Slide 1 Slide 2 Slide 3

SEXO

O que pode causar inchaço no prepúcio (a pele que cobre a cabeça do pênis)?




Seu prepúcio está inchado? Saiba que isso pode ser sinal de inflamações como balanopostite e balanite, condições que atingem as mucosas da região genital e são causadas tanto por agentes infecciosos, como doenças sexualmente transmissíveis, quanto não infecciosos – caso de doenças de pele, alergias e traumas. Para saber mais sobre sintomas, diagnóstico e tratamento desses problemas, se liga nessas informações:

Como tratar prepúcio inchado
Os principais sintomas da balanite são:
•vermelhidão no órgão genital
•sensibilidade, dor e sensação de calor local
•descamação e coceira na pele
•corrimento e mau cheiro
•prepúcio inchado.

Em casos mais severos, é possível que o paciente tenha pústulas (bolhas com pus) e ulcerações (pequenas feridas). As causas das balanites são bastante diversas. Alguns homens podem enfrentar o problema em decorrência do uso de fatores irritantes, como um determinado tipo de sabonete, um creme ou até mesmo tecidos sintéticos.

Outra possível causa é o contato com micro-organismos, como bactérias, fungos e vírus. Doenças sexualmente transmissíveis – caso da sífilis, da gonorreia e do herpes simples – também estão associadas ao sintoma de prepúcio inchado.

O diagnóstico do problema é feito com análise clínica das lesões, além de exames laboratoriais para determinar o agente causador da infecção. Em caso de suspeita de complicação maligna, uma biópsia poderá ser requerida pelo médico.

O tratamento da balanite e da balanopostite é feito com o uso de antibióticos e antifúngicos, além de hábitos de higiene adequados. Fora disso, é preciso evitar a exposição da região aos agentes irritantes, em casos das balanites não infecciosas.

Caso o paciente não busque tratamento, é possível que o problema progrida para uma fimose, quando ocorre o estreitamento do prepúcio, impedindo puxá-lo sobre a glande do pênis.

Prevenção

Uma das maneiras mais eficazes de prevenir o prepúcio inchado, além de outras complicações desaúde, é apostando no uso da camisinha. O sexo seguro impede uma gravidez indesejada e a disseminação de DSTs.

O vírus HIV é um dos principais riscos da prática do sexo sem camisinha. Sem cura e colocando a vida do paciente em risco, pode ser evitado apenas com a utilização do preservativo.

Também há outras doenças que interferem no bem-estar e na qualidade de vida do indivíduo, além de oferecerem riscos de progressão e complicações mais sérias. É o caso do câncer peniano. Contra ele, uma higiene cuidadosa também é muito importante.

Durante o banho, a recomendação é que o homem retraia todo o prepúcio para uma lavagem total da glande. Caso note qualquer desconforto ou mudança, é necessário procurar um médico urologista.

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (2) Comente aqui!

2 comentários:

  1. Óbvio que em toda e qualquer situação, o preservativo é fundamental, independente de ambos estarem 100% sadios, faz parte sexo seguro e higiênico.(pelo menos é assim que penso).

    E cuidado com o sexo selvagem, pois tem pessoas que socam fortemente em posições fora do comum, sem pensar nas consequências.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até parece q vc não gosta de levar socada forte no rabo

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...