Slide 1 Slide 2 Slide 3

NOTICIAS DO MUNDO GAY

Itália aprova união gay mas deixa adoção de fora.




A Itália era o último da Europa ocidental que não possuía uma lei para reconhecer a união dos casais homossexuais. Isso acabou nesta quarta-feira quando os deputados italianos aprovaram (por 369 votos a favor e 193 contra) a união civil qualificada de "formação social específica" para o registro civil de casais do mesmo sexo. A aprovação histórica veio mais de um ano depois da construção da proposta junto com conservadores. Em agosto do ano passado, a Corte Europeia de Direitos Humanos condenou o país por proibir o casamento gay.
 
Na nova lei, similar ao casamento, o casal deve se dirigir a um cartório e a união dá o direito da adoção do sobrenome do parceiro, prevê quase todos os direitos de um casamento, menos o direito à adoção como casal. Mas regulamenta uma lacuna como direito previdenciário e sucessório, de representatividade do parceiro e obrigações maritais.

A nova lei precisa ser promulgada pelo presidente Sergio Mattarella e publicada no Diário Oficial para que as uniões comecem a ser registradas. A previsão é que comecem em Setembro.
"O copo ainda está meio vazio”, declarou Gabriele Piazzoni, secretário nacional da Arcigay, a maior associação de defesa dos direitos homossexuais no país. Além da não inclusão da adoção, a criação de um tipo específico de casamento se mostra preconceituoso.

Artistas se unem e pintam portas de loja no Rio pichada com frases homofóbicas.



Ato nesta segunda-feira (2) deu mais uma vez nova cara à porta pintada com agressões homofóbicas

ma tradicional papelaria localizada na Praça São Salvador, em Laranjeiras, Zona Sul do Rio, foi palco de um ato de resistência nesta segunda-feira (2). As portas de metal do estabelecimento foram alvo de pichações homofóbicas duas vezes em menos de um mês. Artistas se uniram para, por meio da arte visual, lutar contra o preconceito.

Segundo Luiz Veltri, de 88 anos, dono da papelaria Macris, as mensagens ofensivas apareceram pichadas nas portas de sua loja há cerca de duas semanas. Ao ver o vandalismo, mulheres que fazem parte do Coletivo à Esquerda da Praça se mobilizaram e convidaram a artista Rafaela Monteiro para pintar o espaço, no último sábado (30).

"As meninas apareceram aqui e fizeram contato com a menina que pintou. Eu perguntei 'mas tem um custo, eu quero saber quanto ela vai cobrar'. Aí ela disse que era só eu pagar a tinta. No sábado, as moças chegaram aqui, aprontaram tudo. Eu disse pra ficarem à vontade. Elas pintaram e ficou uma decoração muito bonita. Eu achei espetacular. Pelo tanto que elogiaram, todo mundo gostou", contou Luiz.


Apesar da transformação, os vândalos voltaram a pichar o muro em cima da nova pintura. "Nesses 46 anos que eu tenho de loja, é a primeira vez que picharam. Na madrugada de domingo apareceu pichada de novo. Eu não sei por quê", contou Luiz.
Após ser pintado, porta de papelaria voltou a ser alvo de pichações

"Quando me ligaram domingo de manhã contando que picharam de novo, minha vontade foi vir na mesma hora. Vamos pintar quantas vezes precisar. Isso aqui é um ato de resistência. Como diz a camisa que estou usando, você não precisa ser trans para lutar contra a transfobia, nem homossexual para lutar contra a homofobia", afirmou a artista Rafaela Monteiro.



Após pichações sobre porta verde, artistas fizeram um primeiro painel sobre as mensagens homofóbicas


Para a nova pintura das portas da Papelaria Macris, Rafaela contou com o apoio do artista Bili Gebara. Enquanto a primeira pintura era abstrata, esta segunda carrega forte simbologia. Ela representa mãos entrelaçadas e são decoradas com as cores do arco-íris.

"Como eles [quem pichou] afrontaram, repetindo essas palavras machistas e homofóbicas, a gente tem que passar uma mensagem agora. Uma mensagem de amor: estamos juntos, vamos dar as mãos", destacou Rafaela.

Diversos curiosos acompanharam o trabalho dos artistas. Muitos dedicavam palavras de apoio ao senhor Luiz. "Eu espero que quem fez isso fique constrangido", disse o comerciante.

Rio 2016 treina voluntários  para respeitar LGBT.


Um dos cursos para voluntários do evento foi sobre respeito à diversidade


Os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro estão se preparando para bem receber LGBT. No treinamento do voluntariado para o evento, há módulo específico sobre como tratar o segmento. Chamado “Diversidade e inclusão”, o conteúdo aborda identidade de gênero e orientação sexual.

Uma das questões para os voluntários é: “Imagine que uma pessoa lhe pergunte onde é o banheiro, mas você não sabe se essa pessoa é homem ou mulher. Você saberia lidar com essa situação?”

“A melhor solução para este caso seria mostrar a localização dos dois banheiros, o feminino e o masculino. Assim, a pessoa ficaria à vontade para escolher a opção mais adequada, sem que você tivesse de fazer perguntas que poderiam gerar constrangimentos.

Dicionário Houaiss redefine o verbete para a palavra família.




Procurando atualizar o significado da palavra Família, o dicionário Houaiss promoveu um estudo do significado da palavra nos dias de hoje e decidiu redefinir o verbete da palavra na obra que completa 30 anos. Três mil pessoas foram consultadas via internet para a produção do novo texto que substitui a citação tradicionalista e passa a ter uma visão mais contemporânea, expressando melhor a realidade de milhares de famílias.

Antes, entre as definições apresentadas, o texto descrevia família da seguinte forma: “Grupo de pessoas vivendo sobre o mesmo teto (especialmente o pai, a mãe e os filhos)”. A definição reducionista foi reescrita para: “Núcleo social de pessoas unidas por laços afetivos, e que geralmente compartilham o mesmo teto, e mantém entre si uma relação solidária”.
 
A novidade foi anunciada ontem no programa Fantástico que apresentou uma matéria explicando a campanha e o fato do Estatuto da Família, proposto na Câmara pela bancada evangélica, querer que o Estado apenas reconheça as famílias em sua forma “tradicional”.

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...