Slide 1 Slide 2 Slide 3

HOMOSSEXUALIDADE


Os conceitos de igualdade.



 Igualdade é um assunto polêmico e complicado. Começando por igualdade de que, baseada em que, e para quem? Diferentes nomenclaturas são utilizadas para nos caracterizar. Gay, hetero, bi, drag, trans, travesti, andróginos, queer, transgênero.

O ideal é a não necessidade da separação. As leis, assim como imposições sociais, são baseadas em sujeitos modelo. Os sujeitos modelos partem do pressuposto que devemos ser tratados de forma igualitária. O problema com tal modelo é que ele escondeu diversas particularidades e singularidades. É aí que entra o real conceito de igualdade.

Por muito tempo acreditou-se, e ainda acredita-se, que igualdade seja tratar a todos da mesma forma, como iguais. Nada mais. Mas aí entramos em questões mais complexas. O que é tratar a todos de mesma forma? É padronizar tudo ou adaptar às diferenças?

Cada ser humano é único, logo suas necessidades também são. Não é possível criar algo que automaticamente atenda a todos. É exatamente por isso que criamos todas as nomenclaturas, para denunciar aquilo que faltava para conseguirmos a tal da igualdade.

Igualdade, de fato, ao meu ver, é quando todos possuem as mesmas oportunidades, independentemente de suas diferenças. É reconhecer que somos diferentes, precisamos de diferentes coisas, para que possamos viver de forma “nivelada”. É garantir que todos tenham uma base de onde partir.

Igualdade é compreender que uma pessoa mais baixa precisa ter a mesma facilidade para alcançar o que as mais altas. Que as mais altas precisam ter espaço debaixo do chuveiro. Que gays pode adotar, que trans tem direito a saúde. Que vegetarianos precisam de opções em menus. Que a constituição não deve excluir, mas sim garantir, direitos a diferentes pessoas.  Que todas as particularidades sejam atendidas para que não fiquemos excluídos em nossas diferenças. É reconhecer que somos únicos.

Igualdade não é padronizar o ser humano, é atender a todas às suas diferenças.

PERGUNTAS & RESPOSTAS

Gays Gostam de homens inteligentes?


Eu tenho 17 anos e já estou 6° período de Engenharia Química em uma universidade federal muito respeitada no país e a melhor do meu estado.

Sim, sou o que a psicologia define como gênio, um QI muito alto, habilidades mentais formidáveis, no entanto, é muito comum pessoas com o QI muito elevado terem uma certa dificuldade social, eu consegui me integrar bem na sociedade, embora entrei muito cedo no ensino superior, com auxilio psicológico e tudo mais consigo me interagir bem com quem estiver a minha volta. No entanto minha vida amorosa entra em conflito direto com minha vida acadêmica.

Consigo fazer amizades, embora sejam mais restritas, ter boa interação, mas parece que meu intelecto espanta as pessoas. Meu último namorado terminou comigo porque segundo ele “Não aguentava ser apenas o namoradinho do garoto prodígio…“, além de falas como “Uma pessoa falar 8 idiomas não é bonito, é bizarro!“;”É frustante ficar perto de gente cabeça demais feito você!”; “Gente normal não se preocupa em aprender latim“, então eu fico sem entender, vejo um exército de gente falando “quero um namorado (a) inteligente, que saiba conversar“, mas na prática parece outra coisa. Será que o problema está comigo? Estou condenado a passar a vida sozinho porque minha mente é bizarra? Sabe, não foi fácil, principalmente na minha infância, ser o gênio e gay ao mesmo tempo, mas, na minha opinião, consegui me adaptar muito bem à vida em sociedade.

Foi mesmo meu QI que estragou nossa relação? Pessoas como eu realmente estão condenadas a envelhecerem sozinhas? Eu sou uma pessoa normal ou estranha? Ou será que meus sentimentos em relação ao meu ex, ao termino do namoro e tudo mais está interferindo na minha capacidade de fazer um analise racional sobre o fato? Eu preciso de uma opinião externa e mais neutra.

Leo, 17 anos.

~*~

Oi, Leo.

Seguinte, essa gay que te dispensou, além de burra, é insegura. No e-mail GIGANTESCO que nos mandou, você comenta que interage bem com as pessoas, que fala sobre assuntos de gente topeira, tipo BBB e até sobre a Primeira Guerra Mundial e também sobre partículas físicas.

Se você não se leva a sério demais, sabe conversar e respeitar os outos que não tem seu Q.I. não acho que o problema seja seu cérebro lindo e apetitoso. VOCÊ FALA OITO IDIOMAS! Foda-se quem acha que isso não é bonito ou normal. Isso é o máximo! Se o teu cérebro é desenvolvido demais, a culpa não é tua. Você tem mais é que continuar desenvolvendo sua capacidade. Talvez alguém mais velho te dê valor e respeite sua intelectualidade. Porque vamos combinar, a maioria das gays da sua faixa etária querem mais é saber de bater cabelo com a Britney e de arrumar barraco na internet. 

No mais, entra no fan clube do The Big Bang Theory, vai que você arruma um nerd pra chamar de seu…

Beijos.

