Slide 1 Slide 2 Slide 3

HOMOSSEXUALIDADE

Gay: como fazer rolar "aquela"química no primeiro encontro?




O primeiro encontro sempre é "o momento" pra duas pessoas que estão se curtindo. Com a tecnologia as formas de conhecer as pessoas fica concentrada nas redes sociais, então, o primeiro encontro/ contato pessoal é bastante importante pra ver se rola aquela química.

A primeira dica é manter a calma, pois sem ela nada vai dar certo e lembre-se que "a primeira impressão é a que fica". Se marcaram e você que vai esperar, esteja sempre com um sorriso no rosto (Evite ficar de braços cruzados ou de qualquer jeito que pareça estar ansioso). Veja algumas dicas:

1. Capriche no visual
Como eu já disse: "A primeira impressão é a que fica". Não marque um primeiro encontro num horário que você não possa se arrumar.

2. Deixe que ele escolha o local do encontro
Deixe que o cara escolha o melhor lugar para o encontro, afinal, você é um cavalheiro né?

3.Deixe seus problemas em segredo
Não vai falar de problemas no primeiro encontro né? Deixe eles em casa e seja positivo.

4. Não interrompa a conversa no meio para atender o celular
Não interrompa a conversa POR NADA nesse mundo.Não interrompa enquanto ele fala.

5. Sorria você está em análise
Sorrir, fazer um charme, mostrar os músculos (se tiver).

6. Não faça perguntas "indecentes"
Lembre-se: Se você for mal interpretado pode ser a última vez que viu o gato.

7.Fale de elementos positivos
Todos possuem defeitos, problemas ,mas conversar sobre isso não vai ser  legal (não no primeiro encontro)

Contudo, o primeiro encontro é apenas uma prévia do que você vai encontrar no futuro. Confie em si mesmo e boa sorte!

 PERGUNTAS & RESPOSTAS




Ligar ou não ligar no dia seguinte? Eis a questão…




“Eu conheci um cara no transito. Estávamos parados num semáforo cada um em seu carro, ele me encarou, três quadras pra frente nós paramos e começamos a conversar no carro dele. Conversamos um pouco e começou a rolar beijos e amassos.

Depois de um tempo conversando, ele me chamou pra ir pra casa dele. Claro que hesitei, tive medo, falei que não, mas como ele me pareceu ser gente boa, fui. Lá nos ficamos, conversamos, ouvimos musica. Quando fui embora, nos descemos (prédio) e ele pediu meu telefone, como ele não tinha como anotar e não tinha descido com o celular dele, eu anotei o numero dele no meu. Aí que vem a pergunta: EU deveria ter mandado msg ou ligado no dia seguinte?

Eu não resisti e mandei uma msg falando que tinha adorado ter o conhecido, ele me respondeu sem perguntar nada para “alongar a conversa”, em seguida mandei outra perguntando se tinha acordado muito tarde (nós ficamos ate as quatro da manhã), novamente ele respondeu que sim e não perguntou mais nada. De noite, mandei uma msg perguntando se ele estava ocupado (pra ver se ele se tocava e conversava comigo) , uns dez minutos depois, ele me respondeu falando que tava jantando com uns amigos. Não mandei mais nada. Fiquei parecendo “desesperado”? Devo ligar ou mandar msg de novo? (queria mto rs)

A.G.

~*~

Eu também fico me remoendo sobre essa coisa de ligar ou não para um cara com quem fiquei. Não sei se demonstro interesse ou se devo esperar ele entrar em contato. Mas, não existe nada mais angustiante do que esperar por um sinal de vida de um ficante. Então, eu acabo sempre entrando em contato e que seja o que Deus quiser.

Não acho que você errou em entrar em contato com o cara afirmando que tinha gostado de conhecê-lo. E quanto ao resto das msgs, deu pra perceber que você apenas queria puxar assunto com ele. Não me pareceu desesperado. E se o cara respondeu “curto e grosso”, pode ser que ele estava de mau humor ou ocupado. Aliás, se ele não quisesse papo contigo, nem teria respondido. (Isso é o que a maioria dos gays fazem. Ignoram totalmente ligações e msgs).

)))Acho que deve fazer o que seu coração manda. Ligue para o cara sim, marque de sair com ele pra ver um filme ou jantar. Saca? Já liga com um objetivo concreto e não apenas pra bater papo, já que o cara não te deu mta trela nas mensagens. Assim, dependendo da resposta dele ao convite, você já desencana e parte para outra. Se ele inventar desculpas demais ou disser que não rola, pelo menos você tentou. Fez sua parte.

