Slide 1 Slide 2 Slide 3

NOTICIAS DO MUNDO GAY

Igreja Anglicana  escolhe bispo gay.


Bispo foi o primeiro da igreja a se divorciar de um homem em 2014


A Igreja Episcopal Anglicana dos Estados Unidos escolheu seu primeiro bispo homossexual.

A decisão pela inclusão do Reverendo Gene Robinson, de New Hampshire, causou rejeição em líderes religiosos conservadores do país e de outras nações.

“Eu acho que posso fazer mais pelos gays e lésbicas na Igreja sendo um bom bispo do que sendo um bispo gay”, disse Robinson. O religioso é divorciado, pais de dois filhos e viveu com um companheiro por 14 anos. Eles se separaram em 2014.

Igrejas anglicanas da Ásia e da África pediram que a Igreja Anglicana norte-americana seja expulsa da comunhão anglicana por causa dessa ação.

Seattle proíbe tratamento  para homossexualidade.


Contraventores pagarão multa de 1 mil dólares se tentarem 'curar' algum gay


O conselho da cidade de Seattle, nos Estados Unidos, votou, por unanimidade, a proibição de terapias de cura gay e a publicidade de tais práticas.

Outras cidades norte-americanas que já fizeram o mesmo foram Washington D.C., Cincinnatti e Miami Beach, além dos Estados de Vermont, Nova Jérsei, Oregon, Illinois e Califórnia.

Quem tentar praticar a cura da homossexualidade na cidade será multado em 1 mil dólares e acusado de crime de contravenção. A punição se aplica a praticantes religiosos.

Doações às vítimas do massacre de Orlando alcançam US$ 23 milhões.




As doações destinadas às vítimas do massacre em uma boate LGBT de Orlando (Estados Unidos), que deixou 50 mortos e 53 feridos, alcançaram a quantia de US$ 23 milhões, anunciou nesta quinta-feira o administrador do fundo.

Ken Feinberg afirmou hoje em reunião em Orlando, no centro da Flórida, que todo o dinheiro arrecadado será destinado aos sobreviventes e familiares das vítimas que morreram no ataque que aconteceu no último dia 12 de junho na boate Pulse.

"Vocês sabem que o dinheiro não é um bom substituto, um cheque dificilmente é apropriado, e não pensem nem por um instante que é suficiente, porque não é", disse Feinberg, um especialista em distribuição de fundos entre parentes e vítimas de massacres.

Feinberg detalhou que os desembolsos serão efetuados de acordo com a severidade de cada caso, "determinada pelo tempo de hospitalização do indivíduo afetado" no caso dos feridos.

A lista de beneficiados está encabeçada pelos familiares das vítimas fatais, que receberão as quantias mais altas de dinheiro, seguidos pelos feridos que requererão hospitalização, os atendidos em emergências e depois os que já receberam alta.

Do mesmo modo, na lista aparecem os sobreviventes que estiveram retidos na qualidade de reféns dentro da boate, e cuja presença possa ser corroborada pelos registros das agências policiais que responderam ao massacre, explicou Feinberg.

Nos próximos meses será esclarecido como se determinará a quantia de dinheiro que receberá cada família afetada e as vítimas, quando se avançar na elaboração do plano de distribuição, cuja minuta entregue hoje aos participantes estabelece que os montantes começarão a ser entregues a partir de 27 de setembro.

A distribuição das doações será administrada pela Fundação Central Florida, organização que trabalha com mais de 400 fundos de caridade.

Condutores se beijam no revezamento da tocha olímpica em Ipanema.


Na noite desta quita-feira, 04, dois condutores se beijam no momento do revezamento da tocha olímpica em Ipanema. Tocha segue para cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Tocha segue para cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Público vai ao delírio e aplaude beijo gay em telões do Maracanã.


Beijo gay no telão leva público ao delírio no Maracanã


Segundo o blog Gente Boa do O Globo, os telões do Maracanã exibiram o primeiro beijo entre duas pessoas do mesmo sexo da história do estádio. O casal formado por dois homens foi filmado aos beijos e acabou sendo ovacionado pelo público, que chegava para a cerimônia de abertura da Olimpíada do Rio.

