Slide 1 Slide 2 Slide 3

CONFISSÕES DO DIVÃ






Os textos apresentados nesta seção buscarão ilustrar situações, angústias, problemas e experiências vivenciadas por alguns homens gays. Não existem experiências universais, comuns a todos os homens gays, cada um de nós é constituído e atravessado por diversas características que tornam a sua experiência única.  Nossa principal ideia aqui é pensar em possibilidades de enfrentamento para as questões aqui representadas, que em menor ou maior grau podem ser semelhantes com alguma das histórias vivenciadas por você. Essas histórias não são uma representação literal de histórias reais e sim textos fictícios.

O Dr. Alexandre é formado em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Atua como psicólogo clínico no Espaço Recontar na região de São José / SC. Fundamenta seu trabalho pelos princípios da Psicologia Sistêmica. Compreender os fenômenos psicológicos sistemicamente significa, literalmente, “colocá-los” dentro de seu contexto, estabelecendo a natureza das suas relações.

Você pode fazer perguntas e sugerir temas que nosso psicólogo responderá com todo prazer.

Bem, vamos ao tema de hoje.

Não tenho coragem de contar que sou soropositivo  

Alexandre de Souza Amorim, Psicólogo
alexandresouza.psicologo@gmail.com


 

Estou saindo com Robson há sete meses. Estamos nos conhecendo e tudo parece estar caminhando para um relacionamento sólido, estou cada dia mais apaixonado e sinto que o sentimento é recíproco. O problema é que ainda não tive coragem para contar que sou soro positivo. Estamos tendo relações somente com preservativo e eu tomo todo o cuidado com isso. Sigo o tratamento rigorosamente, estou bem de saúde, mas não sei como ou quando devo contar. Alguns amigos que sabem de minha situação dizem que só devo contar quando tiver certeza de que tudo dará certo, mas tenho medo de me envolver demais e ser surpreendido por uma reação incompreensiva da parte dele. Não sei o que fazer.
Fábio, 25 anos 
                  

Pode existir muitos sentimentos envolvidos por de trás do impasse de Fábio. O foco inicial seria você buscar ajuda especializada para auxiliá-lo a identificar com maior clareza esses sentimentos.

O estigma social que o soropositivo ainda carrega lhe faz por vezes sentir medo, culpa e até vergonha de expressar abertamente seus sentimentos.

Esses sentimentos permanecem submersos como uma forma de autodefesa e acabam emergindo de forma intensa quando é preciso lidar com situações como a descrito por Fábio.

Quando você tiver claro para si quais são esses sentimentos e de como eles, mesmo submersos, operam de maneira influente na sua vida direcionando suas atitudes e ações, você poderá encontrar caminhos que te façam se sentir diferente em relação a sua condição de soropositivo.

Você conseguirá entender que sua soropositividade e sua sexualidade não devem ser vivenciadas como características desqualificadoras, dos quais deveria se envergonhar ou se sentir culpado.

Certamente você irá desenvolver melhor sua autoconfiança e com o tempo se sentirá mais seguro.

A decisão de contar e quando contar é somente sua, posso dizer que você possivelmente sentirá um enorme alívio quando à hora chegar, pois viver com essa angústia em omitir uma informação tão importante para o futuro do relacionamento é realmente muito doloroso, mas outras situações irão se apresentar decorrentes dela e novamente você terá que estar forte para enfrentá-las, por isso reforço a sugestão de buscar por ajuda que sirva como um apoio para encarar tudo isso.





Poderá gostar também de:
Postado por Mac Del Rey | (2) Comente aqui!

2 comentários:

  1. Cara melhor contar, embora possa parecer difícil, conte ou ele não te perdoará.

    Independente do que possa ocorrer depois.

    já passei por uma situação assim, fui pego de surpresa, toda confiança vai pelo ralo.

    Não exite.



    ResponderExcluir
  2. A verdade acima de tudo e de todas...
    É algo foda, não é fácil, mas pelo menos com sinceridade, ele ficará contigo.
    Caso ele não fique mais contigo, ele não te merece, e antes sofrer agora com 7 meses de "conhecimento" do que posteriormente!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...