Slide 1 Slide 2 Slide 3

HOMOSSEXUALIDADE

12 dicas infáliveis para manter um namoro a distância e ser feliz de verdade.




Se alguém aparecer por aí com uma receita de bolo para relacionamentos darem certo, desconfie. Namorar é uma das tarefa mais complicadas que um ser humano pode se submeter durante a vida. Ainda mais quando um está longe do outro. Obviamente, como vivemos na era virtual, a tendência é que suprir a falta do seu grande amor através da internet. Mas será que dá pra aguentar a falta de toque e carinho?

Abaixo, a gente listou 12 dicas para tornar seu relacionamento à distância mais viável!

1- Evite a desconfiança. Se o cara está com você, mesmo longe, é porque te escolheu. Coisas do universo!

2- Seja sincero, mas sem exagerar! Não precisa ficar dando cada detalhe do seu dia, mas é importante compartilhar as novidades.

3- Não fuça as redes sociais dele. É claro que uma espiadinha sempre rola. Afinal, ninguém é de ferro, né?! Mas não deixe que chegue ao ponto de ser uma paranoia.

4- Faça amizade com os amigos dele. Se você conhecê-los, a chance de sentir ciúme é bem menor.

5- Use a tecnologia para matar a saudade. É muito foda ficar longe do seu amor, mas para amenizar um pouquinho a saudade, converse bastante por SMS e pela internet.

6- Se ele sair sozinho, não brigue. Claro que você gostaria de ir junto, mas nem toda vez é possível. É bom cada um ter uma vida individual também.

7- Evite briguinhas bobas. Aproveite cada momento com o seu amor, assim, cada vez que se verem será como na primeira!

8- atenção para as conversas dele. Muitas vezes, quando falamos ao telefone, queremos contar tudo sobre nossa vida e não prestamos muita atenção na conversa do outro. Se interesse pelos assuntos do seu amado.

9- Façam programas diferentes. Não deixe que os encontros de vocês caiam na mesmice. Mesmo se vendo pouco, é bom variar! Vá ao cinema, teatro, parque, invente coisas novas!

10- Seja fofo! Apesar da distância, mostre que você lembra e pensa muito nele. Mande mensagens de amor em horários que ele não esperaria. Ligue só para dizer que o ama. Quem não curte isso?

11- Visite-o também. Não pense que só ele tem que ir até você. Combinem de intercalar as visitas: uma vez ele vem, na outra você vai. Assim há menos cobranças.

12- Não discuta por telefone ou Facebook. É melhor esperar se encontrarem pessoalmente, do que acabar arrumando mais confusão a distancia.

PERGUNTAS & RESPOSTAS

Perdi a vontade de transar com meu namorado.


Transar: Perder a vontade com o namorado depois de um ano é normal?

Namoro a 1 ano e meio e nos últimos meses percebi que perdi a vontade de transar com meu namorado. Não sinto o mesmo prazer de antes. O que está acontecendo comigo?

Alex 22 anos.

~*~

Oi, Alex.

Seu namoro é longo para os padrões atuais, mas não é tão longo assim para cansar de fazer sexo com o namorado. Mas com o tempo a coisa fica mais escassa mesmo. Se bem que o tempo de saturação varia de pessoa para pessoa.

Vai ver você apenas está de saco cheio da mesmice. Ama seu namorado e pretende continuar com ele? Melhor apimentar essa relação. Tentar uma posição nova, um gel que esquenta e esfria ou, se vocês forem mais pra frente, convidar um terceiro pinto pra fazer coisinhas um dia.

Não fique esperando partir dele alguma mudança, porque quem está incomodado é você. E, além disso, o cara não lê pensamento, se você não comenta que o sexo ta meio morno, ele vai achar que está tudo bem. Se não rola uma conversa franca, sem pesar o clima, apenas diga que quer experimentar algo novo, diga o que é e vê se ele topa.

Boa sorte!

~*~

Quando conto para meu sobrinho que sou gay?



Minha dúvida é: Como explicar e qual o momento certo ou a idade certa para dizer ao meu sobrinho que o tio dele é gay? Eu tenho um sobrinho de um ano, apenas (sim, eu sei que está um pouco cedo para pensar sobre isso) e vou ser tio pela segunda vez esse ano e de mais um menino.


Obrigado!


Filipe, 20 anos.

~*~

Oi , Filipe, tudo bem?

Segundo, realmente é um tanto cedo para pensar sobre isso, mas acho que essa preocupação mostra que você quer ser um bom tio e, principalmente, que quer ser você mesmo enquanto acompanha o crescimento dos meninos.

Acredito que sua família não deve ter problemas com sua sexualidade para você perguntar isso. Então, acho que o momento certo de contar é o momento em que o danadinho do seu sobrinho começar a perguntar sobre sua vida amorosa. Tipo, “Tio, por que você não tem namorada?”… Saca?

Nada de chegar fazendo drama pro menino no estilo, “sobrinho, preciso te contar uma coisa muito séria sobre o tio, algo que vai mudar sua vida para a eternidade e bla bla bla.” Fazer drama na hora de contar só vai deixar o menino confuso e ele passará a achar que ser gay é errado. Conte normalmente para ele que você se interessa por meninos e não por meninas, que existem pessoas que se interessas por homens, por mulheres e pelos dois e que não há nada demais em ser assim.

Se ele te encher de perguntas, responda de maneira imparcial sempre. Digo imparcial porque se ele perguntar coisas do tipo “soy gay?” aos dois anos de idade não é pra você responder: “ah, o titio vai ficar muito contente se você for porque daí a gente vai pra balada junto bater cabelo”… Entende? Responda apenas: “sobrinho lindo do tio, quando você ficar mais adulto vai saber o que te interessa mais, homens ou mulheres e não importa o que preferir, a gente vai sempre te amar muito”.

É isso,

Beijos.

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...