Também fez história
A modelo Lea T. fez história: foi a primeira transexual a ter um papel de destaque numa abertura olímpica na história dos Jogos, à frente da delegação brasileira na noite desta sexta (5).

Beijo no revezamento
Durante o revezamento da tocha olímpica no Rio de Janeiro, na noite desta quinta-feira (4), dois condutores protagonizaram um beijo gay. A foto, postada no Twitter por Pedro Veríssimo, foi registrada durante a passagem do objeto por Ipanema.

 A internet não soube lidar com o porta-bandeira de Tonga.



Na fila das delegações, o porta-bandeira de Tonga certamente ocupa o front.

O homem sem camisa, usando vestes similares a de índios e com o corpo totalmente ~molhado~ chamou a atenção da internet, e os usuários não se contiveram nos comentários!

O país, que é um reino na Polinésia, na Oceania, é destino certo de muita gente interessada pelo "Tarzan besuntado":

A Tonga entrando!
href="https://twitter.com/hashtag/Rio2016?src=hash">#Rio2016 #CerimoniaDeAbertura #OpeningCeremony pic.twitter.com/dm06Rbk1Wh
— Reality Social (@RealitySocial) 6 de agosto de 2016

OLHA O PORTA BANDEIRA DE TONGA #CerimoniaDeAbertura pic.twitter.com/2u3Uvsb53t
— Mands (@jarpadeusa) 6 de agosto de 2016

Jovem conta detalhes de suposto assédio do pastor Marco Feliciano.




A estudante de jornalismo Patricia Lelis, de 22 anos, denunciou nesta sexta-feira (5) o deputado federal Marco Feliciano, do PSC, por assédio sexual. A jovem prestou depoimento durante a tarde no 3ª DP da capital, em Santa Efigênia.

Assista ao vídeo gravado durante sua passagem pela delegacia:


"Vi a boca dela machucada, com a marca dos dedos do Feliciano. A perna dela ficou toda roxa por causa de um chute, achei que tivesse quebrado", diz Maria Aparecida de Souza.Após o episódio, Patricia teria solicitado ajuda ao partido mas, segundo sua denúncia à Polícia, acabou alvo de uma tentativa de suborno por parte do Pastor Everaldo, presidente da sigla, em julho.

"Ele me ofereceu um saco de dinheiro, mas eu neguei".

O caso veio à tona no começo da semana mas, em um primeiro momento, foi desmentido pela própria Patrícia, em um vídeo divulgado na quinta-feira em redes sociais. Nesta sexta, no entanto, ela contou à polícia que foi forçada a gravar as imagens pelo chefe de gabinete de Feliciano, Talma de Oliveira Bauer.

"Vim a São Paulo por causa de compromissos profissinais e me hospedei em um hotel no Largo do Arouche. Quando o Bauer soube, foi até lá armado e me forçou a me obrigou a gravar o vídeo", conta.

Devido à ameaça, a Polícia Civil deteve Bauer na tarde desta sexta (5) e vai pedir a prisao temporária do assessor sob a acusacao de sequestro, ameaça e constrangimento.

"Ainda estamos apurando as denúncias contra o assessor", afirma o delegado titular do 3º DP, Luis Roberto Faria Hellmeister. "Quanto ao político, os autos serão enviados para Brasília."

Antes de ser preso, o chefe de gabinete negou todas as acusações e afirmou que "o pastor Feliciano é um homem correto e religioso". O deputado não foi encontrado para comentar as denúncias.

Em seu depoimento à polícia, Patricia também afirmou que recebeu uma ligação do Pastor Everaldo na manhã desta sexta, em que ele teria feito ameaças para ela negar o episódio.

Abaixo, o áudio de uma conversa entre Bauer e Patrícia gravada também na manhã desta sexta (5), em que o assessor nega as acusações contra o Pastor Everaldo:



Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...