Slide 1 Slide 2 Slide 3

CONFISSÕES DO DIVÃ






Os textos apresentados nesta seção buscam ilustrar situações, angustias, problemas e experiências vivenciadas por homens gays. Não são uma representação literal de histórias reais e sim textos fictícios que tem por finalidade apresentar possibilidades de enfrentamento para as questões representadas.

O Dr. Alexandre é formado em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Atua como psicólogo clínico no Espaço Recontar na região de São José / SC. Fundamenta seu trabalho pelos princípios da Psicologia Sistêmica. Compreender os fenômenos psicológicos sistemicamente significa, literalmente, “colocá-los” dentro de seu contexto, estabelecendo a natureza das suas relações.

Você pode fazer perguntas e sugerir temas que nosso psicólogo responderá com todo prazer.

Bem, vamos ao tema de hoje:


Whatsapp, Grindr, Hornet, Manhunt, Viber, Facebook... Traição virtual???    

Alexandre de Souza Amorim, Psicólogo
alexandresouza.psicologo@gmail.com


 

Eu e o André namoramos há 2 anos, o relacionamento sempre foi ótimo com poucas brigas até eu dar de presente para ele no ultimo natal um celular com internet. Ele instalou todos esses aplicativos: Whatsapp, Grindr, Hornet, Manhunt, Viber, Facebook... E sei lá quais outros. Caso você não conheça, alguns desses aplicativos são exclusivos para criar e acessar perfil de homens Gays e Bissexuais que estão ‘à caça’ e os outros são para bater papo. Acontece que meu namorado agora fica o tempo todo mexendo nesses aplicativos. Já conversamos e ele me garante que faz isso por diversão, que jamais me trairia com um desconhecido e blá blá blá. Amo muito ele, mas não me sinto mais seguro e penso em terminar, estou errado? Para mim é um tipo de traição!

                                                                                                    
Breno, 31 anos


As redes sociais tornaram-se uma porta aberta para a infidelidade, e tem causado muita polêmica e discussão em torno do tema: RELACIONAMENTO VIRTUAL É TRAIÇÃO? Não há uma regra para administrar todos os relacionamentos, muito menos, um consenso que defina de maneira conclusiva o que seja “traição” ou no caso “traição virtual”, mas poderíamos dizer que tudo depende dos sentimentos envolvidos.

A “traição virtual” é um motivo cada vez mais recorrente para a separação e pela procura de atendimento psi por homens gays. . Seja uma traição no mundo real ou virtual, sempre que envolver sentimento vai ser mais difícil de superar.

A monogamia e a exclusividade ainda são condições exigidas em muitos relacionamentos entre homens, a simples idéia de incluir uma terceira pessoa na relação do casal ou ter um relacionamento aberto geralmente é difícil de ser imaginada, compreendida, e muito menos aceita. Mas é importante lembrar que a fantasia humana não se limita a uma única pessoa, por mais que esta seja o grande amor de uma vida.

Partindo desse principio, para algumas pessoas e especialistas o relacionamento virtual “pode” ser um sinal de que há algo “errado” dentro do relacionamento a dois, seja de natureza afetiva ou sexual. A necessidade de procurar algum tipo de amor, carinho ou prazer sexual fora do relacionamento seria um sinalizador de que alguém não está mais satisfeito e para “consertar” é preciso mudar e descobrir o que precisa ser trabalhado. Importante destacar que mesmo em uma relação monogâmica sempre há necessidades do casal e necessidades individuais que devem estar em equilíbrio para manter o bem estar do relacionamento.

Porém, nem sempre devemos encarar os relacionamentos virtuais como uma traição. Assim como a masturbação onde se utiliza a imaginação ou revistas pornô-eróticas, o relacionamento virtual ou o sexo virtual também pode ser uma possibilidade de adquirir e explorar novas sensações, obter informações e conhecimentos, e consequentemente, nem sempre, é um sinal que o relacionamento não vai bem, podendo até melhorar ainda mais a performance sexual e afetiva do casal.

Dito tudo isso, não é exatamente uma questão de definir ou julgar se as atitudes do André refletem uma traição ou não. Breno deve considerar principalmente os seus sentimentos em relação à situação. O dialogo entre o casal sempre será a melhor maneira de solucionar a situação e entender o que acontece bem como as necessidades de cada um.

Cada caso é um caso. A psicoterapia pode ajudar a identificar seus valores, suas necessidades, suas prioridades e quais as atitudes que fariam bem para sua saúde emocional e física.




Poderá gostar também de:
Postado por Mac Del Rey | (2) Comente aqui!

2 comentários:

  1. só digo uma coisa. Relacionamento é baseado em confiança. Se confia continue com ele senão. Já sabe a resposta. Confiei em alguém que jurava que fazia isto somente por diversão. Após o termino descobri que se divertia mesmo, mas não de forma virtual. Então analise converse e veja se dá para conseguir confiar nele. Você é que tem a resposta. Ninguém mais tem.

    ResponderExcluir
  2. Diversão? Mas que porra de diversão é esta?
    Fala sério, vai chegar um momento que ele vai cair em tentação, a carne é fraca....
    Por enquanto ele está só atiçando e sendo atiçado, afinal qual é o objtivo destes apps?
    Quer se divertir? Assista um filme, vai andar de bike, jogar bola, voley, enfim....

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...