Slide 1 Slide 2 Slide 3

NOTICIAS DO MUNDO GAY

Governador da Geórgia  veta lei homofóbica.


Estado estava sendo ameaçado de boicote


O governador do Estado norte-americano da Geórgia vetou a lei 757, chamada de “liberdade religiosa”, que criou polêmica nos Estados Unidos.

Pelo projeto de lei, que foi aprovado na Câmara e no Senado do Estado, quaisquer pessoas poderiam se negar a prestar serviços a LGBT alegando “crenças religiosas”.

O projeto foi condenado por inúmeros empresas, incluindo a Disney e a Marvel, que disseram que se fosse aprovada, não filmariam mais na Geórgia. Diversas personalidades de Hollywood, como Julianne Moore e Anne Hathaway assinaram uma carta dizendo que boicotariam o Estado caso a lei fosse assinada.

Justiça de Botswana  dá vitória a LGBT.


Entidade entrou na Justiça há quatro anos para se registrar


A Corte de Apelações de Botsuana, nação que fica no sul da África, garantiu vitória aos cidadãos arco-íris.

O tribunal, no início desta semana, rejeitou um pedido do governo que queria anular uma decisão da Alta Corte que determinou que entidades LGBT poderiam se registrar oficialmente no país.

A batalha na Justiça começou em 2012 quando a ONG Legabibo tentou se registrar. Órgãos do governo se recusaram e alegaram que isso iria contra a Constituição da nação africana.


Marrocos: Homossexual é agredido e  ainda é processado.


País pune homossexualidade com até 3 anos de prisão


Um dos dois homossexuais marroquinos agredidos e exibidos sem roupa e machucados e cheios de sangue seus agressores foi condenado por um tribunal de Beni Melal (centro do Marrocos) a dois meses de prisão pelo artigo 489, que pune a homossexualidade.

A agressão ocorreu em 9 de março e o julgamento no dia 15. No fim de semana passado um vídeo com as agressões aos jovens caiu na rede. As imagens mostram os rapazes sendo tiradas da cama, apanhando e obrigados a sair nus na rua enquanto são insultados.

Segundo a Agência Efe, um dos dois jovens cuidava de um pequeno comércio em Beni Melal, que tinha anexo um quarto. Um dia, quando ambos se encontravam na cama, um grupo de vizinhos forçaram a porta, invadiram o quarto e começaram a agredi-los até fazê-los sangrar, antes de jogá-los despidos na rua.

A agressão ficou então impune e só um dos jovens homossexuais foi detido pela polícia, apresentado perante o juiz e condenado a dois meses de prisão e uma multa de 500 dirhams (cerca de 45 euros), enquanto o outro conseguiu fugir.

A partir de sexta-feira, 25, o vídeo começou a circular nas redes sociais e o segundo homossexual se apresentou voluntariamente perante a polícia, que o deteve enquanto o juiz conclui a investigação.

Intolerância: Homem é preso por hastear bandeira  arco-íris na Arábia Saudita.


Homem disse que não conhecia o significado da bandeira


Um homem foi preso na Arábia Saudita por hastear a bandeira do orgulho gay.

Segundo a CNN, o homem comprou a bandeira pela internet a pedido de um de seus filhos, que achou as cores do arco-íris bonitas, sem saber de seu significado.

A polícia religiosa, conhecida como Comissão para a Promoção da Virtude e Prevenção do Vício, foi até a casa do homem depois que ele levantou a bandeira de três metros em um poste.

Ele foi preso na cidade de Jeddah, mas solto sob fiança, com recomendação de que tirasse a bandeira. Investigações acontecerão a respeito.

Na Arábia Saudita a homossexualidade é criminalizada, inclusive com pena de morte.

Mas o escândalo gerado pelo vídeo fez com que a polícia também investigue os agressores até chegar a um deles, um jovem já fichado pela polícia por um crime anterior que será agora julgado pela agressão.

Em maio: Elton John e Vladimir Putin  podem se encontrar.


Cantor se apresentará em Moscou no fim de maio


O presidente da Rússia, Vladimir Putin, pode se encontrar com Elton John em maio. A informação vem do próprio Kremlin, sede do governo russo.

