Slide 1 Slide 2 Slide 3

SEXO

Como manter a pele lisinha e sem pelo encravado na virilha.




Tem coisa pior do que pelo encravado na virilha? Sinônimo de dor e incômodo, eles causam vermelhidão, inchaço e podem deixar lesões horríveis na região. Por isso, a depilação íntima requer alguns cuidados para que a pele permaneça lisinha e bonita.

Segundo dermatologistas, a melhor maneira de evitar pelos encravados é acertando na modalidade de depilação escolhida. Características como tipo de pele e do próprio pelo precisam ser consideradas, como vamos mostrar a seguir.

Como lidar com pelo encravado na virilha.

Homens e mulheres que apresentem fios volumosos e grossos são sujeitas à irritação e ao pelo encravado na virilha. Qualquer técnica de depilação que puxe os pelos pela raiz, como é o caso das ceras e dos aparelhos elétricos, pode causar esse problema. Neste caso, o laser é uma boa opção para quem tem tendência à formação de pelos encravados.

As bolinhas avermelhadas e doloridas são resultado da foliculite, a inflamação da área. Esse problema acontece quando o fio não consegue obstruir a camada mais superficial da pele. Essa fraqueza pode ser desencadeada pelo uso frequente de cera para depilação, que arranca o pelo pela raiz.

Calças apertadas também podem causar essas bolinhas. Nesse caso, a inflamação tem origem no atrito com a roupa. Os folículos pilosos podem ser obstruídos pela queratina da pele e, inclusive, ser contaminados por bactérias. Vermelhidão e uma pequena quantidade de pus são observadas, em casos mais graves.

O tratamento para pelo encravado na virilha é dado com cremes de ação antibacteriana e anti-inflamatória. Cosméticos esfoliantes e com ácidos podem ser indicados pelo dermatologista para a prevenção do problema. Já cistos não tratados podem ser drenados e amenizados com o uso de antibióticos.

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...