Slide 1 Slide 2 Slide 3

HOMOSSEXUALIDADE

10 dicas para Gays Ativos.




Como ser um bom Ativo/Passivo na cama?

Aos poucos fui descobrindo e percebi que já posso dar algumas dicas, afinal, experimentei as duas posições.

1- Pediu pra parar, PAROU!

Só faça o que foi permitido, se te pedirem para parar. PARE e seja carinhoso! Tente excitar o parceiro ao máximo antes da penetração, para que ele esteja com tesão e não sinta a dor inicial.

2- Se coloque no lugar do outro SEMPRE!

Se você não gostaria que fizessem com você, não faça com o outro.

3-Na hora H tudo é válido.

Se permita experimentar coisas novas com o parceiro e para fazê-lo feliz. Vale Tudo!! Se chegar um dia em que ele queira algo novo, converse e saiba ceder ás vezes também.

4-Sem nojinhos.

Se você não gosta de fazer coisas como sexo oral, por exemplo, está na hora de repensar os seus conceitos. As preliminares são fundamentais para excitar o parceiro, e se você for o ativo, está na hora de ceder com o  objetivo de relaxa-lo para a penetração e tentar evitar a dor.

5-Você não é superior por ser Ativo.

Não importa a sua posição, você não é mais homem por ser o ativo. Não seja preconceituoso e nem transmita isso na sua fala.

6- Tudo pode acontecer.

Se algum acidente ocorrer durante a penetração, não faça um alarme e não transforme o acidente num motivo de chacota. Esse tipo de coisa acontece, se você não está pronto para isso, não transe com ninguém.

7-Não seja frio durante o sexo.

Não transforme o momento em um problema onde os dois tem que gozar logo para acabar com tudo. Se for pra ser frio, nem comece a relação sexual.

8-Palavras, pegação e carícias são fundamentais.

Xingamentos, pegadas e aquele gemido de prazer é fundamental para satisfazer o parceiro , afinal, ele quer te satisfazer e demonstrar isso é fundamental, é o que você e ele  querem ver/Ouvir.

9- Espere (as vezes).

Sempre é bom que o passivo goze antes do ativo, porém com o cotidiano isso pode mudar, afinal, ele também busca te dar prazer e se satisfaz quando te deixa satisfeito. (Aqui pra nós, ás vezes é impossível não gozar depois de alguns minutos e da pessoa)
Ahh,Se você está iniciando um relacionamento com um passivo que ainda não teve nenhuma experiência, saiba esperar. Tudo tem sua Hora.

10 - AME.

Não faça sexo por fazer, ame, se não amar a pessoa , ame o sexo ... Enfim, ame.Ahhh, Sexo Seguro sempre galera. :)

PERGUNTAS & REPOSTAS




Relacionamento gay: Nós dois somos passivos, o que fazer?

Pergunta do novinho J.T., (Ele não autorizou a publicação do nome)




Olá,

Recentemente comecei a me relacionar com um cara, e descobri que ele é passivo, e eu também sou. Estou curtindo muito ele, e por isso não disse que também sou passivo. Nunca fui Ativo e tenho medo de fazer algo errado na hora quando rolar a transa. Não sei como agir nessa hora, e sinto que ficaria muito magoado se decepcionasse ele em algo. Como faço pra ser Ativo? rs


~*~


Olá J.T.,

Primeiramente parabéns por  não ter em nenhum momento pensado em desistir do relacionamento por esse motivo, você é uma prova de que se houver amor e carinho reciproco, o mais importante é deixar o companheiro feliz. Fico muito feliz quando chegam casos como o seu, pois não parece, mas boa parte dos meus leitores tem medo de nunca encontrar o amor verdadeiro pois acham complicado achar a pessoa perfeita, e quando nos dispomos para outra pessoa ( imperfeita como todos os mortais) o importante é se doar e querer faze-la feliz.

Bom, vamos à sua resposta: Apesar de discordar da sua posição de esconder isso do seu companheiro, pois acredito que quando existe liberdade e intimidade sufuciente para o sexo é porque vocês já podem manter um diálogo e chegar a um concesso (não conheço vocês em particular, mas tenho amigos que preferem e gostam mais das preliminares do que o sexo em si) , ou pelo menos ele saberá que é a sua primeira vez e vai tentar te ajudar. Isso pode gerar mais segurança em você e resultar numa noite inesquecível para os dois.

Caso você não queira falar de forma alguma para seu parceiro vou dar algumas dicas :

1- Esta dica vai parecer óbvia, mas vale a pena lembrar pois é a principal: Como você é passivo, faça exatamente o que gostaria que um ativo fizesse com você.

2- Se entregue ao sexo e comande na hora H.