Putin telefonou ao cantor em setembro passado para dizer que está disposto a uma conversa depois que o artista pediu uma reunião para debater sua preocupação com os direitos gays na Rússia.

“Quando eles conversaram por telefone vários meses atrás, concordaram… que irão se reunir durante a estadia de Elton John em Moscou”, afirmou o porta-voz de Putin, Dmitry Peskov, durante uma teleconferência com jornalistas. Elton John tem apresentação marcada para 30 de maio na capital do país, Moscou.

Após encontro com o Papa Francisco, transexual conta sua história em livro.




O espanhol Diego Neria Lejárraga, primeiro transexual a ser recebido por um papa, relatou esse momento pessoal e histórico em um livro “sem nenhuma vontade de polêmica”, nem buscando a parte frívola da transexualidade “porque essa história não está aqui”.

“Esta é a vida de uma pessoa humilde e tranquila, que um dia foi tocada por essa varinha que se chama papa Francisco e que acho que pode dar um pouco de esperança”, diss Neria no lançamento de “O despiste de Deus. Cadernos de viagem de um homem que nasceu mulher”, que rolou nesta quarta-feira (30), em Plasencia (Espanha).

A vida privada de Neria, de 50 anos, que em 2007 se submeteu a uma operação de mudança de gênero, que se tornou em pública em 2015 após saberem que foi recebido em audiência privada pelo papa Francisco no Vaticano, junto com sua companheira, Macarena.

Agora ele, que diz ter fortes convicções católicas, contou sua história em um livro: “É um percurso pela minha vida, desde pequeno até os 50 anos, feito através de uma viagem que eu faço a Roma com Macarena para visitar ao papa Francisco”.

Neria pretendeu, sobretudo, “normalizar um pouco as relações das pessoas que sempre nos consideraram afastadas da sociedade”.

“E claro é uma chamado absoluto de esperança. Eu tive uma vida complicada, mas felizmente e graças a Deus aqui estou, porque a vida dá muitas voltas e porque tenho muito claro que não se pode jogar a toalha nunca”, acrescentou.

Quanto à sua reunião com o papa Francisco, Diego Neria contou que esse encontro mudou sua vida, principalmente interiormente, e que deu a ele “muitíssima tranquilidade, serenidade, acabou com muitas dúvidas”.

Ele criticou que algumas “crenças equivocadas estejam causando muitíssimo prejuízo, por exemplo, entre os transexuais latino-americanos, que estão passando francamente mal porque estão sendo super perseguidos, e isto é um ponto que marca a Igreja”.

Desde que foi eleito o máximo representante da Igreja Católica, há três anos, o papa tem demonstrado certa compreensão com as diferentes expressões da sexualidade, apesar de não ter feito nenhum posicionamento radicalmente à favor. Francisco pediu aos responsáveis do clero que anunciem o Evangelho “a todos, em todos os lugares, em todas as ocasiões, sem demoras, sem asco e sem medo”.

Asa Norte: Sargento do Exército atira em  rapaz que apareceu nu em janela.


Militar foi preso em flagrante após o disparo


Um homem atirou contra um apartamento na 915 Norte após ver um rapaz pelado na janela do prédio que fica ao lado da escola de sua filha.

Segundo a Polícia Militar, o autor dos disparos é sargento do Exército, tem 54 anos, e foi encaminhado para a delegacia, onde foi autuado em flagrante.

De acordo com o Jornal de Brasília, por volta de 7h30 da quinta-feira, 24, um jovem de 23 anos apareceu nu próximo à janela do apartamento dele. Crianças da escola ao lado começaram a comentar sobre a cena.

Nesse momento, o pai de uma aluna gritou, sacou uma arma de fogo e efetuou um disparo. Pessoas que passavam pelo local ficaram assustadas. Não há informações se alguém ficou ferido.

O que dizer sobre gays que defendem Jair Bolsonaro para a Presidência?




Smith Hays, 27, ou Júnior, é um homossexual assumido de Minas Gerais que dissemina ideias polêmicas nas suas redes sociais e em seu canal do Youtube. Na “bio” da sua página no Facebook, diz ser um gay de direita e estar preocupado com o caminho tomado pela sociedade. “Precisamos viver cheios de amor, de fraternidade e de solidariedade. Acima de tudo, nossas vidas são todas importantes e todos merecem ser amados pelo próximo independente de qualquer coisa”, defende. Mas por que, então, o jovem defende o político Jair Bolsonaro que prega a violência contra homossexuais de forma corretiva?

