Slide 1 Slide 2 Slide 3

NOTICIAS DO MUNDO GAY

Atleta homofóbica é suspensa das Olimpíadas do Rio.




A atleta Yelena Isinbayeva – tida como uma das favoritas para ganhar a medalha de ouro no salto com vara – está oficialmente fora dos Jogos Olímpicos do Rio, assim como toda equipe de atletismo da Rússia, que foi suspensa dos jogos por conta do recente escândalo de doping que atingiu em cheio aos atletas russos.

Em 2013, Yelena se declarou a favor da lei que punia “propaganda gay” na Rússia, ao dizer que gays não eram pessoas normais: “Nós russos somos pessoas normais, garotos vivem com garotas e garotas com garotos. Nunca tivemos este tipo de problema de homossexualidade aqui na Rússia e não queremos nada disso no futuro!”.

Pois é, Yelena, já vai tarde!! Você e toda seleção do seu país lamentavelmente homofóbico!

A Rússia é um dos países mais homofóbicos do mundo, declaradamente inclusive, segundo seu presidente Vladmir Putin. Mas é importante ressaltar que é apenas um dos mais de 70 países, onde a ser cidadão LGBT ainda é crime.

“Cura Gay” é proibida de vez pela Justiça e Conselho de Psicologia.




Enquanto Feliciano, Bolsonaro, Mara Maravilha, Joelma e outros políticos e artistas ignorantes (senão mal intencionados mesmo) insistem que ser gay é uma doença passível de “cura”, felizmente temos um judiciário de bom senso que os defende e acompanha a mudança e evolução das mentalidades.

Depois de muita polêmica em torno da questão, foi estabelecido pela 7ª Turma Especializada do Tribunal Regional Federal (TRF) e pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP) qual deve ser o direcionamento de psicólogos em relação à orientação sexual de seus pacientes.

Ficou decidido que qualquer psicólogo está proibido de tratar homossexualidade ou qualquer orientação sexual como doença que possa ser tratada ou “curada”. A decisão judicial afirmou que a medida é coerente com a legislação vigente e a dignidade da pessoa humana, sem ferir o livre exercício profissional de psicólogos, diferente do que argumentavam religiosos conservadores que eram a favor do tratamento da cura gay, já proposta muitas vezes pelo pastor evangélico, Marcos Feliciano, inclusive.

Comentando a notícia, a advogada e especialista em direitos LGBT, Chynthia Barcellos, afirmou: “É exatamente isso que continua em vigor. A homossexualidade é uma característica do indivíduo e não pode ser objeto de cura, nem por parte de psicólogos, nem por qualquer profissional da área médica, visto que, desde 1990, já se encontra fora do Código Internacional de Doenças (CID)”.

É bom lembrar que não são apenas fanáticos religiosos os conservadores reacionários. Também existem muitos políticos que travam todo e qualquer progresso em prol da igualdade de cidadãos LGBT, e por incrível que pareça, tem até gays que votam neles.

Alunos bancam cirurgia de professora transexual com “vaquinha virtual”.




Leia essa  história inspiradora dos estudantes do Colégio de Aplicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (CAp UFRJ), que se uniram para realizar o sonho de uma professora transexual de adequar seu corpo à sua identidade de gênero.

Os estudantes criaram uma vaquinha virtual para arrecadar a grana suficiente para ajudar a bancar a cirurgia de redesignação sexual da professora Danieli Christovão Balbi. E eles conseguiram!

“Como vocês podem ver, eu estou em uma cama de hospital. Felizmente, acabei de passar por uma cirurgia de redesignação sexual feita pelo doutor Marcio Littleton. Correu tudo bem, a cirurgia foi ótima, estou me recuperando bem, apesar das dores. Queria agradecer a todos vocês que, de certa forma, foram responsáveis por essa força, por essa coragem, pelo projeto, que dividiu a urgência dessa questão que me levou a fazer muitas dívidas (…)”, afirmou a professora no vídeo postado no Facebook.

Danieli desde criança não se identificava como “Daniel”, e, aos quatro anos, teve a certeza disso ao ver um vídeo da cantora Daniela Mercury. “É essa cirurgia que vai me possibilitar a felicidade plena, o encontro definitivo da minha essência com meu corpo. O resultado é a possibilidade de me reconhecer no espelho, sem sustos ou tristezas, vivendo uma vida completa e normal, como toda mulher saudável e realizada”, escreveu ela na página da campanha de financiamento coletivo.

Importante destacar que a vaquinha continua no ar através do site Kickante e já acumula mais de R$3.000,00 em doações. Danieli precisa de R$40.000,00 até dia 04 de agosto, para arcar com os custos dos exames preparatórios que foram feitos e do pós-operatório.

Travesti é espancada até a morte em lote abandonado no oeste da Bahia.


Sabrina Salles tinha 25 anos e era formada em Técnica de Enfermagem


Polícia investiga circunstâncias da morte; vítima levou facada no rosto. Corpo foi achado no domingo (24), em Luís Eduardo Magalhães.

Sabrina Salles, uma travesti de 25 anos, foi encontrada morta com marcas de violência na cabeça, principalmente no rosto e no pescoço em um lote abandonado, no domingo (24), em Luís Eduardo Magalhães, oeste da Bahia. A polícia ainda investiga as circunstâncias da morte. O enterro foi realizado na manhã desta segunda-feira (25), em Barreiras, cidade vizinha.

Segundo a polícia, um morador encontrou o corpo da vítima em um lote baldio entre as Ruas José de Alencar e Janete Cler, no bairro Florais Léa, por volta das 12h de domingo. O corpo foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Barreiras e liberado no mesmo dia.


Corpo de travesti foi encontrado em terreno abandonado

De acordo com familiares, a vítima morava em Barreiras e viajava para Luís Eduardo Magalhães toda semana à trabalho. Ela tinha sofrido agressão e ameaça no ano passado, ainda segundo a família.

Sabrina tinha se formada em Técnica de Enfermagem em uma das turmas de 2013 do Centro Territorial de Educação Profissional da Bahia – Cetep e chegou a exercer a profissão no Hospital do Oeste em Barreiras.

No seu perfil no Facebook, amigos lamentam a morte da jovem e não descartam transfobia.

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (2) Comente aqui!

2 comentários:

  1. Faltou o link pra contribuir com a campanha da Dani, segue abaixo:
    http://www.kickante.com.br/campanhas/cirurgia-da-dani-balbi

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...