Slide 1 Slide 2 Slide 3

HOMOSSEXUALIDADE

Quanto mais parceiros um gay tiver, mais sexo protegido ele faz, diz estudo.




Dizem por aí que gays são promíscuos, fazem sexo com 300 mil pessoas por dia e que, por isso, estão intimamente ligados aos HIV. Mas essa teoria passou a ser questionada, após um recente estudo do centro de pesquisa do HIV da Universidade de Columbia Britânica, que tem campus em Vancouver e em Kelow.

Estudiosos da instituição pretendem mudar esses rótulos com dados científicos. Segundo eles, gays e bissexuais com mais parceiros sexuais fazem mais sexo seguro e contrariam o prognóstico de que há mais risco de eles transmitirem o vírus do HIV.

“Nós sempre ouvimos que bastaria reduzir o número de parceiros para reduzir o risco de transmissão de DSTs, o que não é verdade”, disse Nathan Lachowsky, um dos autores da pesquisa a rede de televisão CBC.

Feito em Vancouver, no Canadá, o estudo dividiu grupos de gays conforme a quantidade de parceiros sexuais que tiveram nos últimos seis meses – 1200 homossexuais participaram. Em seguida, estes homens foram questionados sobre estratégias de sexo seguro.

Quanto mais parceiros, mais eles faziam sexo seguro e conheciam técnicas para se prevenir e prevenir seus parceiros de contaminação, inclusive sobre o HIV. Já aqueles que tiveram apenas um parceiro não sabiam nada além de camisinha, muitas vezes não a usaram, e representavam maior risco.

De acordo com o Lachowsky, a camisinha é um caminho para reduzir a possibilidade de transmitir o HIV, mas não a única. Hoje em dia, é necessário perguntar sobre carga viral e ter consciência de que é possível transar com alguém com HIV tratado sem risco de transmissão, afirmou.
Vale registrar que na área metropolitana do Canadá, um em cada cinco gays vivem com o vírus do HIV, uma estatística bem próxima a encontrada no Brasil, em cidades como São Paulo e Rio de Janeiro.

PERGUNTAS & RESPOSTAS


Nadador dos meus sonhos.




Olá pessoal! 

Tenho 16 anos, gosto de meninos e estou no que considero ‘época do fogo’.  Todos vocês já passaram por isso. Ainda não saí do armário devido o preconceito tanto da família quanto dos amigos, e também de outras pessoas.

Na minha escola eu fiquei atraído por um colega, nos não somos próximos, mas nos falamos. Recentemente eu fazia um curso em um local longe de casa e da escola. Para não me atrasar, tinha que ir direto da escola. Então eu ia para o banheiro me arrumar e trocar de roupa.

Esse colega fazia natação depois da escola e ia trocar a roupa no mesmo banheiro. Certo dia nos encontramos trocando de roupa. Eu já estava pronto e ele estava se despindo e me pediu para segurar as roupas e a sua mochila.

Quando o vi só de cueca, meu coração acelerou! Ele estava na minha frente me olhando nos olhos e sorrindo. Não resisti de olhá-lo da cabeça aos pés. O que valeu a pena. Seu corpo moreno era todo definido com barriga tanquinho e o peito sarado.

Era enorme a vontade de beija-lo ali mesmo de cueca e tudo, mas me contive. Foi uma tortura. Foi assim durante vários dias. Hoje estamos ainda distanciados, mas a quase-amizade continua. Acho que ele é hétero pois já o vi dando em cima de meninas. Mesmo assim a atração é forte.

Não estou apaixonado, mas gostaria de ficar com ele. Tenho medo de me declarar e ele ficar com raiva, ou sair espalhando por ai da minha sexualidade. Eu ainda não estou preparado pra isso. E agora o que faço? Por favor me ajudem!

Teve um dia que encontrei uma amiga de infância que hoje está um mulherão, fiquei afim dela, mas não me declarei pois ela estava namorando. O que vocês acham? É verdade ou apenas uma fase de descobertas que estou passando?

R1an, 16 anos

~*~

Ola, R1an.

Se você acha que o amigo nadador é hétero acho melhor nem dar em cima dele, viu? Realmente essa coisa dele espalhar sobre sua sexualidade pode acontecer e se você não pretende sair do armário por enquanto, melhor ficar de boas.

Há inúmeros adolescentes gays na sua cidade, aposto! O que acha se de repente tentar alguma aproximação com algum deles e ver se rola alguma coisa para baixar esse sua ‘época do fogo? Melhor do que dar em cima de algum cara, seja esse nadador ou outro, que não curte homens. Nem todo mundo leva uma cantada gay numa boa!

http://www.doqueosgaysgostam.com/wp-content/uploads/2013/02/banheiro-masculino-1.jpg

Quanto a sentir atração por sua amiga é perfeitamente normal. Apesar de aos 16 anos já termos um boa noção de qual sexo nos atraí as vezes pode surgir alguma menina que nos desperte sentimentos ‘estranhos’. Não sou contra ficar com mulher, acho que se você sentiu tesão não tem porquê não ficar.

Caso encontre essa sua amiga mulherão, ainda sentir atração por ela e ela estiver solteira porque não tentar? Desde que você não se sinta forçado a nada acho esse tipo de experiência válida.

Da mesma forma que acho que um cara hétero que tem vontade de experimentar ficar com outro cara deve fazer pra ver qual é. O irmão de uma amiga beijo um carinha numa balada, viu que não curtia e seguiu a vida.

Ou ainda, quem sabe numa dessas você não ‘descobre’ que é bissexual?

Vivendo e aprendendo, com ou sem nadador!

~*~

Onde arrumar garotos gays da minha idade?

 


Eu tenho quinze anos e meus pais são evangélicos (ódio), então não posso me assumir, mas eu tenho muita vontade de pegar uns caras, nem que seja as escuras. Existem vários lugares na minha capital destinados ao público gay, onde eu poderia encontrar vários caras, mas devido a não ser maior de idade e ninguém saber que sou gay, não posso frequentá-los. O que vocês acham que eu posso fazer para achar garotos gays na minha idade?

Flávio.

~*~

Oi, Flavio!

Imagino que sua aflição por ter pais evangélicos seja imensa, mas veja pelo lado positivo… eles podiam estar roubando ou matando… mas não, estão apenas no culto, pregando que quem não está lá tem pacto com o capeta e que os gays gostam de pessoas do mesmo sexo porque estão com o demônio da homossexualidade no corpo…
Quanto a encontrar garotos gays da sua idade para fazer coisinhas, sou obrigado a fazer a vez dos seus pais e dizer: MENINO, ISSO É COISA DO DEMÔNIO! REZA 564 PAIS NOSSOS e 800 AVES MARIAS que passa!
Agora falando sério. Talvez você ache algum menino enrustido na igreja dos seus pais .. que tal? Ta bom, parei!

Menino, a internet é a melhor resposta, entra em alguma fan page no Facebook de alguma banda que o pessoal da sua idade gosta, tipo Restart, ou mesmo de alguma diva pop ou de algum vídeo game… sei lá! Faz amizade com alguma gay da sua cidade on line e quem sabe não dá sorte!
Se acha que é se expor demais, crie um perfil fake, mas com fotos suas, mais discretas..sem mostrar rosto. Sei lá, tem tanto jeito de ser discreto on line, certeza que tem um monte de meninos na mesma situação que você, se não na sua cidade, na cidade mais próxima!

Enfim, espero que você arrase na vida, use camisinha.

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...