Slide 1 Slide 2 Slide 3

HOMOSSEXUALIDADE

TRANS: O mundo que ignoramos.




O “universo trans” precisa exatamente de visibilidade. Infelizmente ainda é uma realidade que muito não conhecem e preferem ignorar. Desde a violência gratuita ao “Tudo bem, desde que longe de mim”, o preconceito e a falta de informação são grande empecilhos para a conquista de direitos por parte dos trans.

Recentemente os trans vem ganhando espaço, mas este ainda é precário. As discussões a respeito de suas necessidades estão cada vez mais amplas, com mais pessoas interessadas, com mais pessoas com coragem de falar. Mas é preciso mais, muito mais.

É preciso muito mais em todo o movimento LGBTT, a atual situação ainda é deplorável. Mas gays e lésbicas já tem sua existência “plenamente reconhecida”, já existe um senso de que homofobia é algo condenável. Já a transfobia nem chega a ser considerada.

Travestis são vistas como aberrações, figuras cômicas, apenas as “putas”. A humanidade delas não é reconhecida. Transexuais são tidos como os perturbados que tentam “ser o que não são”.

Tais conceitos podem ser mudados, mas para tal é preciso informação. Aí que está o grande problema, cadê essa informação? Como já disse, as informações são precárias.

Como se não bastasse a precariedade das fontes de informação, o interesse e a noção de importância são muito baixos, quase nulos.

O mundo dos trans é um que a maioria das pessoas decide ignorar, manter distância. Mas não existe um mundo trans, um mundo gay, um mundo lésbico, um mundo hetero, existe um mundo repleto de humanos, todos diferentes. Tendemos a nos aproximar dos aparentemente semelhantes e ignorar os que se diferenciam demais de nossos padrões, nos isolamos da realidade e ficamos em um cercado homogêneo.

Temos que TRANSformar o mundo em que vivemos de fato, pois nele existem gays, lésbicas, heteros, transexuais, travestis, drags, negros, brancos, amarelos, baixos, altos, todos os tipos de pessoas. Nesse mesmo mundo existem inclusive os preconceituosos.

PERGUNTAS & RESPOSTAS


Tipo Lady Gaga.

Lady Gaga – Rainha apenas dos gays?


Olá!

Estou com um problema sério! Há um tempo eu sinto um atração por um carinha da mesma idade que eu, a gente sempre sai junto (sozinhos) e eu achava que ele era gay porque ele curte as mesmas músicas que eu: tipo Lady Gaga!
Ele tem voz fina, tem mania de falar coisas relacionadas a gays, só que esse final de semana eu, ele e mais uns amigos saímos pra comer fora, e ele ficou com uma menina, eu fiquei muito mal por isso.

O que eu faço? Desisto ou invisto?

Anônimo, 16 anos

~*~

Anônimo, mas que coisa é essa de achar que apenas gays curtem Lady Gaga? As músicas dela são voltadas para todo tipo de pessoas! O que acontece é que o jeito exótico dela se vestir ou se apresentar chama a atenção de gays que curtem moda, ou acham o gosto dela meio parecido com drag queens, ou qualquer outro motivo.

Não acredito que um gosto musical possa diferenciar quem é gay ou não, até porque se fosse assim eu seria hetero! Sabe porque? Até curto Lady Gaga, Madonna e Cher mas o que eu gosto MESMO é de rock!

Bandas como Korn, Atari Teenage Riot, Slipknot, The Smiths, The Clash, Devo e tantas outras bandas me fazem delirar muito mais que todas as ‘divas gays‘ juntas e multiplicadas por 100! Então está na hora de expandir um pouco mais a mente, hein?

Aqui em São Paulo tem uma balada chamada A LOCA [AMO!], onde aos domingos há um projeto do DJ e Amigo André Pomba chamado GRIND [não confunda com o app] que toca rock e pop. Um projeto for mix people, e não necessariamente gay mas que atrai centenas de gays que preferem rock a pop. Sacou?

