Slide 1 Slide 2 Slide 3

HOMOSSEXUALIDADE

Sexo, sexualidade e gênero.




Ouvi de alguns que Falava que transexualidade devia continuar sendo considerada uma doença, e esse comentário vinha de um gay. Muitas pessoas ainda tem essa mesma ideia. Me parece que isso é falta do conhecimento básico, da diferença entre sexo, sexualidade e identidade gênero. São 3 coisas diferentes que podem se relacionar das mais diversas formas.

Vamos por partes. Pois existem várias exceções de regra, mas vamos começar falando de forma mais geral.

Sexo

Se refere ao sexo biológico, a genética, ele não muda. O sexo biológico não tem relação, e não é definido, por questões físicas, órgãos sexuais e etc. Diz respeito aos cromossomos XX ou XY. É uma definição científica, uma vez que as diferenças nos genes define a diferença no funcionamento do corpo. O sexo biológico não interfere em sexualidade, gênero, comportamento. A intersexualidade, que você aprendeu na escola como hermafroditismo, é mais comumente caracterizada como identidade de gênero. Ainda escreverei um texto só sobre intersexualidade, mas pessoas intersexuais normalmente possuem cromossomos XX e XY. A intersexualidade pode ocorres por mutações genéticas, diferentes alinhamentos dos genes, desenvolvimento “incompleto” ou “excessivo” dos órgãos sexuais. Ficando a “escolha” para a pessoa, de se manter com as características de ambos os sexos, ou de adotar uma identidade de gênero binária, a intersexualidade é, também, uma identidade de gênero.

Identidade de gênero

É a identificação que possuímos. Se nos identificamos como homens, mulheres, transexuais, travestis, intersexuais, andróginos e etc. A identidade de gênero, ao contrário do que é amplamente disseminado, não é binária. Não existem apenas homens e mulheres. Identidade de gênero é independente do sexo biológico. A binariedade de gênero se deve ao fato de ainda acreditarmos que somos separados por quem tem pênis e quem tem vagina. Que homem é o que tem barba e mulher a que tem útero. Limitados por conceitos limitados de gênero acabamos nos prendendo dentro de jaulas que determinam até onde podemos ir e o que podemos fazer.

Sexualidade

Diz respeito a nossa atração afetiva e sexual. Hetero, homo, bi, pansexual. Novamente independente dos outros fatores citados. O sexo biológico e a identidade de gênero não interferem na sexualidade de alguém. Você pode ser Transhomem, cromossomos XX e bissexual. As misturas entre os três são inúmeras. E ao contrário do que muitos pensam, travestis e transexuais podem ser heterossexuais. Tendo uma identidade de gênero feminina e sentindo atração por pessoas com identidade masculina, a atração é heterossexual.

Sexo, sexualidade e gênero se misturam das mais diversas formas, nas mais diversas pessoas, possuem as mais diversas variações. Tentar limitar isso a um padrão de “normal” e “aceitável” é impedir a própria livre expressão. Pois mesmo com todas essas variações, como transexuais, bissexuais, intersexuais, gays, andróginos, provavelmente ninguém é 100% um deles. Talvez tenhamos identidades de gênero predominantes, mas com porcentagens menores das outras, o mesmo vale para a sexualidade.

Abrir a cabeça e largar os conceitos que também discriminaram aqueles que se encaixam mais nos padrões é fundamental para enfraquece, e eventualmente erradicar, o preconceito com aqueles que mais se afastam dos padrões. Pois ser gay e lésbica já foi tão longe do “normal” quanto ser trans, intersexual.

PERGUNTAS & RESPOSTAS

Depois do beijo, invisto no boy ou desisto?


Meu dilema é o seguinte : Cutuquei um boy no facebook e ele me cutucou de volta, tenho 19 anos e ele 24 hehe. Demoramos para nos encontrar pessoalmente. No primeiro encontro, saímos pra lanchar, conversamos bastante, depois quando fomos para o carro papo vai e papo vem, a gente se beijou. Continuamos no carro naquela de conversar, aí rolavam uns beijos, até que ele começou com um papo que eu era maduro pra minha idade só que ele gostava de homens mais velhos, mas ai depois ele foi mudando de opiniãoo e disse que idade não importava muito, até essa parte tudo bem, depois o telefone dele tocou e ele atendeu: ERA UM CARA QUE ELE JA FICOU E QUE TAVA QUERENDO SAIR COM ELE, não sei por qual motivo ele colocou o telefone no viva voz (fiquei sem entender nada) e começou a conversar, aí o cara perguntou pra ele aonde ele tava e tals, ele respondeu “ TO COM O MEU NAMORADO” kkkkk

