Slide 1 Slide 2 Slide 3

CONFISSÕES DO DIVÃ







Os textos apresentados nesta seção buscarão ilustrar situações, angústias, problemas e experiências vivenciadas por alguns homens gays. Não existem experiências universais, comuns a todos os homens gays, cada um de nós é constituído e atravessado por diversas características que tornam a sua experiência única.  Nossa principal ideia aqui é pensar em possibilidades de enfrentamento para as questões aqui representadas, que em menor ou maior grau podem ser semelhantes com alguma das histórias vivenciadas por você. Essas histórias não são uma representação literal de histórias reais e sim textos fictícios.

O Dr. Alexandre é formado em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Atua como psicólogo clínico no Espaço Recontar na região de São José / SC. Fundamenta seu trabalho pelos princípios da Psicologia Sistêmica. Compreender os fenômenos psicológicos sistemicamente significa, literalmente, “colocá-los” dentro de seu contexto, estabelecendo a natureza das suas relações.

Você pode fazer perguntas e sugerir temas que nosso psicólogo responderá com todo prazer.

Bem, vamos ao tema de hoje:



Ele é G0Y! Eu sou GAY! Como faço para não me machucar?   


Alexandre de Souza Amorim, Psicólogo
alexandresouza.psicologo@gmail.com


 


Meu primeiro amor foi meu melhor amigo Cleber. Nós fomos o primeiro beijo um do outro. Dos 16 aos 19 anos nós nos pegávamos muito, sempre com muitos carinhos e sexo oral, mas sem penetração anal. Na época ele dizia que era hétero e que só fazia aquilo comigo para se “aliviar” e porque éramos melhores amigos. Aos 19 anos ele começou a namorar uma garota e desde então nunca mais rolou nada, embora ainda sejamos amigos. Após algumas namoradas ele casou e está casado há três anos. Eu tive alguns namorados, mas no momento estou solteiro. Depois da popularização dos g0ys ele veio até a minha casa e disse que agora sabia o que ele é. E que tem muita vontade de fazer comigo o que fazíamos antigamente. Ele continua lindo e gostoso, e eu nunca esqueci a pegada dele e o quando eu o amo. Mas estou com muito medo de me machucar, sofri muito no passado e tenho medo de passar por isso novamente. Como faço para não me machucar?

André, 21 anos 
      


André vive uma história que não é contemporânea como muitos podem pensar. O que temos hoje é uma nova denominação (g0ys) para um grupo específico de homens que sempre existiu e, portanto é comum encontrarmos histórias semelhantes de outros homens que tiveram seus corações partidos por amores impossíveis.

André tem toda a razão para agir com cautela e estar com medo, afinal de contas quem gosta de ter o coração partido? Não querendo ser pessimista, mas sim lidar com os fatos isso tem uma grande possibilidade de ocorrer.

Isso porque por autodefinição os g0ys são homens heterossexuais, no entanto, que se permitem ter relações liberais com outros homens. Uma relação que está mais próxima de uma amizade muito intima do que de um amor.

Depende muito da definição de amor que estamos falando, na relação com um g0y você pode ter carinho, pode rolar beijos, amassos, sexo oral e carícias íntimas, mas “não há sexo com penetração anal”. E de forma alguma haverá uma relação amorosa no sentido de um casal de namorados, você não será uma relação exclusiva para ele e nem será a prioridade, você acha que pode conviver com essas ressalvas?

O bromance como os g0ys intitulam sua relação com outros homens tem uma série de restrições e penso que você deve conhecê-las bem para tomar sua decisão.

Não há um caminho seguro para você não se machucar, até mesmo recusando a proposta dele você pode acabar sofrendo da alguma maneira por deixar essa oportunidade passar.

Embora você esteja balançado devido ao sentimento que sentiu/sente por ele e pelas boas lembranças que você tem da história de vocês é bom pensar que possivelmente o sentimento dele por você nunca será recíproco como você gostaria.  

Acho que esse é um momento para você pensar em si. Talvez investir em alguém que possa ter dar o amor, a segurança e o carinho que você deseja possa ser o melhor caminho. Mas a decisão é só sua.





Poderá gostar também de:
Postado por Mac Del Rey | (4) Comente aqui!

4 comentários:

  1. Se ja sofreu bastante agora é a hora exata de ser feliz,fique com ele e com outros aproveite,um dia aparecera uma pessoa verdadeiramente especial na sua vida que amara ate mesmo seus defeitos,nesse dia vc entendera que deu muito valor a esse seu amigo e quem sabe nao tera chegado a hora e a vez dele sofrer um pouco,seja feliz amigo a vida é curta.

    ResponderExcluir
  2. Se ame em primeiro lugar, manda o g0y pastar.

    ResponderExcluir
  3. Eu morro de medo de algo assim acontecer comigo. Tenho o dedo bem podre. Esse blog deve ajudar muitas pessoas, porque às vezes a gente não tem com quem conversar sobre essas coisas e ler o texto ajuda bastante. Obrigado

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...