóbico

Um jovem homossexual de 20 anos foi sequestrado e torturado por ao menos quatro dias em Guadalupe, ilha francesa no Caribe.

O rapaz foi preso em um apartamento nos arredores de Pointe-à-Pitre, cidade mais populosa da ilha, por cinco pessoas no início do mês, por causa de sua orientação sexual.

A polícia descreveu as lesões como “graves e sórdidas”. Ele possuía queimaduras feitas por um ferro de passar roupa. A violência só cessou porque a vítima conseguiu escapar e chamar a polícia.

O ministro dos territórios ultramarinos da França, George Pau-Langevin, condenou os “atos homofóbicos” e disse que o Ministério Público abriu uma investigação criminal por causa do sequestro e das agressões.
Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (2) Comente aqui!

2 comentários:

  1. Religiao e´uma porcaria. Os livros dito `sagrados`` podem ser feitas interpretaçoes variadas e conforme os interesses adequados aos lideres religiosos. A biblia por exemplo, teve varias `modificaçoes``, nos concilios (tmbm de interesse do imperador Constantino) sem a consulta e participaçao dos bispos cristaos orientais (Igreja catolica Apostolica Ortodoxa.

    Como naquela epoca , houve varias retiradas e acrescimos de livros, o concilio definiu a atual biblia, mesmo contendo erros (A hora da crucificaçao de Jesus, que num evangelho diz uma e outra diz outra, entre outros).

    Assim, num versiculo, colocaram uma maldiçao, de quem alterasse uma virgula ou um til, estaria sujeito a nao entrar no ceu prometido. Tudo isso para qur nao houvesse mais alteraçoes da Biblia.

    Livro sagrado? - Nao acredito.

    ResponderExcluir
  2. Que cultura ignorante e sinistra.... Seja ativo, ou passivo, são gays iguais, na mesma proporcionalidade, além disso, o que seriam dos ativos sem os passivos? Um complementa o outro.
    Francamente, o ser humano está agindo pior que animais.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...