Slide 1 Slide 2 Slide 3

HOMOSSEXUALIDADE

Não crie expectativas.




A vida é curta e precisamos aproveita-la ao máximo, viver conforme conseguimos… E nesse meio tempo também precisamos ser felizes.

Muitas vezes vejo amigos e amigas sofrendo porque seu grande amor não correspondeu as expectativas de faze-lo feliz. Caramba, a única pessoa que pode nos dar a tão sonhada felicidade somos nós mesmos. Porque jogar a culpa e frustrações nas costas de alguém, que como nós, busca a felicidade?

Muitas vezes idealizamos o homem perfeito, corpo sarado, rico, montado em um cavalo branco, vindo nos salvar da torre onde somos cativos. Doce ilusão!

Muitas vezes nosso ‘príncipe encantado‘ parece mais o Shrek mesmo! Não tem o corpo sarado, até uma barriguinha de cerveja que amamos mesmo assim. Não tem um cavalo, muito menos branco, quem dirá um carro… Na realidade ele vem montado em um ônibus, usando um tênis velho.

Não crie expectativas em um relacionamento, viva-o conforme as coisas acontecem e o mais importante: lembre-se que o príncipe encantado não é perfeito, ele peida, arrota, passa cheque, não faz as coisas que você quer, as vezes está de mau humor e acorda com remela nos olhos!

A melhor forma de viver sem peso é não esperar que as coisas aconteçam conforme você quer e na hora que você quer. Ninguém é dono de ninguém, muito menos será nosso salvador. Nosso companheiro pode sim nos ajudar a chegar onde queremos, mas a responsabilidade é inteiramente nossa de alcançar nossos objetivos, inclusive de ser feliz.

Não crie expectativas! Muitas vezes depositamos as fichas em quem não merece mas a paixão que sentimos [e muitas vezes chamamos de amor] nos cega da verdade. Por isso que sempre é preciso dar um passo de cada vez, viver o dia como se não houvesse amanhã… Aproveitar de verdade a companhia!

Ser surpreendido é uma delícia, por isso não crie expectativas. Cada expectativa que você cria na sua mente pode ser um sonho desmoronado amanhã.

Não crie expectativas e surpreenda-se!

PERGUNTAS & RESPOSTAS



Desejo meu amigo que tem namorada.



“Oi pessoal, como vão vocês?

Aqui vai o meu “problema”: tenho um amigo que trabalha comigo, e que somos até próximos, de certa forma.

Acho ele super carinhoso comigo, vive me abraçando por nenhum motivo e às vezes até vai na minha mesa conversar comigo e faz uma massagem nos ombros.

Sou muito gamado nele (há anos, pra ser sincero). Só que ele tem namorada e tal.
O que devo pensar desses gestos dele? Será que tem alguma chance dele ser bi e de rolar alguma coisa?
Ele não sabe sobre mim e acho que eu nunca contaria nada, por medo de perder a amizade, já que ficaria aquele clima estranho.

Só sei que é difícil lidar com isso, gosto muito dele e não consigo gostar pra valer de outro.

Abraços, Pedro.”

~*~

Como você é simpático, Pedro!

Eu to bem, trabalhando, cantando e seguindo a canção… Porque somos todos iguais braços dados ou não. Nas escolas, nas ruas, campos, construções. Então, vem, vamos embora, que esperar não é saber. Quem sabe faz a hora, não espera acontecer!

Ai como eu to Geraldo Vandrezista hoje, menino…Pra não falar que não falei de flores, amo Girassóis. E bom, sobre o seu caso…tenho duas broncas pra te dar:

•Bronca 1: mania de pensar que todo macho é gay ou bi só porque ta afim dele. E daí que o cara  te faz massagem nos ombros e te dá atenção? Não acho que isso seja sinal de que ele curte homens. Apenas acho que ele não vê maldade nisso e te considera a ponto de te massagear.
Eu tive um chefe que fazia a mesma coisa comigo. Ele é casado e tem filhos lindos e, aliás, me considerava um filho dele também. Esse boy pode ter a necessidade de tocar as pessoas, sem segundas intenções.. sei lá… o ser humano é tão complexo.
E mais, se ele quisesse alguma coisa contigo, acho que teria chegado junto a essa altura, nem que seja de maneira brincalhona pra ver sua reação…

•Bronca 2: o menino tem namorada. Larga a mão de mimimi e vai arrumar alguém solteiro pra namorar. Desejar o que é dos outros é pecado. Deus pode mandar um raio bem no meio da sua cabeça pra te castigar. Isso se antes o Feliciano não entrar voando pela janela do teu quarto, te sequestrar e depois te queimar vivo na fogueira…

•Bronca 3: porque eu amo o número três, você vai levar uma bronca extra: que papo é esse de não conseguir se interessar por alguém que não seja esse seu amigo? Parece que no fundo você tem é medo de sofrer num relacionamento, daí resolveu se fissurar num cara que você conhece e confia, apesar dele ter namorada e você nem saber se ele é HT, Bi, Gay enrustido, pansexual ou vira Drag depois da meia noite…
Considerações: “Ai, Leandro, mas tenho quase certeza de que ele me deseja”. Então faça o teste. Da próxima vez em que ele vier te massagear, se estiverem sozinhos na sala, você diz, em tom de brincadeira, que ta ficando de pau duro e que se ele continuar vai ter que ajudar a aliviar a tensão do Pedro jr tb. Veja qual a reação dele e, mais importante, veja se ele continuará a te fazer massagem depois de dizer isso.

Mas, na boa, acho que o melhor mesmo seria você se permitir a conhecer gente, paquerar e quem sabe namorar meninos solteiros e interessantes que demonstrem interesse por você.
Espero ter ajudado,

~*~

Sempre traio meu namorado e me sinto mal.



Não consigo ser monogâmico, sempre traio meu namorado e estou me sentindo mal.

“Ultimamente não tenho conseguido manter relacionamentos, não consigo me relacionar com alguém sem trair a pessoa, e é meio que uma coisa compulsiva, não curto a ideia de traição mas eu não sei o que acontece comigo, eu conheço alguém e acabo me relacionando de alguma maneira com aquela pessoa e acabo traindo meu namorado. A verdade é que eu estou cansado disso e não quero magoar ninguém.
Enfim, eu só quero dar um jeito em mim e para isso preciso de alguma orientação e agradeço se vocês puderem me ajudar. Desde já agradeço e espero ansioso a resposta de vocês.”
Muito grato,

Rafael, 17 anos, de São Paulo

~*~

Oi, tudo bem?

Na boa, acho que não fará mal conversar com um terapeuta sobre essa coisa que te aflige.

O menos sofrível é que a pessoa deixe claro logo no início se o namoro será monogâmico ou não. Se a intenção é a de namorar com apenas um cara, ser fiel e leal a ele e você acaba sucumbindo a outros boys, talvez seja indício de que você tem problemas em confiar nos outros ou, inconscientemente, tem medo de ser traído, daí resolve trair primeiro.

Ih, pode ser tanta coisa, menino! Freud ficaria contente em trocar ideia contigo. E não, não to te chamando de louco. Acho apenas que se algo te incomoda, é hora de mudar. Você pode!

Falando sério, vai num terapeuta. Ele (ou ela) te ajudará a achar a causa desse comportamento e a mudar isso. Mesmo que seu namorado mereça chifres, não vale a pena fazer algo que te deixe mal consigo mesmo.

Boa sorte!

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...