Slide 1 Slide 2 Slide 3

MINHA VIDA GAY

Apaixonados celebram noivado como Power Rangers.




É hora de morfar e de trocar alianças! Olha que lindo: James e Anthony, um casal de gays americanos, arrumaram uma maneira incrível e nada convencional de celebrar seu noivado e dividir isso com seus amigos e todo mundo.

Super fãs dos Power Rangers, eles contaram com ajuda de um amigo para produzir um vídeo mostrando o pedido de noivado de Anthony para James, devidamente a caráter vestidos como seus heróis favoritos.





O post do vídeo no Facebook já conta com mais de 3 mil compartilhamentos, e nele, James explica: “Vocês sabem que eu e Anthony nunca fazemos nada medíocre, temos sempre que surpreender. Então, fizemos questão de que este novo passo das nossas vidas fosse mais do que especial, mais do que ‘morfenomenal’! Anthony se ajoelhou em sua roupa de Ranger me pediu pra ser seu Ranger para sempre! Hoje, anunciamos nosso noivado! Eu disse sim! Rangers juntos, amor eterno! Obrigado ao nosso amigo Kevin pela filmagem e por ser parte de um momento tão especial de nossas vidas!”

Este formando simplesmente arrasou durante performance na formatura.




Esqueça tudo aquilo que você já ouviu falar sobre as cerimônias de formatura.

O estudante de Serviço Social da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Michael Dantas, simplesmente arrasou em uma performance que surpreendeu a todos os presentes na cerimônia de graduação do curso.

Com um leque na mão, o jovem de 23 anos desceu as escadas do local do evento ao som da música Tombei, da cantora Karol Conka, e arrancou as vestes clássicas de formatura para mostrar um shorts da cor da bandeira gay que estava escondido por baixo.

O evento aconteceu na madrugada de domingo (13) e desde então vídeo de Michel Dantas viralizou.

Em entrevista ao Ego, o recém formado disse que o objetivo do rebolado era falar sobre respeito e liberdade.

"A mensagem que eu quis passar foi a do direito à liberdade. Direito à autoafirmação, que é extremamente importante quando as pessoas LGBTs são violentadas e sofrem preconceito todos os dias, seja na escola, no trabalho, nas universidades ou na própria família. Me expor, dar a cara à tapa e dizer que não tenho medo de ser quem sou, que não tenho vergonha, foi uma das mensagens que tentei passar. É isso que a gente precisa fazer sempre: afrontar mesmo."




De acordo com o aluno da UERN, a ideia surgiu recentemente e apesar do receio da repercussão da atitude, ele encara como positivo os comentários que surgiram de sua performance.

"Poucas pessoas da minha família foram na formatura, a maioria gostou e aplaudiu. Eles ficaram felizes com minha atitude. Minha mãe ainda tem um pouco de limitação em relação a isso, mas meu pai me deu os parabéns. Estava com receio de reações homofóbicas, por isso também tinha medo da repercussão. Mas foi uma grande surpresa e fiquei muito feliz com tudo isso e com a reação positiva."

Google lança vídeos de superação para celebrar: Semana da Visibilidade Trans.


Jasmine quebrou tabu sendo o primeiro transexual a abrir uma loja de tatuagem na Filadélfia, nos EUA. Com o Google ela divulga seu estúdio exclusivo para pessoas trans


O Google lançou nesta semana, uma série de vídeos em celebração à Semana da Visibilidade Trans nos Estados Unidos. A Transgender Awareness Week ocorre entre os dias 14 e 20 de novembro. O projeto é composto por três curtas que narram a vida de pessoas trans que utilizam a tecnologia para apoiar suas comunidades, construir seus negócios e trabalhar em prol de mais visibilidade.

Os filmes fazem parte da campanha #transvoices, fruto de uma parceria com a ONG GLAAD. O objetivo é mostrar, por meio das histórias, que as pessoas trans são cidadãs comuns. O trabalho também coloca em voga alguns dos principais desafios enfrentados diariamente pela comunidade.

“Durante a produção dos vídeos, decidimos que queríamos dar um tom autêntico às histórias contadas. Então, chamamos um diretor e um produtor trans, Rhys Ernst e Zackary Drucker. Boa parte da equipe que trabalhou nos bastidores também se identifica como transexuais”, explica Uglow.



Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...