Slide 1 Slide 2 Slide 3

HOMOSSEXUALIDADE

Como não ser um metrossexual afeminado?




Boa parte da sociedade hoje, se preocupa demais com a aparência, os homens hetéros e gays se cuidam cada vez mais, de acordo com as tendencias, mas muitos gays acabam exagerando um BUCADINHO na hora de se cuidar. Então eis a questão, como não ser um metrossexual afeminado?
Falar sobre essa nova classe metrossexual como próprio termo define que é  a “sintonia do homem heterossexual com seu lado feminino”, mas boa parte desses heterossexuais tem medo de acabarem achando-se com muitoooooooooo do lado feminino, por isso vou dar algumas dicas tanto para os gays e homens que mesmo heterossexuais tendem a ter um comportamento afeminado, acompanhe:

Comportamento

O comportamento é muito importante, também na hora de se maquiar ou mesmo colocar uma simples base para disfarçar manchas, o metrossexual discreto deve se preocupar com a aparência mas com moderação , porque ficar doido porque esqueceu a base, ou demorar mais que uma mulher pra se arrumar, força a amizade né?
Ahhh, coloque uma maquiagem que disfarce mas fique natural. Tem caras saindo por ai com blush em excesso: Fica ridículo.

Salão

Muitos Metrossexuais vão semanalmente/mensalmente á um salão de beleza, é preciso ter cuidado ao escolher um salão, porque se ele for estritamente feminino, com certeza vão desconfiar de um homem no meio de tantas mulheres, já existem salões com áreas  exclusivas para homens.

Sobrancelha

Tanto a sobrancelha, quanto as unhas devem ficar limpas mas de uma forma que pareça natural e se mmuito desenho.

Maquiagem

Quer esconder aquela mancha que te incomoda? Use uma base transparente ou uma que não fique perceptível a sua tentativa. O uso de maquiagem deve ser evitado, e utilizado apenas em ocasiões especiais como formatura, cerimônias etc... 

Compras

Na hora de comprar os produtos ( que devem ter sido indicados pelo dermatologista/cabeleireiro) o metrossexual que costuma ter vergonha de estar num ambiente onde o público é 90% feminino, deve levar sua lista pronta e pedir para um vendedor acompanhar para não demorar muito, eles também podem indicar alguns produtos.

Contudo, o machismo existente atualmente contra metrossexuais é um sentimento de inveja dos héteros que não conseguem se cuidar e por isso, acabam com medo de perder suas namoradas e esposas para aqueles que se cuidam. Usem os produtos todos, mas tudo moderadamente e discretamente.

PERGUNTAS & RESPOSTAS



Como reconquistar o boy?



Oi gente? É o seguinte conheci um cara a uns dias atrás, e em um dia conversando eu me apaixonei.

Ele também gostou de mim e dois dias depois no dia marcado para o nosso encontro, fomos à uma praça, onde ele costuma correr. Porém ele não é assumido e raríssimas pessoas sabem dele. Ele brigou comigo por te-lo levado até lá e acabou o que nem tinha começado.

Eu to subindo pelas paredes de tanta falta que eu to sentindo dele, já não sei ele. Desde esse dia ele parou de responder, hoje ele me respondeu mas não foi como eu queria… O que eu faço pra reconquista-lo ?

Herculando

~*~

Herculando, mas como você quer reconquistar o boy se, ao que tudo indica, ele nem foi conquistado de verdade?

O que não entendi dessa história toda é por que você saiu como culpado por te-lo levado a essa praça, já que você não o levou amarrado e ele foi por livre e espontânea vontade. Juro que não entendi porque ele brigou com você sobre isso.

Sei que não tem nada a ver com sua dúvida, mas falarei assim mesmo: Beleza você ter gostado do cara, mas sentir falta dele em apenas poucos dias que conheceu? Sei não, isso me parece aquelas paixões que logo passam, saca? Pense a respeito se você não está um pouco carente e apostando todas as fichas em uma pessoa que não vale a pena, ok?

