Slide 1 Slide 2 Slide 3

NOTICIAS DO MUNDO GAY

Caribe Aruba- aprova união entre  pessoas do mesmo sexo.


Habitantes não precisarão mais irem até a Holanda para se casar


Por 11 votos contra cinco (e quatro abstenções), o Parlamento de Aruba aprovou a união civil entre pessoas do mesmo sexo, na quinta-feira, 08.

O país insular no Caribe pertence ao Reino da Holanda. Até agora, casais de gays e lésbicas iam até a Holanda se casar e, na volta, pediam o reconhecimento de suas uniões.

Ainda assim, muitos habitantes do país são contra a união homossexual. E não estão sozinhos. A grande maioria dos países da região é formada por intolerantes ao tema.

Não apenas o casamento, mas a própria homossexualidade, por exemplo, é ilegal em nações como Barbados, Antígua, Dominica, Jamaica, Santa Lúcia e São Vicente e Granadinas.

Bloco de religiosos anglicanos se assume gay e pede reconhecimento da Igreja. 




Um grupo de 14 padres e bispos da Igreja Anglicana da Inglaterra enviou uma carta à alta cúpula revelando sua homossexualidade e oferecendo suporte à comunidade LGBT que faz parte da religião. A agência de notícias Ansa afirma que isso aconteceu depois que o bispo Chamberlein, de Grantham, assumiu publicamente sua homossexualidade. A carta é um apelo para que as doutrinas voltadas aos relacionamentos homoafetivos sejam repensadas.

A carta foi assinada tanto por padres, quanto por bispos e leigos. Oito religiosos se identificaram, assumindo sua homossexualidade, e outros seis preferiram manter suas identidades em segredo. Além deles, oito fieis da igreja que são casados com parceiros do mesmo sexo também somaram suas vozes à carta. Vale lembrar que ser homossexual não é proibido pela religião, que permite relacionamentos homoafetivos contanto que sigam o celibatário. A motivação da carta neste momento é a percepção dos autores de que tanto a igreja quanto o mundo passam por uma releitura das suas noções sobre sexualidade e filosofias.

“[Várias] paróquias já fizeram essa mudança e é hora de respeitar que agora existe uma diversidade na teologia dentro da Igreja e que há mais de um entendimento do que um cristão fiel pode acreditar sobre o assunto", diz a carta. Eles terminam o texto reforçando a vontade de promover uma mudança significativa e que gostariam muito que esse fosse um primeiro passo. A carta também será entregue aos bispos em uma reunião que acontece esta semana, segundo a agencia de notícias  italiana Ansa.

Feliciano vota contra cassação de Cunha e a Internet acaba com ele.




Após quase 1 ano de manobras em inúmeras tentativas de se manter no poder a qualquer custo, finalmente caiu o Deputado Eduardo Cunha, que teve seu mandato cassado por 450 votos a 10, após muitas acusações, denúncias de corrupção e contas na Suíça envolvendo até seus familiares.

Dentre os 10 deputados que inexplicavelmente votaram a favor da permanência de Eduardo Cunha, estava o deputado evangélico Pastor Marco Feliciano, muito conhecido por sua posição contrária aos direitos de muitas minorias, principalmente a população LGBT. Mas o que explica tamanha cegueira e defesa de Cunha por Feliciano? Será só porque Eduardo Cunha se diz evangélico? Será que, para Feliciano, “se é da minha religião pode ser até corrupto que tudo bem, desde que não seja a favor de direitos iguais”? Será isso é o que ele chama de ser cristão?

A Internet é claro, não perdoou Feliciano por sua posição defendendo Cunha, e o Twitter, como sempre, rendeu os melhores comentários, que separamos abaixo para você conferir:

?Marco Feliciano lê a bíblia assim: "não roubarás" – ele ignora. Mas pra ser fiscal de bunda alheia ele é bom.

— Olaurito Neto (@linkinneto) September 13, 2016


?Marco Feliciano disse "sim" a Cunha. Nessas horas eu entendo perfeitamente o "método Cersei Lannister" de separar a Igreja do Estado.

— Renato (@SouzaG12) September 13, 2016


Pra quem precisar de mais um motivo pra odiar o deputado @marcofeliciano: ele votou contra a cassação do @DepEduardoCunha =)

— snap: hmcpedro (@hmcpedro) September 13, 2016


Principalmente nas igrejas do marco feliciano, magno malta, malafaia, cunha, @celsorussomanno td gente da hora pic.twitter.com/ytRfgZEwBL

— Emerson Brasileiro (@Fitcady) September 13, 2016

Contra o preconceito, milhares participam da Parada LGBT em Roraima.


XV Parada LGBT teve como tema '15 anos de luta e conquista contra a LGBTfobia e violência'.


Contra o preconceito, lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e simpatizantes participaram neste domingo (11) da XV edição da Parada do Orgulho LGBT em Boa Vista.

O evento teve início 14h30 com a marcha saindo do estádio Canarinho, na zona Leste da cidade, em direção ao palco Velia Coutinho, no Centro da capital. A edição da Parada LGBT deste ano também celebra os 15 anos do grupo DiveRRsidade.

Segundo o presidente do grupo DiveRRsidade, Roberto Morais, a marcha deste ano é voltada ao debate contra a violência, levando em consideração o atual cenário brasileiro.


Marcha começou no bairro Canarinho e seguiu para a Praça Velia Coutinho.


Marcha começou no bairro Canarinho e seguiu para a Praça Velia Coutinho.

"Na 'debutância' da parada a gente não podia deixar de enfatizar a questão da violência, dos assassinatos, violência psicológica contra a população LGBT", disse.

Além da luta contra à LGBTfobia, a ideia do evento é celebrar os avanços das políticas públicas voltadas para as lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais na capital.

Neste ano, a programação contou com a realização oficinas socioeducativas, seminários, audiência pública e outras ações.

"O saldo das atividades foi bastante positivo por meio de investimento e reconhecimento do grupo como utilidade pública. Isso vai contribuir porque vamos poder ajudar dando curso e palestras em diversas áreas", comentou Sebastião Diniz, coordenador do evento. 

Polícia prende agressores de travestis que apanharam no Rio em pela luz do dia.




Duas travestis foram espancadas em plena luz do dia em Santa Cruz, no Rio de Janeiro. Elas levaram socos e chutes na frente de uma multidão, que não fez nada.

Mas a justiça tarda mas não falha. A Polícia Civil conseguiu prender na manhã desta quarta-feira (14), Cleiton da Silva, Jorge Batista Ignacio e Rodrigo Luiz Silva Soares por tentativa de homicídio.

O momento da agressão foi registrado e compartilhado nas redes sociais. Em apenas 24 horas, o vídeo foi visto mais de 3 milhões de vezes e revoltou os internautas.

Graças a divulgação do vídeo, o delegado Daniel Mayr, titular da 36ª DP, emitiu a ordem de prisão dos rapazes.

Na delegacia, os acusados confessaram a agressão. Segundo o delegado Daniel, tudo começou dentro de uma van. Rodrigo começou a insultar à vítima com palavras homofóbicas e transfóbicas.

A briga terminou em porrada, chutes e voadoras. Em depoimento, a travesti (que não teve o nome divulgado), revelou que acabou usando uma faca para se defender, a mesma que Rodrigo usou para lhe esfaquear.

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...