Agora vamos ao boy magia: As vezes, quando somos mais novos nossa sexualidade ainda não está tão a tona e ainda por cima temos medo do que as pessoas dirão se souberem que somos gays. As vezes, o que acontece é que ele quis mostrar para a turma que não é ficando com essa menina.

Ou você se confundiu e achou que ele era gay por conta de tudo que você falou sobre ele e acabou criando expectativas quanto a isso.  Alguns meninos mudam de voz tardiamente, as vezes pode ser esse o caso do seu boy magia. Já pensou sobre isso?

Sou a favor de você tentar perceber com um pouco mais de tempo se ele é gay, ou até mesmo perguntar na cara dura se ele é ou não! Mal entendidos assim acabam por complicar um pouco a amizade e sua vida.

Imagina que você acha que ele é gay só porque ouve Lady Gaga, fica esperando ele a vida inteira e deixa de conhecer caras maravilhoso?

Pense um pouco a respeito: Lady Gaga ou qualquer outra cantora não é parâmetro para definir a sexualidade de ninguém!

~*~

Estou pronto para dar, comer, chupar…




Sou gay de 17 anos. Tudo começou aos 11 anos quando tive meu primeiro amor gay, apenas amor porque na época ele tinha 22, um rapaz hétero mas que já beijou outro cara.

Sofri por amar alguém que não poderia alcançar. Cresci me anulando emocionalmente e socialmente, meus únicos amigos: Solidão, Harry Potter, escrever poemas, e viajar num mundo que criei na minha cabeça.

Lá não existia dor ou mulheres, era quem realmente sou: Livre de tudo e de todos. Sempre soube que era irreal, mas me fazia feliz.

Sempre soube que aos 17 as coisas seriam perigosas, talvez seria a idade que me despertaria para algo mais real (eu sou assim mesmo tenho medo do que é bom para mim, sou complicado! Tenho preferências estranhas ou seja sou um louco literário.

No começo desse ano disse “Esse ano não é para sorrisos” e não está sendo! Contei a minha mãe que sou gay, para minha melhor amiga, 2 professores, e no começo do ano conheci um cara que é muito igual a mim e que também é gay, pena que mora muito longe

Ele me faz muito bem, me ajuda a entender algumas coisas que seres humanos normais não conseguem entender. Ele também é escritor! Ele disse pra mim mesmo “Vou dar um fim ao sentimento que me mata a todo momento“

Hoje faço terapia que já dura 6 meses. Sinto que estou pronto para fazer algo: sexo, transa, dar, comer, chupar, morder… Tudo isso e muito mais! Não estou aguentando mais! Rasgando o verbo: ESTOU SUBINDO PELAS PAREDES!

Sou melancólico e solitário apesar de ser alegre dentro da sala de aula. Tenho amigos fiéis agora, coisa que nunca tive. Eu costumo dizer que me perdi quando tentei me achar!

Não me importa opinião de pai, mãe e qualquer outra pessoa! Sou homossexual, pronto, acabou e não quero mudar. Eu só quero ser feliz. Tem problemas nisso?

Bom…. vou fazer as minhas perguntas diretas apesar de ter vergonha de fazê-las assim!

Onorico, 17 anos.

~*~

Onorico, que vida complicada essa que você criou pra si, hein? As vezes nós mesmos temos a chave de nossa prisão só basta querer sair! Acho que isso se aplica a você!

Todos já se apaixonaram por aquele cara improvável, tanto que isso é tema de diversos filmes mas na realidade nem sempre conseguimos ficar com ele. Temos que aprender a deixar isso no passado e seguir em frente! Isso é amadurecer!

Enquanto você ficar preso a ele e a tudo que poderia ser, perde tempo para fazer com as coisas realmente aconteçam na sua vida! Se a vida nos faz a mesma pergunta e sempre a respondemos do mesmo jeito, sempre teremos as mesmas respostas da vida! MUDE A ATITUDE!