Como sua dúvida é sobre reconquistar o boy, vamos lá:

– Se ele não curte se expor, o melhor lugar para se encontrarem é na casa de um dos dois, ou até mesmo em outra cidade. Assim não tem porque ele reclamar com você.

– Não sei você, mas eu curto encontros diferentes, sair um pouco da dupla dinâmica cinema + jantar que a maioria dos caras sempre marca. Já fiz de tudo, ir para um museu, exposição, teatro, caminhar… até escalada eu já fiz em um primeiro encontro. Saia um pouco do lugar comum, tenha imaginação. Só que lembre-se que é preciso fazer algo que tenha a sua cara. Não adianta um super encontro em um lugar exótico se nem você curte aquilo.

– Tenha paciência para reconquistar o boy. Nem tudo acontece na hora que queremos ou até mesmo acontecem no fim das contas. Reconquistar o boy será um trabalho árduo, mas se você realmente quer, vá em frente e conheça o boy para saber como reconquista-lo.

Boa Sorte na reconquista.

Sempre que gozo, após a masturbação, me sinto culpado, é normal?




Gostaria de saber se é normal eu me sentir culpado após a ejaculação. Tipo, no momento em que escrevo esse e-mail, eu tô louco de tesão, porque estou há 4 dias sem bater uma. E o problema é que, mesmo com vontade de abrir um vídeo gay e gozar, eu sei que eu vou me sentir muito arrependido após isso. E mesmo que eu fique resistindo, não vou conseguir pensar em outra coisa que não seja sexo, daí não consigo fazer nada direito de tanta ansiedade. Ou seja, eu vivo um dilema! “Bato punheta e fico super culpado depois ou resisto e fico louco com vontade de dar o rabo pra qualquer um?”

Eu não tenho namorado, mas gosto de um menino da minha sala. Assim a minha culpa quadruplica quando eu me masturbo, porque eu meio que fico me sentindo sujo e fraco, sei lá, como se eu não gostasse dele o suficiente pra resistir a essa tentação. É algo bem complexo e envolve muito mais coisas, eu não sei nem explicar… Ah, isso atualmente não tem nada a ver com religião, até porque eu não tenho uma e sou meio que um agnóstico.

Mas, então, é normal eu me sentir tão mal e arrependido após ejacular? E faz mal eu ficar resistindo a algo tão natural? Abraços e até mais!

Lucas, 15 anos, do RJ.

~*~

Oi, Lucas, nem vou perguntar se está tudo bem. Vamos direto ao ponto: gozar é bom. Se sentir mal depois de gozar, não. Mas isso você já sabe.

Acho estranho esse sentimento de culpa. Não há nada de errado em se masturbar, ainda mais na sua idade. Seus hormônios estão mais doidos do que você.

Nosso corpo, naturalmente, produz uma quantidade de esperma diariamente que precisa ser liberada. Se você não a libera, ela fica acumulada e chega uma hora que a coisa acontece espontaneamente, saca?

Seu próprio corpo dá um jeito de liberar o excesso. Como? Quando você dormir terá sonhos eróticos e vai gozar dormindo, por exemplo… Já que é pra gozar, que seja consciente.

E bom, acho que se sentir culpado seria coisa de quem bate uma a cada 5 minutos do dia. Porque além de não conseguir fazer mais nada na vida, esfola as coisas.

E quantas vezes devemos nos masturbar por dia? Isso varia de pessoa para pessoa. Conheço gente que se masturba quatro vezes por dia. Conheço gente que faz uma vez por semana. Cada um é cada um. Errado é achar que é errado conhecer melhor seu corpo.

Só pra você sentir que bater punheta não é desejo apenas seu: a GQ fez uma pesquisa sobre sexo no Brasil e o resultado principal afirma que grande parte dos brasileiros se masturba pelo menos 3x por semana, e uma parte deles se masturba uma vez ao dia, todos os dias. Bater uma é normal, lindeza!

Tente aliviar a culpa ao ver esse ato como um processo natural do ser humano. Se não rolar, consulte um terapeuta para tentar entender o motivo que te faz sentir assim.

Boa sorte!



Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...