Fiquei sem entender, mas tudo bem. Ele conversou mais um pouco com o menino la e ai voltamos a nos beijar, mandei uma msg pra ele depois dizendo que tinha gostado de conhecer ele e que era pra gente marcar outros lanches, até antes do encontro ele sempre respondia as mensagens de um jeito carinhoso, mas depois que ficamos ele responde bem seco, não faz questão de puxar algum assunto, ME AJUDEM , agora estou em duvida sera que continuo investindo ou desisto?
ps: no carro em momento nenhum ele demonstrou que não estava gostando ou que queria ir embora.

Gabriel.

~*~

Gabriel, Menino, acalma essa periquita em chamas! O fato de vocês terem ficado não quer dizer que isso acontecerá mais vezes e que ele é o único ser humano com um pinto no meio das pernas capaz de te beijar dentro de um carro.

Para acontecer algo a mais é preciso que os dois queiram. Ele pode ter respondido secamente e não puxado assunto por estar ocupado. Ou de mau humor. Ou dormindo… Vamos e convenhamos, se ele não tivesse curtido, nem se daria ao trabalho de responder seu SMS. Simplesmente faria a Kátia, a cega, e fingiria que não recebeu msg alguma. E, digo mais, fingiria que não te conhece caso cruzasse contigo nessas ruas do nosso Brasil.

Se tome por vitorioso já que ele pelo menos respondeu e segure o Tchan. Não fique aporrinhando o menino com mensagens do tipo carente e muito menos, do tipo zangado, cobrando resposta. Isso só vai afastá-lo. E, como disse, beijar sua boca não é atestado de casamento, NÃO.

Agora, se as respostas forem cada vez mais secas até deixarem de existir… é sinal de que realmente ele não ta nem aí pra você. Deve ter voltado pro outro lá. Então é hora de você seguir em frente e arrasar pelas avenidas daí onde você mora, ouvindo Arerê da Ivete e paquerando os boys tudo.

Beijos.

~*~

Não sei o que quero da vida.


Na outra pergunta eu disse que tinha namorado uma menina, mas que estou apaixonado por um menino, o problema é que não sei se realmente gosto dele ou se só acho ele um cara legal.

Pra piorar tudo sou muito tímido e pessimista, não consigo chegar em ninguém (nem homem nem mulher).

Como eu fui criado acreditando que o certo é ser hétero e ser gay é errado acabei tendo um pouco de preconceito, não contra gays ou lésbicas, mas preconceito contra mim mesmo, meio que não consigo aceitar que me sento atraído por alguem do mesmo sexo.

Ainda mais que quando eu era pequeno (uns 6 anos) presenciei uma cena de abuso sexual contra meus primos menores e quando contei pra minha mãe ela entrou em desespero e quase me bateu então meio que traumatizei com aquilo.

Hoje não consigo saber o que quero, fora que estou em uma fase igual a música de Cássia Eller – Não sei o que eu quero da vida. Queria que vocês me dissessem o que fazer pra resolver isso.

Alex, 18 anos – Aracaju/SE

~*~

Olá Alex,

Acredito que todos somos criados achando que a homossexualidade é errada e só a heterossexualidade é correta. Um pouco por parte da religiosidade de nosso país, um pouco por hipocrisia da sociedade.

Você tem 18 anos e nessa idade é natural ter essas dúvidas. Alguns estudos apontam que a sexualidade humana é formada desde a concepção, ou seja, o que tiver que ser será e a melhor forma de conviver consigo mesmo é aceitando o que você é.

Não sou eu que posso dizer se você é gay ou hetero, mas sim você. O que seu coração diz a respeito disso? Tente tirar todas essas dúvidas da cabeça e dizer o que você sente a respeito.

Talvez um pouco desse medo seja por conta desse acontecimento quando você era pequeno. Não sabemos até que ponto acontecimentos assim podem nos causar conflitos quando ficamos mais velhos.

Tente não pensar na homossexualidade como algo ruim, como a maioria quer que você pense. Pense na sua sexualidade com naturalidade que tudo dará certo. O importante é se aceitar como é.

Abraços!

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...