Slide 1 Slide 2 Slide 3

LUTO






 

Ataque a tiros à boate GAY em Orlando mata 50 pessoas e deixa 53 feridos

 

Homem invadiu a Pulse, uma conhecida casa noturna gay, disparando

Terror durou cerca de três horas, até o atirador ser morto pela polícia

 

 

 

Um atirador abriu fogo dentro de uma conhecida boate gay em Orlando, na Flórida (EUA) na madrugada deste domingo (por volta das 3h, no horário de Brasília), matando ao menos 50 pessoas e deixando outros 53 feridos, muitos em estado grave, segundo as últimas informações das autoridades locais (polícia, FBI, prefeitura de Orlando e hospital local), que realizaram uma coletiva de imprensa no final da manhã. O ataque ocorreu na Pulse, uma conhecida casa noturna voltada ao público LGBT, onde o agressor se entrincheirou durante mais de três horas. O autor dos disparos foi identificado pelos veículos locais como Omar Mateen, um norte-americano de 29 anos que foi morto pela polícia após uma troca de tiros. Número de mortos pode subir.

O autor dos disparos –feitos com uma arma de “cano comprido”– provocou um estado de caos e pânico que se prolongou durante horas. Cerca de 300 pessoas estavam no local no momento do atentado. O último post da Pulse no Facebook, apagado pouco depois, é uma mensagem de alerta: “Que todo mundo saia da Pulse e comece a correr”.
Lamentável esse atentado com cara de duplo preconceito contra os gays e latinos.
 

Pai de suposto atirador diz que filho tinha ódio contra gays


O pai do suposto atirador da boate gay Pulse, em Orlando, afirmou em entrevista à emissora "NBC News" que seu filho, Omar Sadiqque Mateen, estava expressando "ódio" aos gays. "A questão religiosa não tem nada a ver com isso. Ele viu dois homens se beijando em Miami há alguns meses e ficou muito irritado. Estamos chocados como o resto dos EUA", disse Mir Sediqque. Segundo ele, Omar ficou indignado que seus filhos vissem aquela cena.

Omar Sadiqque Mateen


 "Nós queremos pedir desculpas por esse incidente. Nós não imaginamos que ele faria isso. Estamos chocados, muito chocados", disse Mir informando que ajudará os investigadores.
 

O Blog EntreHomens presta sua solidariedade às famílias das vítimas e a toda comunidade gay latina dos Estados Unidos

Em homenagem às vítimas e uma mensagem para todos ouçam essa maravilhosa canção de paz do U2, bem apropriada para esse domingo sangrento:

 

 

 

Poderá gostar também de:
Postado por Mac Del Rey | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...