Não há nada de errado em demonstrar interesse pelo outro, o problema está no exagero. Mandar muitas msgs, ligar 800 vezes seguidas… Isso é coisa de doido e claro que o cara vai evaporar se tu fizeres isso…
BEIJOS.

~*~

Como paquerar o boy via Facebook ?


IMAGEM MERAMENTE ILUSTRATIVA


“Olá a todos,

Minha dúvida é a seguinte: Como puxo assunto no Facebook com um desconhecido gatinho?Bom, mais especificamente, há algum tempo eu adicionei um carinha no Facebook e venho acompanhando as postagens dele, assim como as anteriores. Acompanhei o sofrimento dele, dificuldades na vida etc… Tudo em postagens dele e eu não sei por que, mas comecei a me importar. Toda vez que eu vejo uma postagem dele falando de sofrimento e tristeza, me sinto mal, e com vontade de fazer algo. Eu percebi como o sofrimento o afeta e como o coração dele é enorme com as pessoas, e queria conseguir ajudá-lo, mas o problema é que eu nunca falei com ele, apenas acompanhei a vida dele pelo Facebook, mas quero me aproximar dele e não sei como fazer, não quero parecer um idiota e nem um “louco”. Mas a verdade é que me importo com ele, e o sofrimento dele me corta o coração de verdade. Ajudem-me a conseguir falar com ele? Quero-o bem e feliz!”.

Guilherme, 20. SP

~*~

Guilherme, se juntar o ‘Sherlock Holmes’ e o ‘007’ não dá você! Isso que é fazer uma força-tarefa para stalkear a vida alheia. Isso que é interesse em alguém! Tenho até medo…

Seguinte, se eu fosse esse moço sofredor, te acharia doidão caso viesse me paquerar com um papo do tipo “Vi que você ta sofrendo muito e bla bla bla” ou “Oi, tudo bem?”. Ao que ele reponderia “Não”. E você “é, eu sei, leio tudo o que você posta!”.

Além do mais, na boa, tem gente que adora se fazer de vítima e AMA um drama sem fim! Eu prefiro cair fora desse tipo de cilada. Mas, já que você espia tanto o que acontece com esse ser cheio de sofreguidão… Talvez seja melhor ver o que acontece. Vai que tu serás responsável pela felicidade eterna desse boy.

Simplesmente, puxe assunto com ele, ué. Sem expectativas, sem dramas. Comece pelo básico “Oi, tudo bem?”. E vá desenvolvendo… Se ele for seco e não responder logo, não insista. Dê uns dias e tente de novo. Comece perguntando “Oi, pode falar?”. Para ver se o boy está ocupado. Depois de algumas conversas, se achar que há brecha, comente UMA postagem recente dele sobre algo que o tenha chateado. Depois o chame por inbox e pergunte como pode ajudá-lo.

Se ele aceitar ajuda, ajude. Não adianta de nada oferecer e deixar na mão depois.

E, bom, me sinto na obrigação de te dizer: SE O PROBLEMA DELE FOR GRANA, não ajude, a menos que você tenha dinheiro sobrando e não se importe em emprestar/doar dinheiro a estranhos. Aqui vão mais três dicas:

1.Não espere receber essa grana de volta, porque provavelmente ela nunca voltará.
2.Não espere conseguir ficar com o cara só porque emprestou dinheiro (ou mesmo deu uma palavra de fé e alegria a ele), agir com segundas intenções, nesse caso, torna você um escroto.
3.Se ele demorar a responder e te esnobar quatro vezes seguidas, exclua o moço do Facebook e siga sua vida. Ele não quer nada contigo. Vá paquerar outro e viver sua vida.

Beijos.

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (2) Comente aqui!

2 comentários:

  1. Acho que a insegurança, medo de ser inconveniente faz muitas pessoas não ligarem.
    Além disso, hoje em dia, para muitos você foi "apenas mais um"...a fila anda...

    Um dos pontos que me resultou no meu atual namoro, foi o fato dele me ligar no dia seguinte, fato que fez a diferença.

    ResponderExcluir
  2. Sim, e provável. Bom e seguir o bom senso. Não abusar demais nas ligações, que pode ser inconveniente e até mesmo abusivo, deixando o pretendente a pensar que seja um maluco querendo uma relação a todo custo.

    Que ótimo que sua relação tenha dado resultado e que ambos estejam curtindo muito um ao outro. Desejo lhe muitas felicidades e alegrias que há de vir nessa relação.

    Abraços.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...