Slide 1 Slide 2 Slide 3

NOTICIAS DO MUNDO GAY

Índia mantém mais uma vez  sexo gay como crime.


Índia manteve proibição a sexo gay no país


Em menos de três meses a Índia manteve novamente a criminalização da homossexualidade no país.

O projeto de lei que pretendia derrubar a Seção 377, que proíbe o sexo gay desde o século 19 na nação asiática foi derrotado por 58 votos a 14.

O deputado Shashi Tharoor, principal articulador pela aprovação do PL, lamentou no Twitter. “Decepção amarga como minha tentativa de apresentar o projeto foi derrubada novamente”, escreveu.

A homossexualidade foi descriminalizada na Índia somente por um curto período, de 2009 a 2013. Foi quando vigorou uma decisão do Tribunal de Nova Délhi, que considerou inconstitucional proibir o sexo gay. Mas há três anos, a Suprema Corte do país manteve a proibição.


Adolescente trans consegue na Justiça  direito de cortar laços com os pais.


Adolescente já tinha tentado tirar própria vida duas vezes


O Supremo Tribunal britânico garantiu a uma adolescente transexual cortar todos os laços com seus pais adotivos e intolerantes.

“Eu sei que esta decisão será uma fonte de verdadeira decepção e angústia para os pais. Espero, no entanto, que eles compreendam as razões para a minha decisão na plenitude do tempo”, escreveu o juiz Michael Keehan, na decisão tomada na quinta-feira, 10.

Segundo o Daily Mail, a adolescente, identificada apenas como PD, assumiu-se transgênero em 2014, mas seus pais continuavam a chamá-la pelo nome da certidão, o que lhe causava “irritação e angústia”. Ela tomou overdose de pílulas duas vezes.

PD, que foi adotada aos seis anos, saiu a casa dos pais e está vivendo num orfanato. Os pais solicitaram notícias suas ao menos a cada trimestre, mas pela decisão da Justiça, eles não terão mais notícias da filha, mesmo que em caso de emergência.

New Jersey: Polícia prende homem acusado de  ataque homofóbico em ônibus.


Homem é socado e xingado dentro de ônibus



A polícia de Nova Jersey, nos Estados Unidos, prendeu um homem acusado de ataque com insultos anti-gays em um ônibus, na segunda-feira, 07.

Daniel Rijos, de 40 anos, foi preso sob acusações de assédio e agressão agravados por crime de ódio.

Autoridades dizem que Rijos estava em um ônibus por volta de 18h30 da segunda-feira quando começou a xingar e gritar insultos anti-gay a outro passageiro. A polícia diz que ele enfiou o dedo no olho do homem e, em seguida, começou a socá-lo.

Os passageiros chamaram a polícia. A vítima foi levada ao hospital e sofreu hematomas e laceração no olho.

Condenado homem que matou  gay em Nova York.


Morales alega que é bissexual e que por isso não poderia ter sido crime de ódio


Um homem acusado de atirar e matar um homem gay em Nova York foi considerado culpado de assassinato por crime de ódio. Um júri de Manhattan condenou Elliot Morales, na quarta-feira, 09. A sentença ainda não saiu, mas ele pode pegar 30 anos de prisão.

Testemunhas disseram que Morales gritou insultos anti-gays antes de atirar em Mark Carson, numa das áreas mais gays de Nova York, o Greenwich Village.

Morales, que representou a si mesmo no tribunal, disse que não poderia ter sido um crime de ódio pois é bissexual.

Segundo as leis de Nova York, crime de ódio pode ocorrer quando o criminoso é de uma etnia ou sexualidade diferente da vítima.

Estupro no Ensino Médio: alunos do time de Futebol Americano cometem ato brutal contra calouro.


Conestoga High School


No colégio de Conestoga High School, na região Norte da Filadélfia, três estudantes de 17 anos estão respondendo acusação de estupro contra um calouro que entrou no time de futebol da escola. Entre os alunos, havia uma tradição chamada de “No Gay Thursday”, onde os meninos poderiam fazer coisas que eram consideradas de gay sem se importar que isso afetasse a sua sexualidade. O ataque homofóbico aconteceu numa dessas quintas-feiras dentro do vestiário do colégio.

A vítima foi um garoto de 14 anos. Os veteranos estavam ressentidos com ele porque ele havia entrado no time titular da equipe. Então, logo depois do treino, todos precisaram ficar apenas de cuecas para limpar o vestiário e os três estudantes aproveitaram a deixa. Seguraram o garoto e o abusaram com um cabo de vassoura. Testemunhas da escola testemunharam afirmando que o garoto gritava na sala, mas nenhum aluno o socorreu, muito menos o técnico e a equipe de profissionais do time, que havia se retirado do local.
 
Os estudantes estão respondendo por agressão, conspiração, retenção ilícita e tratamento terrorista dentro dos parâmetros da lei para jovens infratores. O técnico e parte da equipe técnica foram afastados do cargo até que a investigação e a participação destes no caso seja averiguada.

Sobre a “No Gay Thursday”, membros do time contaram que a data era interna entre os jogadores e que permitia que os estudantes praticassem brincadeiras sexuais entre eles no vestiário, como masturbação coletiva, tapas na bunda e sexo oral. É importante ressaltar que essa é uma prática comum nas universidades e fraternidades dos Estados Unidos, e talvez isso tenha influenciado esses estudantes. O sexo entre homens é um ritual de passagem na juventude universitária, mas, geralmente, não acontecem dessa maneira brutal e muito menos pública.

Marcos Feliciano quer se tornar vice de Jair Bolsonaro na chapa presidencial.


Marcos Feliciano e Jair Bolsonaro


Depois de Jair Bolsonaro filiar-se ao Partido Social Cristão (PSC) na última quarta-feira (3), para o cargo de pré-candidatura à Presidência da República nas eleições de 2018, Marco Feliciano deu para querer ser vice em sua chapa.

Primeiro de tudo, Bolsonaro tentará testar sua popularidade concorrendo ao cargo de poder executivo na Prefeitura do Rio de Janeiro este ano.

Embora ainda não tenha confirmado, boatos apontam que este é o plano do pastor Everaldo, que é ninguém menos que o presidente do partido.

Vale lembrar para aqueles que ainda não tem reconhecimento sobre o histórico do candidato à presidência e seu vice: ambos são extremamente homofóbicos e repudiam o amor entre iguais.
Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...