Eu iria tentar dar várias dicas mas basicamente seria repetir a primeira: "faça exatamente o que gostaria que um ativo fizesse com você",fazendo isso com certeza será ótimo. Veja algumas dicas de como enlouquecer o parceiro na cama.
Espero que vocês não tenham sido mais rapidos que eu  ter conseguido  ajudar vocês.
Abraços,


~*~


Gays podem doar medula óssea?


IMAGEM MERAMENTE ILUSTRATIVA


Boa tarde.
Gostaria de saber se pra doar medula óssea tem que se declarar só hétero ou gay também pode?

Obrigado!” Alex.

~*~

Oi, Alex, tudo bem?
 
Entendi sua pergunta. Está relacionada com o fato de homossexuais serem discriminados ao doar sangue, né?

Sobre doar medula óssea: ESSA ATIVIDADE TAMBÉM É PRAS GAAAAAYS!

Eu li uma entrevista com o Dr. Drauzio Varella sobre o assunto e já estou apto a servir de intermediário… Pelo o que entendi, não importa a orientação sexual do doador. Isso porque você irá apenas doar uma amostra do seu sangue que ficará cadastrada no sistema de doação de medulas ósseas do SUS.

Em um primeiro momento, eles não excluem nem quem tem HIV ou teve hepatite do cadastro, porque é tão difícil encontrar medulas compatíveis que o melhor é ter um cadastro apinhadinho de doadores (que já são escassos).

Então, você pode entrar de salto agulha e saia lápis no hemocentro e dizer para quem estiver na recepção: “VIM PARA SALVAR UMA VIDA HOJEM, KERIDAM, quero entrar no cadastro nacional de doadores de medula óssea e, depois disso, apenas vou ‘sashay away from here”.

A única coisa que te pedem, para ser incluído no cadastro, é que você esteja saudável na hora da doação da amostra de sangue.

Uma vez no cadastro, te chamarão quando houver um match de um receptor com seu lindo DNA, óh, diva doadora desse Tínder da vida real…

Em um segundo momento, aí sim, farão teste de sorologia para saber se você tem HIV, Hepatite ou qualquer doença passível de transmissão por conta do transplante.

Sobre doação de sangue:

Sim, gays são discriminados por lei ao tentar doar…

Segundo a Portaria 2712, de 12/11/2013, do Ministério da Saúde:

“Art. 64. Considerar-se-á inapto temporário por 12 (doze) meses o candidato que tenha sido exposto a qualquer uma das situações abaixo:

IV – homens que tiveram relações sexuais com outros homens e/ou as parceiras sexuais destes”.

Pois é, pois é, pois é. Gays são tidos como promíscuos e para detectar o vírus HIV é preciso fazer exames depois de dois meses do sexo desprotegido, eles preferem já barrar homossexuais de vez. Para não correr riscos de colocar sangue com HIV em um necessitado.

Isso mesmo que você entendeu, de acordo com a lei, TODOS os gays são promíscuos, então, fica “impossível” doar sangue já que o gay doador teria que ficar por 2 meses sem transar para fazer o exame de sangue e ficar comprovado que o sangue está apto para transfusões. “ÓH, MEU DEUS. MISSÃO IMPOSSÍVEL!” (Só que não).

Chato e cruel? Sim. Mas, é opção sua dizer a verdade sobre ser gay ou não, tanto na hora de doar sangue quanto medula óssea.

Você sabe o status, com certeza, da sua sorologia? Faz sexo sem camisinha? Não tem HIV nem Hepatite? Então doe sangue, medula, doe vida, fia!

Beijos.

Um bafão sobre doação de sangue gay:

http://www.pragmatismopolitico.com.br/2014/04/homossexuais-nao-podem-doar-sangue-no-brasil.html

Mais sobre doação de medula óssea:  http://drauziovarella.com.br/drauzio/doacao-de-medula-ossea/

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (1) Comente aqui!

Um comentário:

  1. Parece que há uma petição popular para mudar essa lei, que é altamente questionável. O Grupo Dignidade tem mais informações sobre isso. Outro ponto: a não ser que a pessoa que perguntou seja bastante efeminada ou travesti (e isso não é inferiorizante), acho incômodo chamar todos os gays de "ela" ou aplicar-lhes o pronome feminino "a". Isso, ao invés de libertar, reforça a ideia de que todo homem gay é menos homem. Essa ideia equivocada está difícil de tirar da cabeça do povo. Para muitos, todo gay tem que ser mulher, o que, paradoxalmente, o tornaria uma mulher heterossexual, portanto, não gay, né? Vejo que a comunidade gay precisa repensar esse costume, em benefício de sua dignidade e identidade de homem que sente tesão por homem, nada menos e nada mais que isso.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...