Slide 1 Slide 2 Slide 3

ARRASA !!

5 dicas bafos para pegar coreografia e arrasar na balada.





O coreógrafo americano Evan Zhou escreveu um artigo para o Steezy com dicas bafonicas para o dançarino aprender a pegar coreografias de maneira rápida, seja em aulas, audições ou qualquer situação com coreógrafos.

A matéria foi feita através de 5 passos que valem ouro, dá só uma olhada:

1. Evite olhar para o coreógrafo o máximo que conseguir
Temos a tendência natural de manter os olhos no coreógrafo enquanto dançamos – fixando a atenção nele e espelhando seus movimentos. Mas na hora de dançar sozinhos, ficamos perdidos.

É importante estudar o coreógrafo para entender os movimentos, execução e timing. Mas um bom truque é minimizar isso.

Se desafie a reduzir o número de vezes que você tem que olhar o coreógrafo antes de tentar sozinho. No momento que sentir que entendeu a coreografia, pare de depender do coreógrafo e só se dirija a ele pra corrigir detalhes.

2. Faça o movimento errado e continue.

Em aula, o coreógrafo tem o controle e dita a velocidade das coisas – e algumas vezes você não consegue acompanhar.

Talvez seja um dos movimentos ou uma combinação que você erra sempre. Talvez você só precise de mais algumas repetições pra entender. É normal tentar executar tudo perfeitamente, mas às vezes você tem que aceitar o “mais ou menos” e prosseguir.

Você sempre pode voltar nessas partes e melhorá-las depois.

Treine o que você precisa nos intervalos entre as instruções para aproveitar seu tempo ao máximo – mas não deixe isso te impedir de aprender o resto da sequência.

3. Não dance, só assista.

Isso é um pouco contra-intuitivo. Não dançar na aula de dança? Às vezes existem detalhes que o coreógrafo não consegue colocar em palavras, mas seus olhos conseguem captar.

Se eles explicassem cada detalhe mínimo da execução, a aula tomaria tempo demais.

Quando não entender algo, tente respirar por um momento e olhar com bastante atenção o que o coreógrafo está fazendo.



4. Faça várias aulas no mesmo dia
Fazer várias aulas exige muito da sua mente e físico, mas ajuda a aprender a pegar coreografias.

Isso treina sua capacidade de “limpar a tela” do que você acabou de aprender na última aula para começar do zero, na próxima.

Após algumas aulas, pode ser que seu cérebro esteja morto e você não faça idéia do que aconteceu na última – mas crie esse hábito e logo você aprenderá a armazenar todas as sequências.

5. Experimente mais de um estilo de dança
Existem momentos em que você fica preso em um movimento de outro estilo de dança por que não é treinado nele.

É importante expandir seu vocabulário de dança – e fazer aula de mais de uma dança torna você um dançarino mais versátil. Não há problema algum em ter seu próprio estilo, mas ser confortável com movimentos de outros ajuda na hora em que o coreógrafo os usa na sequência.

Pratique e experimente com movimentos de todos os estilo com que você entrar em contato – nunca se sabe quando eles vão aparecer.

As dicas valem para quem é já dança ha algum tempo, ou para quem quer começar a fazer aulas. E a dica principal se quer arrasar nas aulas e na pixxta é: NÃO DEITA QUERIDA, DÊ O SEU NOME!!!


Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...