Em um vídeo de cerca de 12 minutos, chamado Gays de Direita - Jair Messias Bolsonaro, que é difícil conseguir chegar ao final sem querer atacar o aparelho eletrônico em alguma parede, o jovem explica seus motivos para votar em Jair Bolsonaro para presidente. Segundo ele, o deputado é ético, moral, honesto e defende grandes soluções pra sociedade, como a militarização das escolas, planejamento familiar e redução da maioridade penal. Vale pontuar aqui que Bolsonaro já apresentou cerca de 8 projetos de lei, e nenhum foi aprovado, até o momento.

“Jair Bolsonaro está mudando. Alguém está informando ele sobre a grande diferença entre o gay e o ativista. Porque o ativista é invasivo, ele é agressivo”, defende o jovem. Ele afirma que suas ideias batem em 95% com as ideias de Bolsonaro, discorda apenas na questão de adoção de crianças por casais homossexuais. Ele só não entende que os discursos de Bolsonaro dão respaldo para que homofóbicos promovam agressões físicas que, dependendo do caso, são a diferença entre viver e morrer.


Ele conta com mais de 30 mil curtidas no Facebook. Em entrevista ao portal Gospel Prime, ele afirmou que o Movimento LGBTQ é uma massa de manobra: “O movimento LGBT é uma massa de manobra. Não sei se por inocência ou por preguiça de se informar, muitos gays estão nesta imaginando que lutam por um mundo melhor. E assim deveria ser mesmo! Porém, os seus integrantes não percebem que, na verdade, estão sendo usados. O movimento LGBT usa o ideal nobre de igualdade apenas para conseguir instaurar um Estado totalitário através de projetos que, aparentemente, trazem mais igualdade aos gays, mas que apenas desestabilizam a sociedade e acirram a luta de classes”.
 
Ele chega a dizer que falta preguiça de se informar, mas será que ele estudou sobre a história do Movimento? Ele prova que não. O mesmo político que ele defende é aquele que nega que houve repressão e ditadura no país, e que quer nos colocar de volta no armário, que diz  homossexuais são produto do meio que vivem, que querem converter as crianças e que faltou apanhar dos pais quando pequenos. Junior foi este ano ao programa Super Pop acompanhando Bolsonaro e posou de amigo do deputado.
Assista o vídeo:

yOUTUBE: Gays de Direita - Jair Messias Bolsonaro


Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (2) Comente aqui!

2 comentários:

  1. Gay de direita:
    Não vejo problema um gay se auto denominar de direita ou de esquerda, porem, já tive a infelicidade de ver um vídeo desse cara, fiquei impressionado com a falta de informação dele, ele lembra o candidato a presidência dos EUA Trump, que fala de todos os assuntos sem a mínima informação a respeito. Não estou dizendo sobre opinião, que cada um tem a sua, é informação mesmo, aquela que se qualquer um pesquisar na internet descobre que quem falou esta dizendo besteira. E é logico que os evangélicos estão aproveitando para usa-lo para seus objetivos obscuros, e ele nem percebe, está embriagado com o pequeno sucesso que esta tendo. Por isso não devemos esquecer de sempre manter a crítica para não sermos levados pelo embalo de alienados e oportunistas.

    Helioi

    ResponderExcluir
  2. gostar de quem te oprime é uma característica da síndrome de estocolmo, só se for isso pra explicar um homossexual que gosta do bolsonazi. É como um judeu que gosta de nazismo, mais um bolsominion nazista ignorante. Sabe o q vai acontecer se o bolsonazi se tornar presidente? Além de vender o país todo pra estrangeiros pra beneficiar apenas os poucos empresários mais ricos do país e a gente vai ter que pedir licença pra usar o que é nosso, é que a censura vai voltar pesado e vão fazer o mesmo que a Russia proibindo qualquer forma de manifestação LGBT, até sites e blogs como esse vão ser proibidos. E não duvido nada que tornem de vez homossexualidade em doença com internação obrigatória.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...