Você se sente confortável com os livros, porque neles você pode viver os personagens mas será que não esquece de viver o personagem mais importante que é você? Você tem amigos mas será que você realmente você mostra quem é para eles? Se aproxima de verdade deles ou apenas se esconde?

Agora vamos as dúvidas:

1 – Dar dói? Se sim como fazer para não doer muito? O passivo goza também quando é penetrado sem masturbação?

Sim, dói um pouco mas a maioria adora esse incômodo! E outra nem sempre você precisa ser o passivo, você também pode comer o cara se não curtir muito dar. Leia esse post sobre dúvidas anais na primeira vez!

2 – Quando penetra o penis encosta na bosta? (o que to com medo é que quando der ou comer tenha resíduos, já conversei com alguém que diz que não sai resíduo nenhum e a pessoa fazia no seco!)

3 – Enema e chuca o que é isso?

Duas de uma vez! Se o reto estiver com resíduo pode acontecer de sujar o pau do cara, mas nem sempre acontece. O melhor mesmo é fazer a chuca ou enema, que são a mesma coisa. Temos dicas de como fazer a chuca no blog.

4 – Se masturbar provoca alguma coisa? Penis torto é normal?
Se masturbar provoca uma coisa, por sinal bem gostosa chamada prazer! Não é contra indicado para ninguém, inclusive a maioria dos terapeutas aconselham que é importante para que a pessoa conheça o próprio corpo.
Pênis torto é normal, só em alguns casos onde realmente o ângulo é muito grande e que cause dor é indicado operação. Leia o post sobre tipos de pênis, falamos um pouco mais a fundo sobre o pênis torto.

5 – Se masturbar é um coisa e sexo é outra? ( sexo dura mais que masturbação?)
Sim, sexo é diferente de masturbação. Sexo você faz com outra pessoa e masturbação você faz sozinho.
A duração do sexo varia de pessoa para pessoa, de como ela foi excitada, do momento… Resumindo: do tesão que se sente na hora.

6 – Sou negro, sou gordinho, mas se me verem não sou gordo! Tenho muitas espinhas no rosto, estrias pelas costas, pneus pequenos( agora diminuindo estou fazendo academia). Não me considero feio porque apesar de ser, eu tento não me rotular assim! Fico inseguro com tudo isso. Será que o cara iria me jogar fora por causa disso tudo especialmente pelas estrias?
O Leandro, que escreve no blog também, escreveu um post maravilhoso abordando o problema das estrias. Sugiro que leia A Zebra recém gay que tem estrias na bunda.

7 – Dar causa hemorroida? e incontinência fecal da isso mesmo? O anus volta ao normal depois?
Não, não dá hemorroida! Pode dar tranquilo, a hemorroida surge de diversas outras formas não dando o cu.

O anus volta ao normal pouco tempo depois do sexo anal, mas falamos mais sobre isso no post Largo igual um tunel!

8 – Vocês acham que preciso de mais terapia? De acordo com tudo que lhes disse queria que vocês dissessem o que acharam de mim?
Acho que todo mundo precisa de alguma espécie de terapia. É uma forma incrível de aprender a lidar com os problemas e acima de tudo de se abrir. Olhando friamente, a terapia nada mais é do quem conversa com você mesmo e pode ser feita até sozinho. Eu, de uma certa forma, faço a minha todo os dias quando penso nas coisas que me acontecem, e claro o blog me ajuda muito em tudo quanto é coisa.

Espero que tenha respondido suas perguntas. Leia os links que coloquei com as perguntas porque eles são um complemento de tudo que disso e vá atrás da sua felicidade!

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (1) Comente aqui!

Um comentário:

  1. Menino Onorico, você escreve muito bem. Aproveite esse dom para ajudá-lo nas situações em que uma boa escrita é decisiva. Os livros são ótima companhia, mas, como disse o Andy, não fique só com eles. Use o que aprende neles em sua vida e curta também outros presentes da vida.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...