~*~

Onde fazer exames de DST?


Onde fazer exames de DST?

Anônimo, via Formspring

-*~

Olá Anônimo, pelo teor da sua pergunta ‘alguém’ andou transando sem camisinha, né? Que coisa menino! O uso de preservativo é essencial em TODAS as nossas transas, já que nos protegem de qualquer tipo de DST, inclusive a AIDS, Sífilis e alguns tipos de hepatite.


Muitas pessoas acham chato parar tudo para colocar o preservativo, mas esquecem que em tudo podemos usar a imaginação e fazer desse momento algo bacana e interessante! Colocar a camisinha no parceiro, ou deixar que a coloquem em você pode ser divertido! A pessoa pode colocar com a boca e aproveitar e já fazer um sexo oral gostoso!


É sempre importante saber onde fazer exames de DST! O governo federal disponibiliza em todos os estados e regiões do país os Centros de Testagem e Aconselhamento [CTA] e ainda em diversas unidades das redes públicas de saúde locais para os testes que pode ser feitos de forma anônima e gratuita.


Quer saber onde tem um CTA perto de você? Você pode ligar o o Disque Saúde através do número 136 ou consultar o site do governo que mostra um mapa o mais próximo, divididos por região. Se joga aqui, bee!


Porque usar camisinha?

A camisinha é o método mais eficaz para se prevenir contra muitas doenças sexualmente transmissíveis DSTs, como a AIDS, alguns tipos de hepatites e a sífilis, por exemplo.

O preservativo não deve ser uma opção somente para quem não se infectou com o HIV. Além de evitar a transmissão de outras doenças, que podem prejudicar ainda mais o sistema imunológico, previne contra a reinfecção pelo vírus causador da aids, o que pode agravar ainda mais a saúde da pessoa.

Sem falar que os preservativos são distribuídos em toda rede pública gratuitamente!


>>> Complementando a resposta.


Carlos, tomou a iniciativa de conhecer um CTA hoje e nos contou TUDO!


‘Me dirigi hoje a um CTA na Grande São Paulo e fui bem atendido. A única coisa que eles pedem é o RG. Independente da idade (adolescentes, adultos, idosos) e da orientação sexual (gays, trans, bi, lésbicas etc).

Passei por uma “entrevista” inicial com uma Assistente Social ou Psicóloga, bem tranquila a entrevista que no meu caso foi com a Assistente Social.

Você pode optar por fazer o teste rápido de HIV [resultado em 30min] ou o outro teste mais completo (coleta de sangue) com HIV, Sífilis e Hepatites A, B e C. Eu optei pelo COMPLETO e retirar o resultado na própria unidade após 15dias.

Assinei um termo se você autoriza que entrem em contato contigo por email, telefone e se você autoriza outra pessoa[terceirp] retirar o exame ou só você retira. O resultado demora em torno de 10 a 15dias para retirar.

Caso seja “positivo” o resultado, você pode [se quiser] ser encaminhando direto para médico (infectologista) e inicia o tratamento adequado!


Uma única dica que dou: ligar no [CTA] antes de se dirigirem a um em seu município/cidade, pois os endereços e telefones dos locais não estão atualizados. Ainda bem que liguei antes e verifiquei, pois do contrário teria ido a um local errado.


Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (6) Comente aqui!

6 comentários:

  1. Sempre quis alguém que pudesse conversar sobre todos os assuntos como o Leo e eu tenho um sonho de falar latim não sei pq

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Queria muito te conhecer Leo e tbm tenho 17 anos e já fui aprovado em 3 faculdades de engenharia

      Excluir
  2. É realmente frustrante, eu sofro um pouco nos meus relacionamentos, eu sou a melhor pessoa do mundo, desde que meu QI não venha a tona, desde que eu não comece a falar sobre buracos negros e a teoria da relatividade, quando faço isso sou obrigado a escutar que sou maluco. Eu tento agir o mais "normal" possível perto do meu namorado, mas as vezes a mente transborda é difícil controlar, e eu acabo soltando alguma coisa que é "estranha" ou que me faz parecer "maluco" segundo ele, mas enfim eu lido bem com isso, você não pode culpar os outros por ter uma mente "limitada", nos próximos relacionamentos, tente fazer parecer que sua capacidade cognitiva não é algo importante, sei lá rsrs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoraria conversar com vc sobre qualquer assunto pq sinto atração por pessoas mais inteligente e sou eu que postou os dois primeiros comentários

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Mas como assim sabe 8 idiomas? E desde quando isso é motivo para espantar uma pessoa? Queria eu saber falar Latim... Não sei como é a cabeça de quem tem 17 anos agora mas tenho 22 e quando tinha essa idade não era tão estranho falar sobre esses assuntos...
    Concordo totalmente com a resposta do blog, se tem uma coisa que aprendi é que não devemos deixar ser quem somos, um dia alguém vai aparecer. O importante é você trabalhar a sua auto estima e dar tempo ao tempo...
    Se quiser conversar é só falar comigo, sério, gostaria muito de uma amizade sincera...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...