Slide 1 Slide 2 Slide 3

NOTICIAS DO MUNDO GAY

Católicos gays veem abertura  tímida do Papa Francisco.


Pontífice publicou texto que resume os últimos sínodos da Igreja Católica


O Global Network of Rainbow Catholics, entidade que reúne 25 organizações LGBT em todos os continentes, avaliou como uma pequena abertura o texto do Papa Francisco publicado na sexta-feira, 08.

A entidade diz estar decepcionada pela quase ausência dos homossexuais na exortação apostólica que faz o balanço de dois sínodos (2014 e 2015) sobre o tema da família.

Os membros do coletivo “apreciam, no entanto, que as portas da acolhida não estejam fechadas definitivamente, e que o papa Francisco ofereça alguns indícios sobre o fato de que a chave pode ser encontrada debaixo do tapete”.

O coletivo destaca, assim, o convite do Papa a um “discernimento pessoal” e o apelo a uma “pastoral respeitosa e fundada na justiça”, princípios que podem ser aplicados aos homossexuais.

Inclusão: Igreja Luterana norueguesa  passará a casar homossexuais.


Proposta foi aprovado por 88 dos 115 delegados da congregação


A Igreja luterana norueguesa aprovou, na segunda-feira, 11, em sua assembleia anual permitir o casamento entre pessoas do mesmo sexo em seus templos.

A proposta, que contou com o apoio de 88 dos 115 delegados, estabelecerá um novo ritual litúrgico que no entanto não será adotado formalmente até janeiro do ano que vem.

Segundo a Agência Efe, a nova disposição permitirá também aos pastores e outras figuras eclesiásticas que não estejam de acordo com a medida abster-se de participar das cerimônias.

Igreja evangélica de Berlim passará  a realizar casamentos gays.


Bispo de Berlim disse que é preciso acolher todos os casais que querem formar uma família


A Igreja evangélica de Berlim, Brandemburgo e Oberlausitz, no leste da Alemanha, aprovou, no sábado, 09, a união entre pessoas do mesmo sexo. A congregação passará a realizar as cerimônias a partir de 1º de julho.

O sínodo desta igreja, reunido em Berlim, deu sinal verde à união gay por 91 votos contra 10, e se transformou na terceira igreja protestante regional que o permite na Alemanha, após as de Hessen-Nassau e Rheinland, ambas no oeste do país.

Em declarações ao jornal “Tagesspiegel”, o bispo de Berlim, Markus Dröge, ressaltou a necessidade de acolher todos aqueles casais que, em sua diversidade, querem formar uma família cumprindo as obrigações definidas pela igreja.

Deutsche Bank congela expansão de empregos após lei controversa nos EUA.





No mais recente desdobramento da controversa lei do Estado da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, que elimina proteções dos direitos de lésbicas, gays e transgêneros, o Deutsche Bank anunciou que está recuando de planos para adicionar 250 novos empregos nos arredores da capital, Raleigh.

O banco alemão já emprega cerca de 900 pessoas na cidade de Cary, também na Carolina do Norte, e havia anunciado planos para adicionar 250 novos postos em suas operações no subúrbio de Raleigh.

Há uma semana, a empresa de pagamentos online PayPal disse que não iria mais abrir um centro de operações globais que empregaria 400 pessoas em Charlotte, por causa da nova lei, que requer que pessoas usem banheiros que correspondam ao sexo registrado em seus certificados de nascimento.

O governador republicano da Carolina do Norte, Pat McCrory, assinou a legislação no mês passado, em resposta a uma ordem da administração da cidade de Charlotte - a mais populosa do Estado - que permitia pessoas a usarem banheiros de gêneros com os quais se identificam.

"Nós assumimos seriamente nossos compromisso de construir ambientes de trabalho inclusivos", disse John Cryan, copresidente-executivo do Deutsche Bank, em um comunicado. "Estamos orgulhosos de nossas operações em Cary e lamentamos que como resultado dessa lei, não estamos mais dispostos a incluir a Carolina do Norte nos nossos planos de expansão nos EUA neste momento", completou.

Lei do Estado da Carolina do Norte requer que pessoas usem banheiros que correspondam ao sexo de seus registros de nascimento e não com o qual se identifica.

Morte de jovem universitário gay em Toledo aponta para crime de ódio.




Neste sábado, por volta das 9h da manhã, policiais militares de Toledo, a 541 km de Curitiba, no Oeste do Paraná, encontraram o corpo do jovem Eduardo Serenini de Moura, de 23 anos, estudante de Pedagogia da Fasul e estagiário Centro Municipal de Educação Infantil. O rapaz, homossexual assumido, estava desaparecido desde a tarde do dia anterior, quando foi visto sacando dinheiro para realizar uma viagem de visita técnica que faria com os colegas de curso para Guaíra no final de semana.
 
O corpo foi encontrado às margens da estrada de acesso ao Clube de Caça e Pesca de Toledo. Eduardo foi claramente torturado antes de morrer. Dudu, como era chamado pelos amigos, era participante do Coletivo Espaço da Diversidade da região, grupo baseado em Foz do Iguaçu e de forte atuação virtual pelos direitos LGBT. Ele dirigia um veículo Fiesta ainda não localizado. Por conta de cirurgias que passou na coluna, tinha debilidade motora, sendo considerado frágil.
 
A polícia investiga um possível latrocínio no caso mas os requintes de crueldade aparentes fazem amigos e parentes pensarem na possibilidade da orientação sexual da vítima ter a ver com a brutalidade de sua morte. Dudu teria sido amarrado e partes de sua pele foram removidas, como na palma das mãos, além do couro cabeludo, e ele teve ainda o rosto desfigurado.

Um dia antes de desaparecer, Eduardo postou em seu Facebook uma mensagem de despedida, falando sobre Deus.


Protesto: Beijaço gay reúne centenas  em shopping de Fortaleza.


Beijaço foi realizado no Shopping Benfica, na capital cearense


A praça de alimentação do Shopping Benfica, em Fortaleza, foi tomada por um beijaço gay, na sexta-feira, 09.

O protesto, organizado pelo Facebook, foi motivado em solidariedade ao jovem Michel Vincent, que relatou na rede social um constrangimento que passou no local.

Segundo o rapaz, em 26 de março, ele teria sido interpelado por um segurança do shopping, por conta dos beijos que estava trocando com seu namorado. “Eu poderia realmente deixar passar, mas não vou. Preciso compartilhar pra que isso não se repita com nenhuma pessoa que talvez não tenha conhecimento disso”, escreveu.

“O acontecimento foi no Shopping Benfica, que diga-se de passagem é o shopping mais bem frequentando pela comunidade LGBT. Bem, o episódio aconteceu nesse sábado na praça de alimentação, estávamos eu e a pessoa com quem estou namorando. Estávamos nos beijando como se espera de casal de namorados, óbvio, quando, de repente, um segurança tocou no meu ombro e eis o diálogo: ‘Vocês podem maneirar nos beijos, pois tem criança na mesa ao lado’..
Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...